A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
281 pág.
Manual de Petições

Pré-visualização | Página 6 de 50

até o dia 05 de cada mês, no
escritório do LOCADOR, na rua ........................................, nesta cidade ou em lugar por
23
este indicado.
4 - Os consumos de água, luz e todos que incidam ou venham a incidir sobre
o imóvel, bem como o seguro contra fogo, imposto predial e outros decorrentes de lei, bem
como suas majorações, ficam a cargo da LOCATÁRIA. Os encargos mencionados deverão
ser pagos nos seus vencimentos, pela LOCATÁRIA e apresentados ao LOCADOR, se assim
solicitado e o não pagamento dos mesmos ou de qualquer aluguel, na época devida,
acarretará a rescisão deste instrumento, ficando a LOCATÁRIA sujeita ao disposto no art.
9º, II e III da Lei 8.245/91. Fica ressalvado que as taxas de condomínio serão pagas ao
LOCADOR, por ocasião do pagamento dos alugueres.
5 - O aluguel será reajustado anualmente pelo IGPM, ou na falta deste, por
qualquer outro índice oficial divulgado pelo Governo Federal, ficando estabelecido que o
mesmo não pago até a data de seu vencimento sujeitará a LOCATÁRIA à multa de 10%
(dez por cento).
6 - A LOCATÁRIA se obriga por todas as obras, salvo as que impliquem na
segurança do imóvel, devendo zelar pelo mesmo, trazendo-o em perfeitas condições de
uso e conservação, obrigando-se a restituí-lo nestas condições, quando findo ou rescindido
este contrato, sem direito a retenção ou indenização por qualquer benfeitoria, quer seja
necessária ou útil, mesmo que autorizada pelo LOCADOR ou seu procurador, a qual ficará
desde logo incorporada ao imóvel.
7 - Nenhuma intimação do serviço público e sanitário será motivo para a
LOCATÁRIA abandonar o imóvel ou pedir rescisão deste instrumento, salvo procedendo-se
a vistoria judicial que apure estar a construção ameaçada.
8 - Não é permitida a transferência deste contrato, nem a sub-locação, cessão
ou empréstimo, total ou parcial do imóvel, ainda que gratuitamente e, desde já a LOCATÁRIA
se compromete a permitir ao LOCADOR, examinar ou vistoriar o imóvel, quando este achar
conveniente.
9 - Fica estabelecida a MULTA EQUIVALENTE A 3 (TRÊS) MESES DO
ALUGUEL VIGENTE, na qual incorrerá a parte que infringir qualquer das cláusulas deste
contrato, ficando a parte inocente com a faculdade de considerar rescindida a locação,
independente de qualquer formalidade judicial ou extrajudicial.
10 - Assinam, também, como FIADORES, ......., brasileiro, casado, ..., portador
da Identidade nº .... e do CPF nº ...., e sua mulher .....,....., ....., ambos residentes e domiciliados
nesta cidade na rua ...., solidários com a LOCATÁRIA, em todas as obrigações deste contrato,
cujas responsabilidades perdurarão até a entrega e devolução real e objetiva das chaves
do imóvel locado, mesmo que ultrapasse o prazo contratual e haja reajustamento dos
alugueis, renunciando, desde já, todo e qualquer benefício de ordem previsto em lei.
11 - Fica estabelecido que no caso de divergências entre as partes, havendo
a necessidade de ajuizamento de qualquer ação, cujo objeto seja a locação, os contratantes
concordam desde já, que, tanto a notificação premonitória, quanto a citação na ação principal,
sejam feitas através de carta registrada, com aviso de recebimento (AR), para fins de direito,
24
obrigando-se a parte vencida ao pagamento dos honorários advocatícios, devidos à
sucumbência, na razão de 20% (vinte por cento) do correspondente a 12 (doze) meses do
aluguel vigente.
12 - Fica eleito o Foro da Comarca de ..................., para dirimir quaisquer
dúvidas oriundas deste contrato, renunciando as partes a qualquer outro por mais privilegiado
que seja.
E, por estarem, assim, justos e contratados, firmam o presente contrato em
duas vias, de igual teor e forma para um só efeito, na presença das testemunhas abaixo
assinadas, que a tudo assistem.
Local e Data
Locador Locatária
Fiador e Fiadora
TESTEMUNHAS:
Nome:
Endereço:
Nome:
Endereço:
25
Declarações em geral
Autorização dos pais para menor viajar para o estrangeiro
AUTORIZAÇÃO
..................................... e sua mulher ............................., ambos brasileiros,
casados, residentes e domiciliados nesta cidade, na rua .............................................., ele
(profissão), portador do CPF nº ............... e da Identidade nº ................, ela (profissão),
portadora do CPF nº ....................... e da Identidade nº ......................, declaram para fins
de direito, que autorizam seu filho menor de ...... anos de idade, (Nome do menor), a
viajar para o exterior, desacompanhado, no período de ............. a .................., para (país),
mais especificamente para as cidades de ...................., tudo nos termos do art. 84 do
Estatuto da Criança e do Adolescente.
E, para que produza seus jurídicos e legais efeitos, firmam a presente
autorização nesta data.
(Local e data)
(Assinatura dos pais)
Observação:
 -Reconhecer a firma dos pais.
 -em caso de o menor viajar com determinada pessoa, indicar nome, endereço e
qualificação completa.
26
Declaração de pobreza
DECLARAÇÃO DE POBREZA
(NOME DA DECLARANTE), brasileira, solteira, balconista, residente e
domiciliada nesta cidade, na rua ...................................., portadora do CPF nº .......................
e da Identidade nº .........................., declara, nos termos do Parágrafo Único do art. 2º da
Lei 1060/50, que sendo pobre, percebe apenas dois salários mínimos, não podendo arcar
com as custas e demais despesas processuais e honorários advocatícios, sem prejuízo de
seu sustento.
E, por ser verdade, firma a presente nesta data, para que produza seus
jurídicos e legais efeitos.
Local e data
 Assinatura da declarante
Notificação para denúncia de locação
Prezada Sra.
................................................
Av. .........................................
(Cidade)
Assunto: NOTIFICAÇÃO
(NOME DO NOTIFICANTE), representado por seu advogado firmatário, vem,
nos termos do art. 46 § 2º, da Lei 8.245/91, NOTIFICAR V.Sa., que a partir desta data,
fica denunciada a locação do imóvel, situado na Av. .........................................., locação
esta firmada através de contrato de 06.09.94, que vigora por prazo indeterminado.
27
Assim, é esta para informar a V.Sa. de que não mais interessando ao locador
a continuidade da locação, fica V. Sa. notificada, para desocupar o retro mencionado imóvel,
da qual é locadora, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, após o qual, será exercido o direito
de ação por denúncia vazia.
Solicita-se o comparecimento de V.Sa. a este escritório de advocacia, no prazo
acima mencionado, para formalização da rescisão do referido contrato de locação.
Na certeza de sua proverbial atenção, subscreve-se
Atenciosamente
(Local e data)
(Nome do advogado)
 (Número da OAB)
28
Termo de Caução fidejussória
TERMO DE CAUÇÃO FIDEJUSSÓRIA
........................................, (nacionalidade), (estado civil), (profissão),
portador do CPF nº ........................, residente e domiciliado nesta cidade, na rua ......................
e vem, pessoalmente, perante este ínclito Juízo da Comarca de ............................, prestar
caução fidejussória, nos termos do art. 804 do CPC, face a Ação Cautelar Inominada,
que promovem contra ..................................., nos autos do presente processo, afiançando
e garantindo o pagamento de quantia correspondente até o valor de R$ .................... (valor
por extenso), para o devido ressarcimento ao réu, caso este venha a sofrer quaisquer
danos, face a medida requerida de busca e apreensão.
Declara ainda que concorda, desde já, com a devida correção
monetária, por ocasião do trânsito em julgado do presente processo, caso venha a ser parte
vencida e efetivamente o Requerido tenha sofrido quaisquer danos em seu patrimônio.
E, por ser