DISCIPLINA CORROSAO ( 7 ) 2010

DISCIPLINA CORROSAO ( 7 ) 2010


DisciplinaCorrosão921 materiais1.917 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
*
TIPOS DE CORROSÃO 
E
EXEMPLOS DIVERSOS
DE 
ANÁLISES
E 
TRATAMENTOS
DE 
CORROSÃO
*
*
*
Flandes de alumínio em área industrial com corrosão por esfoliação. A causa é corrosão em fresta e esfoliação. Substituir o flande e vedar as frestas.
*
*
*
Tubo de ferro fundido cinzento onde circula água potável, com pH = 6,8 a 7,5 e teor de cloreto = 5 a 10 ppm
*
*
*
Circulação de água observou-se tubérculos de óxido de ferro. Corrosão grafítica pelo resíduo preto e macio.
2Fe + n H2O + ½ O2 = Fe2O. n. H2O. Usar cimento ou ferro fundido dúctil ou nodular e revestimento
Taxa de corrosão uniforme < 0,1 mm/ano ou < 5mpy
= resistentes à corrosão.
Entre 0,1 mm/ano e 1,1 mm/ano = corrosão tolerável
Acima de 1,1 mm/ano = corrosão grave
*
*
*
Tubulação enterrada para fluido de água industrial de aço carbono perfurada e em contato com malha de aterramento.
*
*
*
Corrosão galvânica onde o aço é o anodo da pilha. Solução= evitar contato com aterramentos e se for necessário, usar materiais mais anódicos que o aço = Al; Zn.
*
*
*
Casco de embarcação e ligas de Alumínio/magnésio com perfurações do casco com coloração vermelho, sob tubulação de latão com gotejamento de esgoto sanitário e produto de corrosão de cor azulada.
*
*
*
Produto de corrosão de cor azulada = sulfato de cobre e o resíduo nas proximidades do casco = presença de cobre.
Causa = corrosão galvânica do tudo de latão produz sulfato de cobre, solúvel em água e quando cai sobre o casco, produz corrosão da liga de Alumínio.
*
*
*
3CuSO4 + 2Al ® Al2(SO4)3 + 3Cu = corrosão do Alumínio e presença de cobre nas proximidades do casco, que forma par galvânico com a liga de Alumínio (anodo) e o cobre( catodo). Solução é usar tubos de Al em vez de latão.