Buscar

Teste de Conhecimento em Virologia

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 38 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 38 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 38 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

1-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A1_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		(UFSC/2013-adaptada) A busca por novas formas de imunização é uma constante na humanidade. Sobre esse tema, assinale a proposição CORRETA:
 
	
	
	
	Vacinas são métodos de imunização ativa, que contêm em sua composição anticorpos contra o agente infeccioso.
 
	
	
	Um antígeno pode ser caracterizado como uma molécula capaz de promover a destruição do micro-organismo invasor.
 
	
	
	Espera-se que uma vacina induza a produção de anticorpos inespecíficos.
	
	
	Vacinas e soros são métodos de imunização que agem de forma semelhante na estimulação do sistema imunológico.
 
	
	
	As vacinas contêm antígenos que induzem o organismo a produzir anticorpos específicos.
 
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Com relação aos componentes de uma vacina que influenciam a resposta imune, assinale a alternativa correta acerca dos adjuvantes:
 
	
	
	
	Não são utilizados em vacinas que contêm micro-organismos vivos.
	
	
	São substâncias presentes na composição de algumas vacinas e que diminuem a resposta imune dos produtos que contêm micro-organismos inativados ou os respectivos componentes.
	
	
	São substâncias presentes na composição de algumas vacinas e que aumentam a resposta imune dos produtos que contêm micro-organismos vivos.
	
	
	Podem ser utilizados em vacinas que contêm microrganismos vivos.
 
	
	
	Os sais de alumínio são os adjuvantes menos utilizados em vacinas para uso humano.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto abaixo, na ordem em que aparecem.
Quando se usa ____________, o sistema de defesa reage produzindo ___________________ e ______________ que apresentam a capacidade de reconhecer agentes infecciosos.
 
	
	
	
	Soro - anticorpos - células fagocitárias
 
	
	
	Soro - antígenos - células de memória
	
	
	Vacina - anticorpos - células de memória
 
	
	
	Vacina - antígenos - células de memória
 
	
	
	Soro - antígenos - células fagocitárias
 
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Sobre os antivirais, avalie as afirmativas abaixo:
I) Todas as classes de antivirais devem sofrer trifosforilação dentro das células para se tornarem ativos.
II) Os inibidores não análogos de nucleosídeos têm por função competir pelos nucleotídeos livres celulares durante a ação da enzima transcriptase reversa.
III) Inibidores de desempacotamento viral, como os derivados de Adamantano, atuam impedindo que o material genético do vírus chegue ao citoplasma, bloqueando a replicação viral.
 IV) A droga aciclovir exerce suas ações por inibir enzimas com função de polimerase de ácidos nucléicos.
Estão CORRETOS apenas os itens:
	
	
	
	I e IV
	
	
	II e III
	
	
	I e II
	
	
	I e III
	
	
	III e IV
 
	
	
	
	 
		
	
		5.
		Sobre os princípios da imunidade e o uso dos imunobiológicos, marque a alternativa correta:
	
	
	
	As imunoglobulinas e os soros são produzidos a partir de anticorpos.
 
	
	
	A duração da proteção conferida pelos soros é relativamente mais duradoura do que pelas vacinas.
	
	
	As vacinas conferem ao organismo imunidade passiva artificialmente adquirida.
	
	
	Os anticorpos obtidos pelo recém-nascido, por meio da mãe, é um exemplo de imunidade ativa.
	
	
	Na imunidade ativa, o organismo produz anticorpos específicos contra determinado antígeno.
	
	
	2-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A2_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		A técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR) foi desenvolvida em 1993 e revolucionou os métodos moleculares de detecção viral. Sobre essa técnica, são feitas as seguintes afirmativas:
I - Os ciclos de amplificação consistem em etapas consecutivas de desnaturação, anelamento e extensão, com variação de temperatura.
II - Durante a etapa de desnaturação, as pontes de hidrogênio que mantêm a dupla fita de DNA ligadas são quebradas através da elevação da temperatura a 95°C.
III - Para permitir a ligação dos oligonucleotídeos iniciadores ao DNA alvo, a reação é resfriada a temperaturas em torno de 55°C, dependendo da composição dos oligonucleotídeos.
IV - Durante a etapa de extensão, a RNA polimerase sintetiza as novas cadeias que vão servir de molde para o próximo ciclo da reação.
São verdadeiras as afirmativas:
	
	
	
	I, II, III e IV
	
	
	I
	
	
	I, II e III
 
	
	
	I e III
	
	
	I e II
	
	
	
	 
		
	
		2.
		O desenvolvimento de novos compostos antivirais envolve uma série de etapas com objetivos específicos que correspondem ao que chamamos de ensaios clínicos. A etapa que tem por objetivo identificar uma dose segura, examinar as características farmacocinéticas do novo antiviral e avaliar possíveis efeitos colaterais é a fase:
	
	
	
	III
	
	
	I
	
	
	0
	
	
	IV
	
	
	II
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Métodos sorológicos e moleculares são amplamente utilizados no diagnóstico das infecções virais. Dentre eles, a técnica imunoenzimática conhecida como ELISA é uma das mais utilizadas, pois permite a detecção tanto da presença do antígeno viral quanto de anticorpos específicos. Identifique a alternativa incorreta:
	
	
	
	Na técnica de ELISA, a revelação se faz por microscopia através da adição de um anticorpo fluorescente.
 
	
	
	Os métodos conhecidos como ELISA direto e ELISA sanduíche permitem a detecção de antígenos virais.
	
	
	O método ELISA indireto é adaptado para a detecção de anticorpos específicos.
	
	
	A enzima peroxidase e seu substrato são componentes essenciais dessa técnica.
	
	
	O método de ELISA é amplamente utilizado no diagnóstico por ser considerado rápido e específico.
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Na ausência de efeito citopático visível, as culturas celulares não devem ser consideradas como negativas e métodos complementares devem ser utilizados para confirmar a presença ou ausência de replicação viral. Podem ser utilizados como métodos confirmatórios da presença de um vírus em cultura celular: (Marque a opção correta)
	
	
	
	Neutralização e interferência
	
	
	Todas as demais alternativas estão corretas.
	
	
	Hemadsorção, microscopia eletrônica
	
	
	RT-PCR e qPCR
 
	
	
	PCR, ELISA e imunofluorescência
	
	
	
	 
		
	
		5.
		Todo dano causado por um vírus à célula hospedeira é chamado de efeito citopático (ECP). Nas imagens abaixo, podemos observar efeito citopático indicando a presença de vírus nas culturas de células.
Os efeitos citopáticos observados nas imagens podem ser determinados como casos de ________ e __________, respectivamente:
	
	
	
	Aglomeração e proliferação
	
	
	Lise e apoptose
	
	
	Aglomeração e apoptose
	
	
	Formação de sincícios e arredondamento
	
	
	Vacuolização e inclusões
 
	3-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A3_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Vocêfará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		 (UEPB/2009) Sobre os vírus, podemos afirmar que:
	
	
	
	Os retrovírus podem apresentar DNA ou RNA, mas obrigatoriamente apresentam a transcriptase reversa.
 
	
	
	São estruturalmente simples, sendo formados por uma ou mais cápsulas protéicas que envolvem o DNA e o RNA, compondo o nucleocapsídeo. Alguns vírus apresentam ainda um envoltório externo ao nucleocapsídeo denominado envelope.
	
	
	A infecção viral é específica, sendo esta especificidade decorrência do fato de que para um vírus penetrar em uma célula deve haver uma interação das proteínas virais com as proteínas receptoras existentes na membrana plasmática das células.
	
	
	A transmissão dos vírus das plantas ocorre exclusivamente por difusão mecânica, ou seja, quando uma pessoa manipula uma planta infectada e a seguir uma sadia.
	
	
	Se reproduzem sempre no interior de uma célula hospedeira, exceto os bacteriófagos, que realizam parte do ciclo no exterior da bactéria.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		(UNESA/2015.2) Os vírus são seres parasitas intracelulares obrigatórios, que precisam infectar células e utilizar a maquinaria desta para se multiplicar.
	
	
	
	Possuem características fundamentais dos seres vivos, como estrutura celular, capacidade de reprodução e de sofrer mutações.
	
	
	Infectam apenas animais vertebrados e invertebrados
	
	
	São todos parasitas animais, com alta especificidade à espécie animal que infecta.
	
	
	São seres vivos maiores que as bactérias e por isso não atravessam filtros que permitem a passagem de bactérias.
	
	
	Podem infectar e matar bactérias, assumindo uma função semelhante à dos antibióticos, impedindo sua multiplicação.
 
	
	
	
	 
		
	
		3.
		A reprodução dos vírus deve acontecer no interior de uma célula, uma vez que esses organismos não possuem metabolismo próprio. Desde a interação do vírus com a célula até a liberação de novas partículas virais, várias etapas ocorrem. A respeito dessas etapas, analise as alternativas a seguir e marque a incorreta:
	
	
	
	Durante a fase de penetração, o material genético do vírus é inserido dentro da célula.
	
	
	Para que o material genético do vírus entre em contato com o da célula, é fundamental que todo o vírus destrua a membrana da célula hospedeira.
	
	
	A fase de adesão só é possível graças à interação das proteínas encontradas no vírus e na membrana plasmática da célula que será parasitada.
	
	
	Os vírus formados no interior da célula podem ser liberados por meio do rompimento da célula infectada ou pelo processo de brotamento.
 
	
	
	Na fase de replicação viral, o material genético do vírus é multiplicado e são produzidas muitas cópias de seu genoma.
	
	
	
	 
		
	
		4.
		(UECE/2018) Atente ao que se diz a respeito de vírus, e assinale com V o que for verdadeiro e com F o que for falso.
( ) Um vírus que se aproxima da célula hospedeira injeta seu material genético e multiplica-se com a ajuda das organelas da célula infectada.
( ) Todo vírus possui uma cápsula proteica protetora denominada capsídeo que abrange seu genoma de DNA ou RNA.
( ) No ciclo lítico, o vírus invade a célula hospedeira e agrega seu material genético ao genoma da mesma.
( ) Apesar de poder ser causada por fungos e bactérias, a pneumonia também pode ter origem viral.
A sequência correta, de cima para baixo, é:
	
	
	
	F, F, V, V
 
	
	
	F, V, F, F
	
	
	V, V, F, V
	
	
	F, V, F, V
	
	
	V, F, V, F
	
	
	
	 
		
	
		5.
		Com base nos conhecimentos sobre vírus, considere as afirmativas a seguir:
I. A reprodução de um adenovírus ocorre quando a sua membrana se funde com a membrana da célula hospedeira e o capsídeo viral penetra no citoplasma. O RNA produz, sob a ação da transcriptase reversa, uma molécula de DNA que penetra no núcleo da célula, integra-se a um cromossomo e recombina-se com o DNA celular.
II. A etapa de liberação das partículas virais da célula infectada é chamada de maturação e no caso dos vírus envelopados, eles carregam fragmentos da membrana plasmática que constituem seu envelope viral.
III. Os vírus são constituídos de ácido nucleico envolto por uma cápsula de proteína, denominada capsídeo, e estão divididos em dois grupos: os que são constituídos de DNA (adenovírus) e os que são constituídos de RNA (retrovírus).
IV. Os vírus são parasitas obrigatórios de diferentes organismos, como bactérias, fungos, animais e plantas. No ser humano, algumas doenças causadas por vírus são a varicela (catapora), a herpes, a gripe, a dengue e a aids.
Assinale a alternativa correta.
 
	
	
	
	Somente as afirmativas I e II são corretas.
 
	
	
	Somente as afirmativas I e IV são corretas.
 
	
	
	Somente as afirmativas III e IV são corretas.
 
	
	
	Somente as afirmativas II, III e IV são corretas
	
	
	Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
 
	
	4-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A4_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		O esquema a seguir mostra a classificação viral proposta pelo microbiologista americano David Baltimore, em 1971, que relaciona as características do ácido nucleico viral com sua estratégia de replicação.
Entre as várias estratégias de replicação conhecidas, existem vírus, como o HIV que possuem um fluxo de informação gênica pouco usual, graças à existência de uma enzima específica. O nome dessa enzima e o(s) grupo(s) em que estaria(m) classificado(s) os vírus que a possuem são, respectivamente:
	
	
	
	RNA polimerase 4 e 6
	
	
	DNA polimerase, 1, 2 e 7
	
	
	Transcriptase reversa, 6 e 7
	
	
	Transcriptase reversa 3
 
	
	
	Replicase viral, 7
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Sobre a natureza dos vírus, é correto afirmar que:
	
	
	
	São incapazes de causarem danos à célula hospedeira
 
	
	
	Raramente sofrem mutações.
	
	
	Possuem material genético próprio
	
	
	Podem ser observados por microscopia óptica
	
	
	Possuem metabolismo próprio.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Sobre as famílias de vírus de RNA, avalie as afirmativas a seguir:
 
I - Segundo Baltimore, as famílias de vírus RNA podem ser classificadas em Vírus RNA de fita dupla, Vírus RNA fita simples polaridade positiva, Vírus RNA fita simples polaridade negativa e Vírus RNA fita simples com intermediário DNA
II - O ciclo replicativo das famílias Retroviridae depende da atividade de uma enzima transcriptase reversa viral que converte o RNA viral em DNA.
III - O ciclo replicativo dos vírus RNA de fita dupla, RNA de fita simples polaridade positiva e RNA de fita simples polaridade negativa dependem de uma enzima RNA polimerase-RNA dependente que é responsável por sintetizar novas moléculas de DNA viral.
Estão corretas:
 
 
	
	
	
	II e III
 
	
	
	I e III
	
	
	I e II
	
	
	I, II
	
	
	I
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Com relação as estratégias de replicação do genoma viral, podemos afirmar:
I - O genoma viral pode ser composto de DNA ou RNA, pode ser de fita simples ou dupla, segmentado ou não-segmentado, de polaridade positiva ou negativa.
II - A replicação dos vírus de DNA de fita dupla segue as mesmas etapas da replicação do DNA celular. Umexemplo de vírus DNA de fita dupla são os adenovírus.
III - Devido às características da molécula de RNA, os vírus não podem ter RNA de fita dupla como material genético, somente RNA de fita simples de polaridade positiva ou negativa.
IV - A polaridade das fitas de RNA é uma referência para o processo de tradução: a polaridade positiva indica que o genoma viral pode ser diretamente traduzido originando as proteínas virais, enquanto que a fita negativa precisa ser convertida em RNA de polaridade positiva para originar as proteínas virais.
V - Vírus que possuem DNA com material genético tendem a replicar no núcleo da célula hospedeira, enquanto que os vírus que possuem RNA como genoma replicam no citoplasma.
Assinale as afirmativas corretas.
	
	
	
	I, II, IV e V
	
	
	I, III, IV e V
	
	
	I, II e V
	
	
	I e II
	
	
	I, III, IV e V
 
	
	
	
	 
		
	
		5.
		A classificação taxonômica é determinada pelo Comitê Internacional de Taxonomia Viral (ICTV), que estabelece níveis hierárquicos de classificação designados por sufixos.  Com relação à classificação taxonômica do SARS-CoV-2, assinale a alternativa que apresenta ordem, família, subfamília, gênero e espécie, respectivamente:
	
	
	
	Nidovirales, Orthocoronavirinae, Coronaviridae, Betacoronavirus, SARS-CoV-2
 
	
	
	Nidovirales, Coronaviridae, Orthocoronavirinae, Betacoronavirus, SARS-CoV-2
	
	
	Coronaviridae, Betacoronavirus, Orthocoronavirinae, Nidovirales, SARS-CoV-2
	
	
	SARS-CoV-2, Coronaviridae, Betacoronavirus, Orthocoronavirinae, Nidovirales
	
	
	Coronaviridae, Orthocoronavirinae, Nidovirales, Betacoronavirus, SARS-CoV-2
	
	
	5-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A5_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		(Instituto Consulplan - 2019 Adaptada). O vírus influenza, pertencente à família Ortomixiviridae, possui RNA de hélice única e se subdivide em três tipos antigenicamente distintos: A, B e C. O vírus tipo A é mais suscetível às variações antigênicas e, periodicamente, sofre alterações em sua estrutura genômica, o que contribui para a existência de diversos subtipos. São responsáveis pela ocorrência da maioria das epidemias de influenza e classificados de acordo com os tipos de proteínas que se localizam em sua superfície, chamadas de hemaglutinina (H) e neuraminidase (N). São considerados os principais reservatórios do vírus influenza, EXCETO:
	
	
	
	Suínos
	
	
	Aves
	
	
	Homem
 
	
	
	Répteis
	
	
	Mamíferos
	
	
	
	 
		
	
		2.
		(IDECAN, 2016 Adaptada). A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais). A doença pode ser causada pelos vírus influenza A, B e C. Quais são os tipos de vírus que sofrem frequentes mutações e são responsáveis pelas epidemias sazonais são associadas com o aumento das taxas de hospitalização e morte por pneumonia, especialmente em pacientes que apresentam condições e fatores de risco?
	
	
	
	B e C
	
	
	A e B
	
	
	A, B e C
 
	
	
	B
	
	
	A e C
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Quanto aos Vírus Parainfluenza é incorreto afirmar:
	
	
	
	As manifestações clínicas incluem resfriados, gripe, bronquiolite e pneumonia.
	
	
	A imunidade resultante da doença protege o indivíduo por toda a vida.
	
	
	Os vírus ParaInfluenza Humano causam doenças respiratórias tanto em crianças quanto em adultos.
	
	
	Os vírus ParaInfluenza Humano pertencem à família Paramyxoviridae.
	
	
	Os sorotipos HPIV 1 e HPIV 2 conferem maior preocupação na população com idade entre 6 meses a 12 anos.
 
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Dentre as afirmativas abaixo, selecione a que não se refere a uma das formas de se proteger da COVID-19?
	
	
	
	Utilizar máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.
	
	
	Ao tossir ou espirrar, cobrir nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
	
	
	Manter uma distância mínima de cerca de meio metro de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
 
	
	
	Lavar com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienizar com álcool em gel 70%.
	
	
	Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		Quanto ao Vírus Sincicial Respiratório (VSR) é incorreto afirmar:
	
	
	
	Tem como população alvo as crianças com idade superior a 5 anos.
	
	
	Possui maior notificação nos meses de outono e inverno.
	
	
	Pertence à família Paramyxoviridae.
	
	
	Os principais sintomas são: bronquiolite e pneumonia
 
	
	
	É classificado como pneumovírus.
	
	6-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A6_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		(SEHAC - RJ. 2018) O período do verão é o mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti por causa das chuvas, e consequentemente é a época de maior risco de infecção por dengue, zika e Chikungunya. Em relação à prevenção e cuidados com estas doenças qual a alternativa CORRETA é:
	
	
	
	Aleitamento Materno deve ser proibido para evitar a transmissão do vírus Zika pelo leite materno.
 
	
	
	Inseticidas usados para matar mosquitos adultos, e repelentes ambientais (encontrados na forma de espirais, líquidos e pastilhas de aparelhos elétricos), também podem ser adotados no combate ao mosquito Aedes aegypti.
	
	
	Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por mês.
	
	
	O mosquito Aedes Aegypti se reproduz apenas em água limpa
	
	
	O repelente de uso tópico, aplicado na pele, pode fazer parte dos cuidados contra dengue, exceto em gestantes.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		(VUNESP - 2019). Assinale a alternativa que contém exemplos de arboviroses:
	
	
	
	Dengue, leishmaniose tegumentar e leptospirose.
	
	
	Chikungunya, zika e febre amarela.
	
	
	Leptospirose, chikungunya e febre do Nilo.
	
	
	Leishmaniose visceral, raiva e malária.
	
	
	Zika, Chagas e calazar.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		(FCC - 2017 - TRT - 24ª REGIÃO (MS). De acordo com o Ministério da Saúde os sinais e sintomas da Chikungunya são clinicamente parecidos aos da dengue. A principal manifestação clínica que a difere é:
	
	
	
	O baqueteamento digital.
	
	
	A coloração amarelada da pele e escleras.
	
	
	O aparecimento de fortes dores nas articulações, que muitas vezes podem estar acompanhadas de edema.
 
	
	
	Síncope vasovagal recorrente.
	
	
	O aparecimento de manchas arroxeadas concentradas na região abdominal e torácica.
	
	
	
	 
		
	
		4.
		(VUNESP - 2019). O combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti  é de responsabilidade conjunta da comunidade e dos profissionais de saúde, devendo ser realizado com base no conhecimento científico existente a respeitodesse vetor. A esse respeito, está correto afirmar que
	
	
	
	A transmissão dos vírus ao ser humano ocorre pela picada do inseto e pelo contato com seus ovos.
	
	
	O Aedes aegypti é responsável pela transmissão da Dengue, Zika e Chikungunya, entre outras.
	
	
	A infecção do mosquito ocorre tanto na sua fase larvar como na fase alada.
	
	
	O uso de repelentes pode ser utilizado sobre as roupas, mas nunca diretamente sobre a pele.
	
	
	A pulverização de inseticidas em ambientes fechados aumenta a agressividade dos insetos.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		(INSTITUTO AOCP, 2018) Sobre o diagnóstico da febre Chikungunya, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	É de extrema importância nas gestantes, devido ao risco elevado de microcefalia.
	
	
	Deve ser investigado em todos os casos suspeitos de dengue, com pesquisa do RNA viral nos primeiros 7 dias de sintomas.
	
	
	Os exames sorológicos devem ser solicitados para todos os pacientes suspeitos.
	
	
	O diagnóstico é feito através da sorologia (ELISA) ou pesquisa do RNA viral (RT-PCR).
	
	
	Aspirina e anti-inflamatórios estão indicados na fase aguda.
	
	7-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A7_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		(IF- Sudeste - MG,2019) Analise a figura a seguir, que representa esquematicamente a estrutura de um anticorpo.
Considere as estruturas indicadas na figura e associe corretamente as colunas, relacionando o número indicado à estrutura correspondente.
 
Numerais Estruturas
1. ( ) Sítio de ligação ao complemento.
2. ( ) Região Fc.
3. ( ) Cadeia leve.
4. ( ) Sítio de ligação ao antígeno.
5. ( ) Região Fab.
6. ( ) Cadeia pesada.
 
A sequência correta dessa associação é
	
	
	
	(3); (5); (2); (1); (6); (4).
	
	
	(6); (5); (1); (2); (4); (3).
 
	
	
	(5); (2); (1); (3); (4); (6).
	
	
	(3); (6); (2); (1); (5); (4).
	
	
	(1); (6); (4); (3); (5); (2).
	
	
	
	 
		
	
		2.
		(UFF, 2019) Em epidemiologia, o termo virulência refere-se à:
	
	
	
	Capacidade do microrganismo de produzir doença.
	
	
	Qualidade do vírus de penetrar e se desenvolver no novo hospedeiro, ocasionando infecção.
	
	
	Capacidade de um agente etiológico produzir casos graves ou fatais.
	
	
	Quantidade do agente etiológico necessária para iniciar uma infecção.
	
	
	Condição em que o sistema de defesa impede a difusão ou multiplicação do vírus.
 
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Os vírus podem ser transmitidos de várias formas. Assinale a alternativa correta com relação à transmissão dos vírus.
 
 
	
	
	
	O vírus Epstein-Barr, causador da mononucleose infecciosa, pode ser transmitido por transfusão sanguínea.
	
	
	Os vírus da hepatite A, hepatite E e rotavírus podem ser transmitidos pela via oral por contato direto ou indireto com fezes contaminadas
	
	
	O vírus da raiva pode ser transmitido por picada de insetos.
	
	
	A transferência direta de saliva é a forma de infecção do vírus da dengue, zika e febre amarela.
	
	
	Os vírus da varíola e varicela (Herpes Zoster) podem ser transmitidos por contato direto com a pele.
	
	
	
	 
		
	
		4.
		(IFF/RJ, 2018). Assinale a alternativa CORRETA. Participantes da resposta imunológica mediada por células (imunidade celular), os linfócitos T:
 
 
	
	
	
	São os principais responsáveis por capturar e transportar os antígenos microbianos que se originam do ambiente externo e se dirigem para os órgãos linfoides, para, em seguida, apresentar esses antígenos a células específicas.
	
	
	São as únicas células capazes de produzir anticorpos, de reconhecer antígenos extracelulares solúveis e na superfície celular e de diferenciá-los em plasmócitos secretores de anticorpos.
 
	
	
	Possuem receptores de antígenos compostos por duas regiões distintas: uma região constante que determina a função efetora e uma região variável que determina a especificidade.
	
	
	Possuem receptores de reconhecimento de padrões e reconhecem estruturas, como oligossacarídeos ricos em manose, peptideoglicanos e lipopolissacarídeos da parede celular bacteriana.
	
	
	São capazes de reconhecer peptídios derivados de proteínas estranhas ligadas às proteínas do hospedeiro, as quais são denominadas moléculas do complexo maior de histocompatibilidade (MHC).
	
	
	
	 
		
	
		5.
		(IF- Sudeste - MG,2019) Preencha corretamente as lacunas do texto a seguir acerca do sistema imune inato.
O sistema imune inato reconhece estruturas moleculares que são características de ____________. Essas sustâncias estimuladoras da imunidade inata incluem ácidos nucleicos, proteínas, lipídeos e carboidratos conhecidas como ____________. Esses produtos reconhecidos pelo sistema imune inato são frequentemente essenciais para a sobrevida dos microrganismos. Esse sistema também é capaz de reconhecer moléculas endógenas liberadas e/ou produzidas por células ____________, e essas substâncias são conhecidas como ____________. 
A sequência que preenche corretamente as lacunas do texto é
 
	
	
	
	Células mamíferas / DAMP / com alta atividade metabólica / PAMP.
	
	
	Patógenos microbianos / DAMP / intestinais / PAMP.
	
	
	Patógenos microbianos / PAMP / danificadas ou mortas / DAMP.
	
	
	Citoplasma de mamíferos / PAMP / com alta atividade metabólica / DAMP.
 
 
	
	
	Moléculas de adesão / PBMC / intestinais / PAMP.
 
	
	8-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A8_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		Assinale a alternativa correta com relação à resposta adaptativa e os vírus.
	
	
	
	Os anticorpos podem ser adjuvantes no mecanismo de citotoxicidade celular dependente de anticorpos, ao se ligar às células infectadas, permitindo a ação das células B.
	
	
	Uma das formas de escape viral à ação da resposta imune é o envelope do vírus, que contém uma camada proteica que funciona como um escudo e impede a ação dos anticorpos.
 
	
	
	Os anticorpos têm papel importante no combate às infecções virais. Na fase extracelular viral, os anticorpos podem ligar-se aos vírus e, por meio do mecanismo de neutralização, impedir que eles penetrem outra célula não infectada.
	
	
	Em indivíduos sensibilizados pela vacinação, a presença de anticorpos pode interceptar os vírus, facilitando sua ligação com a célula do hospedeiro.
	
	
	A resposta adaptativa é tão rápida quanto a resposta imune inata, pois as células efetoras, que realizam essas funções, sempre estão sensibilizadas e em quantidade suficiente de clones celulares para que ocorra uma resposta efetiva.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Sobre o vírus HIV, é correto afirmar:
	
	
	
	Os vírus pertencentes ao gênero Lentivirus tipicamente desenvolvem doenças de curso crônico, que apresentam um longo período de latência clínica e persistência da replicação viral.
 
	
	
	A redução na quantidade dos linfócitos T CD4 ocorre devido a um aumento da apoptose dessas células e por expressarem antígenos virais na membrana; essas células também podem ser destruídas por citotoxicidademediada por linfócitos B.
	
	
	Dentre essas glicoproteínas produzidas pelo HIV, a gp41 é a responsável pela ligação à molécula de CD4.
	
	
	O HIV pode ser de dois tipos: HIV-1 e HIV-2. O tipo 2 tem distribuição mundial, ao contrário do tipo 1, que é mais frequente em algumas regiões africanas.
	
	
	Os eosinófilos e as células T CD4+ (em repouso) atuam como reservatório do vírus HIV. Esse reservatório torna-se um grande obstáculo na erradicação completa do vírus, uma vez que permite a persistência viral mesmo sob tratamento antirretroviral.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Assinale a alternativa correta sobre os linfócitos B e as imunoglobulinas.
	
	
	
	Nas respostas primárias (fase aguda da infecção), a IgM é a principal imunoglobulina produzida, e a produção de IgG é menor e mais tardia.
	
	
	As cadeias pesadas são de dois tipos, κappa (κ) e lambda (λ).
	
	
	A especificidade de ligação ao antígeno é definida pela porção constante (Fc) da molécula, constituída pela união das regiões variáveis das cadeias leve e pesada da imunoglobulina.
 
	
	
	Existem cinco tipos de cadeias leves denominadas α, γ, δ, ε e µ, que definem as classes de imunoglobulina IgA, IgG, IgD, IgE e IgM.
	
	
	As imunoglobulinas são constituídas por cinco cadeias pesadas e duas cadeias leves ligadas por pontes dissulfeto.
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Analise as afirmações a seguir:
I - Produção de vacina com partes de microrganismos ou microrganismos completos inativados ou ainda suas toxinas.
II - Segundo contato do indivíduo com aquele microrganismo (infecção).
III - O sistema imune já possui mecanismos de defesa efetores para proteger o corpo daquele microrganismo apresentado anteriormente pela vacina.
IV - Primeiro contato com o antígeno presente na vacina e estimulação do sistema imune para produzir mecanismos de defesa.
V - Impedimento da instalação da doença no corpo.
Assinale a alternativa que contém a sequência correta dos eventos que ocorrem num processo de vacinação:
	
	
	
	I, II, III, IV, V.
	
	
	I, IV, II, III, V.
	
	
	I, III, II, V, IV.
	
	
	I, IV, V, III, II.
	
	
	I, II, III,V, IV.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		A integração do material genético viral ao cromossomo da célula hospedeira é um passo importante no processo de oncogênese. Quais a opção que traz apenas vírus capazes de se integrar ao genoma da célula hospedeira?
	
	
	
	HDV, HAV, HCV
	
	
	HTLV-1, HAV, HPV
	
	
	HAV, EBV, HDV
	
	
	HPV, HTLV-1, HBV
	
	
	HPV, EBV, HCV
 
	9-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A9_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		Por que as pessoas que fizeram procedimentos de transfusão de sangue antes de 1993 são consideradas em situação de risco para HCV?
	
	
	
	Porque essas pessoas tinham práticas sexuais de risco.
	
	
	Porque essas pessoas eram jovens na época.
	
	
	Porque ainda não existiam testes disponíveis para hepatite C em bancos de sangue.
 
	
	
	Porque a hepatite C foi descoberta em 1993.
	
	
	Nenhuma das demais respostas.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Considere as seguintes informações sobre as hepatites virais.
I- A hepatite C pode ser transmitida por sangue contaminado proveniente de procedimentos incisivos como tatuagens, colocação de piercings e manicuras.
II- As diferentes formas de hepatite viral constituem doenças inflamatórias do fígado que podem ser prevenidas por meio de vacinação.
III- Algumas formas de hepatites virais podem tornar-se crônicas e evoluir para câncer de fígado.
Quais estão corretas?
 
	
	
	
	I, II e III
	
	
	Apenas II
	
	
	Apenas I e II
	
	
	Apenas I e III
	
	
	Apenas I
	
	
	
	 
		
	
		3.
		(FGV 2014) Sobre a hepatite B é correto afirmar:
	
	
	
	Tem genoma composto por RNA.
	
	
	Pode ser transmitida por água contaminada com fezes.
	
	
	Não existe vacina disponível.
	
	
	A chance de desenvolver a forma crônica aumenta quanto mais cedo for o contato com o vírus.
	
	
	Apenas causa infecções agudas.
 
	
	
	
	 
		
	
		4.
		(Prefeitura de São Gonçalo do Amarante 2009). Os vírus das hepatites virais são reconhecidos pelas suas siglas em inglês e nomeiam as diferentes formas da doença. São eles: Hepatitis A Virus (HAV), Hepatitis B Virus (HBV), Hepatitis C Virus (HCV), Hepatitis D Virus (HDV) e Hepatitis E Virus (HEV).
Sobre as hepatites virais identifica-se que
	
	
	
	os surtos de hepatite E são comuns entre trabalhadores porque a transmissão do HEV é oral.
	
	
	a exposição percutânea ao HCV entre trabalhadores é um modo de contaminação, porém esse vírus não é transmitido verticalmente.
	
	
	a transmissão da hepatite D é semelhante àquela da hepatite B, porém o HDV depende da presença do HBV para infectar uma pessoa.
	
	
	a imunização contra o HBV só é efetiva quando se tomam as duas doses da vacina, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda doses.
	
	
	o HAV tem como fonte de infecção os animais domésticos, como cães e gatos, e a transmissão é direta, por água ou por alimentos contaminados.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		(UFRGS 2015) A hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas e são classificadas por letras do alfabeto em A, B, C, D (delta) e E. Como se transmite a Hepatite E?
 
	
	
	
	Contágio fecal-oral.
 
	
	
	Por contato físico.
	
	
	Por contato com sangue.
	
	
	Esse tipo de hepatite não é uma doença transmissível.
	
	
	Transmissão vertical.
	10-VIROLOGIA
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	SDE4628_A10_201902254333_V1
	
	
	
	
		Aluno: DULCE MEYER OLIVEIRA
	Matr.: 201902254333
	Disc.: VIROLOGIA 
	2020.2 - F (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		Com relação ao sarampo, assinale a alternativa correta.
 
	
	
	
	O genótipo que está envolvido no surto de sarampo no Brasil é o D4, o mesmo que se disseminou na Europa, na Venezuela, Colômbia e em diversos outros países da América Latina.
 
	
	
	A imunodepressão causada pelo sarampo pode causar infecções recorrentes por até cinco anos após a infecção aguda pelo vírus.
	
	
	Coberturas vacinais superiores a 85% são o meio mais eficaz de manutenção de uma população livre do sarampo, chamada de imunidade de rebanho, impedindo a circulação do vírus, caso seja introduzido algum caso.
	
	
	O sarampo é causado por um vírus DNA, gênero Morbillivirus, família Paramyxoviridae.
	
	
	A supressão da imunidade celular permaneceria de semanas a meses após o depuramento viral, sendo a principal causa das infecções secundárias e da mortalidade pelo sarampo.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Leia o texto abaixo retirado do site da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (http://www.sbmt.org.br/portal/hepatitis-delta-the-virus-of-the-poor/):
"A forma mais eficaz para se prevenir é com a vacina para a Hepatite B. Além disso, em toda relação sexual deve ser utilizado o preservativo, bem como não compartilhar agulhas, seringas, alicates, entre outros materiais cortantes. No salão, o ideal é levar o próprio material. Se forcolocar piercings ou fazer tatuagens, o procedimento deve ser realizado em locais seguros verificando se todo o material é descartável e/ou esterilizado. As grávidas devem realizar exames para verificar se possuem Hepatite, pois o diagnóstico permite que o médico indique a melhor maneira para tentar evitar a transmissão ao bebê.¿
Por que a vacina da hepatite B é eficaz contra a hepatite Delta?
	
	
	
	Porque o HDV precisa de uma parte do HBV para ser infeccioso.
 
	
	
	Porque o HDV tem a mesma forma de transmissão que o HBV.
	
	
	Porque HDV e HBV são o mesmo vírus.
	
	
	Porque os vírus são aparentados.
	
	
	Porque a vacina tem amplo espectro.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Uma pessoa fez a pesquisa para marcadores da hepatite B e o resultado foi o seguinte:
Pesquisa por HBsAg: não-reagente (-)
Pesquisa por anti-HBc total: reagente (+)
Pesquisa por anti-HBs: reagente (+)
O que significa esse resultado?
	
	
	
	Imunização ativa.
 
	
	
	Imunização passiva.
	
	
	Hepatite B crônica.
	
	
	Hepatite B aguda.
	
	
	Contato prévio com o vírus e cura natural.
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Até a descoberta dos retrovírus (como o HTLV-1) se pensava que o fluxo da informação genética apenas podia seguir no sentido DNA -> RNA -> Proteína. A grande descoberta é que, para os retrovírus a informação também poderia seguir no sentido RNA -> DNA. A enzima que permite isso é a:
	
	
	
	DNA polimerase
	
	
	Hidrogenase
 
	
	
	Helicase
	
	
	Transcriptase Reversa
	
	
	Protease
	
	
	
	 
		
	
		5.
		Sobe a vacinação pra HPV é incorreto afirmar:
	
	
	
	Ela está indicada para meninos e meninas dos 09 aos 14 anos.
	
	
	Ela protege contra os HPV de alto risco
	
	
	Está disponível nas formas bivalente e tetravalente.
	
	
	A vacina tem valor curativo.
	
	
	Ela deve ser aplicada de forma preventiva, preferencialmente em pessoas que ainda não iniciaram sua vida sexual.