CCJ0001-WL-AV3-Ciências Sociais-Prova-03
4 pág.

CCJ0001-WL-AV3-Ciências Sociais-Prova-03


DisciplinaFundamentos das Ciências Sociais10.968 materiais132.271 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Avaliação: AV3-2011.3S - FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS - CCJ0100
	Disciplina:
	CCJ0100 - FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS
	Tipo de Avaliação:
	AV3
	Aluno:
	
	Nota da Prova:
	7
	Nota do Trabalho:     
	Nota da Participação:     
	Total: 
	7
	Prova On-Line
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0056 (168752)
1 - A Lei dos Três Estados de Auguste Comte se referia:  Pontos da Questão: 1
	 à caracterização positivista das ciências em puras, aplicadas e especulativas.
	 ao modo como o autor compreendia a evolução histórica do conhecimento humano. 
	 ao modo como o autor separou as esferas da sociedades (econômica, política e cultural).
	 à distinção entre o Estado Religioso, o Estado Laico e a Sociedade Civil. 
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0043 (168773)
2 - (ENADE 2008) Graças à autoridade que é dada por cada indivíduo ao Estado, é-lhe atribuído o uso gigantesco de poder e força que o terror assim inspirado o torna capaz de conformar as vontades de todos eles, no domínio da paz em seu próprio país e da ajuda mútua contra os inimigos estrangeiros. (HOBBES, Thomas. Leviatã. São Paulo: Martin Claret, 2002). 
De acordo com as concepções de Thomas Hobbes acerca do assunto abordado no texto acima, assinale a opção correta.  Pontos da Questão: 1
	
A paz e a defesa comum devem ficar a cargo de cada um na sociedade.
	 A sociedade é o verdadeiro locus do poder e, depois dela, o Estado. 
	 O poder do Estado é ilimitado. 
	 O Estado divide o poder com o indivíduo.
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0028 (168683)
3 - A história desses povos nos é totalmente desconhecida e, devido à ausência ou pobreza de tradições orais e vestígios arqueológicos, nunca será atingida: não poderíamos concluir daí a sua inexistência (LÉVI-STRAUSS, Claudeapud COSTA, Cristina. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. 2. ed. São Paulo: Moderna, 2001).
A trecho do antropólogo Lévi-Strauss é uma clara ilustração:   Pontos da Questão: 1
	 da superioridade científica e intelectual das sociedade europeias. 
	 da distância cultural entre o antropólogo e o seu objeto de estudo. 
	 do atraso cultural e tecnológico da sociedade não europeias.
	 da falta de rigor científico da antropologia como campo do saber.
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0004 (168686)
4 - Num estudo recente sobre a maneira pela qual são criadas as crianças francesas, um observador americano mostra-se espantado pelo fato de que as mesmas são levadas para brincar no parque elegantemente vestidas, e conseguem-se manter limpas. Evidentemente uma criança americana colocada em situação semelhante conseguiria sujar-se num instante. A explicação do fenômeno reside na relativa imobilidade da criança francesa. O estudioso americano notou o fato em crianças francesas de dois a três anos: ficou surpreso ao ver que as mesmas eram capazes de se manter absolutamente imóveis por longos períodos. O mesmo estudo relata o caso duma criança americana que o professor encaminhou ao psicólogo escolar, unicamente porque as mesmas não conseguia manter-se quieta durante as aulas. O professor francês, totalmente desabituado a esse tipo de comportamento, concluiu que a criança devia estar doente. Em outras palavras, um grau de atividade motora considerado normal nas escolas americanas passou a ser visto como sintoma dum estado patológico na França. (BERGER, Peter L. & BERGER, Brigitte.Socialização: como ser um membro da sociedade. In: FORACCHI, Marialice & MARTINS, José de Souza. Sociologia e sociedade: leituras de interpretação à sociologia. Rio de Janeiro: LTC, 1997, p. 204) 
As diferenças entre as crianças francesas e americanas podem ser explicadas através:  Pontos da Questão: 1
	 do processo de socialização presente em ambas às sociedades. 
	 das características climáticas particulares de cada continente.
	 da impossibilidade de uma criança de um país adaptar-se ao outro.
	 das características genéticas distintivas de cada povo.
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0103 (168700)
5 - Mais da metade das casas brasileiras vive com até um salário mínimo per capita 
Dados do Censo 2010 divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que 56% dos domicílios brasileiros tem renda per capita menor que um salário mínimo por mês (R$ 510, na época da pesquisa). Entre as capitais, Salvador (BA) é a que apresenta o maior número de lares nessa situação, com 55% deles. Florianópolis, em Santa Catarina, está na liderança do ranking das cidades com renda per capita maior que cinco salários mínimos por domicílio. 
(Fonte: UOL notícias \u2013 cotidiano, 03/06/2011, com adaptações). 
Com base nas informações do texto, assinale a opção INCORRETA.  Pontos da Questão: 1
	 Uma pequena parcela da população brasileira concentra a maior parte da riqueza que é socialmente produzida no país.
	 Não existe relação entre a renda e a desigualdade social no Brasil, pois as políticas públicas compensam a falta de rendimentos das famílias. 
	 A desigualdade social existente no Brasil pode ser explicada, em parte, por uma grande concentração de renda existente no país.
	 As desigualdades sociais no Brasil são marcadas por profundos contrastes entre as regiões e as cidades do país.
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0113 (168707)
6 - Analise as proposições sobre a família brasileira. 
I - Estamos diante de novos arranjos de família e gradativamente existe uma maior aceitação social de modelos que fogem aos padrões tradicionais. 
II - Há uma visibilidade cada vez maior das famílias homoafetivas, pois o assunto foi politizado e existe uma crescente repercussão na mídia. 
III - Ao falar-se de família na atualidade, o plural impõe-se, pois não há mais um modelo único, mas sim variados modelos conjugais. 
Estão corretas as seguintes afirmativas:  Pontos da Questão: 1
	 I e II.
	 II e III.
	 todas. 
	 I e II.
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0058 (168714)
7 - Em sua obra, Émile Durkheim buscou definir o objeto e o método de estudo da sociologia, pois um dos seus objetivos intelectuais era instituir a sociologia com um campo do conhecimento científico. 
Marque a opção que corresponde ao pensamento do autor:  Pontos da Questão: 1
	 o estudo dos tipos de ação e de dominação social.
	 o conceito de fato social como objeto da sociologia. 
	 o estudo da função da superestrutura na sociedade.
	 o conceito de ideologia como falsa consciência da realidade.
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0083 (168761)
8 - "Quanto mais o trabalhador se empenha em seu trabalho, tanto mais poderoso se torna o mundo estranho que ele cria contra si mesmo, tanto mais pobre se tornam ele e seu mundo interior, e menos estes lhe pertencem (...) o trabalhador coloca sua vida no objeto; mas agora ele não mais o pertence (...). O que o produto de seu trabalho é, ele não é." (Karl Marx)
Segundo a teoria do materialismo histórico as relações de produção no capitalismo são baseadas na:
  Pontos da Questão: 1
	 solidariedade.
	 exploração. 
	 escravidão.
	 cooperação.
	Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0022 (168679)
9 - O etnocentrismo pode ser definido como uma atitude emocionalmente condicionada que leva a considerar e julgar sociedades culturalmente diversas com critérios fornecidos pela própria cultura. Assim, compreende-se a tendência para menosprezar ou repudiar culturas cujos padrões se afastam ou divergem dos da cultura do observador que exterioriza a atitude etnocêntrica. O repúdio a práticas culturais diferentes da nossa, o menosprezo manifestado frente às diferenças culturais, o preconceito racial, a xenofobia, o preconceito de classe ou de profissão, a intolerância religiosa são algumas formas de etnocentrismo. 
Com base nestas afirmações, assinale a alternativa cujo discurso revela uma atitude etnocêntrica: Pontos da Questão: 1
	 os povos indígenas possuem um acúmulo de saberes que podem influenciar as formas de conhecimentos ocidentais.
	 os critérios de julgamento das culturas