Buscar

Prova Online Planejamento e administração Tributária

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Prova Online
Disciplina: 101401 - PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA
QUESTÃO 1
A criação do ICMS pode ser considerada uma minirreforma tributária?
a )Sim, o ICMS tem suas regras definidas por cada estado, o que faz com que cada um o tenha adaptado à sua região.
b )Não, o ICMS foi criado para garantir controle sobre os tributos estaduais.
c )Não, o ICMS é mais um imposto criado para gerar arrecadação para os estados.
d )Sim, o ICMS é a junção de antigos impostos estaduais e federais em um único tributo.
e )Não, apenas mudou seu nome de ICM para ICMS, abrangendo também os serviços.
QUESTÃO 2
Assinale a alternativa que apresenta as espécies tributárias reconhecidas no Brasil.
a )Direta, indireta, progressiva e regressiva.
b )Tributos recolhidos pela União, pelos estados e pelos municípios de forma direta.
c )Impostos, taxas e contribuições esporádicas e taxas especiais.
d )Direta e indireta, recolhidas pela União, estados e municípios
e )Impostos, taxas, contribuições de melhoria, empréstimos compulsórios e contribuições especiais.
QUESTÃO 3
Qual alternativa, a seguir, representa o princípio da legalidade?
a )O princípio da legalidade garante que não se pode criar um imposto de forma retroativa.
b )O princípio da legalidade garante que tributos só podem ser cobrados se definidos em lei.
c )O princípio da legalidade garante que não se pode criar tributo sem a anterioridade mínima de 90 dias.
d )O princípio da legalidade garante que não possam existir diferenças tributárias entre estados.
e )O princípio da legalidade garante que não aconteça confisco por meio de tributos.
QUESTÃO 4
É consenso de vários estudiosos que a aprovação de propostas radicais de reforma tributária, em seu atual estágio, será extremamente difícil. A que isso se deve?
a )A estratégia principal das propostas radicais foca em unificar tributos da União, estado e municípios, o que tornará o consenso mais difícil.
b )O STN atual deveria, inicialmente, reduzir as alíquotas cobradas, para então poder unificar tributos e simplificar obrigações acessórias.
c )Com receio da concorrência, as empresas nacionais são contra a simplificação do STN.
d )Não existe interesse real do governo em alterar o STN, visto que a complexidade ajuda na realização de malfeitos.
e )O STN não precisa ser alterado, bastaria reduzir as alíquotas atuais para a carga tributária ser menor.
QUESTÃO 5
Quais são os entes reconhecidos no STN?
a )União, contribuinte e fiscalização.
b )Privado e estatal.
c )União, estados, municípios e Distrito Federal.
d )Secretaria da Fazenda, Secretaria Estadual e TCU.
e )Tesouro Nacional e Secretaria da Fazenda.
QUESTÃO 6
Qual é a diferença entre imunidade e isenção tributária?
a )Imunidade é quando um ente define que não irá cobrar tributos de determinada empresa ou setor, já isenção só pode ser efetuada quando o contribuinte recebe um "perdão" pela dívida.
b )Imunidade é definida pela Constituição e consiste em proibição de se tributar certos entes, já a isenção tributária é uma inibição do lançamento tributário.
c )Imunidade é o ato de não cobrar tributos federais; isenção é o mesmo ato, porém, definido para tributos estaduais e/ou municipais.
d )Imunidade é quando existe a incidência de um tributo, porém, esse tributo é lançado como imune à empresa, já a isenção tributária é quando a empresa não pode ser cobrada por esse tributo.
e )Imunidade é quando uma empresa ou setor tem interesses públicos e, então, passam a ter a isenção, ou seja, não pagam o imposto, taxa ou contribuição.
QUESTÃO 7
Está correto afirmar que uma das grandes dificuldades para se realizar uma reforma tributária completa no Brasil é:
a )o STN ser um emaranhado de leis que dependem de um acordo entre união, estados e municípios para ser reformado. Isso poderá custar muito à União, que terá de arcar com as perdas dos outros entes.
b )a atual legislatura brasileira não possuir interesse em mudar a estrutura tributária do país, de forma que acaba adiando diversos projetos de reforma tributária.
c )o Brasil só aprovará uma reforma no STN se houver uma redução significativa do custo tributário brasileiro, caso contrário não se consegue apoio político às mudanças necessárias.
d )existir uma grande demanda de cargos em troca da aprovação da reforma do STN, tirando o foco efetivo da melhoria tributária que o Brasil tanto necessita.
e )o STN não possuir uma estrutura organizada, necessitando, assim, ser completamente reestruturado em todos os seus entes, tornando o processo muito mais complexo.
QUESTÃO 8
Quais são os fatores limitantes entre os regimes tributários?
a )Lucro ou prejuízo.
b )Composição acionária e faturamento.
c )Start-up ou empresa com mais de 3 anos de atuação.
d )Estrutura de capital e composição acionária.
e )Faturamento e atividade exercida.

Outros materiais