Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Produção e Beneficiamento da PRÓPOLIS

Pré-visualização | Página 1 de 1

16 
produção e beneficiamento da própolis 
Própolis: 
introdução  Produto or iundo de substâncias res inosas, gomosas e ba lsâmicas, 
co lh ido de brotos, f lores ou exsudatos de plantas, nas qua is as 
abe lhas acrescentam secreções sa l ivares, cera e pólen 
 Broto de p lanta com muita res ina- estratégia da p lanta de 
defesa contra predadores e rad iação so lar 
Importância 
p/ colônia 
 Vedação de frestas (quadros com menos de 4,7m) 
 Desinfecção de favos 
 Fixação de partes móve is 
Composição 
química 
 Mais de 300 compostos químicos já foram ident i f icados 
 55%= res inas de substâncias ba lsâmicas 
 30%= cera 
 10%= óleos e substâncias vo láte is 
 5%= pólen 
Propriedades 
para o homem 
 Imunoest imulante 
 Antioxidante, ant i- inf lamatór io , ant ibacter iano , ant i fúngico , 
ant iv ira l , ant iprotozoár ios e ant i tumora l 
 Prevenção de cár ies e geng ivi tes 
 Tratamento de doenças de pe le 
 Promove a c icatr ização 
 Uso veter inár io (c icatr izante, tratamento de mast i te , sarn ic ida 
le ishmanic ida etc . ) 
Produção 
pelas 
abelhas 
 Coleta de res inas vegeta is 
 Planta= a lecr im do campo 
 Bacchar is dracuncul i fo l ia 
 Anti- inf lamatór io e combate a microorganismos 
 Planta= rabo de bugio 
 Dalberg ia ecastophy l lum 
 Propr iedades ant i tumora l (mais cara) 
 presença de p lantas que produzem 
res inas na reg ião 
 quanto maior= maior será a produção . 
 interfere na produção de res inas e na 
composição da própo l is . 
 presença de mel ou a l imentação energét ica 
favorece a colhe ita da própo l is . 
 tem grande inf luência na produção 
 afeta a composição, qua l idade 
e preço da própo l is . 
 Manejo para produção da própolis: 
Té
cn
ic
as
  As técnicas de produção ex igem colmeias populosas , bem nutr idas e áreas com 
vegetação res iní fera abundante 
 A indução da produção cons iste na indução de aberturas nas co lmeias 
 
 Fenda aberta- induz a entrada de 
luz e de predadores (as abe lhas 
tendem a fechar abertura com uso 
de própol is ) 
 
 Melgueira adaptada 
 
 Dif icu ldade de manutenção de 
equi l íbr io térmico dentro da 
co lmeia 
 Faci l i ta a entrada de 
predadores 
 Dif icu ldade na co lheita 
 Comprometimento da h ig iene 
do produto durante a co lhe ita 
 
 Muita suj idade 
 
 Muita suj idade e presença de cera 
 
 Mais indicado 
 Vedação da abertura com f ita p lást ica transparente 
 
Beneficiamento da própolis: 
 
limpeza classificação secagem armazenamento comercialização
Be
ne
fi
ci
am
en
to
 
 Catação manua l das suj idades vis íve is 
 (rea l izada pe lo apicu l tor ou entrepostos/ importânc ia= econômica 
e farmaco lógica) 
 Caracter íst icas FÍSICAS 
 Cor (marrom, verde, preta, vermelha etc . ) 
 Consistência (seca ou grudenta) 
 Caracter íst icas ORGANOLÉPTICAS 
 Aroma + sabor (caracter íst icos em a lguns t ipos) 
 TAMANHOS DOS FRAGMENTOS 
 Tiras, lascas grandes, lascas médias , lascas pequenas ou pó 
 (opc iona l para o ap icu ltor) 
 Real izada em estufa de vent i lação de ar seco equipada com desumidi f icador 
 Temperatura de 20 a 30ºC 
 
 Em pacotes p lást icos ou baldes 
 Em freezer ou câmara fr ia 
 
17 
Co
me
rc
ia
li
za
çã
o  Produção bras i le ira de própo l is= 100 tone ladas/ano 
 70% dessa produção é dest inada ao mercado japonês 
 Bras i l ocupa o 3º lugar na produção mundia l de própo l is (perde apenas para 
a Rúss ia e Ch ina) 
 Importante na indústr ia farmacêut ica: 
 Extrato de própol is ( 10%, 20% e 30%) 
 Resto é preench ido com álcool de cerea is- menos les ivo para mucosas) 
 Diferença do extrato aquoso= sem álcoo l e menos ef ic iente do que o 
com álcool 
 Pomadas 
 Cápsulas 
 Compostos 
 Sabonetes 
 Shampoos 
 Balas 
 Protetor lab ia l e solar 
 Hidratantes