A maior rede de estudos do Brasil

3 software de controle logístico?

Senac

Eeem Nilza Correa Pereira


1 resposta(s)

User badge image

gabriel figueiro

Há mais de um mês

Sistemas de Gestão de Transportes (TMS)

O TMS, sigla para Transportation Management System, é um sistema de gestão dedicado às atividades de transporte, indispensável para as rotinas de empresas que lidam com uma frota própria ou transportadoras.

Ele abrange uma série de funções altamente vantajosas que contribuem para o planejamento e otimização de processos. Em linhas gerais, o software controla qualquer tipo de informação e tarefa relacionado ao transporte como:

gestão de frota;

otimização de carga e rotas;

auditoria de frete;

emissão de documentos e notas;

despacho e entregas;

entre outros.

Assim, com ele, a empresa logo percebe ganhos no seu dia a dia, por exemplo:

redução de custos;

aumento da visibilidade do negócio e de toda cadeia de transportes;

garantia da conformidade;

maior flexibilidade;

possibilidade de acompanhamento de processos por meio de indicadores de desempenho, dando apoio às tomadas de decisão.

Sistemas de Gestão de Armazéns (WMS)

O foco do Warehouse Management System (WMS) é a gestão de armazéns e estoques, cuidando de etapas que vão desde a encomenda, aquisição e recebimento de insumos até a expedição dos pedidos dos clientes.

Seu principal benefício é redobrar o controle sobre as operações em um armazém, o que reduz o tempo e a necessidade de movimentações, além de colaborar para minimizar erros, gargalos e perdas.

No fim, as equipes se tornam mais produtivas e diversas tarefas operacionais são aprimoradas. Entre suas tantas funcionalidades, destacamos:

inventário de materiais;

separação de pedidos (picking);

controle de portaria;

endereçamento de encomendas;

estocagem;

recebimento e averiguação de cargas;

embalagem, carregamento e expedição;

emissão de notas fiscais;

gestão do fluxo de informações administrativas;

entre outros;

Sistema de Rastreamento de Entregas

Inovações conhecidas, como o GPS (Global Positioning System) — que permite localizar algum móvel ou dispositivo via satélite — são capazes de transformar a rotina das empresas que atuam no segmento dos transportes. Logo, para elevar a excelência do serviço que prestam, é fundamental contar com esses tipos de softwares na gestão logística.

O papel da ferramenta de Rastreamento de Entregas é muito importante, tanto para o cliente quanto para a empresa. Com ele, é possível conferir, em tempo real, a localização de uma carga e o status da remessa.

Para a instituição, ele é um aliado que ajuda gestores a acompanhar a qualidade do trabalho de profissionais remotos, conferir o fluxo das entregas, identificar não conformidades, erros e problemas.

Já o consumidor fica tranquilo e recebe alertas sobre a situação de seu pedido. Caso alguma coisa aconteça, a transportadora consegue se comunicar facilmente com condutor e avisar o usuário final sobre algum imprevisto ou atraso. Isso colabora para fortalecer a confiabilidade, a segurança e o controle

Sistemas de Gestão de Transportes (TMS)

O TMS, sigla para Transportation Management System, é um sistema de gestão dedicado às atividades de transporte, indispensável para as rotinas de empresas que lidam com uma frota própria ou transportadoras.

Ele abrange uma série de funções altamente vantajosas que contribuem para o planejamento e otimização de processos. Em linhas gerais, o software controla qualquer tipo de informação e tarefa relacionado ao transporte como:

gestão de frota;

otimização de carga e rotas;

auditoria de frete;

emissão de documentos e notas;

despacho e entregas;

entre outros.

Assim, com ele, a empresa logo percebe ganhos no seu dia a dia, por exemplo:

redução de custos;

aumento da visibilidade do negócio e de toda cadeia de transportes;

garantia da conformidade;

maior flexibilidade;

possibilidade de acompanhamento de processos por meio de indicadores de desempenho, dando apoio às tomadas de decisão.

Sistemas de Gestão de Armazéns (WMS)

O foco do Warehouse Management System (WMS) é a gestão de armazéns e estoques, cuidando de etapas que vão desde a encomenda, aquisição e recebimento de insumos até a expedição dos pedidos dos clientes.

Seu principal benefício é redobrar o controle sobre as operações em um armazém, o que reduz o tempo e a necessidade de movimentações, além de colaborar para minimizar erros, gargalos e perdas.

No fim, as equipes se tornam mais produtivas e diversas tarefas operacionais são aprimoradas. Entre suas tantas funcionalidades, destacamos:

inventário de materiais;

separação de pedidos (picking);

controle de portaria;

endereçamento de encomendas;

estocagem;

recebimento e averiguação de cargas;

embalagem, carregamento e expedição;

emissão de notas fiscais;

gestão do fluxo de informações administrativas;

entre outros;

Sistema de Rastreamento de Entregas

Inovações conhecidas, como o GPS (Global Positioning System) — que permite localizar algum móvel ou dispositivo via satélite — são capazes de transformar a rotina das empresas que atuam no segmento dos transportes. Logo, para elevar a excelência do serviço que prestam, é fundamental contar com esses tipos de softwares na gestão logística.

O papel da ferramenta de Rastreamento de Entregas é muito importante, tanto para o cliente quanto para a empresa. Com ele, é possível conferir, em tempo real, a localização de uma carga e o status da remessa.

Para a instituição, ele é um aliado que ajuda gestores a acompanhar a qualidade do trabalho de profissionais remotos, conferir o fluxo das entregas, identificar não conformidades, erros e problemas.

Já o consumidor fica tranquilo e recebe alertas sobre a situação de seu pedido. Caso alguma coisa aconteça, a transportadora consegue se comunicar facilmente com condutor e avisar o usuário final sobre algum imprevisto ou atraso. Isso colabora para fortalecer a confiabilidade, a segurança e o controle

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes