Buscar

AVR - VIROLOGIA E IMUNOLOGIA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Disciplina: ARA1269 - VIROLOGIA E IMUNOLOGIA VETERINÁRIA 
 
 
 
 ATENÇÃO 
1. Veja abaixo, todas as suas respostas gravadas no nosso banco de dados. 
2. Caso você queira voltar à prova clique no botão "Retornar à Avaliação". 
 
 
 
 1a Questão (Ref.: 202109800453) 
Na replicação viral o vírus insere seu ácido nucleico na célula hospedeira, tornando-se parte 
do DNA da célula infectada. O material genético da célula com o do vírus incorporado sofrem 
duplicação, gerando células-filhas com o novo genoma, que irá transmitir informações 
genéticas virais. 
Este ciclo de replicação viral é denominado 
 
 
ciclo biogeoquímico. 
 
ciclo de Krebs. 
 
 ciclo lisogênico. 
 
ciclo do carbono. 
 
ciclo lítico. 
 
 2a Questão (Ref.: 202109797463) 
Os vírus normalmente infectam apenas uma espécie ou uma variedade restrita de espécies 
hospedeiras, ou seja, a base inicial é a capacidade da partícula viral se fixar à uma célula 
hospedeira sofrendo um ciclo de replicação produzindo várias partículas virais. 
No processo de replicação viral, a etapa que consiste no agrupamento das proteínas do 
capsídeo com o material genético empacotado dentro do capsídeo é chamada 
 
 
desnudamento. 
 
adsorção. 
 
montagem. 
 
penetração. 
 
liberação. 
 
 3a Questão (Ref.: 202109888441) 
A classificação em subespécies, cepas, variantes e isolados não existe de forma oficial, 
mesmo que seja reconhecida a sua importância para o diagnóstico, para estudos biológicos e 
moleculares e também para a produção de vacinas. Existem algumas variações para esses 
termos. Aquela que representa o termo designado para um vírus que foi obtido por 
isolamento de uma determinada fonte de infecção ou isolado de material clínico e sobre o 
qual se conheça pouco. 
Marque a alternativa que apresenta a denominação correta para este vírus descrito acima. 
 
 
Isolado ou amostra. 
 
Cepas de referência. 
 
wild-type. 
 
Variante. 
 
Cepa de campo. 
 
 
 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205334275/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205331285/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205422263/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
 4a Questão (Ref.: 202109797456) 
Os vírus são responsáveis por milhares de mortes no mundo todos os anos e têm como 
característica marcante a necessidade de parasitar uma célula, para iniciar e completar seu 
ciclo de proliferação. 
De acordo com o texto pode-se afirmar que 
 
 
os vírus não possuem informação genética própria para realizarem sua duplicação. 
 
os vírus têm metabolismo próprio independente do hospedeiro. 
 
os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios que possuem enzimas relacionadas à 
síntese e armazenamento de energia (ATP). 
 
os vírus precisam manipular e utilizar a maquinaria celular hospedeira para 
síntese e produção de proteína. 
 
os vírus utilizam o DNA da célula hospedeira para produzir outros vírus. 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 202109795100) 
A replicação viral que ocorre no interior da célula do hospedeiro, evolui seguindo as etapas de 
adsorção, penetração, desnudamento, transcrição e tradução (síntese), maturação e liberação. 
Nesse sentido, avalie as afirmativas a seguir. 
I - A adsorção é a ligação de uma proteína presente na superfície da partícula viral com os 
receptores específicos da membrana celular do hospedeiro. 
II - No desnudamento o capsídeo é removido o genoma do vírus é liberado e fica exposto no 
interior de uma célula hospedeira. 
III - Na montagem e maturação as proteínas vão se agregando ao genoma, formando o 
nucleocapsídeo. 
IV - A liberação do vírus da célula sempre ocorre através da lise celular. A quantidade de vírus 
produzida no interior da célula é tão grande que a célula se rompe. 
Pode-se afirmar que 
 
 
apenas as afirmações II, III e IV estão corretas. 
 
apenas a afirmação I está correta. 
 
apenas as afirmações I, IIe III estão corretas. 
 
apenas as afirmações I e II estão corretas. 
 
apenas as afirmações II e III estão corretas. 
 
 
 
 6a Questão (Ref.: 202109419488) 
Os vírus da família Picornaviridae possuem material genético composto por fita simples de RNA 
(sentido positivo), a simetria é icosaédrica e não são envelopados. 
Com base nessas informações, assinale alternativa que descreve o gênero responsável pela 
febre aftosa entre animais susceptíveis. 
 
 
Rhinovirus. 
 
Erbovirus. 
 
Cardiovirus. 
 
Enterovirus. 
 
Vesivirus. 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205331278/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205328922/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204953310/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
 
 
 7a Questão (Ref.: 202109710763) 
A família Parvoviridae inclui vírus que possuem tropismo por células em multiplicação 
constante. Esta característica torna os parvovírus altamente virulentos, juntamente com 
particularidades no ciclo viral como, por exemplo, a replicação rápida do genoma e a alta taxa 
de mutações. Portanto, tanto em cães como em gatos a "síndrome da má absorção" é um 
fenômeno comum que leva à desnutrição e desidratação de forma muito intensa e rápida. 
Com base nessas informações e relacionado com os sintomas apresentados durante o 
desenvolvimento desta virose, é correto afirmar que 
 
 
animais vacinados podem apresentar diarreia leve caso entrem em contato 
com o vírus após finalizado todo o protocolo vacinal. A síndrome da má 
absorção, por outro lado, não irá ocorrer pois trata-se de um quadro mais 
grave da infecção, que não ocorre em animais vacinados. 
 
a eliminação do vírus do ambiente pode ser feita com produtos que alteram a estrutura 
viral externa (envelope) ou com altas temperaturas (a partir de 70°C). 
 
a destruição das vilosidades intestinais leva à síndrome da má absorção, podendo levar 
a sintomas neurológicos tanto em cães quanto em gatos devido à absorção de toxinas 
no intestino. 
 
a vacinação anual oferecida pelas prefeituras é essencial para ativação do sistema 
imunológico, deixando cães e gatos imunocompetentes e, portanto, capazes de eliminar 
vírus que ataquem o trato gastrointestinal. 
 
a destruição das vilosidades intestinais ocorre por conta das células do ápice morrerem 
pela ação direta do vírus sobre elas. 
 
 
 
 8a Questão (Ref.: 202109887370) 
A anemia infecciosa equina (EIA) é uma doença infecciosa potencialmente fatal que afeta os 
equídeos. A infecção pelo EIAV apresenta distribuição mundial, com maior ocorrência em 
áreas tropicais ou subtropicais pantanosas. Trata-se de uma enfermidade facilmente 
confundível com outras infecções que cursem com febre, como a influenza e as encefalites 
equinas. Avalie as afirmativas abaixo. 
I - O agente etiológico é um Paramyxovirus, pertencente à família Retroviridade. 
II - A confirmação da doença se dá pela presença de anemia no perfil hematológico de 
animais doentes, sendo assim a eutanásia pode ser realizada. 
III - A mais importante forma de transmissão do vírus da anemia infecciosa equina se dá 
pela utilização de agulhas. 
IV - A legislação brasileira de saúde animal através do Programa Nacional de Sanidade dos 
Equídeos (PNSE) considera a AIE como doença de notificação obrigatória. 
Marque a alternativa que apresenta a(s) afirmativa(s) correta(s). 
 
 
Apenas I e IV estão corretas. 
 
Apenas I e II estão corretas. 
 
Apenas IV está correta. 
 
Apenas III está correta. 
 
Apenas II e III estão corretas. 
 
 
 
 9a Questão (Ref.: 202109821444) 
O vírus da influenza equina (EIV) é considerado um dos principais agentes infecciosos 
causadores de surtos respiratórios em equídeos no Brasil e no mundo. A influenza equina, ou 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205244585/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205421192/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205355266/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
gripe equina, é uma enfermidade que afeta as vias aéreas superiores de equídeos, considerada 
endêmica em diversos países e caracterizada por alta morbidade e baixa mortalidade. 
Nesse contexto, a influenza equina é causada por um vírus da família 
 
 
Herpesviridae 
 
Picornaviridae. 
 
Rhabdoviridae. 
 
Orthomyxoviridae. 
 
Flaviviridae. 
 
 
 
 10a Questão (Ref.: 202109797466) 
O agente etiológico da Leucose Enzoótica Bovina (LEB) é denominado Vírus da Leucose Bovina 
(VLB) e é um retrovírus que pertence à família Retroviridae. A LEB é uma doença crônica 
altamente contagiosa e acomete principalmente rebanhos leiteiros. A infecção viral desenvolve 
neoplasias em tecidos linfoides e é frequentemente diagnosticada em animais domésticos. 
Com relação a essa virose pode-se afirmar 
 
 
reações falso positivas podem ocorrer em animais infectados cujo sistema imune ainda 
não respondeu a infecção viral (denomina-se este lapso, ou demora de resposta imune, 
de "janela imunológica"). 
 
o VLB possue uma única fita de RNA. Apresenta a capacidade de transformar 
seu material genético em DNA, através da enzima Transcriptase Reversa, 
inserindo-se no genoma celular, mantendo-se nesta forma por longo período 
de incubação. 
 
a transmissão horizontal para os fetos pela placenta é possível, mas ocorre não mais 
do que 4 a 8% dos casos. 
 
através da Imunodifusão em Ágar gel pode-se identificar, em células bovinas 
infectadas, sequências de DNA características do retrovírus, gerando milhares a milhões 
de cópias de uma determinada sequência de DNA. 
 
uma vez constatada na propriedade a presença de animais sorologicamente positivos 
ou animais apresentando forma clínica da doença, recomenda-se ordenhar os animais 
soropositivos antes dos soronegativos. 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205331288/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');

Outros materiais