A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
41 pág.
FOTOBIOMODULAÇÃO LASER.ppt [Modo de Compatibilidade]

Pré-visualização | Página 1 de 2

02/07/2020
1
FOTOBIOMODULAÇÃO LASER
Prof. Dr. Edson Barros 
CONCEITOS DO LASER 
O termo laser é um acrônimo de 
Light 
Amplification by
Stimulated
Emission of
Radiation
(Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de 
Radiação).
A amplificação da luz explica-se pela alta 
concentração de energia que contém, 
conseqüências do grande número de fótons dos 
quais é constituída (BUSSULO; DEUS, 2003).
02/07/2020
2
FOTOBIOMODULAÇÃO LASER
RECURSO UTILIZADO NO TRATAMENTO DE LESÕES 
MUSCULOESQUELÉTICAS E DO TECIDO CUTÂNEO
DUAS FORMAS = VISÍVEL E INVISÍVEL
FOTOBIOMODULAÇÃO LASER
TRATAMENTO DOS TENDÕES
LESÕES MUSCULARES
LESÕES NERVOSAS
ULCERAS DE PELE (DECUBITO, DIABÉTICAS, HANSENIANAS)
02/07/2020
3
Trilhão c/s = THz
Nanômetro: Um nano ("anão") metro é 1 milionésimo de 
milímetro. Para atingir a grossura de um cabelo, são necessários 100 
mil deles. 
Nos referimos ao laser pela largura de pulso e não pela frequência
“quanto maior for a 
frequência de uma onda, 
maior será a quantidade 
de energia contida”. 
(Einstein, A.) 
670 nm
904 nm
830 nm
“quanto maior for a 
frequência de uma onda, 
maior será a quantidade 
de energia contida”. 
(Einstein, A.) 
02/07/2020
4
BASES FÍSICAS DA RADIAÇÃO A LASER
Prentice (2004), a luz laser é emitida de modo organizado e 
não em um padrão aleatório como uma lâmpada. Três 
propriedades distinguem o laser da luz comum:
BASES FÍSICAS DA RADIAÇÃO A LASER
1) Coerência: é quando todos os fótons de luz
emitidos têm o mesmo comprimento de onda, as
ondas individuais de luz estão em fase uma com a
outra.
Já a luz normal, é composta de muitos comprimentos
de onda que sobrepõem suas fases umas às outras.
(picos e depressões do campo elétrico e magnético
ocorrem na mesma direção- chamado de coerência
espacial e no mesmo tempo chamado de coerência
temporal)
02/07/2020
5
BASES FÍSICAS DA RADIAÇÃO A 
LASER
BASES FÍSICAS DA RADIAÇÃO A LASER
2) Monocromaticidade: significa a especificidade da luz de
um único comprimento de onda definida.
Se a especificidade está no espectro da luz visível, ela tem
apenas uma cor.
O laser é uma das poucas fontes de luz que produzem um
comprimento de onda específico.
02/07/2020
6
BASES FÍSICAS DA RADIAÇÃO A LASER
3) Colimação: não há uma divergência dos fótons.
Isso quer dizer que os fótons se movem de
forma paralela, concentrando o feixe da luz.
02/07/2020
7
LASER
Radiação: Processo pelo qual a energia é
propagada através do espaço
Características
produzido por um aplicador elétrico
LASER
Radiação: Processo pelo qual a energia é
propagada através do espaço
Características
podem transmitir sem um meio de transporte
02/07/2020
8
LASER
Radiação: Processo pelo qual a energia é
propagada através do espaço
Características
 velocidade igual no vácuo,
mas pode variar conforme
o meio
LASER
Radiação: Processo pelo qual a energia é
propagada através do espaço
Características
propagação em linha reta = reflexão,
deflexão, absorção
02/07/2020
9
FENÔMENO ÓPTICO DA RADIAÇÃO 
(COLLS, 1984)
Epiderme 
Derme 
Reflexo Direto Reflexo 
Epiderme
Raio de 
Incidência 
Reflexo 
Epiderme 
Absorção Epiderme 
Absorção Dérmica 
02/07/2020
10
LASER
Classificação do Laser
Alta Potência:
 Elevação da temperatura
 Desidratação tecidual
 Coagulação da proteína
 Termólise 
 Evaporação
Baixa Potência
 Atérmica
 (ativar ou inibir processos celulares) fotobiomodulação laser.
Laser de Baixa Potência: controle da dor e reparo 
tecidual
LASER
A luminosidade laser esta
dentro dessas características
das cores, tudo vai depender da
potência que esse laser vai ter:
- Laser na faixa do ultra-violeta
até azul → Alta potência
(característica destrutiva)
- Laser na faixa do verde até o
laranja → Sem efeito (laser,
ornamentação)
- Laser na faixa entre o laranja
e o vermelho → Média potência
(efeito destrutivo, usado em
cirurgia plástica)
- Laser na faixa entre o
vermelho e o infra-vermelho →
Baixa potência ou soft-laser
(utilizado na fisioterapia)
02/07/2020
11
TIPOS DE LASERS
Milhares diferentes = comprimento de onda 
específico
luz vermelha 632.8 à 750 nm 
infra vermelha entre 780 à 1300 nm
Nanômetro: Um nano ("anão") metro é 1 
milionésimo de milímetro. Para atingir a grossura 
de um cabelo, são necessários 100 mil deles. 
02/07/2020
12
LASER
670nm
 Penetração direta: 0,8 mm
LASER
780 à 932nm
Penetração direta: 1 à 2 cm
02/07/2020
13
02/07/2020
14
DOSIMETRIA LASER
670 Nm 30mw
TA = ( x j x área em cm2) / potência 
TA = ( 3 j x 6 cm2) / 0.03
TA = 600 seg ou 10 min
Em média 2 minutos por ponto
904 Nm 15WpK = média 20mw
TA = ( x j x área em cm2) / potência 
TA = ( 3 j x 6 cm2) / 0.02
TA = 900 seg ou 15 min
Em média 2,5 minutos por ponto
830 Nm 30mw
TA = ( x j x área em cm2) / potência 
TA = ( 3 j x 6 cm2) / 0.03
TA = 600 seg ou 10 min
Em média 2 minutos por ponto
SÍNDROME DO TÚNEL DO CARPO
 Área 3cm2
 Dose mínima: 4 j
 Laser de 904nm
 TA = 4 x 3 /20Mw
 TA = 12/0.02
 TA = 600seg ou 10 min
 3,33 min por ponto
02/07/2020
15
RADICULOPATIA CERVICAL
 Área 
 Dose mínima: j
 Laser de 830nm
 TA = ( x j x área em cm2) / potência 
TENDINOPATIA PATELAR
 Área 
 Dose mínima: j
 Laser de 904nm
 TA = ( x j x área em cm2) / potência 
02/07/2020
16
LASER 904 NM
 O tratamento diário de 2 semanas ou tratamento em dias
alternados por 3-4 semanas é recomendado
 A irradiação deve cobrir a maior parte do tecido patológico no
tendão / sinóvia.
 Comece com a dose de energia na tabela, em seguida, reduzir
em 30% quando a inflamação está sob controle
 Janelas de dose terapêutica variam tipicamente de + / - 50% dos
valores indicados, e as doses fora essas janelas são inadequadas
e não devem ser consideradas como Low Level Laser Therapy.
 As doses recomendadas são para os tipos de pele brancos /
caucasianos com base em resultados de ensaios clínicos ou
extrapolação dos resultados dos estudos com medidas
semelhantes de tecidos patológicos e exames ultra-sonográficos.
 A lista pode ser sujeita a alterações a qualquer momento em que
mais estudos de pesquisa estão sendo publicados.
 Associação Mundial de Terapia Laser não é responsável pela
aplicação da terapia a laser em pacientes, que devem ser
realizadas a critério e responsabilidade do terapeuta.
LASER 
780 - 860NM
 O tratamento diário de 2 semanas ou tratamento em dias
alternados por 3-4 semanas é recomendado
 A irradiação deve cobrir a maior parte do tecido patológico no
tendão / sinóvia.
 Comece com a dose de energia na tabela, em seguida, reduzir em
30% quando a inflamação está sob controle
 Janelas dose terapêutica variam tipicamente de + / - 50% dos
valores indicados, e as doses fora dessas janelas são inadequadas e
não devem ser consideradas como Baixa Level Laser Therapy.
 As doses recomendadas são para os tipos de pele brancos /
caucasianos com base em resultados de ensaios clínicos ou
extrapolação dos resultados dos estudos com medidas semelhantes
de tecidos patológicos e ultra-sonográficos.
 A lista pode ser sujeita a alterações a qualquer momento em que
mais estudos de pesquisa estão sendo publicados.
 Associação Mundial de Terapia Laser não é responsável pela
aplicação da terapia a laser em pacientes, que devem ser
realizadas a critério e responsabilidade do terapeuta.
02/07/2020
17
TÉCNICA DE APLICAÇÃO
 Lesões musculo-esqueléticas
 Contato: firme pressão na área conforme tolerância –
 Acupuntura
 Nervos: relacionado ao ponto doloroso
 Tratamento de Feridas abertas e Úlceras
 Não Contato: 0,5 – 1 cm
 Margem e Leito da ferida,
 Distância pontos 2 à 3 cm
 Varredura
02/07/2020
18
CUIDADOS NA APLICAÇÃO
Higienizar bem a área a ser tratada;
Utilizar os óculos de proteção (sempre)- você e seu 
paciente;
Peça ao paciente que não fique olhando para o 
raio;
Posicione de forma perpendicular a sua caneta de 
aplicação;
Não deixe cair a caneta de aplicação; 
 Tome cuidado com a manutenção da higiene de

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.