A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Leptospirose

Pré-visualização | Página 1 de 1

Leptospirose
 
DOENÇA FEBRIL AGUDA
QUE RESULTA DA
EXPOSIÇÃO DIRETA OU
INDIRETA A URINA DE
ANIMAIS (RATOS)
INFECTADOS PELA
BACTÉRIA LEPTOSPIRA.
SUA PENETRAÇÃO
OCORRE ATRAVÉS DA
PELE COM LESÕES, PELE
INTEGRA IMERSA POR
LONGOS PERIODOS EM
ÁGUA CONTAMINADA OU
PELAS MUCOSAS
@alanadecastilho
PERÍODO DE INCUBAÇÃO:
1 A 30 DIAS,
NORMALMENTE OCORRE
ENTRE 7 E 14 DIAS APÓS
A EXPOSIÇÃO. 
ATUALMENTE É ENDÊMICA
NO BRASIL. PREVENÇÃO
SE DÁ ATRAVÉS DE
SANEAMENTO BÁSICO E
CONTROLE DE ROEDORES.
NÃO TEM VACINA, APENAS
PARA ANIMAIS
DOMÉSTICOS E DE
PRODUÇÃO. 
SINTOMAS- FASE PRECOCE: FEBRE, DOR DE
CABEÇA, DOR MUSCULAR, FALTA DE APETITE,
NÁUSEAS E VÔMITO. PODEM OCORRER DIARREIA,
VERMELHIDÃO OU HEMORRAGIA CONJUTIVAL,
FOTOFOBIA, DOR OCULAR E TOSSE. 
FASE TARDIA: SÍNDROME DE WEIL - TRÍADE DE
ICTERÍCIA, INSUFICIÊNCIA RENAL E HEMORRAGIAS,
SÍNDROME DE HEMORRAGIA PULMONAR,
COMPROMETIMENTO PULMONAR, SÍNDROME DA
ANGÚSTIA RESPIRATÓRIA AGUDA, MANIFESTAÇÕES
HEMORRÁGICAS. 
COMPLICAÇÕES: INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA- NÃO
OLIGÚRICA E HIPOCALEMICA, INSUFICIÊNCIA RENAL
OLIGÚRICA POR AZOTEMIA PRÉ-RENAL, NECROSE
TUBULAR AGUDA. 
DIAGNÓSTICO: FASE
PRECOCE: EXAME DIRETO,
URINA, PCR
FASE TARDIA: CULTURA,
ELISA,
MICROAGLUTINAÇÃO. 
TRATAMENTO:
ANTIBIÓTICOTERAPIA
HOSPEDEIROS DE
MANUTENÇÃO E SUAS
RESPECTIVAS
SORAVARIEDADE DE
LEPTOSPIRA INTERROGANS
- GRIPPOTYPHOSA -
ROEDORES. BRATISLAVA-
SUÍNO. HARDJO- BOVINO.
CANICOLA- CÃES
Como os bovinos são
suscetíveis a vários sorovares,
a vacina utilizada (bacterina)
deve ser polivalente e a prova
de soro aglutinação
microscópica, utilizada para o
diagnóstico laboratorial, deve
ser realizada com os sorovares
mais prevalentes na região ou
país.
OBSERVAÇÕES

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.