A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
praticas educativas em saúde 10

Pré-visualização | Página 1 de 2

PRÁTICAS EDUCATIVAS EM SAÚDE
1 - No diagnóstico educativo, a equipe de saúde e a população, bem como demais grupos sociais envolvidos definem, dentre os problemas identificados, aqueles que são passíveis de intervenção que contribuirão para a melhoria da saúde da comunidade (São Paulo, 2001). Nesse sentido, é correto afirmar:
I – O diagnóstico de uma situação, na área da saúde, implica no conhecimento dos fatores de caráter demográfico, epidemiológico, de organização dos serviços de saúde, das instituições da comunidade, bem como de aspectos socioeconômicos e de infraestrutura da localidade/município.
II – A identificação e análise crítica dos problemas identificados irão sugerir caminhos para o planejamento das ações de saúde.
III – Para considerar um diagnóstico situacional que possa ser transformado em diagnóstico educacional, devem-se considerar os envolvidos e o contexto da situação.
Assinale a alternativa correta:
Escolha uma opção:
a. As afirmativas I, II e III estão corretas.
b. Apenas a afirmativa III está correta.
c. As afirmativas I e II estão corretas.
d. As afirmativas II e III estão corretas.
e. Apenas a afirmativa I está correta.
2 - Referente à evolução dos pensamentos pedagógicos, é correto afirmar que:
I. No pensamento pedagógico da Escola Nova há destaque para Montessori, que desenvolveu em seus trabalhos o foco nas experiências sensoriais e para Piaget, que teve como foco o desenvolvimento da inteligência na criança.
II. Há destaque para Paulo Freire no pensamento pedagógico brasileiro. Para esse educador, a educação é um ato de transmissão.
III. Educadores e teóricos da educação progressistas defendem a formação do cidadão crítico e participante das mudanças sociais.
Escolha uma opção:
a. Apenas a afirmativa III está correta.
b. Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
c. Apenas a afirmativa II está correta.
d. Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
e. As afirmativas I, II e III estão corretas.
3- A Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) foi instituída pela Portaria GM/MS nº 198, de 13 de fevereiro de 2004, e foi alterada pela Portaria GM/MS nº 1.996, de 20 de agosto de 2007, e atualizada em 2014, ela dispõe sobre novas diretrizes e estratégias para a implementação da Educação Permanente em Saúde. Sobre a Educação Permanente em Saúde é correto afirmar:
I – Trata-se de aprendizagem no trabalho.
II – Ocorre a partir da problematização do processo de trabalho.
III – Tem como objetivos a transformação das práticas profissionais e da própria organização do trabalho.
Escolha uma opção:
a. As afirmativas I e II estão corretas.
b. Apenas a afirmativa II está correta.
c. As afirmativas I, II e III estão corretas.
d. As afirmativas I e III estão corretas.
e. Apenas a afirmativa III está correta.
4 - Já na Idade Média acreditava-se na importância da educação em saúde, certamente não com essa denominação, porém, recomendando-se que o regime alimentar fosse correto, as práticas de higiene adequadas e as horas de sono prolongadas, o que contribuiria para o aumento na longevidade dos indivíduos (Pelicioni, Pelicioni, 2007). Nesse sentido, é correto afirmar que:
I. A educação em saúde é influenciada diretamente pelos acontecimentos políticos.
II. A “pedagogia tradicional” é caracterizada como prática que considera o saber dos aprendizes e coloca o educador e o educando no mesmo nível para troca de saberes.
III. O modelo pedagógico “tradicional” caracteriza-se pela dominação do profissional de saúde sobre os usuários, os quais são responsabilizados pela redução dos riscos à sua saúde.
Escolha uma opção:
a. As afirmativas I, II e III estão corretas.
b. Apenas a afirmativa I está correta.
c. Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
d. Apenas a afirmativa II está correta.
e. Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
5 - A proposta pedagógica de Paulo Freire remete à crítica e à superação dos modelos educacionais hegemônicos. A educação se apresenta como um caminho para a mudança social, para a formação de sujeitos históricos, atores e autores de seus processos cotidianos de emancipação coletiva e individual (OLIVEIRA et al., 2008). Nesse sentido, a única afirmativa incorreta é:
Escolha uma opção:
a. O diálogo é importante para a relação entre educador e aprendiz no processo ensino-aprendizagem libertador.
b. Não podemos ver as pessoas como seres vazios para que possamos encher de conteúdos para que eles aprendam.
c. A educação libertadora deve se pautar na problematização dos homens em suas relações com o mundo.
d. Na educação libertadora, o diálogo não é o elemento principal, uma vez que a transmissão de conhecimentos é o mais relevante nesse processo.
e. A educação libertadora compreende a troca no processo ensino-aprendizagem; com isso, educador e educando compartilham aprendizados.
6 - Analise o caso hipotético a seguir para responder a alternativa correta.
Uma enfermeira que atua em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da periferia do Município de Sorocaba recebeu esta semana para consulta de enfermagem o Sr. JAB, 72 anos, morador do bairro em que está situada a UBS. Trata-se de um senhor aposentado (trabalhava na lavoura), residente em uma casa de alvenaria de dois cômodos com um dos sete filhos, a nora e três netos com idades inferiores a dez anos. A renda familiar é de um salário mínimo e meio. É portador de Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) e Diabetes Mellitus (DM). É analfabeto e permanece a maior parte do tempo sozinho em sua casa. Na consulta, ao ser questionado sobre o uso dos medicamentos, a enfermeira percebeu compreensão insuficiente do Sr. JAB sobre o uso adequado dos medicamentos, ele referiu uso irregular conforme sensação de bem-estar ou mal-estar. Como o Sr. JAB possui vínculo com a enfermeira há mais de um ano, sentiu-se à vontade para dizer que parou de fazer uso do remédio de “urinar” (Hidroclorotiazida), pois estava sentindo muita fraqueza. Referiu ainda muita dor em membros inferiores e dificuldade para enxergar.
Escolha uma opção:
a. É correto afirmar que o estabelecimento de vínculo entre a enfermeira e o paciente fere os princípios de ética profissional.
b. A educação em saúde tradicional nesse caso mostra-se eficaz, uma vez que tem como objetivo contextualizar os fatores sociais envolvidos no agravo à saúde.
c. Apenas as alternativas A e B estão corretas
d. O contexto econômico, cultural e social nessa situação influencia diretamente o processo saúde-doença do paciente citado.
e. O enfoque educativo nesse caso não deve ser priorizado, pois os aspectos clínicos são prevalentes.
7 - A atuação do profissional é essencialmente um papel de educador e, dessa forma, não há dicotomia entre atuação técnica e atuação educativa, ambas deveriam ocorrer simultaneamente no cotidiano de trabalho (São Paulo, 2001). Nesse sentido, é correto afirmar sobre as etapas do planejamento que deve ser realizada pelo profissional no seu exercício profissional:
I – Referente à população-alvo, devemos pensar com quem iremos desenvolver a ação, isso é fundamental para o passo seguinte que nos remete a “como” fazer, ou seja, que estratégias utilizar. Um mesmo conteúdo pode ser desenvolvido de formas distintas, conforme o público-alvo.
II – O conteúdo programático prevê para cada objetivo específico o que deverá ser desenvolvido para seu alcance.
III – As organizações não têm questionado a eficácia das atividades de treinamento para avaliar o retorno de seus investimentos nessa área, uma vez que o resultado positivo é certo em todas as ações educativas.
Assinale a alternativa correta:
Escolha uma opção:
a. As afirmativas II e III estão corretas.
b. As afirmativas I e II estão corretas.
c. Apenas a afirmativa I está correta.
d. As afirmativas I e III estão corretas.
e. Apenas a afirmativa III está correta.
8 - A educação é compreendida como mediação básica da vida social de todas as comunidades humanas (SEVERINO, 2000). A partir dessa afirmação e dos estudos do conteúdo teórico é correto afirmar que:
Escolha uma opção:
a. Práxis é uma palavra

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.