Buscar

6 interdiscilinaridade

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 30 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 30 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 30 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 2 de 30
APRESENTAÇÃO DA AULA 05
Assim como ocorrerá com as demais aulas deste curso, esta aula possui
um formato predominantemente teórico, conceitual e analítico.
A aula 05 abordará o seguinte item constante no tópico “Conhecimentos 
Específicos”, que serão exigidos para o cargo de Coordenador Pedagógico 
Padrão P – Grau IA:
“A interdisciplinaridade e a interação entre conhecimentos: a
comunicação entre saberes escolares”.
Organizamos esta aula de forma esquemática, com alguns tópicos de
destaque (itens e conceitos que consideramos mais relevantes) de modo a
facilitar o entendimento do assunto. Claro que, os temas que serão cobrados
na prova, da forma que foram elencados no Edital, são um tanto abstratos e
muito abrangentes, permitindo que a banca exija muitos conteúdos
relacionados.
Assim, seria impossível termos a pretensão de esgotar os temas
relacionados a este item, neste sentido, focaremos nos temas cuja intuição
indica como necessários à resolução das possíveis questões da prova
discursiva vindoura.
No estudo desta aula, é necessário que você mantenha a “mente aberta”, 
pois entraremos num conteúdo teórico associado às ciências sociais e
humanas, onde nem sempre existem conceitos únicos, nem respostas únicas
aos problemas apresentados.
“Se nós todos fizéssemos todas as coisas de que somos
capazes, ficaríamos impressionados”
Thomas Edison
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 4 de 30
A interdisciplinaridade e a interação
entre conhecimentos: a comunicação
entre saberes escolares
Para entendermos a relação da interdisciplinaridade com todos os
temas solicitados na sua prova, primeiro é preciso que entendamos a fundo o
que é a interdisciplinaridade e alguns outros conceitos. Depois, você verá que
ficará muito fácil fazer as relações, será um tanto “automático”! Na aula de
hoje vamos formar esta base. Vamos começar?!
Primeiro precisamos entender o que é “Disciplina”
Disciplina como Ciência, para Heckausen, refere-se à “Exploração
científica especializada de um domínio determinado e homogêneo de
estudos, exploração que consiste em fazer surgir novos conhecimentos que
se substituem a outros mais antigos”. 
Nesse sentido, Heckausen nos fala que do exercício de uma disciplina
resulta na reformulação contínua dos conhecimentos adquiridos naquele
domínio. De acordo com o autor, para caracterizarmos uma disciplina e
distingui-la de outras, devemos fazer uso de 7 (sete) critérios:
1) Domínio Material — O conjunto de objetos de que se ocupa
uma disciplina. Exemplo: Zoologia ocupa-se dos animais.
2) Domínio de Estudos — O que aquela disciplina estuda.
Exemplo: comportamento constitui o domínio de estudos da
Psicologia.
3) Nível de Integração Teórico — Exemplo: em Psicologia
seria o Comportamento do Organismo intacto (ou Personalidade)
enquanto sistema.
4) Métodos — Arranjos metodológicos próprios da disciplina.
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 5 de 30
5) Instrumentos de Análise — Exemplo: estatística e modelos.
6) Aplicações Práticas — Exemplo: medicina e suas múltiplas
derivações.
7) Contingências Históricas — Obstáculos e contingências
históricas que aceleram ou retardam o desenvolvimento das
disciplinas.
Já para Boisot, disciplina é considerada uma estrutura ou “aquilo que
designa um sistema no qual se reconhece uma organização e no qual a
soma de suas partes não coincide com sua totalidade”.
Assim, uma disciplina pode ser definida a partir de critérios próprios,
podendo haver conter subdisciplinas, as quais já são em si “uma
disciplina”. Portanto, uma disciplina pode ser entendida como um conjunto
de subdisciplinas.
A partir do entendimento do que é uma disciplina, já podemos partir
para um conceito de interdisciplinaridade:
“A interdisciplinaridade caracteriza-se pela intensidade
das trocas entre os especialistas e pelo grau de integração
real das disciplinas no interior de um mesmo projeto de
pesquisa”.
Embora hoje a disciplina seja vista como algo “comum” na realidade 
de nossas escolas e, consequentemente, tenhamos mais facilidade para
entendermos o conceito de disciplina, nem sempre foi assim.
Georges Gusdorf, ao desenvolver uma filosofia da História, expõe uma
evolução das preocupações interdisciplinares desde os sofistas e romanos
até a atualidade. O autor destaca o século XVIII como um período no qual
a passagem do Múltiplo ao Uno foi uma das maiores preocupações dos
enciclopedistas franceses. A ideia da enciclopédia é condensar inúmeras
ideias, “todos os conhecimentos humanos”, em um espaço restrito.
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 6 de 30
Mas, partindo da ideia de disciplina (que já vimos em linhas gerais),
Guy Michaud sugere uma distinção entre multi, pluri, inter e
transdisciplinar.
Em 1970, um grupo de especialistas de alto nível, entre eles C. C. Abt,
dos Estados Unidos, e E. Jantsch (perito da OCDE — Áustria), procurou
aprofundar as ideias de Guy Michaud, para tentar estabelecer o papel da
interdisciplinaridade e suas vinculações com a Universidade. Nesse sentido,
como ponto de partida, estabeleceram os significados a seguir:
Disciplina — Conjunto específico de conhecimentos com suas
próprias características sobre o plano do ensino, da formação
dos mecanismos, dos métodos, das matérias.
Multidisciplina — Justaposição de disciplinas diversas,
desprovidas de relação aparente entre elas. Ex.: música +
matemática + história.
Pluridisciplina — Justaposição de disciplinas mais ou menos
vizinhas nos domínios do conhecimento. Ex.: domínio científico:
matemática + física.
Interdisciplina — Interação existente entre duas ou mais
disciplinas. Essa interação pode ir da simples comunicação de
ideias à integração mútua dos conceitos diretores da
epistemologia, da terminologia, da metodologia, dos
procedimentos, dos dados e da organização referentes ao ensino
e à pesquisa. Um grupo interdisciplinar compõe-se de pessoas
que receberam sua formação em diferentes domínios do
conhecimento (disciplinas) com seus métodos, conceitos, dados
e termos próprios.
Transdisciplina — Resultado de uma axiomática comum a um
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 7 de 30
conjunto de disciplinas (ex. Antropologia, considerada “a ciência 
do homem e de suas obras”, segundo a definição de Linton).
Japiassú destaca em “Interdisciplinaridade e patologia do saber”, que
existe uma gradação entre esses conceitos.
No ensino brasileiro, a interdisciplinaridade se manifesta pela
integração, coordenação e cooperação entre as disciplinas.
Na multi e na pluridisciplinaridade, há uma atitude de justaposição de
conteúdos de disciplinas heterogêneas ou a integração de conteúdos numa
mesma disciplina, atingindo-se, no máximo, um nível de integração de
métodos, teorias ou conhecimentos
Já na interdisciplinaridade, teríamos uma relação de reciprocidade,
de mutualidade, ou melhor dizendo, um regime de copropriedade que iria
possibilitar o diálogo entre os interessados.
A interdisciplinaridade depende basicamente de uma atitude.
Na interdisciplinaridade a colaboração entre as diversas disciplinas
conduz a uma “interação”, a uma intersubjetividade como única
possibilidade de efetivação de um trabalho interdisciplinar.
O nível da transdisciplinaridade,por sua vez, seria o nível mais alto
das relações iniciadas nos níveis multi, pluri e inter.
Fazenda (2011) destaca que Gusdorf critica essa noção de uma
transcendência, pois isto significaria a existência de uma instância científica
capaz de impor sua autoridade às demais disciplinas. Este caráter
impositivo da transdisciplinaridade negaria, por exemplo, a possibilidade do
diálogo, condição sine qua non para exercício efetivo da
interdisciplinaridade.
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 8 de 30
Observe que Fazenda (2011) afirma que o diálogo é condição
sine qua non (indispensável) para o exercício da
interdisciplinaridade.
A interdisciplinaridade pressupõe basicamente uma intersubjetividade,
não pretende a construção de uma superciência, mas uma mudança de
atitude diante do problema do conhecimento, uma substituição da
concepção fragmentária para a unitária do ser humano.
Já que a multi ou a pluridisciplinaridade implicam, quando muito, o
aspecto de integração de conhecimentos, podemos dizer que a integração
na pluri ou na multidisciplinaridade seriam etapas para a interação na
interdisciplinaridade, e esta, por sua vez, seria uma etapa para a
transdisciplinaridade – a qual, Fazenda (2011) destaca que, não passaria
de uma idealização utópica.
Conceituados os termos, e tendo-se como aceita a interdisciplinaridade
como questão de atitude (para Fazenda, 2011, a interdisciplinaridade trata-
se basicamente de uma questão de atitude), poderíamos nos questionar
sobre sua utilidade, importância e aplicabilidade, com a finalidade de
formar uma articulação entre o universo epistemológico e o universo
pedagógico da interdisciplinaridade.
Jantsch considera a interdisciplinaridade do ponto de vista dos valores
da sociedade global, levando em conta os papéis da Universidade: ensino,
pesquisa e serviço.
Assim, a interdisciplinaridade para Jantsch cuida da organização da
ciência, segundo uma finalidade, em que as interações dinâmicas visam
exercer uma influência determinante sobre o desenvolvimento da
sociedade e suas circunstâncias. Dessa forma, o saber surge como uma
maneira de gerar tarefas, de modo que o ensino constituir-se-ia em
um “meio de autorrenovação”.
De acordo com Jantsch (apud FAZENDA, 2011), o ensino tem por
objeto dar à sociedade a capacidade de autorrenovação, sendo ele o mais
importante agente de renovação. Mas, para que isto ocorra, as disciplinas
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 9 de 30
escolares precisam estar organizadas de um modo particular que dependa
de uma orientação normativa do ensino e da inovação.
Para Fazenda (2011), o processo interdisciplinar não pode estar a
cargo de nenhuma ciência em particular. Transformar a
interdisciplinaridade numa Ciência das Ciências seria criar uma ciência
nova, com as ambições e preconceitos de ciência soberana; seria convertê-
la numa transdisciplinaridade.
“A necessidade de existir uma direção principal no processo 
interdisciplinar não significa que alguma ciência envolvida no processo
esteja habilitada para isso.” (FAZENDA, 2011)
Assim, o que se busca na interdisciplinaridade não é abolir a
contribuição de cada ciência em particular, mas apenas uma atitude que
venha a evitar que se estabeleça a supremacia de determinada ciência, em
detrimento de outras contribuições também importantes.
O conhecimento interdisciplinar, ao contrário, deve ser uma lógica da
descoberta, uma abertura recíproca, uma comunicação entre os
domínios do saber, uma fecundação mútua e não um formalismo que
neutraliza todas as significações, fechando todas as possibilidades
(FAZENDA, 2011).
Ficou fácil de reconhecer que a interdisciplinaridade tem tudo a ver com a
interação entre conhecimentos? Que ela se refere diretamente à comunicação
entre saberes escolares?
Vejamos o significado de interação:
Interação – pode ser entendida como influência recíproca, como
diálogo, como a relação entre teoria e prática, a interação da teoria e da
prática ou o resultado de uma combinação.
Já o conhecimento...
Conhecimento – trata-se do saber; entendimento sobre alguma
coisa, ação de entender por meio da inteligência, da razão ou da
experiência, ação de dominar uma ciência, uma arte, um método, um
procedimento etc.
Portanto, quando falamos em interdisciplinaridade, temos que
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 10 de 30
entender que esta exige, necessariamente, que haja uma comunicação
entre os saberes e, mais do que isso, uma troca uma comunicação, um
enriquecimento gerado pela interação entre os conhecimentos escolares,
entre as disciplinas.
Observe ainda que a multidisciplinarida, pluridisciplinaridade,
interdisciplinaridade e transdisciplinariade expressam um grau crescente de
interação entre os saberes, entre as disciplinas, embora, a
transdisciplinaridade esteja em um nível mais utópico.
Por fim, convém salientarmos que par Piaget esses níveis de interação
podem ser descritos em três etapas, da seguinte forma:
1) Multidisciplinaridade: seria o nível inferior de integração.
Ocorre quando, para solucionar um problema, busca-se a
informação em várias disciplinas, sem que tal interação contribua
para modificá-las ou enriquecê- las. Cabe destacar que esta
costuma ser a primeira fase da formação de equipes de trabalho
interdisciplinar, o que não implica, necessariamente, em passar
a níveis de maior cooperação;
2) Interdisciplinaridade: seria o segundo nível de associação
entre disciplinas, em que a cooperação entre várias disciplinas
provoca verdadeiros intercâmbios. Há, portanto, uma
reciprocidade verdadeira nos intercâmbios e, consequentemente,
enriquecimentos mútuos;
3) Transdisciplinaridade: seria a etapa superior de
integração. Trata-se da construção de um sistema total, sem
fronteiras sólidas entre as disciplinas, ou seja, de uma teoria
geral de sistemas ou de estruturas, que inclua estruturas
operacionais, estruturas de regulamentação e sistemas
probabilísticos, e que una estas diversas possibilidades por meio
de transformações reguladas e definidas.
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 11 de 30
Para facilitar a sua assimilação, vamos ver uma pouco mais...
(Conceitos trabalhados na aula 06 de conhecimentos Gerais I)
Disciplinaridade: Refere-se à exploração científica e especializada de um
domínio homogêneo, ou seja, relaciona-se ao estudo de um conjunto
sistemático e organizado de conhecimentos com características próprias em
seus planos de ensino, métodos e matérias. Assim, o termo faz referência
a uma única disciplina, podendo ser utilizado quando trabalhamos
conteúdos específicos de uma disciplina. Por exemplo, sou professora de
matemática e ensino sobre números, frações, cálculos, etc. Prendo-me ao
conteúdo específico da disciplina.
 
 
Multidisciplinaridade: Refere-se ao uso de informações de diversas
matérias para estudar um elemento específico, mas não há uma
preocupação efetiva com a sobreposição dos saberes ou com a interligação
das disciplinas entre si. Assim, cada disciplina permanece com a sua
metodologia, como se não tivesse relação com outra disciplina. Para Piaget,
é quando um problema pode ser solucionado por meio da obtenção de
informações de uma ou mais ciências sem que estas sejam enriquecidas.
Nesse caso, normalmente na prática, o professor se prende ao seu
conteúdo por considerar que o currículo, sendo “multidisciplinar”, abordaráoutros aspectos ligados ao assunto. Às vezes, faz uso do conteúdo de
outras disciplinas, mas não o faz de forma consciente, nem procura
contextualizar, correlacionando-o com outras matérias. É como se não
fosse perceptível uma ligação entre as disciplinas. Está muito ligada ao
currículo tradicional, com visão compartimentada em disciplinas. 
Pluridisciplinaridade: Refere-se a um sistema de um só nível e de
objetivos múltiplos; há troca entre as disciplinas, mas essa troca ainda não
é organizada. Tem um viés multidisciplinar, pois propõe o estudo de um
objeto em várias disciplinas ao mesmo tempo, mas sem uma coordenação
de trocas entre as diferentes disciplinas. Está, portanto, entre a
multidisciplinaridade e a interdisciplinaridade. Há uma troca consciente
entre duas ou mais disciplinas, porque tem vários objetivos, no entanto,
essa troca ainda não é bem organizada, como ocorre na
interdisciplinaridade. A pluridisciplinaridade expressa-se pela superposição
de disciplinas com objeto comum. A pluridisciplinaridade foi uma tentativa
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 12 de 30
de estabelecer relação entre as disciplinas, com a intenção de acabar com a
ideia de que a disciplina seria um tipo de saber específico, com um objeto
determinado, sem correlação com outras áreas do conhecimento. A
pluridisciplinaridade, por não ser considerada muito eficaz para a
transferência de conhecimentos, deu origem a interdisciplinaridade (sobre a
qual tanto falamos hoje em dia e que está especificada no seu edital). 
Interdisciplinaridade: Refere-se à interdependência de disciplinas pela
necessidade de comunicação entre estas. Por meio da interdisciplinaridade
o conhecimento deixa de ser setorizado para ser algo integrado. Como dito
nas Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica
(DCNEB), também podemos entender que se refere à abordagem
epistemológica dos objetos de conhecimento. Aqui a articulação entre as
disciplinas é clara e a troca busca enriquecê-las, ou seja, aqui podemos
afirmar que o todo (resultado obtido com a interdisciplinaridade) é maior
que a soma das partes (conteúdos específicos das disciplinas). Exemplo:
um projeto interdisciplinar sobre energia poderia envolver as disciplinas (e
os professores) de física (corrente elétrica), matemática (cálculos,
problemas matemáticos contextualizados), ciências e geografia (recursos
naturais), e até, artes e ensino religioso (a beleza expressa na natureza,
natureza como criação divina, respeito pelas futuras gerações, etc.).
Perceba que aqui o uso das várias disciplinas é organizado, havendo
clareza para os professores e seus alunos quanto à conexão dos assuntos.
Cabe destacar, ainda, que a interdisciplinaridade é indicada pela LDB e
pelos Parâmetros Curriculares Nacionais.
 
Transversalidade: Refere-se a temas que ultrapassam as disciplinas
convencionais, mas permeiam a concepção, os objetivos ou os conteúdos
dessas disciplinas. Pode ser entendida, conforme especificado nas DCNEB,
como uma forma de organizar o trabalho didático-pedagógico em que
temas e eixos temáticos são integrados às disciplinas e às áreas ditas
convencionais, de forma a estarem presentes em todas elas. Diz respeito à,
na prática educativa, estabelecer uma relação entre conhecimentos
teoricamente sistematizados, ou seja, conteúdos baseados na realidade e
sobre a sua transformação. Isso não quer dizer que dois ou mais temas
tenham que ser ministrados em paralelo. O que o professor deve fazer é
trazer os conteúdos e metodologias relacionados, que podem ser de outras
áreas, contextualizando o assunto, ligando-os com a realidade. Os
Parâmetros Curriculares Nacionais trazem alguns “temas transversais” 
(ética, meio ambiente, saúde, orientação sexual, pluralidade cultural,
trabalho e consumo), mas outros podem ser abordados pelo professor
nessa perspectiva. Perceba que os temas dos PCNs podem ser abordados
em disciplinas diversas, por isso, transversais.
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 13 de 30
A Resolução nº 4, de 13 de julho de 2010, que define as Diretrizes
Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Trata o tema da
seguinte forma no seu artigo 13:
§ 4º A transversalidade é entendida como uma forma de
organizar o trabalho didático-pedagógico em que temas e eixos
temáticos são integrados às disciplinas e às áreas ditas
convencionais, de forma a estarem presentes em todas elas.
§ 5º A transversalidade difere da interdisciplinaridade e ambas
complementam-se, rejeitando a concepção de conhecimento que
toma a realidade como algo estável, pronto e acabado.
§ 6º A transversalidade refere-se à dimensão didático-
pedagógica, e a interdisciplinaridade, à abordagem
epistemológica dos objetos de conhecimento. 
 
Transdisciplinaridade: refere-se à coordenação do conhecimento em um
sistema lógico que permite o livre trânsito de uma disciplina a outra, ou
até, de uma forma mais ampla, de um campo do saber a outro, fazendo
com as disciplinas, de certa forma, desapareçam ou formem uma
“macrodisciplina”. Enfatiza um desenvolvimento mais amplo do ser-
humano. Assim, sendo, extrapola a interdisciplinaridade, que ainda
considera as disciplinas, embora de forma integrada.
A transdisciplinaridade refere-se ao conhecimento próprio da
disciplina, mas está para além dela. O conhecimento situa-se na disciplina,
nas diferentes disciplinas e além delas, tanto no espaço quanto no tempo.
Busca a unidade do conhecimento na relação entre a parte e o todo, entre
o todo e a parte. Adota atitude de abertura sobre as culturas do presente e
do passado, uma assimilação da cultura e da arte. O desenvolvimento da
capacidade de articular diferentes referências de dimensões da pessoa
humana, de seus direitos, e do mundo é fundamento básico da
transdisciplinaridade. De acordo com Nicolescu (p. 15), para os adeptos da
transdisciplinaridade, o pensamento clássico é o seu campo de aplicação,
por isso é complementar à pesquisa pluri e interdisciplinar.
A interdisciplinaridade pressupõe a transferência de métodos de uma
disciplina para outra. Ultrapassa-as, mas sua finalidade inscreve-se no
estudo disciplinar. Pela abordagem interdisciplinar ocorre a
transversalidade do conhecimento constitutivo de diferentes disciplinas, por
meio da ação didático-pedagógica mediada pela pedagogia dos projetos
temáticos. Estes facilitam a organização coletiva e cooperativa do trabalho
pedagógico, embora sejam ainda recursos que vêm sendo utilizados de
modo restrito e, às vezes, equivocados. A interdisciplinaridade é, portanto,
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 14 de 30
entendida aqui como abordagem teórico-metodológica em que a ênfase
incide sobre o trabalho de integração das diferentes áreas do
conhecimento, um real trabalho de cooperação e troca, aberto ao diálogo e
ao planejamento (Nogueira, 2001, p. 27). Essa orientação deve ser
enriquecida, por meio de proposta temática trabalhada transversalmente
ou em redes de conhecimento e de aprendizagem, e se expressa por meio
de uma atitude que pressupõe planejamento sistemático e integrado e
disposição para o diálogo.
A transversalidade é entendida como uma forma de organizar o
trabalho didático-pedagógico em que temas, eixos temáticos são
integrados às disciplinas, às áreas ditas convencionais de forma a estarem
presentes em todas elas. A transversalidade difere-se da
interdisciplinaridade e complementam-se; ambas rejeitam a concepção de
conhecimento que toma a realidade como algo estável, pronto e acabado. A
primeira se refere à dimensãodidático-pedagógica e a segunda, à
abordagem epistemológica dos objetos de conhecimento. A
transversalidade orienta para a necessidade de se instituir, na prática
educativa, uma analogia entre aprender conhecimentos teoricamente
sistematizados (aprender sobre a realidade) e as questões da vida real
(aprender na realidade e da realidade). Dentro de uma compreensão
interdisciplinar do conhecimento, a transversalidade tem significado, sendo
uma proposta didática que possibilita o tratamento dos conhecimentos
escolares de forma integrada. Assim, nessa abordagem, a gestão do
conhecimento parte do pressuposto de que os sujeitos são agentes da arte
de problematizar e interrogar, e buscam procedimentos interdisciplinares
capazes de acender a chama do diálogo entre diferentes sujeitos, ciências,
saberes e temas.
A prática interdisciplinar é, portanto, uma abordagem que facilita o
exercício da transversalidade, constituindo-se em caminhos facilitadores da
integração do processo formativo dos estudantes, pois ainda permite a sua
participação na escolha dos temas prioritários. Desse ponto de vista, a
interdisciplinaridade e o exercício da transversalidade ou do trabalho
pedagógico centrado em eixos temáticos, organizados em redes de
conhecimento, contribuem para que a escola dê conta de tornar os seus
sujeitos conscientes de seus direitos e deveres e da possibilidade de se
tornarem aptos a aprender a criar novos direitos, coletivamente. De
qualquer forma, esse percurso é promovido a partir da seleção de temas
entre eles o tema dos direitos humanos, recomendados para serem
abordados ao longo do desenvolvimento de componentes curriculares com
os quais guardam intensa ou relativa relação temática, em função de
prescrição definida pelos órgãos do sistema educativo ou pela comunidade
educacional, respeitadas as características próprias da etapa da Educação
Básica que a justifica.
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 15 de 30
Conceber a gestão do conhecimento escolar enriquecida pela adoção
de temas a serem tratados sob a perspectiva transversal exige da
comunidade educativa clareza quanto aos princípios e às finalidades da
educação, além de conhecimento da realidade contextual, em que as
escolas, representadas por todos os seus sujeitos e a sociedade, se acham
inseridas. Para isso, o planejamento das ações pedagógicas pactuadas de
modo sistemático e integrado é pré-requisito indispensável à organicidade,
sequencialidade e articulação do conjunto das aprendizagens
perspectivadas, o que requer a participação de todos. Parte-se, pois, do
pressuposto de que, para ser tratada transversalmente, a temática
atravessa, estabelece elos, enriquece, complementa temas e/ou atividades
tratadas por disciplinas, eixos ou áreas do conhecimento.(BRASIL - MEC,
2013, p. 28 e 29)
Interdisciplinaridade - Refere-se à interdependência de
disciplinas e à necessidade de comunicação entre estas. A
interdisciplinaridade busca utilizar saberes de diversas disciplinas
para permitir o entendimento de uma situação problema de forma
ampla. Por meio dela o conhecimento deixa de ser setorizado para
ser algo integrado. Trata-se, portanto, da integração de conteúdos,
de conhecimentos, de saberes. De acordo com as Diretrizes
Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica, também
podemos entender que se refere à abordagem epistemológica dos
objetos de conhecimento.
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 16 de 30
As questões e seus comentários, fazem parte da aula, pois aprofundam
e complementam os conhecimentos vistos. Além disso, para concursos,
praticar resolvendo questões é fundamental. Trouxemos questões de várias
bancas, para explorar ao máximo o conteúdo estudado.
Conforme fizemos nas aulas sobre PPP, trabalharemos diversas questões
sobre interdisciplinaridade, para que, na prova, você se sinta seguro(a) para
responder qualquer item que faça referência ao tema. Nesta aula não
trabalharemos questões da FCC, já que além da banca, analisamos a
coerência, a gradação dos assuntos explorados, etc. Mas nas próximas aulas
teremos algumas questões da FCC. Vamos ao trabalho!
FUNECE -2017- Técnico de Assuntos Educacionais - UNECE 
1) Conforme o grau de integração das diferentes disciplinas
reagrupadas em um determinado momento, podemos estabelecer
diferentes níveis de interdisciplinaridade. Segundo Piaget (1979),
os níveis de colaboração e integração entre disciplinas, são: 
a) multidisciplinaridade, interdisciplinaridade,
transdisciplinaridade. 
b) pluridisciplinaridade, disciplinaridade cruzada,
multidisciplinaridade. 
c) interdisciplinaridade auxiliar, composta e unificadora. 
d) pseudo-interdisciplinaridade, interdisciplinaridade estrutural e
restritiva. 
Resposta: A. Para Piaget os níveis de interação entre as disciplinas podem
ser definidos pela multidisciplinaridade, interdisciplinaridade e
transdisciplinaridade, sendo que estas, nesta ordem, representam um nível
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 17 de 30
crescente de interação. 
IBADE- 2017 – Professor – Prefeitura de Rio Branco -AC 
2) Sobre currículo: concepções, elaboração, prática,
transdisciplinaridade e transversalidade, leia as afirmativas a
seguir. 
I. A interdisciplinaridade na escola deve consistir na criação de uma
mistura de conteúdos ou métodos de diferentes disciplinas. 
II. A interdisciplinaridade pode ser pensada como uma
possibilidade de novas organizações do trabalho educativo, com
planejamentos individuais envolvendo professores das diferentes
áreas do conhecimento. 
III. A transdisciplinaridade propõe-se uma superação da estrutura
disciplinar, uma vez que ela diz respeito àquilo que está ao mesmo
tempo entre as disciplinas, através das diferentes disciplinas e
além de qualquer disciplina. Seu objetivo é a compreensão do
mundo presente, para o qual um dos imperativos é a unidade do
conhecimento. 
IV. Organizar currículos é ter compreensão contextualizada dos
agentes macro e microssociais presentes na comunidade escolar. 
Está correto apenas o que se afirma em: 
a) I e IV. 
b) II e III. 
c) I e III. 
d) I, III e IV. 
e) II e IV. 
Resposta: D. Observe que o item II está incorreto, porque quando
pensamos em um trabalho interdisciplinar, o planejamento deve ser
realizado de forma conjunta. Os demais itens estão corretos. 
 
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 18 de 30
IBADE- 2016- Professor- SEDUC-RO 
3) A proposta de transversalidade pode acarretar algumas
discussões do ponto de vista conceitual, como, por exemplo, a da
sua relação com a concepção de interdisciplinaridade, bastante
difundida no campo da pedagogia. Sobre o assunto, é correto
afirmar que: 
a) a interdisciplinaridade refere-se principalmente a dimensão da
didática. 
b) na transversalidade os temas constituem novas áreas,
pressupondo um tratamento individualizado das diferentes áreas. 
c) transversalidade e interdisciplinaridade se fundamentam na
crítica de uma concepção de conhecimento que toma a realidade
como um conjunto de dados estáveis, sujeitos a um ato de
conhecer isento e distanciado. 
d) a transversalidade diz respeito a uma abordagem epistemológica
dos objetos de conhecimento. 
e) é exclusivo da transversalidade apontar a complexidade do real e
a necessidade de se considerar a teia de relações entre os seus
diferentes e contraditórios aspectos. 
Resposta: C.Observe que a letra “c” está correta, porque ambas acreditam 
que a realidade não é algo estável e que deve ser analisada somente sob
uma perspectiva, portanto, ambas se fundamentam na crítica de uma
concepção de conhecimento que toma a realidade como um conjunto de
dados estáveis, sujeitos a um ato de conhecer isento e distanciado. A “a” 
está errada, porque a interdisciplinaridade vai além da dimensão didática,
ele representa uma interação, uma troca entre os saberes, entre as
diversas áreas do conhecimento, de modo a abranger diversos aspectos
das áreas/ disciplinas que se relacionam. Já a letra “b” está incorreta, pois 
a transversalidade não pressupõe uma nova área do conhecimento ou
pressupõe o tratamento individualizado de diferentes áreas. A
transversalidade refere-se a temas que ultrapassam as disciplinas
convencionais, mas permeiam a concepção, os objetivos ou os conteúdos
dessas disciplinas. Nessa perspectiva, o trabalho didático-pedagógico é
organizado de forma em que temas e eixos temáticos são integrados às
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 19 de 30
disciplinas, às áreas ditas convencionais de forma a estarem presentes em
todas elas. Já a “d” está incorreta, pois a transversalidade se refere à 
dimensão didático-pedagógica. Por fim, a “e” erra ao afirmar que 
exclusividade da transversalidade apontar a complexidade do real e a
necessidade de se considerar a teia de relações entre os seus diferentes e
contraditórios aspectos; vimos na aula que a interdisciplinaridade, por
exemplo, também tem essa preocupação. 
CESGRANRIO- 2016- Pedagogo- UNIRIO 
4) Numa reunião pedagógica, os professores devem refletir sobre o
limite de suas disciplinas, a relatividade das mesmas e a
necessidade da interdisciplinaridade, que permite 
a) ensinar dentro de uma nova metodologia.
b) hierarquizar melhor as disciplinas.
c) organizar melhor os conteúdos de cada disciplina.
d) passar de um saber setorizado a um conhecimento integrado.
e) maior consenso entre os professores.
Resposta: D. Numa reunião pedagógica, os professores devem refletir
sobre o limite de suas disciplinas, a relatividade das mesmas e a
necessidade da interdisciplinaridade, que permite passar de um saber
setorizado a um conhecimento integrado. A interdisciplinaridade
caracteriza-se pela intensidade das trocas entre os especialistas e pelo grau
de integração real das disciplinas no interior de um mesmo projeto.
Conforme vimos na aula, a interdisciplinaridade pode ser entendida uma
abordagem teórico-metodológica em que a ênfase incide sobre o trabalho
de integração das diferentes áreas do conhecimento, um real trabalho de
cooperação e troca, aberto ao diálogo e ao planejamento. 
CESPE – 2017- SEDF 
5) Com relação a planejamento pedagógico, transdisciplinaridade,
avaliação e projeto político-pedagógico, julgue o item que se
segue. 
A transdisciplinaridade, sem negar a interdisciplinaridade, propõe
a superação da fragmentação do conhecimento e o trabalho de
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 20 de 30
forma integrada. 
Resposta: Certo. Conforme vimos na aula, a transdisciplinaridade é a
etapa superior de integração. Trata-se da construção de um sistema
total, sem fronteiras sólidas entre as disciplinas, ou seja, de uma teoria
geral de sistemas ou de estruturas A transdisciplinaridade transpassa as
disciplinas, para que determinado assunto não seja fragmentado em
relação aos objetivos a serem alcançados pelo professor e seus alunos.
NUCEPE -2015-PROFESSOR 
6) Entre os princípios que fundamentam a organização e gestão
do currículo da escola brasileira e pelos quais se revelam a visão
de mundo que orienta as práticas pedagógicas dos educadores e
organizam o trabalho do estudante, está a abordagem
interdisciplinar. 
A definição que melhor expressa o conceito desta abordagem é 
a) A expressão das frações do conhecimento hierarquizadas
conforme critérios de importância do conhecimento. 
b) O estudo de um objeto de uma disciplina pelo ângulo de várias
outras ao mesmo tempo, restringindo-se a uma disciplina. 
c) O conhecimento próprio da disciplina, mas está para além dela,
na relação entre o todo e a parte e entre a parte e o todo. 
d) Estudo das características regionais e locais da sociedade, da
cultura, da economia e da comunidade escolar. 
e) Trabalho de integração das diferentes áreas do conhecimento,
em um trabalho de cooperação e troca, aberto ao diálogo e ao
planejamento. 
Resposta: E. Conforme estudamos, quando falamos em
interdisciplinaridade, temos que entender que esta exige,
necessariamente, que haja uma comunicação entre os saberes e, mais do
que isso, uma troca uma comunicação, um enriquecimento gerado pela
interação entre os conhecimentos escolares, entre as disciplinas.
FUNIVERSA- 2015-Analista de Gestão Administrativo – Pedagogo- UEG 
7) No campo da educação, os termos globalização, quebra de
barreiras, estreitamento de relações são cada vez mais utilizados
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 21 de 30
para resumir o atual momento de evolução e desenvolvimento
que o mundo está vivendo. Essas transformações requerem uma
postura interdisciplinar. Com base nessas informações, assinale a
alternativa correta. 
a) No desenvolvimento de atividades interdisciplinares, o aluno
constrói o conhecimento sozinho. 
b) A função da interdisciplinaridade é apresentar aos alunos
possibilidades diferentes de olhar um mesmo fato. 
c) A interdisciplinaridade é compreendida como uma forma de
trabalhar, em cada disciplina, seu tema específico. 
d) A interdisciplinaridade caracteriza-se por ser uma inclusão na
qual não há limites entre as disciplinas. 
e) A aprendizagem interdisciplinar dispensa um planejamento em
conjunto, como a metodologia de projetos. 
Resposta: B. Conforme vimos, a interdisciplinaridade baseia-se na ideia
da troca entre as disciplinas, no enriquecimento do conhecimento por
meio da interação entre os saberes. Assim, a interdisciplinaridade
permite que um, fato seja visto/ analisado pelos alunos com diferentes
olhares. 
IF- CE- 2014- Técnicos de Assuntos Educacionais – IF-CE 
8) Conforme Heloísa Luck (2010), a interdisciplinaridade, no
campo da Ciência, corresponde à necessidade de superar a visão
fragmentadora da produção do conhecimento, como também de
articular e produzir coerência entre os múltiplos fragmentos que
estão postos no acervo de conhecimentos da humanidade. 
Identifique, dentre as afirmações abaixo, a que não corresponde à
ideia do conceito de interdisciplinaridade. 
a) O pensar e o agir se apoiam no princípio de que nenhuma fonte
de conhecimento é, em si mesma, completa. 
b) A realidade, isto é, o campo e horizonte determinado de vida, é
construída, mediante uma teia de eventos e fatores que
ocasionam consequências encadeadas e recíprocas. 
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 22 de 30
c) A verdade é relativa, pois o que se conhece depende
diretamente da ótica do sujeito cognoscente. 
d) O universo é um sistema mecânico composto de unidades
materiais elementares, em vista do que podem ser compreendidas
de forma descontextualizada. 
e) O conhecimento produzido em qualquer área, por mais amplo
que seja, representa apenas de modo parcial e limitado, a
realidade que, embora complexa, é una. 
Resposta: D. A assertiva “d” nã está de acordo com o conceito de 
interdisciplinaridade. Aprimeira afirmação não tem relação com a
interdisciplinaridade, mas mesmo que o universo possa ser compreendido
como um sistema mecânico composto de unidades materiais
elementares, de acordo com as ideias vindas da interdisciplinaridade, ele
não pode ser compreendido de forma descontextualizada. A
interdisciplinaridade e a contextualização andam juntas, afinal a
interdisciplinaridade requer a conversa entre os conhecimentos, a
interação, a integração, portanto, contextualizar é fundamental, para que
o aluno compreenda adequadamente os links feitos entre os saberes.
IF-PA -2015- Professor – IF-PA 
9) A partir da concepção de interdisciplinaridade no processo
ensino-aprendizagem, assinale a opção INCORRETA. 
a) Atitude interdisciplinar requer uma mudança conceitual no
pensamento e na prática docente, pois seus alunos não
conseguirão pensar interdisciplinarmente se o professor lhes
oferecer um saber fragmentado e descontextualizado. 
b) A prática interdisciplinar pressupõe uma desconstrução, uma
ruptura com o tradicional e com o cotidiano tarefeiro escolar. 
c) A interdisciplinaridade acontece naturalmente se houver
sensibilidade para o contexto, mas sua prática e sistematização
demandam trabalho didático de um ou mais professores. 
d) Apenas o trabalho a partir de temas geradores, por todos os
professores da escola, não garante o sucesso do trabalho
interdisciplinar. 
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 23 de 30
e) Ao final de cada período letivo, deve ocorrer uma avaliação que
contemple pelo menos uma questão relacionada a cada disciplina
trabalhada. 
Resposta: E. A opção errada e que deveria ser assinalada é a letra “e”, 
afinal, uma avaliação que contemple uma questão de cada disciplina está
de acordo com a abordagem multidisciplinar, mas não interdisciplinar. As
demais estão corretas e trazem reflexões bem interessantes, vale a pena
a releitura. 
CESGRANRIO-2013- Analista Designer Institucional- IBGE 
10) Um trabalho que tem como objetivo a interdisciplinaridade do
conhecimento caracteriza-se pelo(a): 
a) integração dos saberes que são tidos como os saberes das
minorias oprimidas no contexto global. 
b) valorização do saber da experiência empírica como base para a
construção de novos saberes.
c) diálogo entre as diferentes formas de conhecimento, rompendo
com as barreiras entre disciplinas. 
d) globalização dos conhecimentos que possibilita a
homogeneidade, no trabalho com os conteúdos. 
e) homogeneidade dos conteúdos, base da aprendizagem de
disciplinas comuns. 
Resposta: C. A letra “c” está perfeita. A alternativa “a” está incorreta, 
pois, na acepção da interdisciplinaridade, a integração dos saberes pode
envolver todo e qualquer tipo de saber, não havendo limitação aos
saberes das minorias oprimidas. A opção “b” está incorreta, pois a 
interdisciplinaridade não fala diretamente da valorização do saber da
experiência empírica; ele se refere à interação/comunicação entre os
saberes. As assertivas “d” e “e” estão erradas, pois fazer uso da
interdisciplinaridade não significa tornar o trabalho com os conteúdos
uma homogeneidade; pelo contrário, a interdisciplinaridade lança novos
olhares sobre os conteúdos, objetivos, sobre as possibilidades de
caminhos para o aprendizado. 
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 24 de 30
Seguem as questões vistas nesta aula, sem os comentários, para você
praticar e ver se, realmente, conseguiu absorver o conteúdo. Hora de praticar!
FUNECE -2017- Técnico de Assuntos Educacionais - UNECE 
1) Conforme o grau de integração das diferentes disciplinas
reagrupadas em um determinado momento, podemos estabelecer
diferentes níveis de interdisciplinaridade. Segundo Piaget (1979),
os níveis de colaboração e integração entre disciplinas, são: 
a) multidisciplinaridade, interdisciplinaridade,
transdisciplinaridade. 
b) pluridisciplinaridade, disciplinaridade cruzada,
multidisciplinaridade. 
c) interdisciplinaridade auxiliar, composta e unificadora.
d) pseudo-interdisciplinaridade, interdisciplinaridade estrutural e
restritiva. 
IBADE- 2017 – Professor – Prefeitura de Rio Branco -AC 
2) Sobre currículo: concepções, elaboração, prática,
transdisciplinaridade e transversalidade, leia as afirmativas a
seguir. 
I. A interdisciplinaridade na escola deve consistir na criação de uma
mistura de conteúdos ou métodos de diferentes disciplinas. 
II. A interdisciplinaridade pode ser pensada como uma
possibilidade de novas organizações do trabalho educativo, com
planejamentos individuais envolvendo professores das diferentes
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 25 de 30
áreas do conhecimento. 
III. A transdisciplinaridade propõe-se uma superação da estrutura
disciplinar, uma vez que ela diz respeito àquilo que está ao mesmo
tempo entre as disciplinas, através das diferentes disciplinas e
além de qualquer disciplina. Seu objetivo é a compreensão do
mundo presente, para o qual um dos imperativos é a unidade do
conhecimento. 
IV. Organizar currículos é ter compreensão contextualizada dos
agentes macro e microssociais presentes na comunidade escolar. 
Está correto apenas o que se afirma em: 
a) I e IV. 
b) II e III. 
c) I e III. 
d) I, III e IV. 
e) II e IV. 
 
IBADE- 2016- Professor- SEDUC-RO 
3) A proposta de transversalidade pode acarretar algumas
discussões do ponto de vista conceitual, como, por exemplo, a da
sua relação com a concepção de interdisciplinaridade, bastante
difundida no campo da pedagogia. Sobre o assunto, é correto
afirmar que: 
a) a interdisciplinaridade refere-se principalmente a dimensão da
didática. 
b) na transversalidade os temas constituem novas áreas,
pressupondo um tratamento individualizado das diferentes áreas. 
c) transversalidade e interdisciplinaridade se fundamentam na
crítica de uma concepção de conhecimento que toma a realidade
como um conjunto de dados estáveis, sujeitos a um ato de
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 26 de 30
conhecer isento e distanciado. 
d) a transversalidade diz respeito a uma abordagem epistemológica
dos objetos de conhecimento. 
e) é exclusivo da transversalidade apontar a complexidade do real e
a necessidade de se considerar a teia de relações entre os seus
diferentes e contraditórios aspectos. 
 
CESGRANRIO- 2016- Pedagogo- UNIRIO 
4) Numa reunião pedagógica, os professores devem refletir sobre o
limite de suas disciplinas, a relatividade das mesmas e a
necessidade da interdisciplinaridade, que permite 
a) ensinar dentro de uma nova metodologia. 
b) hierarquizar melhor as disciplinas. 
c) organizar melhor os conteúdos de cada disciplina. 
d) passar de um saber setorizado a um conhecimento integrado. 
e) maior consenso entre os professores. 
 
CESPE – 2017- SEDF 
 
5) Com relação a planejamento pedagógico, transdisciplinaridade,
avaliação e projeto político-pedagógico, julgue o item que se
segue. 
 
A transdisciplinaridade, sem negar a interdisciplinaridade, propõe
a superação da fragmentação do conhecimento e o trabalho de
forma integrada. 
 
 
NUCEPE -2015-PROFESSOR 
 
6) Entre os princípios que fundamentam a organização e gestão
do currículo da escola brasileira e pelos quais se revelam a visão
de mundo que orienta as práticas pedagógicas dos educadores e
organizam o trabalho do estudante, está a abordagem
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concursConhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 27 de 30
interdisciplinar. 
A definição que melhor expressa o conceito desta abordagem é 
a) A expressão das frações do conhecimento hierarquizadas
conforme critérios de importância do conhecimento. 
b) O estudo de um objeto de uma disciplina pelo ângulo de várias
outras ao mesmo tempo, restringindo-se a uma disciplina. 
c) O conhecimento próprio da disciplina, mas está para além dela,
na relação entre o todo e a parte e entre a parte e o todo. 
d) Estudo das características regionais e locais da sociedade, da
cultura, da economia e da comunidade escolar. 
e) Trabalho de integração das diferentes áreas do conhecimento,
em um trabalho de cooperação e troca, aberto ao diálogo e ao
planejamento. 
 
FUNIVERSA- 2015-Analista de Gestão Administrativo – Pedagogo- UEG 
 
7) No campo da educação, os termos globalização, quebra de
barreiras, estreitamento de relações são cada vez mais utilizados
para resumir o atual momento de evolução e desenvolvimento
que o mundo está vivendo. Essas transformações requerem uma
postura interdisciplinar. Com base nessas informações, assinale a
alternativa correta. 
 
a) No desenvolvimento de atividades interdisciplinares, o aluno
constrói o conhecimento sozinho. 
 
b) A função da interdisciplinaridade é apresentar aos alunos
possibilidades diferentes de olhar um mesmo fato. 
 
c) A interdisciplinaridade é compreendida como uma forma de
trabalhar, em cada disciplina, seu tema específico. 
 
d) A interdisciplinaridade caracteriza-se por ser uma inclusão na
qual não há limites entre as disciplinas. 
 
e) A aprendizagem interdisciplinar dispensa um planejamento em
conjunto, como a metodologia de projetos. 
 
IF- CE- 2014- Técnicos de Assuntos Educacionais – IF-CE 
 
8) Conforme Heloísa Luck (2010), a interdisciplinaridade, no
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 28 de 30
campo da Ciência, corresponde à necessidade de superar a visão
fragmentadora da produção do conhecimento, como também de
articular e produzir coerência entre os múltiplos fragmentos que
estão postos no acervo de conhecimentos da humanidade. 
 
Identifique, dentre as afirmações abaixo, a que não corresponde à
ideia do conceito de interdisciplinaridade. 
 
a) O pensar e o agir se apoiam no princípio de que nenhuma fonte
de conhecimento é, em si mesma, completa. 
 
b) A realidade, isto é, o campo e horizonte determinado de vida, é
construída, mediante uma teia de eventos e fatores que
ocasionam consequências encadeadas e recíprocas. 
 
c) A verdade é relativa, pois o que se conhece depende
diretamente da ótica do sujeito cognoscente. 
 
d) O universo é um sistema mecânico composto de unidades
materiais elementares, em vista do que podem ser compreendidas
de forma descontextualizada. 
 
e) O conhecimento produzido em qualquer área, por mais amplo
que seja, representa apenas de modo parcial e limitado, a
realidade que, embora complexa, é una. 
 
 
IF-PA -2015- Professor – IF-PA 
 
9) A partir da concepção de interdisciplinaridade no processo
ensino-aprendizagem, assinale a opção INCORRETA. 
 
a) Atitude interdisciplinar requer uma mudança conceitual no
pensamento e na prática docente, pois seus alunos não
conseguirão pensar interdisciplinarmente se o professor lhes
oferecer um saber fragmentado e descontextualizado. 
 
b) A prática interdisciplinar pressupõe uma desconstrução, uma
ruptura com o tradicional e com o cotidiano tarefeiro escolar. 
 
c) A interdisciplinaridade acontece naturalmente se houver
sensibilidade para o contexto, mas sua prática e sistematização
demandam trabalho didático de um ou mais professores. 
 
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 29 de 30
d) Apenas o trabalho a partir de temas geradores, por todos os
professores da escola, não garante o sucesso do trabalho
interdisciplinar. 
 
e) Ao final de cada período letivo, deve ocorrer uma avaliação que
contemple pelo menos uma questão relacionada a cada disciplina
trabalhada. 
 
 
CESGRANRIO-2013- Analista Designer Institucional- IBGE 
 
10) Um trabalho que tem como objetivo a interdisciplinaridade do
conhecimento caracteriza-se pelo(a): 
 
a) integração dos saberes que são tidos como os saberes das
minorias oprimidas no contexto global. 
 
b) valorização do saber da experiência empírica como base para a
construção de novos saberes. 
 
c) diálogo entre as diferentes formas de conhecimento, rompendo
com as barreiras entre disciplinas. 
 
d) globalização dos conhecimentos que possibilita a
homogeneidade, no trabalho com os conteúdos. 
 
e) homogeneidade dos conteúdos, base da aprendizagem de
disciplinas comuns. 
 
1 – A
2 – D
3 – C
4 – D
5 – Certo
6 – E
7 – B
8 – D
9 – E
10 – C
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs
Conhecimentos Específicos para SEE-BA
Coordenador Pedagógico
Prof.ª Greisi Goulart
Aula 05
Prof. Greisi Goulart www.estrategiaconcursos.com.br 30 de 30
Por hoje, ficamos por aqui! Bons estudos!
Até a próxima!
Principais fontes:
FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Integração e interdisciplinaridade no ensino
brasileiro: efetividade ou ideologia. 6ª ed. São Paulo: Loyola, 2011.
BRASIL, MEC. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica. Disponível
em:
http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=8016-
pceb005-11&Itemid=30192
Em caso de dúvidas:
Aguardo-lhe na próxima aula.
Bons estudos!
www.concurseirosunidos.orgwww.concurseirosunidos.orgwww.concurs