Aula_04-5

Aula_04-5


DisciplinaLegislação Social I412 materiais1.291 seguidores
Pré-visualização2 páginas
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Aula 4 - Direito de Família 
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Conteúdo desta Aula
-Apresentar a disciplina jurídica do Direito de Família, abordando a visão constitucional de família e das entidades familiares.
-Estudar  o casamento, seus princípios, suas formalidades, deveres, regime de bens e as formas de dissolução.
-Identificar as entidades familiares.
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Conceito Direito de Família
Ramo do direito civil disciplina as relações jurídicas entre pessoas que estão ligadas pelo parentesco ( filiação ), matrimonio ou ainda pela união estável.
 Pilares do Direito de Família: o casamento, a união estável e a filiação.
 Todas as normas de direito de família são cogentes, imperativas, de ordem publica não podem ser afastadas pela vontade das partes.
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
-Família matrimonial -constituída com o casamento civil válido;
-Família monoparental- formada por um dos genitores e a prole;
-Família Informal/ União Estável- homem e mulher, convivência publica de forma continua e duradora, com objetivo de constituir família.
Formas de Família expressas na CRFB/88
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
OBSERVAÇÃO:A CRFB/88 prevê a proteção da família considerando-a base da sociedade é de se entender que qualquer forma de constituição de família que não contrarie ordem pública, moral e bons costumes, merece igual proteção e, por isso, o caput do art. 226, CF, deve ser entendido como uma cláusula geral de inclusão, de interpretação extensiva, abrangendo outras formas de constituição de família como, por exemplo, a família homoafetiva \u2013mesmo sexo- \principio da dignidade da pessoa humana
Art. 226. A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado
- A proteção da família é obrigação do Estado através da elaboração de políticas públicas que amparem o desempenho de suas funções.
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Procriativa \u2013 gerar filhos, garantindo a expansão e a preservação da espécie humana. Fundada nos princípios da dignidade da pessoa humana e da paternidade responsável, a Constituição Federal considera o planejamento familiar uma livre decisão do casal.
Educativa \u2013 dever dos pais de prestar ensinamentos aos filhos, transmitindo-lhes os fundamentos da vida em sociedade.
-Emocional \u2013 define como o equilíbrio psicológico proporcionado ao indivíduo mediante o clima de amor que deve existir entre o marido e mulher, transmitindo-se dos pais para os filhos.
- Econômica \u2013trabalho dos pais garantido a subsistência digna, cabendo ao Estado proteger solidariamente a família.
Funções da Família
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Da dignidade da pessoa humana (art. 1, III, CF) - garantia de condições dignas de sobrevivência a todos os indivíduos. 
Livre matrimônio \u2013 que consagra que o casamento deve se originar da livre vontade dos cônjuges e a sua continuidade está intimamente ligada ao afeto do casal. Caso isto termine o casamento poderá ser extinto pelo divórcio como descreve o artigo 226, § 6º, da Constituição  da República Federativa do Brasil.
Igualdade jurídica dos cônjuges ( isonomia ) \u2013os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e pela mulher.
Princípios do Direito de Família
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
- Igualdade jurídica dos filhos \u2013 A Constituição de 1988 acabou com a distinção entre os filhos naturais e adotivos, assegurando que eles terão os mesmos direitos e qualificações, bem como vedou qualquer tratamento discriminatório (art. 227, § 6º).
 -Da Solidariedade Familiar (arts. 3, I, 226, 227, 229 e 230, CRFB/88) importa no dever de socorro, proteção, assistência e alimentos para garantir uma vida digna e o pleno desenvolvimento da pessoa e de sua personalidade
Princípios do Direito de Família
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Art.1511 do CC -O casamento estabelece comunhão plena de vida, com base na igualdade de direitos e deveres dos cônjuges
É  um ato solene e a sua celebração antecede algumas  formalidades preliminares, num procedimento próprio, definido processo de habilitação do casamento, perante o oficial do Cartório de Registro Civil.
Casamento
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Art. 1.525. O requerimento de habilitação para o casamento será firmado por ambos os nubentes, de próprio punho, ou, a seu pedido, por procurador, e deve ser instruído com os seguintes documentos:
I - certidão de nascimento ou documento equivalente;
II - autorização por escrito das pessoas sob cuja dependência legal estiverem, ou ato judicial que a supra;
III - declaração de duas testemunhas maiores, parentes ou não, que atestem conhecê-los e afirmem não existir impedimento que os iniba de casar;
IV - declaração do estado civil, do domicílio e da residência atual dos contraentes e de seus pais, se forem conhecidos;
V - certidão de óbito do cônjuge falecido, de sentença declaratória de nulidade ou de anulação de casamento, transitada em julgado, ou do registro da sentença de divórcio.
Formalidades Preliminares
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
idade para o casamento
Art.1517 CC- equiparou a capacidade para o casamento entre homem e mulher, fixando a idade núbil em 16 (dezesseis) anos.
 
Art. 1518 CC- Os menores de dezoito anos necessitam para o casamento autorização de ambos os pais ou de seus representantes legais que pode ser revogada até a celebração 
OBSERVAÇÃO: A negativa injusta autoriza o suprimento judicial do consentimento (arts. 1.517, parágrafo único; 1.519 e 1631, parágrafo único, CC). 
Art. 1.520. Excepcionalmente, será permitido o casamento de quem ainda não alcançou a idade núbil (art. 1517) caso de gravidez
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Fase final da Documentação 
Art. 1.527. Estando em ordem a documentação, o oficial extrairá o edital, que se afixará durante quinze dias nas circunscrições do Registro Civil de ambos os nubentes, e, obrigatoriamente, se publicará na imprensa local, se houver.
Há exceção a essa regra? 
Art.1527 Parágrafo único. A autoridade competente, havendo urgência, poderá dispensar a publicação.
Hipóteses- situações de urgência: a moléstia grave de um dos nubentes que está prestes a morrer; a necessidade de viagem inadiável; etc
Obs: a certidão terá validade de 90 dias. 
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Art.1514 CC- O casamento se realiza no momento em que o homem e a mulher manifestam perante o juiz, a sua vontade de estabelecer vinculo conjugal e o juiz os declara casados.
Qual o momento da realização do casamento? Que tipo de casamento está apto a produzir efeitos jurídicos? O casamento religioso ele produz efeitos?
 ART.226 §1º DA CRFB/88 o casamento é civil e gratuita a celebração.
O casamento devidamente registrado ( civil ) produz efeitos. Retroagindo á data da celebração.
Religioso também produz efeitos desde que haja habilitação anterior ou posterior.
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Deveres do Casamento
Artigo 1.566 
I - fidelidade recíproca;
II - vida em comum, no domicílio conjugal;
III - mútua assistência;
IV - sustento, guarda e educação dos filhos;
V - respeito e consideração mútuos.
Demonstra qual deve ser a intenção dos cônjuges- estabelecer em sua convivência uma colaboração mútua e voluntária com a mesma finalidade desenvolvendo suas personalidades
Tema da Apresentação
DIREITO DE FAMÍLIA \u2013 AULA 4
LEGISLAÇÃO SOCIAL I
Regime de Bens 
São normas que regulamentam os interesses econômicos dos cônjuges durante o casamento 
O Código Civil prevê  quatro tipos de regime de bens:
-Comunhão parcial