A maior rede de estudos do Brasil

Qual a ação cabível

Jose ao alienar seu Estabelecimento Empresarial (Restaurante) para Joaquim, não foi autorizado no respectivo contrato a fazer concorrência, assim, nos termos do art. 1147 do Código Civil, não poderá, José (alienante) nos 05 (cinco) anos subsequentes à transferência, restabelecer-se em idêntico ramo de atividade empresarial, concorrendo com Joaquim (adquirente).

Dois anos e dez meses após a alienação do estabelecimento empresarial (trespasse), Joaquim descobre via informação de um cliente que José está bem próximo, mais precisamente a duas quadras de seu estabelecimento empresarial, na iminência de abrir outro estabelecimento em idêntico ramo de atividade empresarial (Restaurante) com intuito de fazer concorrência com Joaquim.

Com base neste caso concreto, e com devido amparo legal, assinale a ação cabível que o advogado de Joaquim terá que propor para que José (alienante) se abstenha de praticar a referida atitude, ou melhor, seja impedido de infringir a regra legal acima mencionada. 


Ainda não temos resposta. Você sabe responder?