Buscar

HS HOMEM E SOCIEDADE

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 17 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 17 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 17 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

HS HOMEM E SOCIEDADE (D267_25302_A_R_20231)
· 
		 ergunta 1
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Na regulamentação de matérias culturalmente delicadas, como, por exemplo, a linguagem oficial, os currículos da educação pública, o status das Igrejas e das comunidades religiosas, as normas do direito penal (por exemplo, quanto ao aborto), mas também em assuntos menos chamativos, como, por exemplo, a posição da família e dos consórcios semelhantes ao matrimônio, a aceitação de normas de segurança ou a delimitação das esferas pública e privada – em tudo isso reflete-se amiúde apenas o autoentendimento ético-político de uma cultura majoritária, dominante por motivos históricos. Por causa de tais regras, implicitamente repressivas, mesmo dentro de uma comunidade republicana que garanta formalmente a igualdade de direitos para todos, pode eclodir um conflito cultural movido pelas minorias desprezadas contra a cultura da maioria.
HABERMAS, J. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Loyola, 2002.
A reivindicação dos direitos culturais das minorias, como exposto por Habermas, encontra amparo nas democracias contemporâneas, na medida em que se alcança:
I. A reunificação da sociedade que se encontra fragmentada em grupos de diferentes comunidades étnicas, confissões religiosas e formas de vida, em torno da coesão de uma cultura política nacional.
II. A coexistência das diferenças, considerando a possibilidade de os discursos de autoentendimento se submeterem ao debate público, cientes de que estarão vinculados à coerção do melhor argumento.
III. A autonomia dos indivíduos para que, ao chegarem à vida adulta, tenham condições de se libertar das tradições de suas origens em nome da harmonia da política nacional.
IV. O desaparecimento de quaisquer limitações, tais como linguagem política ou distintas convenções de comportamento, para compor a arena política a ser compartilhada.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	a. 
I.
	Respostas:
	a. 
I.
	
	b. 
I e II.
	
	c. 
II.
	
	d. 
III.
	
	e. 
IV.
	Comentário da resposta:
	Resposta: A
Comentário: as democracias têm a obrigação de desenvolver mecanismos para que diferentes expressões culturais consigam espaço e contribuam para a construção de uma identidade nacional.
	
	
	
 Pergunta 2
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Os contatos interétnicos se acentuaram desde o início das grandes navegações. O contato dos brancos com os “outros”, no período colonial, obrigou as ciências sociais a pensarem sobre a diferença dos povos. A esse respeito, considere as afirmativas a seguir.
I. A teoria antropológica contemporânea compreende que há uma desigualdade entre os povos que deve ser mantida para se garantir a diversidade cultural.
II. A teoria antropológica contemporânea, ao contrário das teorias racistas que consideraram os povos africanos como não humanos, reconhece os africanos como humanos, embora considere suas instituições como atrasadas.
III. A teoria antropológica contemporânea não trabalha mais com a noção de evolução cultural, apesar de continuar reconhecendo que existem sociedades mais desenvolvidas que outras.
IV. A teoria antropológica contemporânea compreende que há uma diversidade entre os povos que não é passível de escalonamento evolutivo.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
IV.
	Respostas:
	a. 
I.
	
	b. 
I e II.
	
	c. 
II e III.
	
	d. 
II.
	
	e. 
IV.
	Comentário da resposta:
	Resposta: E
Comentário: de acordo com a teoria antropológica contemporânea, não é possível estabelecer hierarquias ou sistemas de valoração das diferentes culturas.
	
	
	
 Pergunta 3
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Sabendo que, atualmente, no Brasil, mais de 200 povos indígenas vivem espalhados por todo território nacional, considere as afirmativas a seguir:
I. Embora os povos indígenas no Brasil possuam uma ampla diversidade étnica, todos são tecnologicamente atrasados.
II. Os povos possuem histórias e culturas diversas, de modo que a hierarquização de etnias foi etnocêntrica.
III. Os índios no Brasil devem ser assimilados pelo avanço da civilização ocidental.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
II.
	Respostas:
	a. 
I.
	
	b. 
I e II.
	
	c. 
II.
	
	d. 
II e III.
	
	e. 
III.
	Comentário da resposta:
	Resposta: C
Comentário: o estabelecimento de hierarquias foi, historicamente, fruto da ação etnocêntrica da cultura europeia que cuidou da colonização de outras nações e outros povos. Não há cultura melhor, superior ou mais avançada do que a outra.
	
	
	
 Pergunta 4
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	O trecho abaixo foi extraído de um artigo de Marques e Domingues (2014) e faz um levantamento sobre as teses e dissertações que discutem a questão nacional no Brasil.
“O futebol no Brasil foi instrumento de formação da nacionalidade e constituiu-se como um grande auxílio para a união das “raças” e das “classes sociais”. Este esporte, que inicialmente era da elite brasileira, passou a ser um esporte popular a partir do período populista, e “[...] pode ser manipulado hoje como símbolo de unidade nacional e coesão racial e social.” (OLIVEIRA, 1999, p. 50). O futebol é considerado um elemento cultural e símbolo nacional justamente pelo fato de não se restringir apenas a uma parcela da diversidade que constitui o Brasil. É através da representação social que os símbolos nacionais surgem e se consolidam, como o carnaval e o samba” (MARQUES; DOMINGUES, 2014).
Sobre o texto acima, considere as afirmativas a seguir. 
I. O futebol é considerado um símbolo nacional por apagar as diferenças culturais existentes no Brasil.
II. O futebol favorece o discurso da democracia racial no Brasil e, por isso, contribuiu para a construção da nacionalidade.
III. O futebol, assim como o carnaval e o samba se constituem como símbolos nacionais porque expressam a diversidade que constitui o Brasil.
IV. O futebol é importante na construção da nacionalidade brasileira porque atenua desigualdades sociais.
Está incorreto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	a. 
I e IV.
	Respostas:
	a. 
I e IV.
	
	b. 
I e II.
	
	c. 
III.
	
	d. 
IV.
	
	e. 
III e IV.
	Comentário da resposta:
	Resposta: A
Comentário: o futebol não apaga diferenças culturais existentes na sociedade brasileira, tampouco atenua quaisquer desigualdades sociais.
	
	
	
 Pergunta 5
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Todo ser humano depende de seu aparelho biológico e cultural para sobreviver, neste sentido pode-se afirmar:
I. O ser humano é igual a todo e qualquer animal, no que diz respeito às suas habilidades de aprendizagem. Depende quase que exclusivamente de suas habilidades biológicas.
II. O ser humano se adapta ao meio independentemente de sua convivência social com seus semelhantes. Sua aparelhagem biológica permite sua adaptação e sobrevivência.
III. O ser humano nasce com instintos que possibilitam sua adaptação ao meio e às adversidades ambientais. 
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
III.
	Respostas:
	a. 
I.
	
	b. 
I e II.
	
	c. 
III.
	
	d. 
II e III.
	
	e. 
II.
	Comentário da resposta:
	Resposta: C
Comentário: é justamente a capacidade de o ser humano se adaptar o que garante sua sobrevivência às adversidades ambientais.
	
	
	
 Pergunta 6
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	6- “O antropólogo é o astrônomo das Ciências Sociais: ele está encarregado de descobrir um sentido para configurações muito diferentes, por sua ordem de grandeza e seu afastamento, das questões que estão imediatamente próximas do observador”.
(LÉVY-STRAUSS, C. Antropologia estrutural. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1967. p. 422).
I. A antropologia tende a desprezar os mitos e as religiões, atribuindo a essas manifestações a explicação para o atraso social de determinadas comunidades.
II. A antropologia ofereceu os principais argumentos para legitimar o Eurocentrismo.
III. O único mérito da antropologia foi o de estabelecer um método para comprovar a superioridadecultural de certas comunidades.
Está incorreto o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
 I, II e III.
	Respostas:
	a. 
I, apenas.
	
	b. 
I e II, apenas.
	
	c. 
II e III, apenas.
	
	d. 
III, apenas.
	
	e. 
 I, II e III.
	Comentário da resposta:
	Resposta: E
Comentário: a antropologia não opera com conceitos relacionados à superioridade, evolução ou atraso de diferentes culturas; a antropologia serviu, justamente, para se contrapor ao Eurocentrismo.
	
	
	
 Pergunta 7
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Temos, no Brasil, uma grande diversidade cultural e racial. Descendentes de povos africanos e de índios brasileiros, de imigrantes europeus, asiáticos e latino-americanos compõem o cenário brasileiro. Por conta disso, podemos que afirmar que:
I. Atualmente, o termo “pluralidade cultural” não se aplica ao Brasil por causa da Globalização.
II. O Brasil é um país dotado de uma ampla “pluralidade cultural”, ou seja, diferentes culturas foram e são produzidas pelos grupos sociais que fazem parte da nossa história.
III. A diversidade cultural e racial interfere nas formas com que os habitantes do Brasil organizaram sua vida social e política.
IV. Ações racistas e discriminatórias não existem na sociedade brasileira por causa da grande diversidade cultural e racial do país.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
II e III.
	Respostas:
	a. 
I e II.
	
	b. 
II e III.
	
	c. 
III.
	
	d. 
I e IV.
	
	e. 
IV.
	Comentário da resposta:
	Resposta: B
Comentário: o Brasil foi povoado e colonizado por diferentes culturais, o que determinou, em grande parte, a diversidade cultural da sua sociedade. É essa diversidade que explica as mais diversas formas com as quais os habitantes do país se organizam social e politicamente. A globalização não está associada, necessariamente, à extinção da pluralidade cultural. A sociedade brasileira está permeada de racismo e ações discriminatórias.
	
	
	
 Pergunta 8
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	A cultura é um fenômeno coletivo, pois é compartilhada pelas pessoas que vivem ou viveram no mesmo ambiente social em que ela foi aprendida. Portanto, ela deriva do ambiente social e não dos nossos genes. Um dos modelos utilizados para ilustrar o construto cultura tem a forma de anéis concêntricos, em que cada anel corresponde a uma manifestação de cultura. Acerca desse assunto, considere as afirmativas a seguir.
I. Os rituais, situados na camada mais periférica da cultura, são palavras, gestos, figuras ou objetos que carregam um significado particular e que são reconhecidos por aqueles que compartilham aquela cultura.
II. As diferentes camadas da cultura variam de forma contínua, iniciando-se em um nível inconsciente e de difícil acesso, até manifestarem-se sob a forma de comportamentos e hábitos sociais.
III. Os valores são um modo específico de conduta ou de condição de existência que é individualmente ou socialmente preferível a outro modo, contrário ou oposto.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
I, II e III.
	Respostas:
	a. 
I.
	
	b. 
I, II e III.
	
	c. 
II e III.
	
	d. 
II.
	
	e. 
III.
	Comentário da resposta:
	Resposta: B
Comentário: os rituais prestam-se a acolher e fortalecer o grupo do qual fazem parte; a cultura manifesta-se por meio de comportamentos e das relações sociais que surgem em determinados grupos ou entre grupos; os valores são desenvolvidos e apropriados por grupos sociais, tornando esses grupos diferentes dos outros e fortalecendo os laços de coesão entre os seus membros
	
	
	
 Pergunta 9
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Sobre etnicidade, identidades étnicas e grupos étnicos, considere as afirmativas a seguir: 
I. Quando se fala em identidade étnica, entram em questão sobretudo os traços biológicos.
II. A formação de uma identidade étnica pode envolver questões que implicam costumes em comum, assim como elementos religiosos e linguísticos.
III. Quando da formação dos Estados nacionais, muitos grupos étnicos acabaram excluídos da participação política e do “projeto de nação”.
IV. Algumas etnias possuem múltiplas línguas; portanto, o fator linguístico não pode ser apontado como determinante para caracterizar um determinado grupo étnico.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
II e III.
	
	
	
	
	
 Pergunta 10
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	O homem é o resultado do meio cultural em que foi socializado. De acordo com essa assertiva, é correto afirmar que:
I. A cultura determina o comportamento humano e justifica suas obras, porém não mais do que a herança genética.
II. Os instintos naturais do homem foram completamente anulados pela cultura.
III. A linguagem é produto da cultura, assim como o são os modos e as tradições de um povo.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
III.
	
	
	
UNIDADE 2
· Pergunta 1
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Os refugiados situam-se entre o país de origem e o país de destino. Ao transitarem entre os dois universos, ocupam posição marginal, tanto em termos identitários – assentada na falta de pertencimento pleno enquanto membros da comunidade receptora e nos vínculos introjetados por códigos partilhados com a comunidade de origem – quanto em termos jurídicos, ao deixarem de exercitar, ao menos em caráter temporário, o status de cidadãos no país de origem e portar o status de refugiados no país receptor.
MOREIRA, J. B. Refugiados no Brasil: reflexões acerca do processo de integração local. Remhu, n. 43, jul.-dez. 2014 (adaptado).
A condição dos refugiados no Brasil, conforme abordada no texto, é provocada pela asociação entre:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
Desenraizamento cultural e insegurança legal.
	Respostas:
	a. 
Ascensão social e burocracia estatal.
	
	b. 
Miscigenação étnica e limites fronteiriços.
	
	c. 
Desqualificação profissional e ação policial.
	
	d. 
Instabilidade financeira e crises econômicas.
	
	e. 
Desenraizamento cultural e insegurança legal.
	Comentário da resposta:
	Resposta: E
Comentário: o texto fala da transitoriedade como resultado do contato do refugiado com outra cultura e da falta de segurança jurídica.
	
	
	
· Pergunta 2
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Em Beirute, no Líbano, quando perguntado sobre onde se encontram os refugiados sírios, a resposta do homem é imediata: “em todos os lugares e em lugar nenhum”. Andando ao acaso, não é raro ver, sob um prédio ou num canto de calçada, ao abrigo do vento, uma família refugiada em volta de uma refeição frugal posta sobre jornais como se fossem guardanapos. Também se vê de vez em quando uma tenda com a sigla ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados), erguida em um dos raros terrenos vagos da capital.
JABER, H. Quem realmente acolhe os refugiados? Le Monde Diplomatique Brasil, out.2015 (adaptado).
O cenário descrito aponta para uma crise humanitária que é explicada pelo processo de:
I. Migração massiva de pessoas atingidas por catástrofe natural.
II. Hibridização cultural de grupos caracterizados por homogeneidade social.
III. Desterritorialização forçada de populações afetadas por conflitos armados.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
III.
	Respostas:
	a. 
I.
	
	b. 
I e II.
	
	c. 
I e III.
	
	d. 
II.
	
	e. 
III.
	Comentário da resposta:
	Resposta: E
Comentário: o texto fala de pessoas que precisam fugir do seu território em função de conflitos violentos
	
	
	
· Pergunta 3
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Saudado por centenas de militantes de movimentos sociais de quarenta países, o Papa Francisco encerrou no dia 09/07/2015 o 2º Encontro Mundial dos Movimentos Populares, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Segundo ele, a “globalização da esperança, que nasce dos povos e cresce entre os pobres, deve substituir esta globalização da exclusão e da indiferença”.
Disponível em: http://cartamaior.com.br.
Acesso em: 15 jul. 2015 (adaptado).
No texto há uma crítica ao seguinte aspecto do mundo globalizado:Resposta Selecionada:
	d. 
Disparidade econômica.
	Respostas:
	a. 
Liberdade religiosa.
	
	b. 
Mobilidade humana
	
	c. 
Diversidade cultural.
	
	d. 
Disparidade econômica.
	
	e. 
Atraso cultural dos imigrantes.
	Comentário da resposta:
	Resposta: D
Comentário: a fala do Papa faz referência à desigualdade social que é estimulada pela globalização nos seus movimentos de exclusão e de indiferença à pobreza.
	
	
	
· Pergunta 4
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Todos os dias, dezenas de venezuelanos ingressam no Brasil em busca de uma vida melhor. O motivo é o agravamento da crise na Venezuela, governada pelo presidente Nicolás Maduro. O país vive um cenário sem perspectivas. O governo cortou programas sociais, a inflação está nas alturas e a rotina é de escassez de alimentos e medicamentos. A consequência foi o aumento do fluxo migratório de pessoas para a Colômbia e para o Brasil. A maioria dos venezuelanos entra no Brasil pela fronteira dos estados de Roraima e Amazonas. De acordo com a Polícia Federal de Roraima, somente em 2017 mais de 30 mil venezuelanos se deslocaram para a cidade de Boa Vista, capital do estado. Um número similar estaria em Manaus (AM). Essa população já representa o maior fluxo migratório na região amazônica desde a chegada dos haitianos em 2011.
Fonte: https://vestibular.uol.com.br/resumo-das-disciplinas/atualidades/crise-migratoria-cresce-fluxo-de-migrantes-e-refugiados-venezuelanos-no-brasil.htm. Acesso em: 15 fev. 2018.
O movimento migratório em destaque tem como uma das causas questões vinculadas a problemas:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Econômicos.
	Respostas:
	a. 
Religiosos.
	
	b. 
Econômicos.
	
	c. 
De guerra.
	
	d. 
Ambientais.
	
	e. 
Sanitários.
	Comentário da resposta:
	Resposta: B
Comentário: o texto fala das inúmeras dificuldades econômicas que levam os venezuelanos a saírem do país em busca de outros lugares nos quais possam trabalhar e prover suas famílias.
	
	
	
· Pergunta 5
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	A pandemia ocasionada pelo novo Coronavírus gerou impactos negativos na economia e nos negócios, intensificando problemas sociais no mundo todo. Nos Estados Unidos, um estudo realizado com a parceria de duas importantes universidades verificou que a expectativa de vida dos norte-americanos caiu 1,1 ano em 2020. A nova expectativa é de 77,4 anos. De acordo com o estudo, esta foi a maior queda anual da expectativa de vida já registrada nos últimos 40 anos. O declínio é ainda maior se considerada a expectativa de vida para negros que moram no país, cuja queda foi de 2,1 anos. Para a população latina, essa queda foi de 3 anos. O declínio na expectativa de vida dos latinos é significativo, uma vez que eles apresentam menor incidência de condições crônicas que são fatores de risco para a Covid-19 em relação às populações de brancos e negros.
Loureiro, R. Covid-19 reduz gravemente expectativa de vida de negros e latinos nos EUA. Revista Exame, 2021 (adaptado).
Considerando as informações apresentadas no texto, avalie as asserções a seguir:
I. O efeito desproporcional da pandemia da Covid-19 na expectativa de vida da população negra e latino-americana estabelece relação com sua situação de vulnerabilidade social.
II. A diminuição da expectativa de vida de negros e latino-americanos está associada às suas precárias condições de trabalho, levando-os a maior possibilidade de exposição ao contágio pelo novo Coronavírus.
III. A diminuição da expectativa de vida de negros e latino-americanos explica-se em função de diferenças culturais dessas comunidades em relação ao tratamento de doenças.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
	Respostas:
	a. 
Apenas a afirmativa I está correta.
	
	b. 
Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
	
	c. 
Apenas a afirmativa II está correta.
	
	d. 
Apenas a afirmativa III está correta.
	
	e. 
As três afirmativas estão corretas.
	Comentário da resposta:
	Resposta: B
Comentário: a maior vulnerabilidade econômica e social dos negros e latino-americanos explica os efeitos negativos maiores que a pandemia promove nessas comunidades.
	
	
	
· Pergunta 6
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	No Brasil, para uma população 54% negra (incluídos os pardos), apenas 14% dos juízes e 2% dos procuradores e promotores públicos são negros. Juízes devem ser imparciais em relação a cor, credo, gênero, e os mais sensíveis desenvolvem empatia que lhes permite colocar-se no lugar dos mais desfavorecidos socialmente. Nos Estados Unidos, várias ONGs dedicam-se a defender réus já condenados. Como resultado do trabalho de apenas uma delas, 353 presos foram inocentados em novos julgamentos desde 1989. Desses, 219 eram negros. No Brasil, é uma incógnita o avanço social que seria obtido por uma justiça cega à cor.
(Mylene Pereira Ramos. A justiça tem cor?. Veja, 24.01.2018. Adaptado.)
Sobre o funcionamento da justiça, pode-se afirmar que:
I. O preconceito étnico é fenômeno exclusivamente subjetivo e sem implicações na esfera pública.  
II. A disparidade da composição étnica entre réus e juízes é um fator que promove sucesso na atuação do Judiciário.  
III. A isenção jurídica é garantida por critérios objetivos que independem da origem étnica ou social.  
IV. A imparcialidade nos julgamentos é fator que torna desnecessária a adoção de políticas afirmativas.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
III.
	Respostas:
	a. 
I.
	
	b. 
I e IV.
	
	c. 
II.
	
	d. 
III.
	
	e. 
II e III.
	Comentário da resposta:
	Resposta: D
Comentário: segundo o texto, o preconceito étnico provoca implicações na esfera política. Assim, a disparidade entre juízes e réus no que respeita às características étnicas torna o sistema judiciário mais vulnerável à injustiça. A isenção jurídica é, objetivamente, garantida por critérios que impedem que características étnicas, raciais ou sociais exerçam influência nas decisões do Judiciário. Conforme o texto, os julgamentos jurídicos não são totalmente imparciais.
	
	
	
· Pergunta 7
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	O racismo institucional é a negação coletiva de uma organização em prestar serviços adequados para pessoas por causa de sua cor, cultura ou origem étnica. Pode estar associado a formas de preconceito inconsciente, desconsideração e reforço de estereótipos que colocam algumas pessoas em situações de desvantagem.
GIDDENS, A. Sociologia. Porto Alegre: Penso, 2012 (adaptado). 
O argumento apresentado no texto permite o questionamento de pressupostos de universalidade e justifica a institucionalização de políticas antirracismo. No Brasil, um exemplo desse tipo de política é a:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
Adoção de ações afirmativas e de sistema de cotas.
	Respostas:
	a. 
Reforma do Código Penal, procurando beneficiar pessoas mais vulneráveis do ponto de vista social.
	
	b. 
Elevação da renda mínima, o que garantiria igualdade de condições para todos, independentemente de etnia.
	
	c. 
Adoção de ações afirmativas e de sistema de cotas.
	
	d. 
Revisão da legislação eleitoral, impedindo que grupos majoritários tenham maior representação no Congresso.
	
	e. 
Censura aos meios de comunicação, com o objetivo de divulgar dados estatísticos que possam estimular conflitos étnicos e raciais no país.
	Comentário da resposta:
	Resposta: C
Comentário: a adoção de ações afirmativas e de sistemas de cotas é um dos instrumentos mais eficazes na luta contra o preconceito institucional.
	
	
	
· Pergunta 8
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Caciques indígenas têm questionado a ação de bispos, padres e missionários em suas aldeias. Em especial, estão preocupados com as iniciativas voltadas ao batismo de índios. Tal procedimento, segundo esses caciques, interfere nos costumes tribais, e o batismo aparece como sinal do branco, que dá reconhecimento de cristão, isto é, de humano, ao índio.
O objetivo do posicionamento desses representantes em relação ao sistema religioso externo às tribos é o de:Resposta Selecionada:
	e. 
Defender os comportamentos tribais e resistir às ações etnocêntricas de elementos estranhos aos indígenas.
	Respostas:
	a. 
Flexibilizar a crença católica e seus rituais como forma de evolução cultural.
	
	b. 
Incorporar a religiosidade dominante e seus sacramentos como estratégia de aceitação social. 
	
	c. 
Incorporar a religiosidade dominante e seus sacramentos como estratégia de aceitação social.   
	
	d. 
Prevenir retaliações de grupos missionários como defesa de práticas religiosas sincréticas.   
	
	e. 
Defender os comportamentos tribais e resistir às ações etnocêntricas de elementos estranhos aos indígenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta: E
Comentário: a ação de grupos missionários acaba por destruir os valores e comportamentos tribais à medida que defende a adoção de rituais e crenças dos “brancos”, portanto, estranhos aos indígenas.
	
	
	
· Pergunta 9
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	“Há um grupo no estado de São Paulo chamado ‘Carecas do ABC’, cuja atividade coletiva chegou ao extremo de jogarem um garoto pela janela do trem, pois o mesmo era punk. As manifestações homofóbicas também estão presentes, o preconceito contra o negro é outra característica que permeia estes movimentos. Na cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná, recentemente (set./2005) um grupo pregando ‘o orgulho branco’ agrediu um negro na região denominada setor histórico. Suas atitudes não pararam por aí, panfletos cujo conteúdo propunha o preconceito ao homossexual e ao negro foram afixados nos postes do local.”
(PILÃO, V. Movimentos sociais. In: LORENSETTI, E. et al. Sociologia. Curitiba: SEED-PR, 2006, p. 241-242).
Levando em consideração o texto acima, é correto afirmar que:
I. A discriminação contra os grupos sociais considerados minoritários, como aparece no texto citado, respeita o ordenamento jurídico brasileiro.
II. As situações de violência descritas no texto expressam a existência de preconceitos contra homossexuais e negros na sociedade brasileira.
III. No Brasil, não há qualquer ordenamento jurídico que criminalize o preconceito e a discriminação contra grupos minoritários.
IV. O preconceito e a discriminação contra homossexuais e negros contribuem para tornar a sociedade brasileira homogênea, saudável e pacífica.
Está correto apenas o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
II.
	Respostas:
	a. 
I e II.
	
	b. 
III e IV.
	
	c. 
III.
	
	d. 
IV.
	
	e. 
II.
	Comentário da resposta:
	Resposta: E
Comentário: a discriminação de grupos sociais, e que expressa a existência de preconceitos na sociedade brasileira, não faz parte do ordenamento jurídico brasileiro; ao contrário, há inúmeras leis que versam sobre o assunto e que criminalizam atitudes preconceituosas.
	
	
	
· Pergunta 10
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	“Palavras de ordem, símbolos, propaganda, atos públicos, vandalismo e violência são, atualmente, manifestações de hostilidade frequentes contra estrangeiros na Europa. Os países onde mais intensamente têm ocorrido conflitos são Alemanha, França, Inglaterra, Bélgica e Suíça.”
(MOREIRA, Igor; AURICCHIO, Elizabeth. Construindo o espaço mundial. 3. ed. São Paulo: Ática, 2007, p. 37. Adaptado.)
Sobre o fenômeno social enfocado pelo texto, é válido afirmar que se trata de conflitos:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Ligados ao nacionalismo, ao racismo e à xenofobia, no contexto globalizado das grandes migrações internacionais.

Outros materiais