Buscar

AULA 01 - FONTES MATERIAIS DO DIREITO - FATORES DO DIREITO

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

UNIDADE 1: 
1. FONTES DO DIREITO
1.1. FONTES MATERIAIS DO DIREITO
TEORIA GERAL DO DIREITO.
Professora: Raissa Nery
MKT-MDL-09 Versão 00
Sugestões de aplicações para apresentações diversas. Além dos 14 slides ao lado, clicando em “novo slide” na Página Inicial, outras opções aparecerão para inclusão e facilitar sua apresentação. 
Marque onde você deseja adicionar o slide: selecione um slide existente no painel Miniaturas, clique no botão Novo Slide e escolha um layout. 
1
1. FONTES DO DIREITO: Introdução
FONTE > origem >provém do latim, fons, fontis e significa nascente de água.
FONTES DO DIREITO > origem do Direito/de onde ele provém. 
O termo “fonte do direito“ é empregado metaforicamente. 
A doutrina jurídica não se apresenta uniforme quanto ao estudo das fontes do Direito > há divergência de opiniões.
As fontes do direito podem ser HISTÓRICAS, MATERIAIS ou FORMAIS.
2
FONTES HISTÓRICAS DO DIREITO
FONTES HISTÓRICAS: A evolução dos costumes e o progresso induzem o legislador a criar novas formas de aplicação para os princípios. 
As fontes históricas do Direito indicam a gênese das modernas instituições jurídicas: a época, local, as razões que determinaram a sua formação.
Utilidade para a hermenêutica jurídica, onde o fundamental é captar-se a finalidade de um instituto jurídico, sua essência e valores capitais.
3
FONTES MATERIAIS X FONTES FORMAIS
FONTES MATERIAIS > fenômenos sociais > dados extraídos da realidade social. Ex: fatos econômicos, sociais, políticos, ideológicos, morais, religiosos, técnicos, demográficos, climáticos, valores, tradições, etc.
Dão conteúdo às normas jurídicas, ou seja, às fontes formais do Direito.
FONTES FORMAIS > são a forma de que se revestem as normas jurídicas. Ex: lei, costume, etc.
4
FONTES MATERIAIS E FATORES DO DIREITO
Os fatores que influenciam a vida social, provocando-lhe mutações, vão produzir igual efeito no setor jurídico, determinando alterações no Direito Positivo. 
Esses fatores, chamados sociais e também jurídicos, funcionam como motores da vida social e do Direito. Fatores jurídicos são, pois, elementos que condicionam os fenômenos sociais e, em consequência, induzem transformações no Direito.
A Sociologia do Direito estuda os fatores jurídicos responsáveis pela criação e aceleração dos institutos de Direito. Há dois grupos de fatores jurídicos: os naturais e os culturais.
5
FATORES NATURAIS DO DIREITO
Estes fatores são os determinados pelo reino da natureza, que exerce um amplo condicionamento sobre o homem no tocante à sobrevivência, ao espaço vital e à criação dos objetos culturais. Dividem-se em:
1) geográficos (clima, recursos naturais, território); 
2) demográficos (segurança do território, problemas de habitação e alimentação; política de natalidade, aborto, abertura p/mão de obra estrangeira, imigração, naturalização);
3) antropológicos (Abrangem também o caráter étnico, pelas aptidões, tendências, características peculiares a cada raça, que influenciam o fenômeno social).
6
FATORES CULTURAIS (HISTÓRICOS) DO DIREITO
Fatores: Econômico, Invenções, Moral, Religião, Educação e Ideologia
Fator econômico: Na árvore jurídica, há ramos que possuem grande conteúdo econômico, como acontece com o Direito do Trabalho, o Empresarial, o Tributário, o Financeiro, o Civil (direito de propriedade, contratual e creditório), especialmente quanto aos direitos reais, obrigacionais e sucessórios. 
Direito, sem a Economia, é vazio e a Economia, sem o Direito, é sem forma.
7
FATORES CULTURAIS (HISTÓRICOS) DO DIREITO
Fatores: Econômicos, Invenções, Moral, Religião, Educação e Ideologia
Invenções: evolução das instituições jurídicas;
Moral: empresta valores ao Direito > o Direito se revela sensível às mutações que ocorrem na Moral social, acompanhando essa evolução, a fim de adaptar-se às novas necessidades sociais.
8
FATORES CULTURAIS (HISTÓRICOS) DO DIREITO
Religião: hoje, influencia apenas indiretamente o fenômeno jurídico. Como o ser humano religioso é participante no processo social, contribui, com o seu modo de pensar e de sentir, na formação da vontade social que por sua vez é decisiva na elaboração do Direito. 
Ex: Direito de família > moral cristã > ex: indissolubilidade do matrimônio perdurou até 1977. 
Como um traço a marcar ainda a presença da Religião no ordenamento jurídico de nosso país, a lei civil admite efeitos jurídicos ao casamento religioso.
9
FATORES CULTURAIS (HISTÓRICOS) DO DIREITO
Ideologia: cada ideologia corresponde a uma concepção distinta de organização social e reúne valores específicos. 
Enquanto os países socialistas modelam o seu Direito, colocando o corpo social em primeiro plano e o indivíduo em plano secundário, o liberalismo, de natureza individualista, reconhece a autonomia da vontade individual. 
O nacionalismo é outra ideologia fortemente influenciadora na ordem jurídica, sobretudo na área política e econômica.
10
FATORES CULTURAIS (HISTÓRICOS) DO DIREITO
Absolutismo > antigo regime
Socialismo > Direito soviético
Liberalismo > código napoleônico (CC Francês ainda em vigor).
11
FATORES CULTURAIS (HISTÓRICOS) DO DIREITO
Educação: O progresso de uma sociedade pressupõe o seu desenvolvimento no campo moral, técnico e científico. 
É através da educação que se pode dotar o corpo social de um status ético e intelectual, capaz de promover a superação de seus principais problemas. 
Para assegurar o conhecimento, a cultura, a pesquisa, o Estado utiliza-se de numerosas leis que organizam a educação em todos os seus níveis.
12
FORÇAS ATUANTES NA LEGISLAÇÃO
Política;
Opinião Pública;
Grupos organizados;
Medidas de hostilidade;
13
DIREITO E REVOLUÇÃO
A revolução institui uma nova ordem jurídica. A legitimidade do Direito criado baseia-se no apoio popular, pois revolução implica adesão social.
A possibilidade de instauração de um novo Direito, notadamente o Constitucional, é básica, pois a luta revolucionária exige um novo instrumental jurídico capaz de dar validade e eficácia às transformações que visa a operar no quadro social.
Ex: O Poder Constituinte Originário > é assim denominado para significar a força criadora de uma Constituição e de um Estado, com ruptura jurídica – se existente outro sistema – do ordenamento jurídico anterior.
14

Outros materiais