Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
PROVA FARMACOLOGIA - Estácio de Sá

Pré-visualização | Página 1 de 1

AV1 – FARMACOLOGIA – TODAS AS QUESTÕES ESTÃO CORRETAS
	
	 1a Questão (Ref.: 202008478370)
	De acordo com as definições técnico-científicas e legais, dois medicamentos serão considerados bioequivalentes quando, apresentados sob a mesma forma farmacêutica e contendo idêntica composição qualitativa e quantitativa de princípios ativos, apresentarem comparável biodisponibilidade quando estudados num mesmo desenho experimental. A respeito do assunto, assinale a alternativa correta.
		
	
	A biodisponibilidade relativa é realizada em seres humanos e devem assegurar a identidade dos produtos (teste e referência) em relação à velocidade da absorção e quantidade do fármaco absorvido. 
	
	Para que dois medicamentos possam ser considerados intercambiáveis, será suficiente apresentar os estudos de biodisponibilidade de cada um deles.
	
	O estudo de biodisponibilidade se desenvolve em três etapas: clínica, analítica e estatística.
	
	O estudo de biodisponibilidade faz-se necessário para o desenvolvimento de metodologias seguras e dinâmicas de avaliação da garantia da qualidade e dos processos referentes aos estudos realizados.
	
	O estudo de biodisponibilidade são de relevância considerável para a saúde pública e os interesses socioeconômicos, sendo importante a criação de mecanismos e ferramentas que possam dar garantias de que os medicamentos a serem lançados no mercado apresentem as mesmas características e propriedades físico-químicas que o medicamento inovador, conhecido como de referência.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 202008481408)
	Um fármaco administrado em esquema de doses repetidas, com o tempo de meia-vida de 3 horas, tem previsão para alcançar a concentração plasmática de equilíbrio:
		
	
	De 24 a 48 horas após iniciar o esquema de administração.
	
	De 9 a 15 horas após iniciar o esquema de administração.
	
	De 48 a 60 horas após iniciar o esquema de administração.
	
	De 6 a 9 horas após iniciar o esquema de administração.
	
	De 3 a 6 horas após iniciar o esquema de administração.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 202008481409)
	Em relação aos receptores é correto afirmar:
		
	
	Os receptores acoplados à proteína G são de rápida resposta, superior inclusive aos ionotrópicos.
	
	Podem localizar-se intracelularmente, devendo o fármaco ser lipossolúvel o suficiente para acessar o ambiente intracelular para ativá-lo.
	
	Receptores que ativam enzimas quando sofrem estímulo atuam aumentado a atividade da enzima, não há mecanismo intracelular associado a esses receptores.
	
	Em geral são componentes proteicos e estão sempre disponíveis na superfície da membrana plasmática, possuindo uma região de acoplamento e outra efetora.
	
	Os receptores ionotrópicos respondem tardiamente ao estímulo pois em sua via de sinalização consta modulação da expressão gênica.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 202008484347)
	A família de receptores ionotrópicos é composta por proteínas que quando acionadas modulam canais iônicos, e dessa forma o influxo de íons permeáveis a esses canais. A respeito disso pode-se dizer que:
		
	
	A acetilcolina ao se ligar no seu receptor ionotrópico permite o influxo de Cloreto (Cl-) na célula e o GABA permite o influxo de Na+
	
	Os receptores ionotrópicos de acetilcolina e GABA quando ativados reduzem o influxo de cloreto na célula.
	
	O influxo de cloreto é reduzido quando o receptor ionotrópico de GABA é ativado já o de sódio é aumentado quando há ativação do receptor ionotrópico de acetilcolina
	
	O influxo de cloreto é aumentado quando o receptor ionotrópico de GABA é ativado já o de sódio é diminuído quando há ativação do receptor ionotrópico de acetilcolina
	
	A acetilcolina ativa receptores ionotrópicos que promovem o influxo de Na+ na célula e o GABA ativa receptores ionotrópicos que promovem influxo de Cl- na célula
	
	
	 5a Questão (Ref.: 202008499454)
	Drogas simpatomiméticas que agem na musculatura lisa vascular e promovem vasoconstrição na mucosa nasal. Embora a utilidade clínica desses fármacos seja limitada, podem ser úteis como descongestionantes nasais. Com base nas afirmativas acima, marque a alternativa referente a classe medicamentosa indicada.
		
	
	Clonidina - agonista alfa-2 seletivo
	
	Isoproterenol - agonista beta não-seletivo
	
	Ioimbina - antagonista alfa-1 seletivo
	
	Salbutamol - antagonista beta-1 seletivo
	
	Fenilefrina - agonista alfa não-seletivo
	
	
	 6a Questão (Ref.: 202008446454)
	O tratamento da hipertensão arterial pode ser realizado pelo uso de fármacos anti-hipertensivos pertencentes a diversas classes farmacológicas.  Assinale a alternativa CORRETA que aponte o fármaco e seu mecanismo de ação correto:
		
	
	Captopril: Agonista dos receptores alfa-2
	
	Losartana: Antagonista de receptores AT1         
	
	Nifedipina:Doador de óxido nítrico
	
	Clonidina:Bloqueador da canais de cálcio
	
	Nitroprussiato de sódio: Inibidor da enzima conversora da angiotensina
	
	
	 7a Questão (Ref.: 202008466503)
	O Paratormônio (PTH) é um importante regulador fisiológico da homeostasia do cálcio, sintetizado pelas glândulas paratireoides. Atualmente, a Teriparatida é utilizada como um fragmento peptídico recombinante do PTH. Sobre suas propriedades farmacológicas, assinale a alternativa CORRETA.
		
	
	A exposição intermitente e em baixas doses de Teriparatida promove o aumento da formação óssea.
	
	A teriparatida em altas concentrações e exposição crônica promove o aumento da formação óssea.
	
	A teriparatida não pode ser utilizada em portadores de osteoporose, pois reduz a formação óssea.
	
	Pode ser administrada oralmente para promover o aumento da formação óssea.
	
	Através da redução do número e ativação dos osteoblastos, a teriparatida diminui a formação óssea.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 202008446463)
	(CESPE - Órgão: SESA-ES (Secretaria Estadual de Saúde do Espírito Santo) - 2013)
Os fármacos cimetidina, ranitidina, omeprazol e pantoprazol...
		
	
	Diminuem a secreção do ácido estomacal, alguns deles atuando como antagonistas dos receptores histamínicos H2 e outros inibindo a bomba de prótons.
	
	Pertencem ao grupo dos antagonistas dos receptores H2 do estômago.
	
	 São fármacos pró-cinéticos indicados para doença do refluxo gastroesofágico e dispepsia.
	
	São individualmente suficientes para o tratamento de gastrites associadas à infecção por Helicobacter pylori.
	
	Pertencem ao grupo de fármacos antissecretores do ácido estomacal, cujo mecanismo de ação é inibir a bomba de prótons.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 202008446466)
	Sobre o uso dos fármacos antidiarreicos, é incorreto afirmar:
		
	
	Seu uso deve levar em consideração a possibilidade de infecção gastrointestinal.
	
	O uso de fármacos que atuam em receptores opioides, como a loperamida, atuam na motilidade e contratilidade intestinal, favorecendo controle da diarreia.
	
	O manejo da diarreia é importante em razão dos riscos de desidratação e desnutrição associadas.
	
	Fármacos antidiarreicos podem ser utilizados em casos de diarreias causadas por microrganismos com segurança.
	
	O uso de polímeros hidrofílicos ou coloides, como a carboximetilcelulose, é útil no tratamento de quadros diarreicos.
	
	
	 10a Questão (Ref.: 202008451656)
	Qual opção apresenta um antibiótico inibidor da DNA-girase muito utilizado no tratamento de infecções do trato urinário?
		
	
	Estreptomicina
	
	Amicacina
	
	Norfloxacina
	
	Penicilina
	
	Ampicilina