A maior rede de estudos do Brasil

Qual a principal fonte de receitas dos sindicatos que passou a ser contribuição facultativa pelos empregados com a reforma trabalhista?


2 resposta(s)

User badge image

Ismael Macedo

Há mais de um mês

A contribuição sindical.

A contribuição sindical.

User badge image

Narê Camargo

Há mais de um mês

As duas fontes de receitas referidas na Constituição Federal (Contribuição Confederativa e Contribuição Sindical) são hoje facultativas. Além delas, existem as contribuições assistenciais e mensalidade sindical.

contribuição assistencial, também conhecida como Representativa/ Cooperativa, visa financiar as atividades assistenciais do sindicato e compensar custos da participação nas negociações para obtenção de novas condições de trabalho. A sua previsão ocorre em acordos e convenções coletivas e sentença normativa.

A previsão legislativa da contribuição assistencial funda-se no art. 513, alínea “e” quando regula da possibilidade de o sindicato impor “contribuições a todos aqueles que participam das categorias econômicas ou profissionais ou das profissões liberais representadas”.

No entanto, o Supremo Tribunal Federal (STF), no julgamento do Recurso Extraordinário do processo ARE 1018459, decidiu que as entidades sindicais não podem impor o desconto de contribuições assistenciais de empregados não filiados ao sindicato respectivo. Esta decisão do STF possui Repercussão Geral, ou seja, deverá ser aplicada pelos magistrados, desembargadores e ministros em todas as instâncias inferiores.

Já a mensalidade sindical consiste na contribuição realizada pelo sócio do sindicato, ou seja, por aquele que adere de forma voluntária ao sindicato e passa a realizar a contribuição mensalmente à entidade. A sua previsão está na alínea “b” do art. 548 da CLT, sendo estabelecida nos estatutos ou pelas Assembleias Gerais, sendo que o valor varia de sindicato para sindicato, o que evidencia os serviços que são oferecidos aos filiados.

Esta contribuição geralmente ocorria por meio de descontos nos holerites dos empregados, mas, nos termos da MP 873/2019, o sindicato também deve emitir um boleto para esta arrecadação.


Essa pergunta já foi respondida!