A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
AOL 3 CONSUMIDOR NASSAU

Pré-visualização | Página 1 de 2

. 
Pergunta 1
. 
Leia o trecho a seguir:
. 
“Art. 42. Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.
. 
Parágrafo único. O consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao dobro do que pagou em excesso, acrescido de correção monetária e juros legais, salvo hipótese de engano justificável.”
. 
Fonte: BRASIL. Código de Defesa do Consumidor, Lei n.º 8.078, de 11 de setembro de 1990. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8078compilado.htm>. Acesso em: 04 nov. 2020.
. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre Bancos de Dados e Cadastros, é correto afirmar que:
. 
. 
o credor que imponha humilhação ou constrangimento ao consumidor, no exercício do seu direito, tem o dever de devolver em dobro os valores que venham a ser pagos.
. 
. 
a ação de cobrador que, ao telefone, se apresente a um devedor como oficial de justiça sem o ser, está inserida dentro dos limites impostos pelo CDC na cobrança das dívidas.
. 
. 
o gerente de uma loja que, ao telefone, informe a um devedor seu que tomará as medidas judiciais cabíveis no caso do pagamento da dívida atua dentro dos limites impostos pelo CDC.
. Resposta correta
. 
a ação de cobrador que telefona inúmeras vezes para o trabalho do devedor e expõe seu nome em lista de devedores está inserida dentro dos limites impostos pelo CDC na cobrança das dívidas.
. 
. 
o consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao que pagou em excesso, sendo descabida, em qualquer caso, a atualização monetária.
. 
. 
Pergunta 2
. 
Proteger a criança da publicidade infantil é ainda tarefa que enfrenta desafios e a oposição de muitos setores econômicos em virtude da alta lucratividade. Uma das razões é a simplicidade com que se convence a criança a consumir. Mesmo sem o poder de compra direto elas têm o poder de influenciar seus pais até nas compras em supermercados. 
. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre publicidade, é correto afirmar que:
. 
11. 
o conteúdo exibido pela publicidade comercial é garantido pela liberdade de expressão, cabendo aos pais orientar seus filhos o que é possível ou não consumir.
11. 
11. 
o Código de Defesa do Consumidor proíbe a publicidade que se aproveita da deficiência de julgamento e da falta de experiência da criança.
11. Resposta correta
11. 
toda publicidade mercadológica de produtos infantis, ainda que destinados aos pais, com a intenção de persuadir a compra, é considerada abusiva.
11. 
11. 
são admissíveis anúncios que estimulem a criança a constranger seus responsáveis ou terceiros a adquirir determinado produto ou serviço.
11. 
11. 
é enganosa, conforme prevê o CDC, a publicidade que induz a criança a se comportar de maneira desaconselhável à sua saúde e segurança.
11. 
. 
Pergunta 3
. 
Leia o trecho a seguir:
. 
“Como novo paradigma para as relações contratuais de consumo de nossa sociedade massificada, despersonalizada e cada vez mais complexa, propõe a ciência do direito o renascimento ou a revitalização de um dos princípios gerais do direito hoje muito conhecido e sempre presente desde o movimento do direito natural: o principia geral da boa-fé.”
. 
Fonte:MARQUES, Cláudia Lima. Contratos no Código de Defesa do Consumidor. O Novo Regime das Relações Contratuais. 8. ed. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2016, p. 220-221.
. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre proteção contratual, assinale a alternativa correta:
. 
17. 
A boa-fé nos contratos de consumo tem como única função a integração das obrigações pactuadas. 
17. 
17. Incorreta: 
O princípio da confiança está previsto de maneira expressa no CDC e é corolário do princípio da boa-fé. 
17. 
17. 
O princípio da boa-fé encontra assento somente no CDC, inexistindo princípio correlato no Código Civil de 2002.
17. 
17. 
O princípio da boa-fé, com seu caráter subjetivo, tem estreita relação com o equilíbrio das relações contratuais de consumo. 
17. 
17. 
O direito à informação é uma das formas da expressão concreta do princípio da transparência abraçado pelo CDC.
17. Resposta correta
. 
Pergunta 4
. 
O consumidor, parte sensivelmente mais vulnerável na relação de consumo, muitas vezes se encontra frente a cláusulas cujo conteúdo são inegavelmente desfavoráveis ao consumidor, que se encontra sob o manto protetivo dos direitos básicos elencados no CDC. A incidência de cláusulas opressivas pode ocorrer em qualquer relação de consumo e em qualquer modalidade contratual, mas é especialmente preocupante nos contratos de adesão.
. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre proteção contratual, é correto afirmar que:
. 
21. 
nos contratos regidos pelo CDC, as cláusulas contratuais desproporcionais, abusivas podem ser objeto de revisão, desde que o contrato seja de adesão e cause lesão a direitos individuais.
21. 
21. 
reputam-se nulas de pleno direito as cláusulas contratuais relativas ao fornecimento de produtos e serviços que infrinjam normas ambientais ou possibilitem a violação dessas normas. 
21. Resposta correta
21. 
a garantia contratual exclui a garantia legal, desde que conferida mediante termo escrito que discipline a constituição daquela garantia, bem como a forma, o prazo e o lugar para o seu exercício.
21. 
21. 
o consumidor pode desistir do contrato, no prazo máximo de 15 dias a contar do recebimento do produto, no caso de contratação de fornecimento de produtos ocorrida fora do estabelecimento empresarial.
21. 
21. 
a proteção contratual prevê a nulidade de cláusulas que estejam em desacordo com o CDC, o que, em regra, configura a invalidade ou a inexistência do negócio jurídico.
21. 
. 
Pergunta 5
. 
Leia o trecho a seguir:
. 
“A eficácia vinculativa da publicidade, decorrente do princípio da vinculação, estabelece como consequência prática que o fornecedor, ao realizá-la, coloca-se em estado de sujeição, submetido que se encontra aos efeitos do exercício do direito formativo do consumidor de aceitar a oferta publicitária, e com isso, celebrar o contrato. Note-se que se exige que a informação veiculada seja suficientemente precisa, o que se há de realizar por qualquer meio publicitário, desde os veículos de comunicação, [...], e demais instrumentos de mídia utilizados contemporaneamente, ou que venham a ser concebidos no futuro.”
. 
Fonte: MIRAGEM, Bruno. Curso de Direito do Consumidor. 12. Ed. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2014, p. 276.
. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a publicidade, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s).
. 
I. ( ) O consumidor pode exigir o cumprimento forçado da obrigação, nos termos da oferta, apresentação ou publicidade veiculada.
. 
II. ( ) Se o fornecedor recusar cumprimento à oferta, o consumidor pode aceitar outro produto ou prestação de serviço equivalente.
. 
III. ( ) Se o fornecedor recusar cumprimento à oferta, o consumidor pode aceitar outro produto e rescindir o contrato.
. 
IV. ( ) Se o fornecedor recusar cumprimento à oferta, cabe a ele oferecer as alternativas de solução ao consumidor.
. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
. 
32. 
V, F, F, V.
32. 
32. Incorreta: 
V, V, V, F.
32. 
32. 
F, F, V, V.
32. 
32. 
F, V, F, V. 
32. 
32. 
V, V, F, F.
32. Resposta correta
. 
Pergunta 6
. 
Leia o trecho a seguir:
. 
“Ao mesmo tempo em que é legítimo aos fornecedores organizar e explorar as informações pessoais e econômicas dos consumidores, por outro lado há a necessidade de proteger o consumidor em relação ao mau uso destas informações, o que ocorre quando isto se dá em prejuízo aos direitos da personalidade, como o direito à honra ou o direito à privacidade, assim como a divulgação de informações incorretas e inverídicas termina por causar danos aos consumidores.”
. 
Fonte: MIRAGEM, Bruno. Curso de Direito do Consumidor. 12. Ed. São Paulo: Editora Revista

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.