A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
62 pág.
Tec. Sanguineo (histologia)

Pré-visualização | Página 2 de 2

histamina do sangue e se acumulam em locais de inflamação, 
Envolvidos em reações alérgicas e inflamatórias. 
BASÓFILO 
 
 
BASOFILIA () 
Hipersensibilidade a drogas e alimentos, rinite 
 
BASOPENIA () – não se usa 
Infecções agudas 
Pouco ou nada contribuem para a interpretação do quadro hematológico. 
BASÓFILO - Alterações 
BASÓFILO 
NEUTRÓFILOS 
EOSINÓFILOS BASÓFILOS 
10-12 m 
55 - 65% 
3.000 – 5.000/mm3 
 
Núcleos formados 
por dois a cinco 
lóbulos ligados 
entre si por finas 
pontes de 
cromatina. 
10-15 m 
 2 - 4% 
100-300/mm3 
 
Núcleo bilobulado 
10 -12 m 
0,2 -1% 
25 – 80/mm3 
 
Núcleo volumoso, 
com forma retorcida 
e irregular (aspecto 
da letra S). 
AGRANULÓCITOS 
(Linfócitos e monócitos) 
 
MONÓCITOS (macrógafos) também são 
encarregados da defesa do organismo, graças a 
capacidade de fagocitar qualquer corpúsculo estranho e 
ainda participa de reações imunológicas. 
MONÓCITO 
 
12- 20 m 
4-8% 
200 – 650/mm3 
É a maior célula do sangue normal 
 
Núcleo: ovóide (jovens), retorcido (maduro) 
 excêntrico, cromatina mais frouxa que do linfócito 
 
Citoplasma: basófilo (azul) 
 grânulos azurófilos finos ( lisossomas) 
 poucas organelas mas Golgi grande p/ formar lisossomas 
(gr.azurófilos) 
 Superfície com muitas microvilosidades e vesículas de pinocitose. 
 
Fazem parte do Sistema Mononuclear 
Fagocitário 
 
Ficam no sangue ~ 8 horas após vão para o 
tecido conjuntivo onde permanecem vários 
meses 
-macrófagos (fixos) e histiócitos (móveis). 
 
Função: fagocitose 
MONOCITOSE () 
Infecção por protozoários (amebíase, malária) 
 
MONOCITOPENIA () 
Desnutrição, caquexia 
 
LINFÓCITOS (plasmócitos) são células envolvidas com 
reações de reconhecimento de agentes que provem do 
meio externo, agindo diretamente sobre os mesmo 
(LINFÓCITO T) ou através da secreção de anticorpos 
(LINFÓCITO B e plasmócito) 
 
LINFÓCITO 
7-12 m 
20-30% 
1500-2500/mm3 
Pode ser pequeno, médio e grande ( 18 m ) 
 
Núcleo: arredondado, oval, com pequena reentrância. Central nos 
pequenos e excêntrico nos maiores. Cromatina densa 
 
Citoplasma: escasso, basófilo (azul celeste) pobre em organelas, 
pode ter granulações azurófilas que são lisossomas 
 
Na imuno existem diferentes tipos de linfócito, identificados por 
técnicas imunológicas. 
 
 
 
Alterações 
LINFOCITOSE (): 
Viroses, mononucleose infecciosa 
 
LINFOPENIA (): 
Nas deficiências imunológicas (AIDS) 
Função: defesa humoral e defesa célula a célula 
 
PLAQUETAS – constituem elementos importantes nos 
fenômenos que resultam na hemostasia (conjunto de 
mecanismo para estancar uma hemorragia) 
 
PLAQUETAS 
 
3-4 m 
200.000- 400.000/mm3 
 
• Corpúsculo anucleado, forma de disco, 
• Ciclo vital de 10 dias 
• Existem em mamíferos, estão aglutinadas no esfregaço 
• derivados de células gigantes e poliplóides da medula óssea, os 
megacariócitos. 
• Promovem a coagulação do sangue e auxiliam a reparação da 
parede dos vasos sanguíneos, evitando perda de sangue. 
 
 
Se aderem ao endotélio dos vasos quando há quebra da 
continuidade. 
 
 
Função: adesão e agregação, secreção 
PLAQUETAS 
TROMBOCITOSE () 
Doenças inflamatórias crônicas e após esplenectomia 
 
TROMBOCITOPENIA () 
Quimioterapia, radioterapia, AIDS, púrpura (anti-corpos contra 
proteínas de membrana delas) 
PLAQUETAS - Alterações 
PLAQUETAS 
HEMOGRAMA: ERITROGRAMA 
 LEUCOGRAMA 
HEMATÓCRITO = volume de eritrócitos no volume total do sangue 
40 – 50% homem 
35 – 45% mulher 
35% criança até 10 anos 
45 – 60% recém-nascido 
 
Anemias, gravidez, muito 
líquido 
Diminuição O2 
Desidratação-diarréia,vômito, 
queimadura