Buscar

3875671

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 119 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 119 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 119 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82688 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TRE-PE Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
1- Quando caminhava pelo acostamento de uma via pública,Francisco foi atropelado por veículo de propriedade de
umalocadora de veículos conduzido por Pedro. Em razão do acidente,Francisco sofreu fratura do fêmur e ficou internado por
um mês.
As lesões por ele sofridas geraram debilidade permanente,que o impedem de trabalhar, e cicatrizes na perna, que lhecausam
constrangimento.
Nessa situação hipotética, conforme a legislação aplicável ea jurisprudência dos tribunais superiores,
a) Francisco não pode cumular pedido de compensação por danos morais e estéticos, porquanto os danos estéticos estão
incluídos nos danos morais.
b) se Francisco não comprovar o valor auferido por seu trabalho, o juiz poderá determinar que a eventual indenização
arbitrada seja paga de uma só vez, mesmo contra a vontade da vítima.
c) a locadora de veículos e Pedro são solidariamente responsáveis pelos danos causados a Francisco.
d) caso Francisco viesse a óbito, cessariam seus direitos da personalidade e seus pais não poderiam pleitear perdas e danos.
e) a debilidade permanente causada a Francisco pode dar causa ao pagamento de pensão alimentícia pela causadora do
dano, no valor de no máximo um salário mínimo, até ele completar sessenta e cinco anos de idade.
Questão: 82689 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TRE-PE Cargo: Analista Judiciário - Conhecimentos Gerais - Cargo 3
2- Acerca do instituto da tomada de decisão apoiada, assinale a opçãocorreta.
a) Não é possível ao juiz designar apoiadores em substituição àqueles indicados.
b) A curatela não pode substituir a tomada de decisão apoiada, ainda que ocorra planejamento pessoal do beneficiário nesse
sentido.
c) O beneficiário desse instituto conserva sua capacidade de autodeterminação em relação aos atos da vida civil, salvo
aqueles previstos no acordo de tomada de decisão apoiada.
d) Tal instituto é aplicável aos casos de pessoas com deficiência que se enquadrem no conceito de relativamente incapazes.
e) A decisão tomada por pessoa apoiada é válida contra terceiros, com restrições, ainda que não figure nos limites do acordo.
Questão: 82690 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRE-SP Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
3- André adquiriu um terreno onde pretendia construir uma fábrica de tintas. Na época da aquisição, não havia lei impedindo
estaatividade na região em que se localizava o terreno. Passado o tempo, porém, antes de André iniciar qualquer
construção,sobreveio lei impedindo o desenvolvimento de atividades industriais naquela área, por razões ambientais. A lei tem
efeito
a) imediato e atinge André, que não tem direito adquirido ao regime jurídico anterior a seu advento.
b) retroativo e atinge André, por tratar de questão de ordem pública.
c) imediato, mas não atinge André, que possui direito adquirido ao regime jurídico anterior a seu advento.
d) retroativo, mas não atinge André, que possui direito adquirido ao regime jurídico anterior a seu advento.
e) retroativo mas não atinge André, por tratar de direito disponível.
Questão: 82691 Ano: 2017 Banca: IADES Instituição: CRF-DF Cargo: Analista - Advogado
4- Sobre a assunção de dívida, assinale a alternativa correta.
a) É facultado a terceiro assumir a obrigação do devedor sem o consentimento expresso do credor, ficando exonerado o
devedor primitivo, salvo se aquele, ao tempo da assunção, era insolvente e o credor o ignorava. Por isso, qualquer das partes
pode assinar prazo ao credor para que consinta na assunção da dívida, interpretando-se o seu silêncio como recusa.
b) O Código Civil exclui a possibilidade da assunção cumulativa da dívida quando dois ou mais devedores se tornam
responsáveis pelo débito com a concordância do credor.
c) Consideram-se extintas, a partir da assunção da dívida, as garantias especiais originárias dadas pelo devedor ao credor,
mesmo que haja concordância expressa em sentido contrário, dada pelo devedor originário.
d) Salvo assentimento expresso do devedor primitivo, consideram-se extintas, a partir da assunção da dívida, as garantias
especiais por ele originariamente dadas ao credor. A expressão ?garantias especiais? refere-se a todas as garantias,
quaisquer delas, reais ou fidejussórias, que tenham sido prestadas voluntária e originariamente pelo devedor primitivo ou por
terceiro, vale dizer, aquelas que dependeram da vontade do garantidor, devedor ou terceiro para que se constituíssem.
e) Se a substituição do devedor vier a ser anulada, restaura-se o débito, com todas as suas garantias, salvo as garantias
prestadas por terceiros, exceto se o devedor conhecia o vício que inquinava a obrigação. Tal prescrição deve ser interpretada
de forma restritiva, a não abranger os negócios jurídicos nulos.
Página 1/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82692 Ano: 2017 Banca: IADES Instituição: CRF-DF Cargo: Analista - Advogado
5- A respeito da figura dos contratos em espécie, assinale aalternativa correta.
a) Pelo contrato de agência, uma pessoa assume, em caráter eventual e sem vínculos de dependência, a obrigação de
promover, à conta de outra, mediante retribuição, a realização de certos negócios, em zona determinada, caracterizando-se a
distribuição quando o agente tiver à sua disposição a coisa a ser negociada.
b) O contrato de comissão tem por objeto a aquisição ou a venda de bens pelo comissário, em nome e à conta do comitente.
c) Pelo contrato de depósito, recebe o depositário um objeto móvel, para guardar, até que o depositante o reclame.
d) O comodato é o empréstimo gratuito de coisas fungíveis, perfazendo-se com a tradição do objeto.
e) O mútuo é o empréstimo de coisas não fungíveis.
Questão: 82693 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXII - Primeira Fase
6- André é motorista da transportadora Via Rápida Ltda. Certodia, enquanto dirigia um ônibus da empresa, se distraiu
aotentar se comunicar com um colega, que dirigia outro coletivoao seu lado, e precisou fazer uma freada brusca para evitarum
acidente. Durante a manobra, Olívia, uma passageira doônibus, sofreu uma queda no interior do veículo, fraturando ofêmur
direito. Além do abalo moral, a passageira tevedespesas médicas e permaneceu por semanas sem trabalharpara se recuperar
da fratura. Olívia decide, então, ajuizar açãoindenizatória pelos danos morais e materiais sofridos.
Em referência ao caso narrado, assinale a afirmativa correta.
a) Olívia deve, primeiramente, ajuizar a ação em face da transportadora, e apenas demandar André se não obtiver a
reparação pretendida, pois a responsabilidade do motorista é subsidiária.
b) Olívia pode ajuizar ação em face da transportadora e de André, simultânea ou alternativamente, pois ambos são
solidariamente responsáveis.
c) Olívia apenas pode demandar, nesse caso, a transportadora, mas esta terá direito de regresso em face de André, se for
condenada ao dever de indenizar.
d) André e a transportadora são solidariamente responsáveis e podem ser demandados diretamente por Olívia, mas aquele
que vier a pagar a indenização não terá regresso em face do outro.
Questão: 82694 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXII - Primeira Fase
7- George vende para Marília um terreno não edificado de suapropriedade, enfatizando a existência de uma ?vista eternapara
a praia" que se encontra muito próxima do imóvel,mesmo sem qualquer documento comprovando o fato.
Marília adquire o bem, mas, dez anos após a compra, ésurpreendida com a construção de um edifício de vinteandares
exatamente entre o seu terreno e o mar,impossibilitando totalmente a vista que George haviaprometido ser eterna.
Diante do exposto e considerando que a construção doedifício ocorreu em um terreno de terceiro, assinale aafirmativa correta.
a) Uma vez transcorridoo prazo de 10 anos, Marília pode pleitear o reconhecimento da usucapião da servidão de vista.
b) Mesmo sem registro, Marília pode ser considerada titular de uma servidão de vista por destinação de George, o antigo
proprietário do terreno.
c) Mesmo sendo uma servidão aparente, as circunstâncias do caso não permitem a usucapião de vista.
d) Sem que tenha sido formalmente constituída, não é possível reconhecer servidão de vista em favor de Marília.
Questão: 82695 Ano: 2017 Banca: PROGEPE Instituição: UFPR Cargo: Técnico de Laboratório - Química
8- Sobre a obrigação de indenizar a responsabilidade civil no direito brasileiro, assinale a alternativa INCORRETA.
a) O incapaz responde pelos prejuízos que causar, se as pessoas por ele responsáveis não tiverem obrigação de fazê-lo ou
não dispuserem de meios suficientes.
b) Se a ofensa tiver mais de um autor, todos respondem pela reparação de forma solidária.
c) A obrigação de indenizar depende da prática de ato ilícito, da presença de culpa e da existência de dano a outrem.
d) A culpa da vítima ou força maior pode excluir a obrigação do dono do animal em relação ao dano por este causado.
e) Em casos de homicídio, o autor é obrigado por lei a custear despesas com tratamento da vítima, seu funeral e o luto da
família.
Página 2/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82696 Ano: 2017 Banca: PROGEPE Instituição: UFPR Cargo: Auxiliar Administrativo
9- Assinale a alternativa correta sobre o tema da responsabilidade civil no direito brasileiro.
a) O empregador responde por atos de seus empregados no exercício do trabalho que lhes competir, desde que comprovada
a culpa.
b) Não se admite a culpa concorrente no direito civil brasileiro.
c) A responsabilidade objetiva é aquela que necessita da comprovação da culpa para a imposição do dever de indenizar.
d) Valores demandados de dívidas já pagas deverão ser restituídos por quem as cobrou, com correção monetária.
e) Empresários individuais e empresas respondem independentemente de culpa pelos danos causados por produtos postos
em circulação.
Questão: 82697 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRE-SP Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
10- A respeito da fiança, considere:
I. Pode ser estipulada na forma verbal, desde que na presença de, ao menos, duas testemunhas.
II. Pode ser estipulada ainda que contra a vontade do devedor.
III. Não pode ser de valor inferior ao da obrigação principal.
IV. Não admite interpretação extensiva.Está correto o que consta APENAS em
a) II e IV.
b) II e III.
c) I e IV.
d) I e II.
e) I e III.
Questão: 82698 Ano: 2017 Banca: MPE-PR Instituição: MPE-PR Cargo: Promotor Substituto
11- Sobre condomínio em edifícios, assinale a alternativa incorreta:
a) As partes suscetíveis de utilização independente podem ser alienadas e gravadas livremente por seus proprietários.
b) Os abrigos para veículos não poderão ser alienados ou alugados a pessoas estranhas ao condomínio, salvo autorização
expressa na convenção de condomínio.
c) O condomínio edilício pode ser instituído por ato inter vivos, sendo vedada sua instituição por testamento.
d) É sempre obrigatório o seguro de toda a edificação contra o risco de incêndio ou destruição, total ou parcial.
e) As despesas relativas a partes comuns de uso exclusivo de um condômino, ou de alguns deles, incumbem a quem delas
se serve.
Questão: 82699 Ano: 2017 Banca: Quadrix Instituição: CFO-DF Cargo: Procurador Jurídico
12- A doutrina e a jurisprudência apontam duas teorias quanto à desconsideração da personalidade jurídica. Como regra,
adota-se a teoria maior, segundo o Código Civil. A teoria menor da desconsideração, acolhida em nosso ordenamento jurídico
excepcionalmente no direito do consumidor e no direito ambiental, incide com a mera prova de insolvência da pessoa jurídica
para o pagamento de suas obrigações, independentemente da existência de desvio de finalidade ou de confusão patrimonial.
a) Certo
b) Errado
Questão: 82700 Ano: 2017 Banca: Quadrix Instituição: CFO-DF Cargo: Procurador Jurídico
13- De acordo com o Código Civil, toda pessoa é capaz de direitos e deveres na ordem civil, começando a personalidade com
a concepção do feto.
a) Certo
b) Errado
Página 3/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82701 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
14- Segundo o Código Civil vigente a liberdade de contratar será exercida em razão e nos limites da função social do
contrato. A respeito do tema podemos afirmar:I. Nos contratos de adesão, são anuláveis as cláusulas que estipulem a
renúncia antecipada do aderente a direito resultante da natureza do negócio.II. É defeso às partes estipular contratos atípicos,
mesmo que observadas as normas gerais fixadas no Código Civil.III. Não pode ser objeto de contrato a herança de pessoa
viva.IV. Quando houver no contrato de adesão cláusulas ambíguas ou contraditórias, dever-se-á adotar a interpretação mais
favorável ao aderente.A sequência correta é:
a) Apenas as assertivas II, III, IV estão corretas.
b) Apenas as assertivas III e IV estão corretas.
c) As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
d) Apenas a assertiva IV está correta.
Questão: 82702 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
15- Lei nº 9.307, de 23 de setembro de 1996, que dispõe a sobre arbitragem, elenca em seu texto itens que devem constar,
obrigatoriamente, do compromisso arbitral, quais sejam:I. A matéria que será objeto da arbitragem.II. O nome, profissão e
domicílio do árbitro, ou dos árbitros, ou, se for o caso, a identificação da entidade à qual as partes delegaram a indicação de
árbitros.III. O lugar em que será proferida a sentença arbitral.IV. O nome, profissão, estado civil e domicílio das partes.A
sequência correta é:
a) Apenas as assertivas I e IV estão corretas.
b) Apenas a assertiva III está incorreta.
c) As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
d) Apenas a assertiva II está correta.
Questão: 82703 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
16- Será decretada a falência do devedor que sem relevante razão de direito, não paga, no vencimento, obrigação líquida
materializada em título ou títulos executivos protestados cuja soma ultrapasse o equivalente a:
a) 60 (sessenta) salários-mínimos na data do pedido de falência.
b) 30 (trinta) salários-mínimos na data do pedido de falência.
c) 50 (cinquenta) salários-mínimos na data do pedido de falência.
d) 40 (quarenta) salários-mínimos na data do pedido de falência.
Questão: 82704 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXIII - Primeira Fase
17- Cássio, mutuante, celebrou contrato de mútuo gratuito com Felipe, mutuário, cujo objeto era a quantia de R$ 5.000,00, em
1º de outubro de 2016, pelo prazo de seis meses. Foi combinado que a entrega do dinheiro seria feita no parque da cidade. No
entanto, Felipe, após receber o dinheiro, foi furtado no caminho de casa. Em 1º de abril de 2017, Cássio telefonou para Felipe
para combinar o pagamento da quantia emprestada, mas este respondeu que não seria possível, em razão da perda do bem
por fato alheio à sua vontade.Acerca dos fatos narrados, assinale a afirmativa correta.
a) Cássio tem direito à devolução do dinheiro, ainda que a perda da coisa não tenha sido por culpa do devedor, Felipe.
b) Cássio tem direito à devolução do dinheiro e ao pagamento de juros, ainda que a perda da coisa não tenha sido por culpa
do devedor, Felipe.
c) Cássio tem direito somente à devolução de metade do dinheiro, pois a perda da coisa não foi por culpa do devedor, Felipe.
d) Cássio não tem direito à devolução do dinheiro, pois a perda da coisa não foi por culpa do devedor, Felipe.
Página 4/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br- Todos os direitos reservados.
Questão: 82705 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXIII - Primeira Fase
18- Em ação judicial na qual Paulo é réu, levantou-se controvérsia acerca de seu domicílio, relevante para a determinação do
juízo competente. Paulo alega que seu domicílio é a capital do Estado do Rio de Janeiro, mas o autor sustenta que não há
provas de manifestação de vontade de Paulo no sentido de fixar seu domicílio naquela cidade.Sobre o papel da vontade nesse
caso, assinale a afirmativa correta.
a) Por se tratar de um fato jurídico em sentido estrito, a vontade de Paulo na fixação de domicílio é irrelevante, uma vez que
não é necessário levar em consideração a conduta humana para a determinação dos efeitos jurídicos desse fato.
b) Por se tratar de um ato-fato jurídico, a vontade de Paulo na fixação de domicílio é irrelevante, uma vez que, embora se leve
em consideração a conduta humana para a determinação dos efeitos jurídicos, não é exigível manifestação de vontade.
c) Por se tratar de um ato jurídico em sentido estrito, embora os seus efeitos sejam predeterminados pela lei, a vontade de
Paulo na fixação de domicílio é relevante, no sentido de verificar a existência de um ânimo de permanecer naquele local.
d) Por se tratar de um negócio jurídico, a vontade de Paulo na fixação de domicílio é relevante, já que é a manifestação de
vontade que determina quais efeitos jurídicos o negócio irá produzir.
Questão: 82706 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: Câmara de Sumaré - SP Cargo: Procurador Jurídico
19- Assinale a alternativa correta sobre o patrimônio de afetação, de acordo com as disposições da Lei nº 4.591/1964.
a) Em caso de decretação de falência do incorporador, o administrador judicial da falência ficará responsável pela obra e por
todas as providências inerentes à sua continuação ou à liquidação do patrimônio de afetação.
b) No caso de cessão de direitos creditórios provenientes da comercialização das unidades imobiliárias componentes da
incorporação, o produto da cessão não integrará o patrimônio de afetação.
c) A constituição do patrimônio de afetação independe de averbação ou registro no competente Cartório de Registro de
Imóveis, sendo suficiente a declaração escrita, pelo incorporador, da opção pelo regime da afetação.
d) Os bens integrantes do patrimônio de afetação poderão ser objeto de garantia real em operação de crédito cujo produto
seja destinado à consecução da edificação correspondente, ou a outra edificação que também esteja submetida ao regime da
afetação.
e) A contratação de financiamento com a transmissão ao credor da propriedade fiduciária sobre as unidades imobiliárias
integrantes da incorporação não implica a transferência, ao credor, das obrigações e responsabilidades do incorporador ou do
construtor.
Questão: 82707 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: Câmara de Sumaré - SP Cargo: Procurador Jurídico
20- Assinale a alternativa correta sobre contratos.
a) A proposta de contrato não obriga o proponente, se o contrário não resultar dos termos dela, da natureza do negócio, ou
das circunstâncias do caso.
b) O contrato de seguro não se enquadra, essencialmente, no conceito de contrato aleatório.
c) A cláusula que diminuir ou excluir a responsabilidade pela evicção deve ser redigida em destaque, sob pena de nulidade.
d) Nos contratos por adesão celebrados na relação cível paritária, não são nulas as cláusulas ambíguas ou contraditórias.
e) Nos contratos preliminares é presumida a existência de cláusula de arrependimento em benefício de todos os contratantes.
Questão: 82708 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: Câmara de Sumaré - SP Cargo: Procurador Jurídico
21- Na locação de bens imóveis, são requisitos necessários para vigência da locação em caso de alienação do imóvel,
cumulativamente:
a) locação por prazo determinado, cláusula contratual de vigência em caso de alienação e averbação junto à matrícula do
imóvel.
b) cláusula contratual de vigência em caso de alienação, contrato escrito por prazo mínimo de 5 (cinco) anos.
c) cláusula contratual de vigência em caso de alienação e contrato escrito por prazo máximo de 5 (cinco) anos.
d) cláusula contratual de vigência em caso de alienação, averbação junto à matrícula do imóvel e contrato por prazo máximo
de 5 (cinco) anos.
e) cláusula contratual de vigência em caso de alienação, averbação junto à matrícula do imóvel e contrato por prazo mínimo
de 5 (cinco) anos.
Página 5/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82710 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
22- Em área rural, objeto de condomínio pro indiviso, José, um dos condôminos, passa a exercer atividade de plantio na
totalidade do imóvel. O outro condômino, Antônio, insurge-se e propõe ação de indenização por danos materiais. É correto
afirmar que o pedido deve ser
a) acolhido, garantindo-se a Antônio a divisão da coisa comum ou a adjudicação do quinhão de José.
b) rejeitado, exceto se Antônio, na qualidade de detentor da administração da coisa comum, requereu previamente a divisão
do imóvel.
c) rejeitado, uma vez que a condição de condômino autoriza José a explorar o imóvel de maneira irrestrita.
d) acolhido, determinando-se a João que responda pelos frutos que percebeu e pelos danos que causou.
Questão: 82711 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
23- José outorga mandato verbal a advogado para em seu nome propor ação de revisão de benefício previdenciário. A ação é
julgada improcedente em primeiro grau e o advogado perde o prazo para interpor apelação. Entendendo que poderia ter sido
vencedor na referida ação, José propõe ação de indenização, pleiteando a condenação do advogado ao pagamento de
indenização por dano material correspondente ao valor que receberia na ação de revisão, caso esta fosse procedente, e por
dano moral. A ação de indenização é julgada procedente. Assinale a alternativa que corresponde corretamente aos
fundamentos adotados na sentença.
a) Conduta negligente do advogado, decorrente de responsabilidade contratual e do descumprimento da obrigação de aplicar
a diligência habitual na execução do mandato.
b) Conduta ilícita do advogado pela perda de uma chance, decorrente de culpa aquiliana e do descumprimento de dever
comum de cuidado na prática de atividade profissional.
c) Conduta ilícita do advogado pela perda de uma chance, decorrente de responsabilidade contratual objetiva,
independentemente da existência de culpa.
d) Conduta negligente do advogado, decorrente de responsabilidade contratual pelo fato do serviço e do descumprimento de
obrigação de resultado.
Questão: 82712 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
24- Não sendo proprietário de imóvel, Nelson passa a ocupar como seu, no ano de 2005, imóvel localizado em área urbana
de Brasília, com 450 metros quadrados. Ali estabelece sua moradia habitual, tornando pública a posse. O imóvel é de
propriedade de Fábio, embaixador brasileiro em atividade na Bélgica desde o ano 2000. Quando retorna ao Brasil no ano de
2008, Fábio se aposenta e fixa residência em Santa Catarina. No ano de 2016, Nelson propõe ação de usucapião contra
Fábio. Considerando ser incontroverso que Nelson exerce a posse, sem quaisquer vícios, assinale a alternativa correta.
a) A ação é procedente, pois foram preenchidos todos os requisitos legais da usucapião extraordinária: posse com animus
domini por 10 (dez) anos, já que Nelson estabeleceu no imóvel sua moradia habitual, sem interrupção ou oposição.
b) A ação é procedente, pois foram preenchidos todos os requisitos legais da usucapião especial urbana: posse com animus
domini, por 5 (cinco) anos, já que Nelson estabeleceu no imóvel sua moradia habitual, sem interrupção e oposição, não sendo
proprietário de outro imóvel urbano ou rural.
c) A ação é improcedente, pois, embora a posse tenha sido exercida com animus domini, de forma contínua e pacífica,faltou
o preenchimento do requisito temporal de 10 (dez) anos, em razão da existência de causa impeditiva atinente à ausência de
Fábio do país, o que impediu a contagem do prazo da prescrição aquisitiva entre 2005 e 2008.
d) A ação é improcedente, pois, embora dispensados o justo título e a boa-fé, e tendo a posse sido contínua e pacífica, não
foi preenchido o pressuposto temporal de 15 (quinze) anos.
Questão: 82713 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TJ-PR Cargo: Juiz Substituto
25- Silas e Laura conviveram em regime de união estávela partir de 2005, sem contrato escrito, e tiveram dois filhos,Artur e
Bruno. Laura faleceu, e, até então, existia um único bemadquirido durante a convivência dela com Silas. Após o falecimentode
Laura, Silas, em 2012, à época com sessenta anos de idade,casou-se com Beatriz, sob o regime da separação de bens.
Dessa união não advieram filhos. Transcorridos alguns anos,Silas faleceu e deixou o mesmo bem para inventariança.
Então,Artur e Bruno ingressaram em juízo para serem imitidos na posse.
Considerando essa situação hipotética à luz do Código Civil,assinale a opção correta.
a) Era obrigatória, para a celebração do casamento entre Silas e Beatriz, a adoção do regime da separação de bens.
b) Aplica-se às relações patrimoniais entre Silas e Laura o regime da comunhão parcial de bens.
c) Na sucessão de Laura, Silas tem direito a metade da herança, respeitada sua meação.
d) Beatriz não terá assegurado seu direito real de habitação em decorrência do regime de bens do casal.
Página 6/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82714 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRT - 24ª REGIÃO (MS) Cargo: Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador Federal
26- Sobre o adimplemento e extinção das obrigações:
a) Considera-se sub-rogação legal quando o credor recebe o pagamento de terceiro e expressamente lhe transfere todos os
seus direitos.
b) O terceiro não interessado, que paga a dívida em seu próprio nome, tem direito a reembolsar-se do que pagar,
subrogando-se nos direitos do credor.
c) O pagamento feito por terceiro, com desconhecimento ou oposição do devedor, obriga a reembolsar aquele que pagou,
mesmo se o devedor tinha meios para ilidir a ação.
d) O pagamento feito à credor putativo, ainda que de boa-fé, não é válido.
e) Se o devedor pagar ao credor, apesar de intimado da penhora feita sobre o crédito e ação executiva promovida por
terceiro, o pagamento não valerá contra este, que poderá constranger o devedor a pagar de novo, ficando-lhe ressalvado o
regresso contra o credor.
Questão: 82715 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
27- Em relação à prescrição e decadência, responda de acordo com o Código Civil:I. A interrupção da prescrição e da
decadência pode ocorrer mais de uma vez no curso do prazo.II. A interrupção do prazo prescricional por um dos credores
solidários aproveita aos outros.III. A interrupção da prescrição produzida contra o principal devedor não prejudica o
fiador.Assinale a alternativa correta:
a) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
b) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
c) Apenas a assertiva II é verdadeira.
d) Todas as assertivas são verdadeiras.
Questão: 82716 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
28- Presumem-se do marido de acordo com o Código Civil, os filhos:I. Nascidos 180 dias, pelo menos, após o
estabelecimento da sociedade conjugalII. Havidos, a qualquer tempo, quando se tratar de embriões excedentários,
decorrentes de concepção artificial homólogaIII. Havidos por inseminação artificial heteróloga, desde que tenha prévia
autorização do marido.Assinale a alternativa correta:
a) Apenas a assertiva I é verdadeira.
b) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
c) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
d) Todas as assertivas são verdadeiras.
Questão: 82717 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
29- É certo afirmar:I. Vícios redibitórios e vícios de qualidade e quantidade tratam da mesma espécie de defeito.II. A
estipulação em favor de terceiro é o negócio jurídico por meio do qual se ajusta uma vantagem pecuniária em prol de pessoa
que não o celebra, mas se restringe a colher seus benefícios.III. A lei consumerista adotou o mesmo critério do Código Civil,
uma vez que estabelece que os prazos de reclamação pelo vício intrínseco são de natureza decadencial, pouco importando se
o pedido deduzido em juízo será o da redibição ou da estimação.IV. Uma das regras básicas da promessa de fato de terceiro é
de que uma vez notificado, o terceiro deve declarar se concorda ou não em integrar o vínculo, na condição de devedor de uma
obrigação de fazer.Analisando as proposições, pode-se afirmar:
a) Somente as proposições II e IV estão corretas.
b) Somente as proposições III e IV estão corretas.
c) Somente as proposições I e III estão corretas.
d) Somente as proposições I, e II estão corretas.
Página 7/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82718 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
30- É certo afirmar:I. A posse somente pode ser adquirida pela própria pessoa que a pretende ou por seu representante.II.
Considera-se possuidor todo aquele que tem de fato o exercício, pleno ou não, de algum dos poderes inerentes à
propriedade.III. O título de domínio e a concessão de uso serão conferidos ao homem ou à mulher, ou a ambos, devendo ser
considerado o seu estado civil.IV. A propriedade do solo abrange a do espaço aéreo e subsolo correspondentes, em altura e
profundidade úteis ao seu exercício, não podendo o proprietário opor-se a atividades que sejam realizadas, por terceiros, a
uma altura ou profundidade tais, que não tenha ele interesse legítimo em impedi-las.Analisando as proposições, pode-se
afirmar:
a) Somente as proposições I e II estão corretas.
b) Somente as proposições II e IV estão corretas.
c) Somente as proposições III e IV estão corretas.
d) Somente as proposições I e III estão corretas.
Questão: 82719 Ano: 2017 Banca: MPT Instituição: MPT Cargo: Procurador do Trabalho
31- Assinale a alternativa INCORRETA:
a) A existência da pessoa natural termina com a morte; presume-se esta, quanto aos ausentes, nos casos em que a lei
autoriza a abertura de sucessão definitiva, somente sendo possível a declaração de morte presumida após a competente
decretação de ausência.
b) O Código Civil de 2002 positivou em seus artigos valores inerentes à pessoa humana, que passaram a orientar a
interpretação de institutos do Direito Civil, como, por exemplo, a boa-fé objetiva como elemento das relações contratuais. Essa
mudança de paradigma decorre do que se tem chamado de constitucionalização do Direito Civil.
c) A boa-fé objetiva materializa-se nas relações jurídicas obrigacionais por meio dos deveres anexos de conduta, entre eles
os de proteção, de cooperação e de informação, que devem se preservar na relação jurídica.
d) Em caso de abuso da personalidade jurídica, caracterizado pelo desvio de finalidade ou pela confusão patrimonial, os
efeitos de certas e determinadas relações de obrigações poderão ser estendidos aos bens particulares dos administradores ou
sócio da pessoa jurídica.
e) Não respondida.
Questão: 82720 Ano: 2017 Banca: Quadrix Instituição: SEE-DF Cargo: Professor Substituto - Direito
32- As causas de impedimento e suspensão da prescriçãofazem cessar temporariamente seu curso, sendo que, naprimeira, o
prazo mantém?se íntegro enquanto durar acausa impeditiva, passando a correr por completo apósseu desaparecimento.
Desaparecida a causa suspensiva,computa?se o prazo transcorrido antes de sua ocorrência,passando a correr a prescrição
pelo prazo que restou.
a) Certo
b) Errado
Questão: 82721Ano: 2017 Banca: Quadrix Instituição: SEE-DF Cargo: Professor Substituto - Direito
33- Individualizando?se a pessoa natural, tem?se que o nome,composto de prenome e sobrenome, seja a designaçãopela
qual a pessoa é conhecida no seio familiar e social. Écorreto afirmar que os prenomes podem ser substituídosoficialmente por
apelidos públicos notórios.
a) Certo
b) Errado
Página 8/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82722 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TRE-PE Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
34- A empresa Bebidas Bom Preço Ltda. celebrou comuma empresa de alimentos, por prazo determinado, contrato
decomodato cujo objeto era o empréstimo de um freezer. Era dever dacomodatária armazenar somente produtos adquiridos
da comodante.
Nessa situação hipotética, conforme a legislação aplicável ao casoe o entendimento doutrinário sobre o tema,
a) por ter natureza pessoal, o contrato de comodato não se estenderá no caso de sucessão empresarial da empresa
comodatária.
b) a comodante não poderá suspender o uso da coisa antes do término do prazo do contrato, ainda que demonstre
necessidade imprevista e urgente.
c) o negócio jurídico perfez-se com a assinatura do contrato.
d) a empresa comodatária pode cobrar da empresa comodante as despesas referentes ao uso e ao gozo da coisa
emprestada.
e) a cláusula de exclusividade acerca dos produtos que devem ficar armazenados no freezer não poderia ter sido estipulada.
Questão: 82723 Ano: 2017 Banca: IADES Instituição: CRF-DF Cargo: Analista - Advogado
35- Sobre o contrato de seguro, assinale a alternativa correta.
a) O contrato de seguro prova-se apenas com a exibição da apólice ou do bilhete do seguro.
b) A apólice e (ou) o bilhete de seguro serão nominativos, à ordem ou ao portador, de modo que serão mencionados nos
referidos instrumentos os riscos assumidos, o início e o fim de sua validade, o limite da garantia e o prêmio devido e, quando
for o caso, o nome do segurado e o do beneficiário. Essas diretrizes aplicam-se integralmente ao seguro de pessoas, cuja
apólice e (ou) bilhete poderão ser ao portador.
c) O pedido do pagamento de indenização à seguradora não suspende o prazo de prescrição até que o segurado tenha
ciência da decisão referente ao seu pleito perante a seguradora.
d) O termo inicial do prazo prescricional, na ação de indenização, é a data em que o segurado teve ciência inequívoca da
incapacidade laboral.
e) Ressalvada a hipótese de efetivo agravamento do risco, exime-se a seguradora do dever de indenizar em razão da
transferência do veículo sem a sua prévia comunicação.
Questão: 82724 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXII - Primeira Fase
36- Festas Ltda., compradora, celebrou, após negociaçõesparitárias, contrato de compra e venda com Chocolates
S/A,vendedora. O objeto do contrato eram 100 caixas dechocolate, pelo preço total de R$ 1.000,00, a serem entreguesno dia
1º de novembro de 2016, data em que se comemorou oaniversário de 50 anos de existência da sociedade.
No contrato, estava prevista uma multa de R$ 1.000,00 casohouvesse atraso na entrega. Chocolates S/A, devido aoexcesso
de encomendas, não conseguiu entregar as caixas nadata combinada, mas somente dois dias depois. Festas Ltda.,dizendo
que a comemoração já havia acontecido, recusou-se areceber e ainda cobrou a multa. Por sua vez, Chocolates S/Anão
aceitou pagar a multa, afirmando que o atraso de doisdias não justificava sua cobrança e que o produto vendido erao melhor
do mercado.
Sobre os fatos narrados, assinale a afirmativa correta.
a) Festas Ltda. tem razão, pois houve o inadimplemento absoluto por perda da utilidade da prestação e a multa é uma
cláusula penal compensatória.
b) Chocolates S/A não deve pagar a multa, pois a cláusula penal, quantificada em valor idêntico ao valor da prestação
principal, é abusiva.
c) Chocolates S/A adimpliu sua prestação, ainda que dois dias depois, razão pela qual nada deve a título de multa.
d) Festas Ltda. só pode exigir 2% de multa (R$ 20,00), teto da cláusula penal, segundo o Código de Defesa do Consumidor.
Questão: 82725 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXII - Primeira Fase
37- Clara e Sérgio são casados pelo regime da comunhão parcialde bens. Durante o casamento, o casal adquiriu
onerosamenteum apartamento e Sérgio herdou um sítio de seu pai. Sérgiomorre deixando, além de Clara, Joaquim, filho do
casal.
Sobre os direitos de Clara, segundo os fatos narrados, assinalea afirmativa correta.
a) Clara é herdeira do apartamento, em concorrência com Joaquim.
b) Clara é meeira no apartamento e herdeira do sítio, em concorrência com Joaquim.
c) Clara é herdeira do apartamento e do sítio, em concorrência com Joaquim.
d) Clara é meeira no sítio e herdeira do apartamento, em concorrência com Joaquim.
Página 9/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82726 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRT - 24ª REGIÃO (MS) Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
38- Sobre a hipoteca, de acordo com o Código Civil, é correto afirmar:
a) Não é nula a cláusula que autoriza o credor hipotecário a ficar com o objeto da garantia, se a dívida não for paga no
vencimento.
b) Desapropriado o bem dado em garantia hipotecária pelo devedor a dívida estará, em regra, vencida.
c) Os sucessores do devedor podem remir parcialmente a hipoteca na proporção dos seus quinhões.
d) A propriedade superficiária não pode ser objeto de hipoteca.
e) As partes poderão convencionar em contrato cláusula proibindo o proprietário de alienar o imóvel hipotecado.
Questão: 82727 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TJ-PR Cargo: Juiz Substituto
39- Acerca do direito das coisas, assinale a opção correta à luzdo Código Civil e do entendimento doutrinário sobre o tema.
a) Caso seja instituído o usufruto em favor de dois usufrutuários, o falecimento de um deles gerará de pleno direito o
acréscimo ao sobrevivente.
b) Ao efetuar o desdobramento da posse, o proprietário perde a condição de possuidor.
c) Para fins de proteção possessória, deve ser demonstrado algum vício objetivo da posse, não sendo imprescindível a
constatação de má-fé do esbulhador.
d) O conceito de multipropriedade, que perpassa a análise de uso compartilhado, fere o atributo de exclusividade da
propriedade.
Questão: 82728 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRT - 24ª REGIÃO (MS) Cargo: Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador Federal
40- Manoel, de 15 anos de idade, celebra um contrato de compra e venda com Pedro, omitindo deste a sua verdadeira idade.
Raul,terceiro prejudicado neste negócio jurídico, pretende anular o contrato de compra e venda celebrado entre Manoel e
Pedro.Neste caso, à luz do Código Civil, para pleitear a anulação do negócio jurídico, Raul terá o prazo decadencial de
a) 4 anos, contado do dia em que cessar a incapacidade de Manoel.
b) 5 anos, contado do dia em que cessar a incapacidade de Manoel.
c) 4 anos, contado do dia da celebração do negócio.
d) 3 anos, contado do dia da celebração do negócio.
e) 5 anos, contado do dia da celebração do negócio.
Questão: 82729 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TJ-PR Cargo: Juiz Substituto
41- Pedro alugou um imóvel pertencente a Maria. Os fiadores,João e Mateus, não renunciaram ao benefício de ordem
nemoptaram expressamente pelo benefício da divisão. Dianteda ausência de pagamento de Pedro, Maria ajuizou ação de
despejocumulada com cobrança de alugueres vencidos e vincendos.Julgado procedente o pedido, na fase de execução do
julgado,ante a ausência de bens de Pedro e João, foi penhoradoimóvel de Mateus, o qual argumentou que o bem era
destinadoà sua residência com os filhos menores. Considerando essa situação hipotética à luz da legislação aplicável ao caso
e da jurisprudência do STJ, assinale a opção correta.
a) É reconhecido benefício de ordem em favor de João, ainda que Pedro seja insolvente.b) Um dos pressupostos para o conhecimento de ações semelhantes à impetrada por Maria é a demonstração de atraso de,
no mínimo, três meses no pagamento do aluguel.
c) Mateus poderia alegar o benefício da divisão e exigir de João a parte que lhe cabe no pagamento.
d) A penhora realizada sobre o bem de família de Mateus foi legítima.
Página 10/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82730 Ano: 2017 Banca: MPE-PR Instituição: MPE-PR Cargo: Promotor Substituto
42- Acerca da solidariedade passiva, assinale a alternativa incorreta:
a) A remissão obtida por um dos devedores não aproveita aos outros devedores, senão até a concorrência da quantia paga
ou relevada.
b) Impossibilitando-se a prestação por culpa de um dos devedores solidários, subsiste para todos o encargo de pagar o
equivalente; mas pelas perdas e danos só responde o culpado.
c) Todos os devedores respondem pelos juros da mora, ainda que a ação tenha sido proposta somente contra um; mas o
culpado responde aos outros pela obrigação acrescida.
d) Importa renúncia da solidariedade a propositura de ação pelo credor contra um ou alguns dos devedores.
e) Se a dívida solidária interessar exclusivamente a um dos devedores, responderá este por toda ela para com aquele que
pagar.
Questão: 82731 Ano: 2017 Banca: MPE-PR Instituição: MPE-PR Cargo: Promotor Substituto
43- Assinale a alternativa incorreta:
a) A aceitação da herança pode ser expressa ou tácita.
b) A renúncia da herança pode ser expressa ou tácita.
c) Não se pode aceitar ou renunciar a herança parcialmente.
d) Não se pode aceitar herança sob condição.
e) O herdeiro pode aceitar legado e renunciar herança e vice-versa.
Questão: 82732 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRE-SP Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
44- Para se furtar à legislação eleitoral, Paulo transferiu para si patrimônio da empresa na qual é sócio. Na sequência,
simulou doaro dinheiro a candidato, pela pessoa física. Na verdade, porém, foi a empresa quem realizou, de fato, a doação. O
negóciosimulado é
a) válido, se atender à forma prescrita em lei e não prejudicar direito de terceiros.
b) nulo, matéria cognoscível de ofício, não se sujeitando a declaração de nulidade a prazo de decadência ou de prescrição.
c) anulável, dependendo, a sua invalidação, de provocação da parte, sujeita a prazo decadencial de quatro anos.
d) anulável, matéria cognoscível de ofício e não sujeita a prazo de decadência ou de prescrição.
e) nulo, dependendo a sua invalidação de provocação da parte, sujeita a prazo decadencial de quatro anos.
Questão: 82733 Ano: 2017 Banca: PROGEPE Instituição: UFPR Cargo: Administrador - Curitiba
45- Sobre o tema da responsabilidade civil, assinale a alternativa INCORRETA.
a) A responsabilidade civil é independente da criminal, não se podendo questionar mais sobre a existência do fato, ou sobre
quem seja o seu autor, quando essas questões se acharem decididas no juízo criminal.
b) É subjetiva a responsabilidade do tutor ou curador por atos de seu pupilo ou curatelado que estiverem sob sua autoridade
e em sua companhia.
c) Aquele que ressarcir o dano causado por outrem pode reaver o que houver pago daquele por quem pagou, salvo se o
causador do dano for descendente seu, absoluta ou relativamente incapaz.
d) A indenização é medida pela extensão do dano, mas se houver excessiva desproporção entre a gravidade da culpa e o
dano, poderá o juiz reduzir a indenização.
e) O direito de exigir reparação e a obrigação de prestá-la transmitem-se com a herança.
Questão: 82734 Ano: 2017 Banca: Quadrix Instituição: CFO-DF Cargo: Procurador Jurídico
46- O STJ entende que a utilização, por pessoa jurídica, do chamado escore de crédito para avaliar o risco será considerada
como válida apenas se houver consentimento do consumidor, sob pena de violação dos princípios do direito do consumidor.
a) Certo
b) Errado
Página 11/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82735 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
47- Pedro celebra contrato de seguro, com cobertura para invalidez total e permanente. Em 20 de outubro de 2008, é vítima
de acidente. Fica hospitalizado e passa por longo tratamento médico. Cientificado em 20 de julho de 2010 de que é portador
de incapacidade total e permanente, formula pedido administrativo de pagamento da indenização securitária em 20 de
novembro de 2010. A seguradora alega que não há cobertura e, em 20 de setembro de 2011, formaliza a recusa ao
pagamento da indenização, cientificando o segurado. Inconformado, Pedro propõe ação de cobrança de indenização
securitária em 20 de janeiro de 2012.Assinale a alternativa correta.
a) A ação deve ter prosseguimento porque o prazo de prescrição envolvendo a pretensão de beneficiário contra a seguradora
é de 3 (três) anos, conforme dispõe o artigo 206, § 3º , do Código Civil, e a contagem tem início com a cientificação da
incapacidade.
b) O direito de ação está atingido pela prescrição, uma vez que, embora o prazo para propositura seja de 3 (três) anos,
conforme dispõe o artigo 206, § 3º , do Código Civil, a contagem teve início na data do acidente e não houve causa de
interrupção.
c) O direito de ação está atingido pela prescrição, uma vez que o prazo para propositura teve início na data do acidente e que
na relação entre segurado e seguradora o prazo para a propositura é de 1 (um) ano, conforme dispõe o artigo 206, § 1º , inciso
II, ?b", do Código Civil.
d) A ação deve ter prosseguimento, uma vez que o prazo para propositura teve início no momento em que Pedro teve ciência
da incapacidade, que o prazo foi suspenso com a formulação do pedido administrativo e voltou a fluir com a cientificação da
recusa da seguradora, e que na relação entre segurado e seguradora o prazo para a propositura é de 1 (um) ano, conforme
dispõe o artigo 206, § 1º, inciso II, "b", do Código Civil.
Questão: 82736 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
48- Aberto o inventário dos bens deixados pelo falecimento de José, o automóvel, único bem a ser partilhado entre seus dois
filhos, Pedro e Antônio, passa a ser reivindicado na totalidade por Pedro sob a alegação de que o veículo foi objeto de doação
feita a ele verbalmente 1 (um) ano antes da morte do pai. Considerando o processo de inventário, é correto afirmar que o
veículo deve ser
a) levado à colação e partilhado entre os dois herdeiros, exceto se foi entregue ao donatário incontinenti à doação verbal.
b) destinado a Pedro, considerando que a doação tem preferência sobre a herança e não a torna sujeita à colação.
c) partilhado entre os dois herdeiros, ainda que tenha sido entregue ao donatário incontinenti à doação verbal.
d) destinado a Pedro, ainda que não tenha saído da parte disponível do patrimônio do doador, uma vez que a doação, mesmo
que verbal, não perde o caráter de liberalidade e torna obrigatório o prevalecimento da manifestação de vontade do falecido
doador.
Questão: 82737 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
49- Mediante contrato escrito, José efetua a venda de imóvel a Maria. Embora consumado o negócio, Maria desiste da
compra depois de noventa dias. O corretor Antônio exige de José o pagamento de remuneração pelo trabalho de mediação.A
respeito do caso hipotético, é correto afirmar que a remuneração
a) não é exigível, uma vez que o rompimento do contrato de venda e compra equivale à não obtenção do resultado do
trabalho do corretor.
b) é exigível, uma vez que o contrato de venda e compra foi concluído e que o arrependimento de uma das partes não é
oponível ao corretor.
c) é exigível, exceto se a compradora deixou de efetuar o pagamento total ou parcial do preço, independentemente de tal
circunstância ter sido prevista em contrato pelo vendedor e pelo corretor.
d) não é exigível, ainda que a corretagem tenha sido contratada por escrito e com exclusividade.Página 12/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82738 Ano: 2017 Banca: IADES Instituição: CRF-DF Cargo: Analista - Advogado
50- Sobre as obrigações solidárias, assinale a alternativa correta.
a) Há solidariedade, quando na mesma obrigação concorre mais de um credor, ou mais de um devedor, cada um com direito,
ou obrigado, à dívida toda. Por isso mesmo, não se presume solidariedade passiva pelo simples fato de duas ou mais pessoas
jurídicas integrarem o mesmo grupo econômico, na medida em que a solidariedade deriva da vontade das partes ou da Lei.
b) Segundo o Código Civil, a obrigação solidária pode ser pura e simples para um dos cocredores ou codevedores, além de
condicional ou a prazo ou pagável em lugar diferente, para o outro. A solidariedade não admite outras disposições de
conteúdo particular além dessas hipóteses, por se tratar de rol exaustivo (numerus clausus).
c) Todos os devedores respondem pelos juros da mora, exceto se a ação tiver sido proposta somente contra um; mas o
culpado responde aos outros pela obrigação acrescida.
d) O devedor solidário demandado não pode opor ao credor as exceções que lhe forem pessoais e as comuns a todos.
e) O credor pode renunciar à solidariedade em favor de um, de alguns ou de todos os devedores. Entretanto, se o credor
exonerar da solidariedade um ou mais devedores, a dos demais não subsistirá.
Questão: 82739 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
51- É certo afirmar:I. Aleatório é o contrato quando os contratantes celebram uma relação em que recebem a vantagem e
prestam a obrigação, consistente em coisa certa e determinada, embora sem escapar aos riscos relativos à mesma, nem à
oscilação sobre o seu valor.II. Os contratos coligados também são chamados de ?união de contratos", mas não surge a
unidade em uma única figura, ou seja, em um único instrumento, permanecendo autônomos quanto aos seus efeitos, mas com
dependência recíproca.III. O contrato comutativo pode ser definido como aquele no qual uma ou ambas as prestações
apresentam-se incertas, porquanto a sua quantidade ou extensão fica na dependência de um fato futuro e imprevisível, o que
torna viável venha ocorrer uma perda, ou um lucro para uma das partes.IV. O contrato misto resulta da combinação de
elementos de diferentes contratos, formando nova espécie contratual não esquematizada na lei.Analisando as proposições,
pode-se afirmar:
a) Somente as proposições III e IV estão corretas.
b) Somente as proposições II e IV estão corretas.
c) Somente as proposições I e III estão corretas.
d) Somente as proposições I e II estão corretas.
Questão: 82740 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
52- Em relação poder familiar, responda de acordo com o Código Civil:I. O consentimento para mudar a residência
permanente dos filhos menores para outro município deve ser dado por ambos os pais, na constância do poder familiar.II. O
consentimento para viajar ao exterior pode ser dado pelo genitor que detiver a guarda, não sendo exercida de maneira
compartilhada.III. O poder familiar não se extingue caso o filho seja emancipado antes dos 18 anos.Assinale a alternativa
correta:
a) Todas as assertivas são verdadeiras.
b) Apenas a assertiva I é verdadeira.
c) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
d) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
Página 13/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82741 Ano: 2017 Banca: MPT Instituição: MPT Cargo: Procurador do Trabalho
53- Sobre o Marco Civil da Internet, analise as seguintes afirmativas:I - A disciplina do uso da internet no Brasil tem como
fundamento o respeito à liberdade de expressão, o reconhecimento da escala mundial da rede, os direitos humanos, o
desenvolvimento da personalidade e o exercício da cidadania em meios digitais, a pluralidade e a diversidade, a abertura e a
colaboração, a livre iniciativa, a livre concorrência e a defesa do consumidor e a finalidade social da rede.II - A disciplina do
uso da internet no Brasil tem como um de seus princípios a neutralidade da rede, que se trata da vedação de sua utilização ou
controle para fins políticos ou partidários.III - São nulas de pleno direito as cláusulas contratuais que violem a garantia à
privacidade e à liberdade de expressão nas comunicações.IV - Como meio de exercício de cidadania, não é permitida a
suspensão da conexão à internet em virtude de débito diretamente decorrente de sua utilização.Assinale a alternativa
CORRETA:
a) Apenas as assertivas II e IV estão incorretas.
b) Apenas as assertivas I e III estão incorretas.
c) Apenas a assertiva III está correta.
d) Todas as assertivas estão corretas.
e) Não respondida.
Questão: 82742 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
54- Sobre os defeitos do negócio jurídico, responda de acordo com o Código Civil:I. O erro de cálculo em um negócio jurídico
não autoriza a sua anulação, mas tão somente a retificação da declaração da vontade.II. Os negócios jurídicos podem ser
anulados em razão do dolo de uma das partes, ainda que o dolo não tenha sido a causa do negócio.III. O negócio jurídico
celebrado com coação pode ser anulado, se tal coação incutir ao paciente fundado temor de dano iminente e considerável à
sua pessoa, à sua família ou aos seus bens, ou mesmo a pessoa não pertencente à família, caso em que o juiz decidirá se
houve coação conforme as circunstâncias.Assinale a alternativa correta:
a) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
b) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
c) Apenas a assertiva II é verdadeira.
d) Todas as assertivas são verdadeiras.
Questão: 82743 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
55- O direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação presentes em produtos ou serviços caduca em:
a) 30 (trinta) dias, para serviço e de produtos não duráveis e 90 (noventa) dias, para serviço e de produtos duráveis.
b) 45 (quarenta e cinco) dias, para serviço e de produtos não duráveis e 90 (noventa) dias, para serviço e de produtos
duráveis.
c) 30 (trinta) dias, para serviço e de produtos não duráveis e 60 (sessenta) dias, para serviço e de produtos duráveis.
d) 90 (noventa) dias, para serviço e de produtos não duráveis e 180 (cento e oitenta) dias, para serviço e de produtos
duráveis.
Questão: 82744 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
56- O instituto civilista que autoriza que uma ou várias sociedades sejam absorvidas por outra, que lhes sucede em todos os
direitos e obrigações é chamado de:
a) Cisão.
b) Incorporação.
c) Transformação.
d) Fusão.
Página 14/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82745 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
57- Considera-se doação o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens ou vantagens
para o de outra. São corretas as sentenças abaixo EXCETO:
a) O doador pode estipular que os bens doados voltem ao seu patrimônio, se sobreviver ao donatário.
b) A doação far-se-á por escritura pública ou instrumento particular.
c) A doação do cônjuge adúltero ao seu cúmplice pode ser anulada pelo outro cônjuge, ou por seus herdeiros necessários,
até cinco anos depois de dissolvida a sociedade conjugal.
d) O doador pode fixar prazo ao donatário, para declarar se aceita ou não a liberalidade. Desde que o donatário, ciente do
prazo, não faça, dentro dele, a declaração, entender-se-á que aceitou, se a doação não for sujeita a encargo.
Questão: 82746 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado -XXIII - Primeira Fase
58- Paulo, viúvo, tinha dois filhos: Mário e Roberta. Em 2016, Mário, que estava muito endividado, cedeu para seu amigo
Francisco a quota-parte da herança a que fará jus quando seu pai falecer, pelo valor de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais),
pago à vista.Paulo falece, sem testamento, em 2017, deixando herança líquida no valor de R$ 3.000.000,00 (três milhões de
reais). Sobre a partilha da herança de Paulo, assinale a afirmativa correta.
a) Francisco não será contemplado na partilha porque a cessão feita por Mário é nula, razão pela qual Mário e Roberta
receberão, cada um, R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais).
b) Francisco receberá, por força da partilha, R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), Mário ficará com R$ 500.000,00
(quinhentos mil reais) e Roberta com R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais).
c) Francisco e Roberta receberão, cada um, por força da partilha, R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) e Mário
nada receberá.
d) Francisco receberá, por força da partilha, R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), Roberta ficará com R$ 2.000.000,00 (dois
milhões de reais) e Mário nada receberá.
Questão: 82747 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: Câmara de Sumaré - SP Cargo: Procurador Jurídico
59- Dispõe o artigo 50 do Código Civil de 2002 que ?Em caso de abuso da personalidade jurídica, caracterizado pelo desvio
de finalidade, ou pela confusão patrimonial, pode o juiz decidir, a requerimento da parte, ou do Ministério Público quando lhe
couber intervir no processo, que os efeitos de certas e determinadas relações de obrigações sejam estendidos aos bens
particulares dos administradores ou sócios da pessoa jurídica.". Determinado projeto de lei pretende incluir novo dispositivo no
Código Civil de 2002, versando sobre a desconsideração inversa da personalidade jurídica. Pretende o legislador incluir o
novo dispositivo em local próximo ao artigo 50 do código, facilitando aos cidadãos e aos operadores do direito o estudo do
tema. Nesse panorama, é correto afirmar que
a) o legislador não poderá inseri-lo imediatamente após o artigo 50, apesar da conveniência, devendo alocá-lo ao final do
código.
b) o legislador não poderá inseri-lo imediatamente após o artigo 50, mas poderá inserir a disposição como parágrafo do artigo
50.
c) o artigo deverá receber o número 51, renumerando-se os artigos subsequentes do código.
d) o artigo deverá receber o número 50-A.
e) o artigo deverá receber o número 50-II.
Questão: 82748 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: Câmara de Sumaré - SP Cargo: Procurador Jurídico
60- Assinale a alternativa correta sobre a propriedade e sua utilização.
a) O direito do proprietário de não ter prejudicado o seu sossego prevalece sobre o interesse público que poderia justificar
determinada poluição sonora.
b) É licito privar o proprietário de sua faculdade de usar o bem por requisição decorrente de perigo público iminente.
c) No direito brasileiro o abandono, pelo proprietário, não é causa de perda da propriedade.
d) A propriedade é princípio da ordem econômica, razão pela qual o exercício do direito de propriedade não pode sofrer
limitações.
e) O proprietário não tem o direito de exigir do dono do prédio vizinho a sua demolição, ainda que este ameace ruína.
Página 15/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82749 Ano: 2017 Banca: PROGEPE Instituição: UFPR Cargo: Administrador - Curitiba
61- Sobre as pessoas jurídicas no Código Civil brasileiro, assinale a alternativa correta.
a) A qualidade de associado é intransmissível, não podendo o estatuto dispor o contrário.
b) As associações são constituídas para fins não econômicos, havendo, entre os associados, direitos e obrigações
recíprocos.
c) Havendo defeito no ato constitutivo de pessoa jurídica de direito privado, o direito de anular a constituição da pessoa
jurídica decai em cinco anos, contado o prazo da publicação de sua inscrição no registro.
d) Nas associações, os direitos são iguais, não podendo o estatuto dispor sobre categorias com vantagens especiais.
e) A existência legal das pessoas jurídicas de direito privado começa com a inscrição do ato constitutivo no respectivo
registro.
Questão: 82750 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TRE-PE Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
62- Assinale a opção correta no que se refere ao adimplementodas obrigações.
a) O pagamento feito por terceiro ao credor não obriga o reembolso pelo devedor, se este tiver ciência da prescrição da
pretensão do credor e se opuser ao adimplemento.
b) Caso haja dúvida quanto ao fato de o terceiro ter efetuado pagamento em nome próprio ou do devedor, presume-se que o
tenha feito em nome do devedor.
c) Embora a quitação seja um direito subjetivo do devedor, ele não pode reter o pagamento como forma de compelir o credor
a fornecer-lhe o recibo.
d) Caso sejam designados dois ou mais lugares para o pagamento, a escolha do local para efetuá-lo caberá ao devedor, em
exceção à regra geral de que o pagamento seja efetuado no domicílio do credor.
e) O terceiro não interessado que paga a dívida, em nome próprio, se sub-roga nos direitos do credor.
Questão: 82751 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXII - Primeira Fase
63- Antônio, vendedor, celebrou contrato de compra e venda comJoaquim, comprador, no dia 1º de setembro de 2016,
cujoobjeto era um carro da marca X no valor de R$ 20.000,00,sendo o pagamento efetuado à vista na data de assinatura
docontrato. Ficou estabelecido ainda que a entrega do bem seriafeita 30 dias depois, em 1º de outubro de 2016, na cidade
doRio de Janeiro, domicílio do vendedor. Contudo, no dia 25 desetembro, uma chuva torrencial inundou diversos bairros
dacidade e o carro foi destruído pela enchente, com perda total.Considerando a descrição dos fatos, Joaquim
a) não faz jus à devolução do pagamento de R$ 20.000,00.
b) terá direito à devolução de 50% do valor, tendo em vista que Antônio, vendedor, não teve culpa.
c) terá direito à devolução de 50% do valor, tendo em vista que Antônio, vendedor, teve culpa.
d) terá direito à devolução de 100% do valor, pois ainda não havia ocorrido a tradição no momento do perecimento do bem.
Questão: 82752 Ano: 2017 Banca: Quadrix Instituição: SEE-DF Cargo: Professor Substituto - Direito
64- Considerando?se o conceito e o início da personalidadeda pessoa jurídica e o entendimento dos tribunais, écorreto
afirmar que um sindicato a adquire quando seregistra junto ao Cartório de Registro de Títulos eDocumentos e Registro Civil
das Pessoas Jurídicas e,também, junto ao Ministério do Trabalho.
a) Certo
b) Errado
Página 16/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82753 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRT - 24ª REGIÃO (MS) Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
65- À luz do Código Civil, no que concerne aos contratos em geral,
a) havendo estipulação em favor de terceiro, se ao terceiro, em favor de quem se fez o contrato, se deixar o direito de
reclamar-lhe a execução, poderá o estipulante exonerar o devedor.
b) encaminhada uma proposta de contrato pelo proponente, a aceitação fora do prazo, com adições, restrições, ou
modificações, não importará nova proposta.
c) o contrato preliminar deve conter todos os requisitos essenciais ao contrato a ser celebrado, observando inclusive a sua
forma.
d) as partes podem, por cláusula expressa, reforçar ou diminuir a responsabilidade pela evicção, mas jamais exclui-la.
e) a proposta feita sem prazo por telefone deixa de ser obrigatória se não foi imediatamente aceita.
Questão: 82754 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRT - 24ª REGIÃO (MS) Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
66- Ricardo, empreiteiro, firmou contrato de empreitada com Rodrigo, envolvendo fornecimento de mão de obra e materiais
paraconstrução de uma casa com cinco dormitórios em condomínio fechado na cidade de São Paulo.A obra transcorreu de
formaregular e o imóvel foi entregue ao contratante Rodrigo. À luz do Código Civil, com a entrega da obra, Ricardo responderá
pelasolidez e segurança do trabalho, assim em razão dos materiais, como o solo, durante o prazo irredutível de
a) 10 anos, decaindo deste direito assegurado ao dono da obra, se Rodrigo não propuser a ação nos 180 dias seguintes ao
aparecimento do vício ou defeito.
b) 5 anos, decaindo deste direito assegurado ao dono da obra, se Rodrigo não propuser a ação nos 180 dias seguintes ao
aparecimento do vício ou defeito.
c) 5 anos, decaindo deste direito assegurado ao dono da obra, se Rodrigo não propuser a ação nos 90 dias seguintes ao
aparecimento do vício ou defeito.
d) 15 anos, decaindo deste direito assegurado ao dono da obra, se Rodrigo não propuser a ação nos 90 dias seguintes ao
aparecimento do vício ou defeito.
e) 10 anos, decaindo deste direito assegurado ao dono da obra, se Rodrigo não propuser a ação nos 90 dias seguintes ao
aparecimento do vício ou defeito.
Questão: 82755 Ano: 2017 Banca: FCC Instituição: TRT - 24ª REGIÃO (MS) Cargo: Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador Federal
67- Sobre as pessoas jurídicas, à luz do Código Civil:
a) O prazo decadencial para anulação da constituição das pessoas jurídicas de direito privado, por defeito do ato respectivo, é
de 5 anos, contado o prazo da publicação da sua inscrição no registro.
b) Os partidos políticos são considerados pessoas jurídicas de direito público.
c) O juiz poderá nomear administrador provisório à sociedade, a requerimento de qualquer interessado, se a administração da
pessoa jurídica vier a faltar.
d) Se uma determinada pessoa jurídica tiver administração coletiva, as decisões se tomarão, em regra, por no mínimo 1/3 dos
votos dos presentes.
e) Cassada a autorização para funcionamento da pessoa jurídica ela não subsistirá para os fins de liquidação, uma vez que
possui efeitos imediatos.
Questão: 82756 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TJ-PR Cargo: Juiz Substituto
68- Assinale a opção correta em relação às pessoas naturais e à teoriageral do negócio jurídico.
a) É taxativa, ou seja, não conta com ressalva legal, a regra de que negócio jurídico existente, porém inválido, não gera
efeitos, ainda que tenha sido celebrado de boa-fé pelos contratantes.
b) São absolutamente incapazes de exercer pessoalmente os atos da vida civil os excepcionais sem desenvolvimento mental
completo.
c) A teoria da personalidade condicional define que haverá elemento acidental no negócio jurídico que subordine a validade
dos direitos de nascituro a evento futuro e incerto.
d) Em algumas situações, o ato-fato jurídico praticado pelo menor absolutamente incapaz produz efeitos.
Página 17/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82757 Ano: 2017 Banca: CESPE Instituição: TJ-PR Cargo: Juiz Substituto
69- Ana, maior de sessenta e cinco anos de idade, valendo-seda gratuidade constitucional do transporte coletivo
urbano,ingressou em ônibus da empresa Transpark S.A. e declarou o valorda bagagem em R$ 10.000, o que foi aceito pela
transportadora.Durante o trajeto, o veículo que estava à frente do ônibus freouabruptamente, sem causa aparente. O motorista
do coletivo, visandonão colidir, perdeu o controle do carro e caiu em uma ponte,ocasionando perda de bens e lesões em
vários passageiros,entre eles, Ana, que ingressou em juízo pleiteando danos moraise estéticos, além de danos materiais pela
perda total da bagagem.A empresa, por sua vez, alegou a ocorrência de fato exclusivode terceiro, o que ficou comprovado
mediante laudo pericialda polícia civil.
Nessa situação hipotética, de acordo com o Código Civil,com o entendimento doutrinário sobre o tema e coma jurisprudência
do STJ,
a) por se tratar de transporte gratuito, não se pode cogitar a incidência da cláusula de incolumidade.
b) ainda que demonstrado o fato exclusivo de terceiro, a responsabilidade da empresa não é elidida em relação a Ana.
c) a transportadora não poderia exigir de Ana a declaração do valor da bagagem, com vistas à limitação da indenização, pois
essa conduta viola o princípio da reparação integral dos danos.
d) os danos estéticos são espécie de danos morais, razão pela qual os pedidos não podem ser cumulados.
Questão: 82758 Ano: 2017 Banca: MPE-PR Instituição: MPE-PR Cargo: Promotor Substituto
70- É nulo o casamento:
a) Contraído com infringência de impedimento.
b) De quem não completou a idade mínima para casar.
c) Do menor em idade núbil, quando não autorizado por seu representante legal.
d) Por vício da vontade.
e) Realizado pelo mandatário, sem que ele ou o outro contraente soubesse da revogação do mandato, e não sobrevindo
coabitação entre os cônjuges.
Questão: 82759 Ano: 2017 Banca: MPE-PR Instituição: MPE-PR Cargo: Promotor Substituto
71- É causa de suspensão do prazo prescricional:
a) O casamento das partes da relação jurídica.
b) O despacho do juiz que ordenar a citação, se o interessado a promover no prazo e na forma da lei processual.
c) O protesto cambial.
d) Qualquer ato judicial que constitua em mora o devedor.
e) Qualquer ato inequívoco que importe reconhecimento do direito pelo devedor.
Questão: 82760 Ano: 2017 Banca: FUNDEP Instituição: CRM-MG Cargo: Advogado
72- Considere o julgado a seguir.?Responsabilidade civil. Acidente de trabalho. Morte. Indenização por dano moral. Filho
nascituro. Fixação do quantum indenizatório. Dies a quo. Correção monetária. Data da fixação pelo juiz. Juros de mora. Data
do evento danoso. Processo civil. Juntada de documento na fase recursal. Possibilidade, desde que não configurada a má-fé
da parte e oportunizado o contraditório. Anulação do processo. Inexistência de dano. Desnecessidade. ? Impossível admitir-se
a redução do valor fixado a título de compensação por danos morais em relação ao nascituro, em comparação com outros
filhos do de cujus, já nascidos na ocasião do evento morte, porquanto o fundamento da compensação é a existência de um
sofrimento impossível de ser quantificado com precisão. ? Embora sejam muitos os fatores a considerar para a fixação da
satisfação compensatória por danos morais, é principalmente com base na gravidade da lesão que o juiz fixa o valor da
reparação. [...]" (STJ, REsp 931.556/ RS, Rel. Min. Nancy Andrighi, 3ª Turma, j. 17.06.2008, DJe 05.08.2008).Da interpretação
da ementa, é possível concluir que o Superior Tribunal de Justiça adotou no julgado, quanto ao início da personalidade
jurídica:
a) a teoria concepcionista.
b) a teoria da personalidade condicional.
c) a teoria da personalidade condicionada.
d) a teoria natalista.
Página 18/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82761 Ano: 2017 Banca: Quadrix Instituição: CFO-DF Cargo: Procurador Jurídico
73- Com relação aos negócios jurídicos, sua validade requer agente capaz, objeto lícito, possível, determinado ou
determinável e forma não defesa em lei. Assim, caso o negócio tenha sido celebrado com cláusula de não valer sem
instrumento público, após o Código Civil de 2002, trata-se de cláusula sem eficácia jurídica.
a) Certo
b) Errado
Questão: 82762 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
74- Assinale a alternativa correta.
a) A fiança por dívida futura não admite exoneração do fiador, exceto se a obrigação ainda não exigível for cumprida
antecipadamente.
b) A manifestação de vontade do devedor é requisito essencial à validade da fiança.
c) O fiador pode se exonerar do cumprimento da garantia estabelecida sem limitação de tempo, desde que promova a
notificação do credor.
d) A ausência de renúncia ao benefício de ordem impede a excussão de bens do fiador, caso o devedor recaia em
insolvência.
Questão: 82763 Ano: 2017 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz Substituto
75- Arlindo casa-se com Joana pelo regime da comunhão universal de bens e com ela tem dois filhos, Bruno e Lucas, ambossolteiros e sem conviventes em união estável. Arlindo e Lucas morrem em um mesmo acidente de trânsito, tendo Lucas
deixado um filho menor. Dosatestados de óbito, consta que o falecimento de Arlindo ocorreu cinco minutos antes do de
Lucas.Assinale a alternativa correta.
a) Os bens deixados por Arlindo serão transmitidos a Bruno e a Lucas, observada a meação de Joana.
b) Em razão dos falecimentos no mesmo acidente e da comoriência, a presunção é a de que Arlindo e Lucas morreram
simultaneamente, o que exclui a transmissão de bens entre eles.
c) Em razão dos falecimentos no mesmo acidente, a presunção é a de que a morte do mais velho precede a do mais jovem, o
que faz com que a herança do filho de Lucas fique restrita à parte em que seu pai sucederia, se vivo fosse.
d) Os bens deixados por Arlindo serão transmitidos a Joana, Bruno e ao filho de Lucas.
Questão: 82764 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
76- É certo afirmar:I. A impenhorabilidade do bem de família é sempre oponível em qualquer processo de execução civil,
fiscal, previdenciária, trabalhista ou de outra natureza.II. No caso de inadimplemento ou mora nas obrigações contratuais
garantidas mediante alienação fiduciária de bem móvel, o proprietário fiduciário ou credor poderá vender a coisa a terceiros,
independentemente de leilão, hasta pública, avaliação prévia ou qualquer outra medida judicial ou extrajudicial, salvo
disposição expressa em contrário prevista no contrato, devendo aplicar o preço da venda no pagamento de seu crédito e das
despesas decorrentes e entregar ao devedor o saldo apurado, se houver, com a devida prestação de contas.III. As operações
de financiamento imobiliário em geral poderão ser garantidas por: hipoteca; cessão fiduciária de direitos creditórios
decorrentes de contratos de alienação de imóveis; caução de direitos creditórios ou aquisitivos decorrentes de contratos de
venda ou promessa de venda de imóveis; alienação fiduciária de coisa imóvel.IV. São exigíveis do devedor, na recuperação
judicial ou na falência: as obrigações a título gratuito; as despesas que os credores fizerem para tomar parte na recuperação
judicial ou na falência, salvo as custas judiciais decorrentes de litígio com o devedor.Analisando as proposições, pode-se
afirmar:
a) Somente as proposições II e IV estão corretas.
b) Somente as proposições I e III estão corretas.
c) Somente as proposições I e IV estão corretas.
d) Somente as proposições II e III estão corretas.
Página 19/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82765 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
77- A Lei de Introdução regula as questões relativas à aplicabilidade de normas relativas às questões familiares e sucessórias
de estrangeiros no Brasil. Com base nisso, responda as questões:I. O regime de bens, legal ou convencional, obedece às
regras do país em que tiverem os nubentes domicílio, e, se este for diverso, o do primeiro domicílio conjugal.II. A sucessão de
bens de estrangeiros, situados no país, obedecerá à lei do país em que era domiciliado, independentemente da existência ou
não de filhos ou cônjuge brasileiro.III. Caso o casamento seja realizado no Brasil, as regras de impedimentos e formalidades
da celebração serão as da lei brasileira.Assinale a correta:
a) Todas as assertivas são verdadeiras.
b) Todas as assertivas são falsas.
c) Apenas a assertiva III é verdadeira
d) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
Questão: 82766 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
78- É certo afirmar:I. De regra a declaração da vontade depende de forma especial.II. Unilaterais ou benéficos são os
contratos em que apenas uma das partes se obriga em face da outra.III. O Código Civil prevê que o mero silêncio da parte ao
contratar sempre importará em consentimento.IV. A validade do negócio jurídico requer agente capaz, objeto lícito, possível,
determinado ou determinável e forma prescrita ou não defesa em lei.Analisando as proposições, pode-se afirmar:
a) Somente as proposições I e III estão corretas.
b) Somente as proposições II e IV estão corretas.
c) Somente as proposições I e II estão corretas.
d) Somente as proposições III e IV estão corretas.
Questão: 82767 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
79- Em relação poder familiar, responda de acordo com o Código Civil:I. O regime legal supletivo é o da comunhão parcial de
bens.II. Os menores de 18 anos que não são emancipados devem casar no regime de separação obrigatória de bens.III. A
escolha do regime matrimonial diferente do legal pode ser feita por pacto antenupcial, em documento público ou
particular.Assinale a alternativa correta:
a) Todas as assertivas são verdadeiras.
b) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
c) Apenas a assertiva I é verdadeira.
d) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
Questão: 82768 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
80- Em relação aos bens, responda de acordo com o Código Civil:I. Os bens infungíveis são aqueles móveis ou imóveis que
podem substituir-se por outros da mesma espécie, qualidade e quantidade.II. Os bens naturalmente divisíveis não podem
tornar-se indivisíveis por vontade das partes.III. O direito à sucessão aberta é considerado bem imóvel para os efeitos
legais.Assinale a alternativa correta:
a) Todas as assertivas são verdadeiras.
b) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
c) Apenas a assertiva III é verdadeira.
d) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
Questão: 82769 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
81- São atribuições dos síndicos de condomínios edilícios, entre outras:I. Realizar o seguro da edificação.II. Elaborar o
orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano.III. Convocar a assembléia dos condôminos.IV. Cobrar dos
condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas.A sequência correta é:
a) Apenas as assertivas II, III, IV estão corretas.
b) Apenas as assertivas II e IV estão corretas.
c) As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
d) Apenas a assertiva IV está correta.
Página 20/119
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 82770 Ano: 2017 Banca: IESES Instituição: TJ-RO Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
82- Consideram-se bens imóveis para os efeitos legais:I. O direito à sucessão aberta.II. Os direitos pessoais de caráter
patrimonial e respectivas ações.III. As energias que tenham valor econômico.IV. Os direitos reais sobre imóveis e as ações
que os asseguram.A sequência correta é:
a) Apenas a assertiva III está incorreta.
b) As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
c) Apenas as assertivas I e IV estão corretas.
d) Apenas a assertiva II está correta.
Questão: 82771 Ano: 2017 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XXIII - Primeira Fase
83- Juliana, por meio de contrato de compra e venda, adquiriu de Ricardo, profissional liberal, um carro seminovo (30.000km)
da marca Y pelo preço de R$ 24.000,00. Ficou acertado que Ricardo faria a revisão de 30.000km no veículo antes de
entregá-lo para Juliana no dia 23 de janeiro de 2017. Ricardo, porém, não realizou a revisão e omitiu tal fato de Juliana, pois
acreditava que não haveria qualquer problema, já que, aparentemente, o carro funcionava bem.No dia 23 de fevereiro de
2017, Juliana sofreu acidente em razão de defeito no freio do carro, com a perda total do veículo. A perícia demostrou que a
causa do acidente foi falha na conservação do bem, tendo em vista que as pastilhas do freio não tinham sido trocadas na
revisão de 30.000km, o que era

Continue navegando

Outros materiais