Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
IMPLANTE COCLEAR (IC) - Parte I - Audiologia Educacional

Pré-visualização | Página 1 de 1

@projetofonoo
@projetofonoo
Audiologia Educacional e (Re)habilitação Auditiva
IC - IMPLANTE COCLEAR
Definição:
➔ DeCS-Bireme
“Inserção cirúrgica de um dispositivo auditivo
eletrônico (IMPLANTES COCLEARES) com os
eletrodos no NERVO COCLEAR da orelha
interna para criar uma sensação sonora em
pacientes com fibras nervosas residuais.”
Fonte: Oto Grupo.
Portarias e Diretrizes
gerais
➔ Plano Nacional de Direitos à Pessoa com
Deficiência/Viver sem Limites (2011): rede
de cuidados à pessoa com deficiência -
Ministério da Saúde:
- PORTARIA Nº 1.278, DE 20 DE
OUTUBRO DE 1999 (Revogada pela
PRT GM/MS nº 2.776 de 18.12.2014)
- PORTARIA Nº 2.776, DE 18 DE
DEZEMBRO DE 2014:
“Aprova diretrizes gerais, amplia e
incorpora procedimentos para
Atenção Especializada às Pessoas
com Deficiência Auditiva no
Sistema Único de Saúde (SUS);
- PORTARIA GM/MS Nº 793 DE 24 DE
ABRIL DE 2012, INSTITUI A REDE DE
CUIDADOS À PESSOA COM DEFICIÊNCIA
NO ÂMBITO DO SUS.
I - Atenção Básica - NISA;
II - Atenção Especializada em Reabilitação
(CER) Auditiva, Física, Intelectual, Visual,
Ostomia e em Múltiplas Deficiências; e
III - Atenção Hospitalar e de Urgência e
Emergência.
➔ Órteses: dispositivos aplicados
EXTERNAMENTE para modificar as
características estruturais e funcionais
do corpo ou membro afetado, podendo
desempenhar funções de imobilização,
mobilização, correção, alívio e
estabilização;
➔ Próteses: dispositivos para substituir
total ou parcialmente um membro, órgão
ou tecido ausente ou com alteração da
estrutura;
➔ Meios Auxiliares de Locomoção:
dispositivos que auxiliam a função
motora, o qual não corrige ou substitui
função ou segmento do corpo;
(Ministério da Saúde, 2012).
“As Órteses, Próteses e Meios Auxiliares de
Locomoção (OPM) são Dispositivos de
@projetofonoo
Tecnologia Assistiva adjuvantes de grande
importância no processo de reabilitação.”
Atenção Especializada às
Pessoas com DA no SUS
➔ Modalidade Ambulatorial:
ações de âmbito ambulatorial (avaliações clínicas e
audiológicas, acompanhamentos e reabilitação
fonoaudiológica), destinadas a promover atenção
especializada aos pacientes submetidos às cirurgias
de implante coclear e/ou prótese auditiva ancorada
no osso definidas nesta portaria, e realizadas em
estabelecimento de saúde cadastrado no Sistema de
Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde
(SCNES), que possua condições técnicas, instalações
físicas e recursos humanos adequados.
- Serviço Ambulatorial de Saúde Auditiva
(SASA);
★ Ações que fazem parte do cuidado
contínuo na Rede de cuidados à
Saúde da Pessoa com deficiência
auditiva;
★ Presta serviços aos usuários do
SUS com perda auditiva,
fornecendo aparelho auditivo,
realizando acompanhamentos e
orientações.
Atenção Especializada e
Hospitalar
➔ Centros/Núcleos de IC e serviços de
Atenção Especializada às Pessoas com
D.A.;
➔ Setor privado: Agência Nacional de Saúde
aprovou o IC sendo procedimento
cirúrgico obrigatório a ser realizado pelos
planos de saúde;
➔ O I.C. está no ROL mínimo de qualquer
plano de saúde. E se está nesse ROL
mínimo de cobertura, a manutenção
também é devida nos termos da
resolução 387/2015 da ANS Artigo 17;
<https://www.gov.br/ans/pt-br/arquivos/acesso-a
-informacao/transparencia-institucional/parecer
es-tecnicos-da-ans/2020/parecer_tecnico_no_15
_2021_implante_coclear.pdf>
➔ Credenciados SUS - exemplos:
<http://cnes2.datasus.gov.br/Mod_Ind_Habilitaco
es_Listar.asp?VTipo=0305&VListar=1&VEstado=
00&VMun=&VComp=&VContador=11&VTitulo=H>
➔ Atenção Especializada
- ambulatorial: avaliações clínicas e
audiológicas, acompanhamentos e
reabilitação fonoaudiológica;
- hospitalar: realização de cirurgias e
acompanhamentos pré e
pós-operatório;
Contexto Histórico: implante
coclear - políticas públicas
https://www.gov.br/ans/pt-br/arquivos/acesso-a-informacao/transparencia-institucional/pareceres-tecnicos-da-ans/2020/parecer_tecnico_no_15_2021_implante_coclear.pdf
https://www.gov.br/ans/pt-br/arquivos/acesso-a-informacao/transparencia-institucional/pareceres-tecnicos-da-ans/2020/parecer_tecnico_no_15_2021_implante_coclear.pdf
https://www.gov.br/ans/pt-br/arquivos/acesso-a-informacao/transparencia-institucional/pareceres-tecnicos-da-ans/2020/parecer_tecnico_no_15_2021_implante_coclear.pdf
https://www.gov.br/ans/pt-br/arquivos/acesso-a-informacao/transparencia-institucional/pareceres-tecnicos-da-ans/2020/parecer_tecnico_no_15_2021_implante_coclear.pdf
http://cnes2.datasus.gov.br/Mod_Ind_Habilitacoes_Listar.asp?VTipo=0305&VListar=1&VEstado=00&VMun=&VComp=&VContador=11&VTitulo=H
http://cnes2.datasus.gov.br/Mod_Ind_Habilitacoes_Listar.asp?VTipo=0305&VListar=1&VEstado=00&VMun=&VComp=&VContador=11&VTitulo=H
http://cnes2.datasus.gov.br/Mod_Ind_Habilitacoes_Listar.asp?VTipo=0305&VListar=1&VEstado=00&VMun=&VComp=&VContador=11&VTitulo=H
@projetofonoo
➔ PORTARIA Nº 1.274, DE 25 DE JUNHO DE
2013 - Sistema de Frequência Modulada
Pessoal (FM) na Tabela de Procedimentos
SUS;
➔ MS - PORTARIA Nº 2.776 de 19 de
dezembro de 2016 – manutenção,
reposição/troca, em caso de roubo,
backup, IC bilateral;
➔ MS - PORTARIA Nº 1.278, DE 20 DE
OUTUBRO DE 1999 revogada em 2014:
“Está contra-indicado o Implante Coclear nos
seguintes casos: a - surdez pré-lingual em
adolescentes e adultos não reabilitados por
método oral; b - pacientes com agenesia
coclear ou do nervo coclear; c -
contra-indicações clínicas”;
➔ MS - PORTARIA Nº 2.161, DE 17 DE julho
de 2018 – troca dos processadores;
➔ MS - PORTARIA Nº 2.776, DE 18 de
DEZEMBRO de 2014 - Prótese auditiva
ancorada no osso IC bilateralmente;
Critérios técnicos, Equipamentos, Pessoal,
Infra-estrutura, funcionamento do
serviço…
➔ PORTARIA N° 2.157, DE 23 DE DEZEMBRO
DE 2015.
Quem é candidato ao uso do
Implante Coclear?
➔ CRITÉRIOS CLÍNICOS DE SELEÇÃO DE
CANDIDATOS AO USO DO IC:
Modelo UFES - Núcleo da Audição - HUCAM
@projetofonoo
➔ Brasil: aprovação para uso clínico foi em
1982 (Food and Drug Administration -
FDA);
➔ 1990: em crianças e 1º caso de I.C. no
Brasil;
➔ Hoje, há aproximadamente 7 mil
implantados no Brasil e mais de 400 mil
no mundo;
Componentes
COMPONENTES EXTERNOS:
➔ Antena de transmissão;
➔ Imã;
➔ Processador de fala;
COMPONENTES INTERNOS:
➔ Fio de eletrodos (12);
➔ Antena;
➔ Imã;
➔ Chip;
fonte das imagens::
https://cronicasdasurdez.com/ouvido-bionico-implante-cocl
ear/
1. Microfone direcional: capta a informação acústica
ao processador de fala;
2. Antena de transmissão: envia os sinais
codificados pelo processador como sinais de rádio
FM para o receptor interno;
3. Processador de fala: análise e digitalização do
sinal acústico de entrada;
4. Receptor/estimulador: converte os sinais
recebidos em energia elétrica, organizando-os e
enviando-os aos eletrodos;
5. Feixe de eletrodos: estimulam as fibras nervosas
remanescentes no gânglio espiral;
Anatomia Cirúrgica - decisões
médicas
- Anatomia do osso temporal:
➔ Posição do nervo facial, seio sigmóide e
dura-máter da fossa média;
- Anatomia da cóclea:
➔ Conformação e permeabilidade coclear;
➔ Introdução dos feixes de eletrodos;
Tipos de eletrodos:
1. Eletrodo reto;
2. Eletrodo curto;
3. Eletrodo fino (slim/flex);
4. Eletrodo pequeno e flexível (híbrido/EAS);
5. Eletrodo duplo;
https://cronicasdasurdez.com/ouvido-bionico-implante-coclear/
https://cronicasdasurdez.com/ouvido-bionico-implante-coclear/
@projetofonoo
Fonte: MED-EL.