Buscar

diagnostico cinetico funcional

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 24 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 24 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 24 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

DIAGNÓSTICO CINÉTICO FUNCIONAL 
AMANDA PATRICIA DA COSTA MENDES
ANGÉLICA ANDRADE DE SOUSA
TAINARA SOUSA SILVA
WALESCA MAIA DE AZEVEDO
WANESSA ILÍDIA DE ANDRADE
Professora: Adalgiza Moreno
BRASIL
2022
INTRODUÇÃO
O CREFITO-4 (2021) informa que o profissional fisioterapeuta tem a
competência para construir o diagnóstico cinético funcional. Esse diagnóstico é
imprescindível para a avaliação, estabelecimento de um protocolo de
atendimento, prognóstico e alta (CREFITO 4, 2021).
Fonte: https://drtiagomarchese.com.br
AVALIAÇÃO CINÉTICO FUNCIONAL
ANAMNESE - A anamnese agregada ao exame
físico é primordial para que o fisioterapeuta efetive
o diagnóstico cinético funcional e estabeleça metas
ao tratamento (SOUSA et al., 2016).
Identificação
Queixa principal
HDA e HDP
Histórico familiar 
Hábitos de vida 
(HPS)
MÉTODOS AVALIATIVOS
Fonte: https://www.istockphoto.com/br
QUESTIONÁRIO DASH
MÉTODOS AVALIATIVOS
Para avaliar a funcionalidade do membro superior é utilizado o
questionário de DASH (RETT, et al., 2013).
Fonte: PAPP et al., 2010.
MÉTODOS AVALIATIVOS
A dor é graduada através da Escala Visual Analógica (EVA) que consiste
em um método avaliativo que auxilia na classificação da intensidade da dor do
paciente (RODRIGUES et al.,2019).
Fonte: www.joinville.sc.gov.br
CARACTERIZAÇÃO DA DOR
Fonte: https://vertebrata.com.br/
MENSURAÇÃO DA DOR
MÉTODOS AVALIATIVOS
PRINCIPAIS PERGUNTAS QUE REFEREM-SE A DOR:
Onde dói? (Paciente irá sinalizar o local da dor)
Quando começou a dor?
Qual o tipo da dor? Qual a duração da crise?
Qual a intensidade da dor? (forte, fraca ou usar escala
de 1 a 10) A dor impede a realização de alguma tarefa?
Em que hora do dia ela é mais forte? Existe alguma coisa
que o Sr. faça que a dor melhore? E que piora?
A dor é acompanhada de mais algum sintoma?
MÉTODOS AVALIATIVOS
SINAIS VITAIS
Fonte: https://www.rangersms.com.br/importancia-de-aferir-a-
pressao-arterial
Fonte: Fonte: https://www.abcdaenfermagem.com.br/pulso-
e-frequencia-cardiaca/
TEMPERATURA
PULSO
FREQUÊNCIA 
CARDÍACA
FREQUÊNCIA 
RESPIRATÓRIA
PRESSÃO ARTERIAL
MÉTODOS AVALIATIVOS
EXAME FÍSICO
AVALIAÇÃO POSTURAL 
Fonte: Fonte: https://encrypted-tbn0.gstatic.com
Fonte: https://www.corpoacao.com.br/blog/consciencia-e-postura-corporal-no-ambiente-de-trabalho/
MÉTODOS AVALIATIVOS
REFLEXOS 
É obtido por meio da percussão com o
martelo de reflexos ou com a
digitopercussão (Ministério da Saúde,
2016).
O teste é considerado alterado quando
a resposta está ausente ou diminuída
(Ministério da Saúde, 2016).
Fonte: https://www.fciencias.com/2018/12/11/ausencia-do-
reflexo-patelar-espaco-saude/
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=YcpArE2XADA
MÉTODOS AVALIATIVOS
TESTE DE SENSIBILIDADE
O teste de sensibilidade é realizado com o objetivo de identificar se o
paciente apresenta hipoestesia ou hiperestesia.
O teste de sensibilidade poderá ser realizado pelo estesiômetro
monofilamentos de Semmes Weinsten. A sensibilidade táctil poderá ser avaliada por
meio de gazes a qual será identificado se há resposta ao estímulo (PIMENTEL et
al.,2007).
Fonte: ww.sorribauru.com.br Fonte: Bezerra et al., 2012. Fonte: 
https://www.slideserve.com/eldora/sensib
ilidade
MÉTODOS AVALIATIVOS
AVALIAÇÃO DA CICATRIZ
A avaliação da cicatriz tem como objetivo observar elevações e
alargamentos. O profissional irá medir a cicatriz com fita métrica para classificá-las
de acordo com os critérios do quadro:
Cicatriz Normal Com menos de 2 mm de largura, que não apresenta retração ou hipertrofia.
Cicatriz Alargada Alargamento igual ou superior a 2 mm
Cicatriz Escavada Situada abaixo do nível da pele circunjacente e largura é medida afastando-se as bordas.
Cicatriz hipertrófica Palpação apresenta consistência endurecida e elevando-se acima do nível da pele circunjacente
Cicatriz Quelóide A cicatriz que cresceu fora dos limites originais da incisão cirúrgica.
CLASSIFICAÇÃO DA CICATRIZ
Fonte: Adaptado de Hospitais Universitários, 2021.
MÉTODOS AVALIATIVOS
AVALIAÇÃO DE FORÇA MUSCULAR 
Para a mensuração da força muscular é utilizado o estudo de Kendall.
Grau 0 Sem evidência de contração muscular 
Grau 1 Evidência de contração muscular, sem movimento articular.
Grau 2 Amplitude de movimento incompleta.
Grau 3 Amplitude de movimento contra a gravidade.
Grau 4 Amplitude de movimento completo contra a gravidade e resistência manual submaxima.
Grau 5 Amplitude de movimento completa contra a gravidade e resistência manual máxima.
ESCALA DE KENDALL
Fonte: Adaptado de portalatlanticaeditora.com.br
MÉTODOS AVALIATIVOS
TROFISMO MUSCULAR
TÔNUS
A avaliação do tônus muscular é de
extrema importância para identificar e
diagnosticar patologias do sistema nervoso,
visto que várias desordens do movimento são
acompanhadas de alteração no tônus
muscular (EBSERH, 2021).
Avaliar a alterações do trofismo muscular,
se há atrofia, hipotrofia ou hipertrofia (EBSERH,
2021).
Fonte: https://encrypted-tbn0.gstatic.com
MÉTODOS AVALIATIVOS
AVALIAÇÃO DA ESPASTICIDADE
A avaliação da espasticidade é baseada pela escala de Ashworth
modificada (EAM), consideradas padrão ouro para mensuração clínica do tônus
muscular e estratificam seu estado com relação ao tônus de um indivíduo normal
(EBSERH, 2021).
https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios
MÉTODOS AVALIATIVOS
GONIOMETRIA
A goniometria tem como objetivo verificar a amplitude de movimento
(ADM) das articulações. É um instrumento de plástico, constituído por um círculo
completo graduado de 0 a 360° com dois braços articulados e os valores registrados
em graus (GOUVEIA et al., 2008).
Fonte: 
https://www.carcioficial.com.br/goni
ometro-grande Fonte:https://blog.carcioficial.com.br/uso
s-do-goniometro-na-fisioterapia/
MÉTODOS AVALIATIVOS
TESTES FUNCIONAIS
ESCALA DE BERG
SENTAR E LEVANTAR 
CAMINHADA DE 6 MINUTOS
TIMED UP & GO
Fonte:https://guiadofisio.com.br
Fonte: https://oglobo.globo.com/
CASO CLÍNICO
Paciente B.M, sexo feminino, 54 anos; foi diagnosticada com carcinoma
ductal na mama esquerda há 6 meses e submetida à cirurgia de mastectomia radical
há 4 meses. Foi encaminhada para a fisioterapia por indicação do seu médico
assistente, visto que após a cirurgia apresentou limitações de funcionalidade no
membro superior acometido.
No exame físico, foi identificado limitação de amplitude de movimento do
ombro homolateral à cirurgia, força muscular comprometida, aderência cicatricial,
hipoestesia no dermátomo do nervo intercostobraquial e dor no ombro homolateral.
CASO CLÍNICO
A paciente foi avaliada através de ficha de anamnese e após a
entrevista, foram realizados os testes específicos abaixo:
TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO
TÉCNICA REPETIÇÃO OBJETIVO
ALONGAMENTO PASSIVO. 3 REPETIÇÕES, MANTENDO 
CADA REPETIÇÃO POR 1 
MINUTO
MELHORAR A
ELASTICIDADE DA
MUSCULATURA E 
FLEXIBILIDADE ARTICULAR
LIBERAÇÃO MIOFASCIAL 
COM DESLIZAMENTO 
PROFUNDO.
3 A 10 REPETIÇÕES DE 
DESLIZAMENTO
DIMINUIR A DOR E 
MELHORAR A FUNÇÃO 
MUSCULAR.
MOBILIZAÇÃO CICATRICIAL 3 A 10 REPETIÇÕES MELHORAR A MOBILIDADE 
E FLEXIBILIDADE 
TECIDUAL.
SENSIBILIDADE 5 REPETIÇÕES PARA CADA 
ESTÍMULO.
APLICAR ESTÍMULOS 
DIVERSOS NA REGIÃO 
AFETADA PARA ESTIMULAR 
A FUNÇÃO NORMAL.
(SANTOS, 2021; NELSON, 2018; KISNER et al, 2021)
Tratamento Fisioterapêutico
TÉCNICA REPETIÇÃO OBJETIVO
MOBILIZAÇÃO ARTICULAR 
ARTROCINEMÁTICA
5 REPETIÇÕES RECUPERAR A MOBILIDADE 
ARTICULAR E REDUZIR A 
DOR.
MOBILIZAÇÃO ARTICULAR 
OSTEOCINEMÁTICA
5 REPETIÇÕES FAVORECER O GANHO DA 
AMPLITUDE DAS 
ARTICULAÇÕES 
GLENOUMERAL 
ESTERNOCLAVICULAR.
EXERCÍCIO ATIVO ASSISTIDO 
COM BASTÃO
15 REPETIÇÕES REEDUCAR O MOVIMENTO, 
MELHORANDO A FUNÇÃO 
MUSCULAR E GANHANDO 
AMPLITUDE DE 
MOVIMENTO.
Fonte: SANTOS, 2021; NELSON, 2018; KISNER et al, 2021)
CONCLUSÃO
Desse modo, conclui-se que avaliação cinético funcional é uma das mais
importantes etapas do atendimento fisioterapêutico, sem a avaliação, nãohá
como realizar uma proposta terapêutica adequada. Independente do
diagnóstico médico, a conclusão do diagnóstico fisioterapêutico pode ser
múltipla, visto que os componentes são analisados a partir da disfunção do
movimento.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 4°
REGIÃO; Definição de Fisioterapia e Áreas de Atuação. 
https://crefito4.org.br/site/definicao/.
EBSERH, Hospitais Universitários Federais. Avaliação da cicatriz pós-operatória da 
mama e axila. 2021.
EBSERH, Hospitais Universitários Federais. Avaliação do tônus muscular. 2021.
EBSERH, Hospitais Universitários Federais. Triagem e avaliação fisioterapêutica no 
paciente internado na enfermaria.2021
GAVIM, A; A influência da avaliação fisioterapêutica na reabilitação neurológica. 
Saúde em Foco, Edição nº: 06, Mês / Ano: 05/2013, Páginas: 71-77.
GOUVEIA, P. F.; GONZALES, E. O.; GRER, P. A.; FERNANDES, C. A.; LIMA. M. C. 
Avaliação da amplitude de movimento e força da cintura escapular em pacientes de 
pós-operatório tardio de mastectomia radical modificada. 2008. 5p. Fisioterapia e 
Pesquisa, São Paulo, v.15, n.2, p.172-6, abr./jun. 2008.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
KENDALL, Florence P. Músculos: provas e funções. 5a ed: São Paulo: Editora
Manole, 2007.
MINISTÉRIO DA SAÚDE; Manual do Pé do Diabético - Estratégias para o cuidado
da pessoa com doença crônica. Brasília; P. 28, ano 2016.
PIMENTEL, Mônica. Avaliação clínica da dor e sensibilidade cutânea de pacientes
submetidas à dissecção axilar com preservação do nervo intercostobraquial para
tratamento cirúrgico do câncer de mama. Rev Bras Ginecol Obstet. 2007; 29(6):291-6.
RETT, Mariana. Efeito da fisioterapia no desempenho funcional do membro superior
no pós-operatório de câncer de mama. Revista Ciência & Saúde, Porto Alegre, v. 6, n.
1, p. 18-24, jan./abr. 2013.
RODRIGUES, T. C. R.; CARVALHO, E. M.; FERREIRA, C. F. C.; CARDOSO, S. G.;
CAIXETA, J. C; ROZARIO, G. F.; DELOROSO, F. T. Proposta de uma ficha de
avaliação fisioterapêutica para pacientes mastectomizadas. 2019. 49 f. Trabalho de
Conclusão de Residência (Residência em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de
Uberlândia, Uberlândia, 2019.
Obrigado!