A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
regencia verbal e nominal mundo portugues

Pré-visualização | Página 1 de 2

REGÊNCIA
VERBAL E NOMINAL
GRAMÁTICA
www.mundoedu.com.br
REGÊNCIA VERBAL
A regência verbal é a relação entre o verbo e seu 
complemento, além do uso ou não de algumas 
preposições. Cuidado com o SENTIDO dos verbos 
e o uso no CONTEXTO!
A S P I R A R c o m s e n t i d o d e :
— Inalar = V.T.D. (sem preposição) 
Ex.: Aspiramos o cheiro das flores.
— Desejar = V.T.I. (com preposição: A, À, AO) 
Ex.: Aspiramos à vaga na faculdade.
A S S I S T I R c o m s e n t i d o d e :
— Ver = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
Ex.: Assistimos ao jogo ontem.
— Ajudar = V.T.D. (sem preposição) 
Ex.: A ONU assistiu os refugiados.
— Morar = V.I. (sem preposição; com adj. adv. de lugar)
Ex.: Eles assistem em Florianópolis.
— Caber = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
Ex.: Respeito assiste a todos os cidadãos.
Q U E R E R c o m s e n t i d o d e :
— Desejar = V.T.D. (sem preposição) 
Ex.: Queremos muito a copa.
— Estimar, querer bem, gostar = V.T.I. (com prepo-
sição: A, À, AO)
Ex.: Os professores querem bem aos alunos.
O B E D E C E R / D E S O B E C E R
Sempre V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
Ex.: Nunca desobedeça aos pais.
PAG A R E P E R D OA R :
— Coisa = V.T.D. (sem preposição) 
Ex.: Pagamos a dívida.
— Pessoa = V.T.I. (com preposição: A, À, AO) 
Ex.: Perdoamos aos pais.
— Coisa à pessoa = V.T.D.I. (bitransitivo)
Ex.: Pagamos ao banco o financiamento.
AG R A DA R c o m s e n t i d o d e :
— Acariciar = V.T.D. (sem preposição) 
Ex.: A garotinha agradou o cachorrinho.
— Satisfazer = V.T.I. (com preposição: A, À, AO) 
Ex.: O palestrante agradou ao público.
V I S A R c o m s e n t i d o d e :
— Pôr visto = V.T.D. (sem preposição) 
Ex.: A comissária visou o nosso passaporte.
— Apontar, mirar = V.T.D. (sem preposição) 
Ex.: O atirador visou o alvo.
— Desejar, ambicionar = V.T.I. (com preposição: 
A, À, AO) 
Ex.: Nós visamos à vaga na universidade.
I R E C H E G A R
São V.I. (sem complemento; na verdade eles possuem 
adjuntos adverbiais de lugar). Além disso, são usados 
com preposição: a, à, ao.
Ex.: Hoje cedo chegaremos ao cursinho.
REGÊNCIA 
VERBAL E NOMINAL
www.mundoedu.com.br
C E RT I F I C A R , I N F O R M A R E AV I S A R
Sempre V.T.D.I. (bitransitivos). Cuidado: esses verbos 
exigem dois complementos: um objeto direto (sem 
prep.) e um objeto indireto (com prep.)
Ex.: Informamos aos alunos o resultado do simulado.
P R E F E R I R
É V.T.D.I. Cuidado: Esse verbo é usado com a prepo-
sição A. Então, nunca escreva assim: Prefiro chur-
rasco do que sushi.
O correto é: Prefiro churrasco a sushi. 
AT E N Ç ÃO
LHE x A ELE(A)
Quando o objeto indireto for coisa , usa-se a ele (a).
Ex.: Visam à vaga. Visam A ELA. 
Quando o objeto indireto for pessoa, usa-se lhe.
Ex.: Perdoou ao filho. Perdoou-LHE.
REGÊNCIA NOMINAL
A regência nominal é a relação entre substantivos, 
adjetivos e advérbios e o seu grau de complemen-
tação. Sempre atente ao uso das preposições e 
quais preposições.
Acostumado a, com
Aflito com, por
Alheio a
Ambicioso de
Amizade a, por, com
Anterior a
Apaixonado de, por
Apto para
Atencioso com, para
Bacharel em
Capaz de, para
Cheiro a, de
Conforme a, com
Constante de, em
Contente com, de, em, por
Contíguo a
Cuidadoso com, para com
Curioso de
Desatento a
Desleal a
Devoção a, para com, por
Empenho de, em, por
Essencial para
Estranho a
Falta a, com, para
Fiel a
Fraco para, com, de, em
Hábil em
Hostil a, para com
Impaciência com
Importante contra, para
Imune a, de
Incapaz de, para
Incrível para
Indeciso em
Junto a, de
Natural de
Nocivo a
Obediente a
Perito em
Piedade a
Possível de
Preferível a
Prestes a, para
Propício a
Proveitoso a
Próximo a, de
Respeito a, com, de, por, para
Risco de, em
Situado a, em, entre
Solícito com
Útil a, para
Último a, de, em
Único a, em, entre, sobre
O.D.
O.D.
O. I .
O. I .
www.mundoedu.com.br
1. (IBGE) Assinale a opção que apresenta a regência 
verbal incorreta, de acordo com a norma culta da 
língua: 
a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais confortável. 
b) Obedeceu rigorosamente ao horário de trabalho 
do corte de cana. 
c) O rapaz presenciou o trabalho dos canavieiros. 
d) O fazendeiro agrediu-lhe sem necessidade. 
e) Ao assinar o contrato, o usineiro visou, apenas, 
ao lucro pretendido. 
2. (IBGE) Assinale a opção que contém os pronomes 
relativos, regidos ou não de preposição, que 
completam corretamente as frase abaixo: 
Os navios negreiros, _____ donos eram traficantes, 
foram revistados. Ninguém conhecia o traficante 
_____ o fazendeiro negociava. 
a) nos quais / que 
b) cujos / com quem 
c) que / cujo 
d) de cujos / com quem 
e) cujos / de quem 
3. (IBGE) Assinale a opção em que as duas frases 
se completam corretamente com o pronome lhe: 
a) Não _____ amo mais. / O filho não _____ obedecia. 
b) Espero-_____ há anos. / Eu já _____ conheço bem. 
c) Nós _____ queremos muito bem. / Nunca _____ 
perdoarei, João. 
d) Ainda não _____ encontrei trabalhando, rapaz. / 
Desejou-_____ felicidades. 
e) Sempre _____ vejo no mesmo lugar. / Chamou-
_____ de tolo. 
4. (IBGE) Assinale a opção em que todos os adje-
tivos devem ser seguidos pela mesma preposição: 
a) ávido / bom / inconsequente 
b) indigno / odioso / perito 
c) leal / limpo / oneroso 
d) orgulhoso / rico / sedento 
e) oposto / pálido / sábio
5. (UF-FLUMINENSE) Assinale a frase em que 
está usado indevidamente um dos pronomes 
seguintes: o, lhe. 
a) Não lhe agrada semelhante providência? 
b) A resposta do professor não o satisfez. 
c) Ajudá-lo-ei a preparar as aulas. 
d) O poeta assistiu-a nas horas amargas, com 
extrema dedicação. 
e) Vou visitar-lhe na próxima semana. 
6. (BB) Apresenta regência imprópria: 
a) Não o via desde o ano passado. 
b) Fomos à cidade pela manhã. 
c) Informou ao cliente que o aviso chegara. 
d) Respondeu à carta no mesmo dia. 
e) Avisamos-lhe de que o cheque foi pago. 
7. (BB) Assinale a alternativa correta: 
a) Precisei de que fosses comigo. 
b) Avisei-lhe da mudança de horário. 
c) Imcumbiu-me para realizar o negócio. 
d) Recusei-me em fazer os exames. 
e) Convenceu-se nos erros cometidos.
EXERCÍCIOS 
GRAMÁTICA / REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
www.mundoedu.com.br
8. (EPCAR) O que devidamente empregado só não 
seria regido de preposição na opção: 
a) O cargo _____ aspiro depende de concurso. 
b) Eis a razão _____ não compareci. 
c) Rui é o orador _____ mais admiro. 
d) O jovem _____ te referiste foi reprovado. 
e) Ali está o abrigo _____ necessitamos. 
9. (UNIFIC) Os encargos _____ nos obrigaram são 
aqueles _____ o diretor se referia. 
a) de que – que 
b) a cujos – cujos 
c) por que – que 
d) cujos – cujo 
e) a que – a que
10. (FTM-ARACAJU) As mulheres da noite _____ 
o poeta faz alusão ajudam a colorir Aracaju, _____ 
coração bate de noite, no silêncio. 
A alternativa que completa corretamente as lacunas 
da frase acima é: 
a) as quais / de cujo 
b) a que / no qual 
c) de que / o qual 
d) às quais / cujo 
e) que / em cujo
G A B A R I TO C O M E N TA D O
1D; 2B; 3C; 4D; 5E; 6E; 7A; 8C; 9E; 10D.
1. A questão pede a incorreta, fique atento! A alter-
nativa correta é a letra D, pois o verbo agredir é 
V.T.D., ou seja, não aceita o complemento LHE. 
2. Observe o uso de pronome relativo antes dos 
verbos. A resposta é letra B, o pronome CUJO é usado 
para posse e o fazendeiro negocia com o traficante.
3. Observe o uso dos V.T.D. que usam pronome 
O e dos V.T.I. que usam pronome LHE. A resposta 
correta é a alternativa C.
4. Aqui é a regência nominal que interessa. A 
resposta é a letra D, pois todas as palavras

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.