A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
113 pág.
08-Unidade-2-4-Contribuicoes-Especiais-ou-Parafiscais2

Pré-visualização | Página 4 de 5

Instituída pela Lei nº 10.168 de 29/12/2000, tem por fim atender o Programa de Estímulo à Interação Universidade-Empresa para o Apoio à Inovação, com o fito de fomentar o desenvolvimento tecnológico brasileiro, mediante o incentivo da pesquisa.
*
b) CIDE – Royalties
A alíquota é de 10%, e os sujeitos passivos serão as seguintes pessoas jurídicas:
Detentora de licença de uso ou adquirente de conhecimentos tecnológicos;
A signatária de contratos;
Que impliquem transferência de tecnologia firmados com residentes ou domiciliados no exterior; ou
Que tenham por objeto serviços técnicos e de assistência administrativa a serem prestados por residentes ou domiciliados no exterior; e
A que pagar, creditar, entregar, empregar ou remeter royalties, a qualquer título, a beneficiários residentes ou domiciliados no exterior, pelos contratos de transferência mencionados.
*
*
*
Contirbuições
Especiais (ou
Parafiscais)
De Intervenção
No Domínio
Econômico
De Interesse 
das Categoriais
 Profissionais
 ou Econômicas
Sociais
De
 competência
dos Municípios
e do DF
INSS, 
PIS/PASEP, 
CPMF, COFINS
CIDE
CREA, OAB, 
CRC, CRM
De 
competência
EXCLUSIVA
Da União
*
CONTRIBUIÇÕES DE INTERESSE DE CATEGORIAS PROFISSIONAIS E ECONÔMICAS
São contribuições compulsórias criadas pela União e destinadas a sindicatos, conselhos como CREA, CRM, CRO, organizações como OAB, e ainda aquelas cobradas em prol de entidades privadas vinculadas ao sistema sindical como SENAI, SENAC, SESI, SESC, SENAR e outras.
 
*
Para efeitos didáticos vamos dividi-las em dois
grupos:
contribuições sindicais e
contribuições destinadas a entidades privadas ligadas ao sistema sindical.
*
a) Contribuições Sindicais
Dentro desse grupo estão todas aquelas cobradas em prol de entidades sindicais ou representativas de categorias profissionais ou econômicas como o CREA, CRM, CRO, OAB, FIEMG, FCOMÉRCIO e outras.
*
Questão: as anuidades da OAB são contribuições corporativas? 
A ADIN do STF 3.026/DF firmou o entendimento de que a anuidade da OAB não tem feição tributária, pois a OAB não é uma autarquia comum (nem mesmo de regime especial), e não apresenta qualquer relação com órgão público; e não se confunde com os demais conselhos de fiscalização.
A OAB é um serviço público independente, categoria ímpar no elenco das personalidades jurídicas existentes no direito brasileiro. Possui finalidade institucional. É uma “autarquia sui generis”.
A OAB ocupa-se de atividades atinentes aos advogados, que exercem função constitucionalmente privilegiada, na medida em que são indispensáveis à administração da justiça ( art. 133, CF/88)
*
b) Contribuições destinadas a entidades privadas ligadas ao sistema sindical.
O art. 240 da CF/88 separa nitidamente as contribuições destinadas a entidades privadas ligadas ao sistema sindical daquelas classificadas como sociais, previstas no art. 195 da CF/88.
*
	Art. 240. Ficam ressalvadas do disposto no art. 195 as atuais contribuições compulsórias dos empregadores sobre a folha de salários, destinadas às entidades privadas de serviço social e de formação profissional vinculadas ao sistema sindical.
*
Como exemplo temos: contribuições criadas pela União e destinadas a entidades como SENAI, SENAC, SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), SESI, SESC, INCRA, SEBRAE, SENAT (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) e outras.
*
Contirbuições
Especiais (ou
Parafiscais)
De Intervenção
No Domínio
Econômico
De Interesse 
das Categoriais
 Profissionais
 ou Econômicas
Sociais
De
 competência
dos Municípios
e do DF
INSS, 
PIS/PASEP, 
CPMF, COFINS
CIDE
CREA, OAB, 
CRC, CRM
De Iluminação
Pública
De 
competência
EXCLUSIVA
Da União
*
Art. 149-A Os Municípios e o Distrito Federal poderão instituir contribuição, na forma das respectivas leis, para o custeio do serviço de iluminação pública, observado o disposto no art. 150, I e III. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 39, de 2002)
        Parágrafo único. É facultada a cobrança da contribuição a que se refere o caput, na fatura de consumo de energia elétrica. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 39, de 2002)
*
*
*
e.....
Para encerrar
*
Um professor, durante a sua aula de filosofia sem dizer uma palavra, pega um frasco de maionese e esvazia-o...tirou a maionese e encheu-o com bolas de golf. 
A seguir perguntou aos alunos se o Frasco estava cheio. Os estudantes responderam sim.
Então o professor pega uma caixa cheia de pedrinhas e coloca-as no frasco de maionese. As pedrinhas encheram os espaços vazios entre as bolas de golf.
*
O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a dizer que sim.
Então...o professor pegou noutra caixa...uma caixa cheia de areia e esvaziou-a para dentro do frasco de maionese. 
Claro que a areia encheu todos os espaços vazios e uma vez mais o pofessor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam em unânime  "Sim !".
*
	Em seguida o professor acrescentou 2 xícaras de café ao frasco e claro que o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes nesta ocasião começaram a rir...mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes:
*
 
 'QUERO QUE SE DÊEM CONTA QUE ESTE FRASCO REPRESENTA A VIDA'.
As bolas de golf são as coisas Importantes:
como a FAMÍLIA, a SAÚDE, os AMIGOS, tudo o que você AMA DE VERDADE.
São coisas, que mesmo que se perdêssemos todo o resto, nossas vidas continuariam cheias.
As pedrinhas são as outras coisas
que importam como: o trabalho, a casa, o carro etc. 
*
 
 
A areia é tudo o demais, as pequenas coisas. 
  
'Se puséssemos  1º a areia no frasco, não haveria espaço para as pedrinhas nem para as bolas de golf.  
O mesmo acontece com a vida'. 
  
Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes. 
  
Preste atenção às coisas que são cruciais para a sua Felicidade. 
  
*
  
Brinque ensinando  os seus filhos, 
Arranje tempo para ir ao médico, 
Namore e vá com a sua/seu namorado(a)/marido/mulher jantar fora, 
Dedique algumas horas para uma boa conversa e diversão com seus amigos 
Pratique o seu esporte ou hobbie favorito. 
*
 
 
  
  
Haverá sempre tempo para trabalhar, limpar a casa, arrumar o carro...  
Ocupe-se sempre das bolas de golf 1º, que representam as coisas que realmente importam na sua vida. 
  
  
Estabeleça suas prioridades, o resto é só areia... 
  
  
*
 
 
  
 
Porém, um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representaria, então, o café. 
 O professor sorriu e disse: 
  
*
 
 
"...o café é só para demonstrar, que não importa o quanto a nossa vida esteja ocupada, sempre haverá espaço para um café com um amigo." 
*
Bom descanso 
 para vocês…
*
ANEXOS
*
Art. 146, III – CF/88
Art. 146. Cabe à lei complementar: 
        I - ................
        II - ...............
        III - estabelecer normas gerais em matéria de legislação tributária, especialmente sobre:
        
	a) definição de tributos e de suas espécies, bem como, em relação aos impostos discriminados nesta Constituição, a dos respectivos fatos geradores, bases de cálculo e contribuintes; 
        b) obrigação, lançamento, crédito, prescrição e decadência tributários;
        c) adequado tratamento tributário ao ato cooperativo praticado pelas sociedades cooperativas.     
*
Art. 146, III – CF/88
Art. 146. Cabe à lei complementar: 
       
        d) definição de tratamento diferenciado e favorecido para as microempresas e para as empresas de pequeno porte, inclusive regimes especiais ou simplificados no caso do imposto previsto no art. 155, II, das contribuições previstas no art. 195, I e §§ 12 e 13, e da