A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
281 pág.
Manual de Petições

Pré-visualização | Página 19 de 50

(nacionalidade), (estado
civil), (profissão), residente e domiciliado na rua ............................, na cidade de
.........................., portador da Identidade nº ............................. e do CPF nº
....................................., por seu advogado firma-tário, vem, mui respeitosamente, perante
v. Excia., dizer que é esta para promover a
AÇÃO DE DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO
cumulada com cobrança de aluguéis e encargos em atraso, com fulcro no art. 9º, inciso III
e na forma do art. 62 e seguintes da Lei 8.245/91, contra ..................................,
(nacionalidade), (estado civil), (profissão), residente e domiciliado na rua
............................................., na cidade de .................................., portador da Identidade
nº ............................. e do CPF nº .............................., pelos motivos fáticos e de direito a
seguir expostos.
Que a Autora é proprietária do apto ......... situado na rua
............................................., nesta cidade, tendo-o locado ao Suplicado, por contrato escrito,
pelo prazo de trinta meses, iniciando-se o mesmo na data de .................... e vencendo-se
em ....................... .
Que na época, foi ajustado o aluguel correspondente a R$ ................
(valor por extenso), com vencimento todo dia 10 de cada mês, sendo hoje o aluguel de R$
................. ( valor por extenso).
79
Que o locatário, ora Requerido, encontra-se inadimplente, não
pagando o referido aluguel, desde o mês de março, do corrente ano, como se comprova
com os re-cibos em anexo, sendo que em cumprimento ao determinado na legislação em
vigor, a Requerente apresenta abaixo, a planilha de correção dos valo-res e encargos em
atraso:
(fazer a planilha de cálculo dos aluguéis e encargos em atraso e correções)
Que foram envidados todos os esforços, por parte da Requerente, no sentido
de receber de forma amigável o que lhe é de direito, mas nada conseguindo. Assim, não
restou outra alternativa, a não ser a de ajuizar a presente ação de despejo, por falta de
pagamento, cumulada com a cobrança dos aluguéis em atraso.
Em se tratando de locação residencial, verifica-se, pelo contrato em
anexo, que todas as exigências legais foram atendidas, pela Locadora, ora Requerente,
que locou seu imóvel por trinta meses, sendo que, a partir de março do corrente ano, o
Locatário, ora Requerido, deixou de honrar seu compromisso, ou seja, deixou de pagar os
aluguéis ajustados, ficando assim inadimplente, perfazendo seu montante, até a presente
data, em R$ .................... ( valor por extenso).
Como, amigavelmente, a Locadora nada conseguiu, estando a locação
atrasada por cinco meses, busca, a mesma, amparo no art. 9º, inciso III da Lei 8.245/91,
que assim preconiza:
“A locação também poderá ser desfeita:
..............................................................................................
III - em decorrência de falta de pagamento do aluguel e demais encargos;”
Não resta dúvida, pois, que a Requerente tem o mais lídimo direito de
re-querer a rescisão do contrato em questão, tanto por força de lei, como contratual, como
se depreende da cláusula ...... do referido contrato de locação.
Mediante ao exposto, a Requerente, com o devido acato, vem, perante
este ínclito Juízo, com fundamento nos retro mencionados dispositivos, requerer:
a) a citação do Requerido, para, querendo, no prazo legal, responder aos termos da
presente, sob pena de revelia;
b) os benefícios do art. 172, § 2º do CPC, para efeitos da citação;
c) a procedência do presente pedido, com a conseqüente rescisão da locação e decretação
do despejo por falta de pagamento e a condena-ção do Requerido ao pagamento das custas
e verba honorária, na razão de 20% do valor da causa, devidamente corrigido;
d) seja o Requerido condenado a pagar o montante de R$ ................. (valor por extenso) em
atraso, com suas correções conforme estabelecido na planilha que faz parte inte-grante desta.
80
Protesta a Requerente, por todos os meios de prova admissíveis no
di-reito, em especial pelo depoimento pessoal do Requerido, sob pena de confissão,
requerendo desde já sua intimação, protestando ainda pela juntada dos inclusos
documentos.
D.R.A. esta, dá à causa o valor de R$ .............. .
Termos em que
Pede e espera deferimento.
(Local e data)
(Nome do advogado)
 (Número da OAB)
81
Divórcio direto
Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da ...... Vara da Comarca de (cidade) - (UF)
 (deixar aproximadamente, 20 linhas em branco)
(NOME DA AUTORA), (nacionalidade), (estado civil), (profissão) e domiciliada
nesta cidade, na rua ..............., portadora do CPF nº ................. e da Identidade nº
...................., vem, mui respeitosamente, por seu advogado e bastante procurador, dizer
que é esta para promover
AÇÃO DE DIVÓRCIO DIRETO
de procedimento ordinário, em face de (NOME DO RÉU), (nacionalidade), (estado civil),
(profissão), portador do CPF nº ............................ e da Identidade nº ...................., residente
e domiciliado nesta cidade, na rua ..............., com fundamento no art. 40 da Lei 6.515/77 e
no art. 226 § 6º da CF e na forma do art. 282 e seguintes do CPC, pelos motivos fáticos e
de direito a seguir expostos.
DOS FATOS
1 - Que a Requerente e o Requerido contraíram matrimônio na data de .............., sob o
regime de comunhão universal de bens, conforme comprova com a certidão de casamento
em anexo.
2 - Que a vida em comum tornou-se insuportável, devido aos maus tratos que o Requerido
infringia à Suplicante, que não suportando mais tal situação, procurou a delegacia de polícia
por duas vezes nas datas de ............... e ................., para registrar tais ocorrências.
3 - Que devido aos maus tratos recebidos por seu marido, a Requerente deixou o lar após
o registro das ocorrências retro mencionadas, conforme comprova com o Boletim de
82
Ocorrência nº ..........., na data de ............. estando pois, separada de fato, há mais de 2
anos, o que faz prova com o BO anexo.
4 - Que na data de ............, na presença de testemunhas, conforme devidamente comprovado
pelo Boletim nº ................ retirou os móveis e utensílios relacionados no verso deste mesmo
Boletim.
5 - Que o casal possui os seguintes bens: casa de morada, situada na rua ..................., no
município de ................., com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e varanda, registrada
no 8º Ofício da Comarca de ..............., no livro 3-DK, sob o nº ..........; apto. nº 101, bloco A,
do Edifício situado no conjunto ............................., conforme comprova com a cédula de
hipoteca anexa, sendo certo já estar devidamente quitado, conforme termo de liberação da
mesma; apto. 103, da rua ......................., em ................., ainda financiado pela CEF, cujo
contrato será juntado posteriormente, por se encontrar em poder da Instituição Financeira;
veículo VW/Voyage LS, ano ............, cor ............, placa ............., chassis nº
...................................., que se encontra em nome do Requerido e em sua posse.
6 - Que a Autora, reside nesta Comarca, desde ..............., conforme comprova com os
recibos de locação em anexo, sendo certo ser este, o fórum competente para a propositura
da presente ação.
7 - Que o apartamento da cidade de .................., financiado é pago regularmente pela
Requerente, o que comprovará, por ocasião da instrução, com o contrato de financiamento
e comprovantes de pagamentos.
8 - Que o Requerido reside no imóvel do casal em ................, às custas da Requerente,
sendo certo que jamais fez algo no sentido de auxiliar a Autora, quanto aos pagamentos do
imóvel financiado, supra mencionado, vivendo no melhor dos imóveis apossando-se
injustamente do mesmo.
9 - Que a ruptura da vida em

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.