A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
QUESTOES DE GASTRO GABARITO

Pré-visualização | Página 1 de 1

1) Paciente do sexo feminino de 20 anos, apresenta quadro de diarréia mucosanguinolenta há cerca de 4 meses, realiza colonoscopia onde observa-se presença de pancolite, com visibilização de úlceras aftoides, realizado biópsias, no anatomopatológico presença de processo inflamatório com presença de granulomas não caseosos. O provável diagnóstico é:
A) Doença celíaca
B) Doença de Crohn
C) Retocolite ulcerativa
2) Mulher de 33 anos vem com queixa de episódios de diarreia aquosa, com até 3-4 evacuações por dia, dor abdominal recorrente, há 3 anos. Nega perda de peso, febre e artralgias. Hemograma, hormônios tireoidianos e protoparasitológico de fezes normais. Teste de tolerância à lactose mostrou glicemia: basal = 80; 30 minutos = 95; 1 hora = 130 mg/dL; 90 minutos = 120 mg/dL; 2 horas = 100 mg/dL. A endoscopia e colonoscopia com biópsias seriadas da mucosa foram normais. O diagnóstico mais provável é:
A) Intolerância a lactose.
B) Síndrome do intestino irritável.
C) RCU.
3) O tabagismo associa‐se a um pior prognóstico. Os anti‐inflamatórios não hormonais parecem estar associados a exacerbações. Pode ter presença de fístulas, estenoses e lesões saltitadas. Assinale a alternativa correta com relação à doença caracterizada no texto acima.
4) Mulher, 44 anos, queixa-se de dor abdominal recorrente há seis anos, sendo diária no último ano, com melhora após a evacuação. Tem alternado períodos de constipação e diarreia. sendo que atualmente encontra-se constipada, evacuando uma vez por semana, com fezes em cíbalos. Refere ainda sensação de distensão abdominal e dificuldade de eliminação de gases diariamente. Nega perda de peso ou sangramento intestinal. Antecedentes de Diabetes mellitus diagnosticado há 5 anos. Exame físico: BEG, hidratada, corada, FC: 84 bpm, PA: 120/90 mmHg (deitada), 116/86 mmHg (em pé). Abdome: levemente distendido, hipertimpânico, discretamente doloroso à palpação em flanco esquerdo, RHA normoativos. Sem outras alterações. Qual é a hipótese diagnóstica mais provável?
5) Uma paciente de 36 anos de idade, com queixa de dor em andar superior do abdome, inapetência e vômitos há dois dias, refere internação em outro serviço por dez dias com diagnóstico de pancreatite aguda, tendo sido tratada clinicamente e recebido alta há vinte dias. No momento, apresenta- se desidratada ++/4, ictérica +/4, afebril, hemodinamicamente normal, com abdome globoso e flácido, mas doloroso à palpação em andar superior, e com Murphy negativo. Apresenta, ainda, amilase de 1.100 U/L, leucograma de 12.000/mm³, PCR de 8 mg/dL, bilirrubina total de 1,5 mg/dL, às custas de direta (1 mg/dL), USG de vesícula biliar de paredes finas com múltiplos cálculos, sem dilatação de vias biliares, e pâncreas de difícil caracterização. Pelo relato de internação anterior recente, o plantonista pediu uma tomografia computadorizada de abdome, que mostrou pâncreas com características de surto agudo de pancreatite Baltazar C. Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa correta.
 A)Está indicado o tratamento clínico e, após a resolução da pancreatite, a colecistectomia na mesma internação.
 B) Está indicada a colecistectomia de imediato para controlar o surto agudo de pancreatite.
 C) Está indicada a colangiografia endoscópica com papilotomia de imediato, pois a presença de icterícia nesse momento indica que existe cálculo impactado na papila.
6) Menina, 3a, procura atendimento médico, em unidade básica de saúde, com queixa de dor abdominal há 1 ano, não associada a vômitos ou febre. Hábito intestinal de 1x/2-3 dias, com fezes endurecidas, faz muita força para evacuar, às vezes chora, e com sangue vivo em algumas evacuações. Alimentação: leite de vaca desde o nascimento, atualmente 6x/dia e o restante semelhante à da família. Vai à creche desde os 9 meses. Nega outras queixas. Exame físico: peso e estatura no percentil 50; bom estado geral, corada, hidratada. Abdome: flácido, não distendido. O diagnóstico é:
a) Doença de Hirschsprung
b) DII
c) Alergia ao leite da vaca
d) Constipação intestinal funcional
7) Paciente de 10 anos, do sexo masculino, trazido ao pronto atendimento pela mãe por apresentar quadro de dor abdominal em cólica, de forte intensidade em andar inferior do abdome há 3 dias. Refere episódios de dor abdominal recorrente com as mesmas características, a cada 15 dias, há cerca de um ano. A dor melhora com as evacuações. Nega relação com alimentação. Nega perda de peso, diminuição do apetite ou febre. Evacua duas vezes por semana, fezes em cíbalos. Nega sangramento retal. Refere perda de fezes em pequena quantidade na roupa íntima, de coloração marrom escura, odor fétido e consistência em massa de modelar, uma vez por semana. Ao exame físico, encontra-se em bom estado geral, corado, hidratado, afebril e eupneico. Tórax sem particularidades.
Abdome plano, com ruídos hidroaéreos presentes e normais, flácido e indolor à palpação superficial e profunda, com massa palpável em hipogástrio de cerca de 10 cm de diâmetro, de consistência endurecida. Em relação ao caso apresentado, assinale a alternativa correta.
f) Uma colonoscopia é indispensável para o diagnóstico etiológico deste caso.
g) A radiografia simples de abdome com rotina para abdome agudo deve ser solicitada com urgência.
h) O toque retal deve ser realizado para auxílio diagnóstico.
i) A tomografia abdominal com contraste é o exame complementar de escolha para elucidar este caso.
j) A ultrassonografia de abdome é o exame de maior sensibilidade e especificidade para esclarecimento do diagnóstico.
8) Paciente de 56 anos, sexo masculino, obeso e diabético. Chega à UPA com quadro de dor abdominal em fossa ilíaca esquerda e parada de eliminação de gazes e fezes há 48 horas. Refere já ter tido outros episódios semelhantes previamente. Ao exame, o abdome encontra-se distendido e com dor à palpação em fossa ilíaca esquerda. TAX de 36,8°C e pressão arterial de 160x110 mmhg. No caso acima, o exame diagnóstico com maior especificidade que pode ser realizado é:
a) Ecografia abdominal total.
b) Tomografia computadorizada de abdome.
c) Raio-x de abdome agudo.
d) Cintilografia abdominal.
e) Colonoscopia.
9) Homem, 58a, apresenta queixa de dor abdominal, mais acentuada em quadrante inferior esquerdo e febre de 38,5°C há 2 dias.
Antecedentes pessoais: constipação intestinal. Exame Físico: Abdome: plano, doloroso e com plastrão palpável em fossa ilíaca esquerda, descompressão brusca dolorosa: ausente. O DIAGNÓSTICO E A CONDUTA SÃO:
a) Volvo de sigmoide; antibiótico endovenoso para germes Gram positivo e anaeróbios.
b) Perfuração de segunda porção do duodeno; ultrassonografia abdominal.
c) Neoplasia de sigmoide abscedido; colonoscopia.
d) Diverticulite complicada; tomografia computadorizada de abdome.
1) B
2) B
3) Doença de Crohn
4) Síndrome do intestino irritável.
5) A
6) D
7) C
8) D
9) D

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.