A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
PROVA 2 DIGITADA PNEUMO (1)

Pré-visualização | Página 3 de 3

hipoproteinemia por falência hepática. 
( ) a presença de fibrina classifica um empiema pleural como terceira fase ou crônico. 
 
13) DPOC: 
( ) DPOC se define como doença sistêmica, totalmente reversível, inflamatória, predominan-
temente tabagística. 
( ) o padrão espirométrico epidemiológico para definição de DPOC é a relação VEF1/CVF 
< 0,70 após broncodilatador. 
( ) bronquite crônica é definida clinicamente pela presença de tosse produtiva por mas de 3 
meses, no período de 2 anos consecutivos. 
( ) os broncodilatadores de ação curta, ou seja, a terbutalina ou salbutamol tem efeitos de 
aliviar, reduzir os sintomas da DPOC assim como aliviar a inflamação crônica. 
( ) o estadiamento da DPOC é baseado em FEV1% do previsto. 
( ) pacientes com DPOC devem ser vacinados anualmente com vacinas anti-influenza e 
anti-pneumocócica. 
 
14) A pneumonia hospitalar de início precoce ocorre: 
a. Dentro das primeiras 48h de internação; 
b. Após 2 dias de internação; 
c. Antes de 4 dias, causada por microorganismos do paciente anterior a internação, 
como S. pneumoniae ou H. influenza. 
d. Antes de 48h de internação com infecção com germes hospitalares gram(-) como 
Pseudomonas, MRSA. 
e. Nenhuma está correta. 
 
15) Nas pneumonias tardias, qual destas floras bacterianas não é normalmente encon-
trada? 
a. P. aeruginosa; 
b. Outros agentes BGN, como a Klebisiella; 
c. A. Aureus MR; 
d. H. influenzae; 
e. Acetinobacter baumanii. 
 
16) Na TEP, marque a resposta incorreta: 
a. Na dorso flexão do pé, ativa ou passiva, o paciente apresenta dor na TVP; 
b. O D Dímero apresenta sensibilidade e valor preditivo positivo muito maior do que es-
pecificidade e valor preditivo negativo; 
c. Uma gasometria arterial normal não exclui TEP; 
d. Na alta probabilidade clínica de TEP, um resultado positivo do D Dímero não seria 
suficiente pra confirmar o diagnóstico e um negativo não seria suficiente pra afasta-
lo; 
e. A TEP maciça pode evoluir com retenção de gás carbônico em função do espaço 
morto aumentado. 
 
17) Coloque no espaço em branco as possíveis correlações: 
ICC b. Hipoproteinemia c. Infecção d. Neoplasia 
( ) redução da pressão oncótica do sangue capilar 
( ) aumento da pressão hidrostática dos capilares sanguíneos 
( ) obstrução da circulação linfática 
Luiza Morandini
Luiza Morandini
Luiza Morandini
Luiza Morandini
Luiza Morandini
Luiza Morandini
7 
 
( ) aumento da permeabilidade dos capilares sanguíneos 
18) Qual ou quais as principais etiologias primarias do pneumotórax espontâneo? 
a. Ruptura de blebs ou bolhas subpleurais; 
b. Ponta de uma costela fraturada ou pelo aumento súbito da pressão traqueobrônquica; 
c. Síndrome da costela cortante; 
d. Perfuração do tórax por arma branca ou PAF; 
e. A e C estão corretas 
 
19) No diagnostico clinico da pneumonia nosocomial, você poderia suspeitar quando há: 
a. Surgimento de um novo ou progressivo infiltrado pulmonar na radiografia; 
b. Febre sempre presente; 
c. Leucocitose ou leucopenia; 
d. A e C estão corretas; 
e. Todas estão corretas. 
 
 
GABARITO 
1. C 
2. D 
3. C/D/E 
4. E 
5. D 
6. C 
7. A 
8. A 
9. A/C/E 
10. A/B/D 
11. V-F-V-F 
12. F-F-F-V 
13. F-F-V-F-V-F 
14. C 
15. D 
16. B 
17. B-A-D-C 
18. E 
 
Luiza Morandini
Luiza Morandini
Luiza Morandini