simulado FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA (1)
12 pág.

simulado FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA (1)


DisciplinaFisioterapia Respiratória6.057 materiais59.929 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Parte superior do formulário
	Processando, aguarde ...
		
		
	
	  FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA
	
	
	 1a Questão (Ref.: 201203017120)
	4a sem.: Fisiologia respiratória
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	O controle central da respiração é realizado pelo (a): 
		
	
	ponte/bulbo 
	
	centro apnéico na ponte, exclusivamente
	
	centro apnéico no bulbo, exclusivamente 
	
	gânglios basais
	
	centro pneumotáxico, exclusivamente 
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201203017123)
	4a sem.: Ausculta pulmonar
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	A ausculta torácica é uma técnica diagnóstica muito antiga. Hipócrates já recomendava colocar o ouvido em contato com a superfície do tórax de seus pacientes para a percepção dos sons ¿provenientes do meio interno¿. Leia as afirmativas abaixo: I. Os sons pulmonares são resultados das vibrações pulmonares e das respectivas vias aéreas transmitidas à parede torácica. II. Os sons pulmonares normais podem ser divididos em sons bronquiais (traqueobronquiais) ou vesiculares. III. A compreensão dos ruídos pulmonares anormais pelos profissionais da área de saúde é de extrema importância pelo seu íntimo e freqüente contato na prática diária. IV. Os acometimentos patológicos do pulmão afetam diretamente a transmissão dos sons pulmonares das vias aéreas à superfície torácica. Então: 
		
	
	Somente a III e a IV estão corretas. 
	
	Somente a II e a IV estão corretas. 
	
	Somente a I está correta. 
	
	Todas as afirmativas estão corretas. 
	
	Somente as afirmativas I e III estão corretas. 
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201203017161)
	3a sem.: Ausculta pulmonar
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	A compreensão dos ruídos pulmonares anormais pelos profissionais da área de saúde é de extrema importância pelo seu íntimo e freqüente contato na prática diária. Com o método barato e seguro da ausculta, pode-se deduzir o que está acontecendo com as estruturas pulmonares e guiar uma abordagem mais proveitosa e funcional com menores riscos ao paciente. Leia as afirmativas abaixo: I. Em situações clínicas onde ocorre presença de sibilos, como na asma, a redução da luz da via aérea associada à diminuição de elastância que acompanha o edema, permitem que alguns pacientes possam até apresentar sibilos audíveis à distância. II. As crepitações, ou estertores, popularmente, são reproduzidas de uma forma didática como o som resultante do roçar de fios de cabelo, e com o processo do envelhecimento e com a perda do recolhimento elástico, as crepitações tendem a aumentar. III. Os sibilos são sons contínuos, de diapasão baixo, com freqüência de 200Hz ou menos, audíveis na inspiração e na expiração produzido normalmente pelo estreitamento da via aérea com secreção. Estão corretas as afirmativas: 
		
	
	I e II, somente. 
	
	Somente a II. 
	
	Todas estão corretas. 
	
	II e III, somente. 
	
	I e III, somente. 
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201202551041)
	3a sem.: Avaliação
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A capacidade residual funcional (CRF) é a soma dos seguintes volumes:
		
	
	VRE + VR
	
	VRE + VC
	
	VRI + VE
	
	VRI + VRE
	
	NENHUMA DAS ANTERIORES
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201202549594)
	5a sem.: AVALIAÇÃO RESPIRATÓRIA
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Em todos os níveis de pressão arterial consideramos o paciente hipertenso quando essas medidas são encontradas mais de uma vez, exceto:
		
	
	200x110mmg
	
	150x89mmHg
	
	Todas estão corretas.
	
	139x 89mmHg
	
	140x90mmhg
		
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201202548858)
	2a sem.: Avaliação fisioterápica
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	O padrão respiratório fornece informações sobre o tipo e a gravidade da doença respiratória.
Relacione os padrões e características. 1. Apneia; 2. Kussmaul; 3. Cheyne-Stokes; 4. Ataxica; 5. Apneustica.
( ) Prolongada.
( ) Rápida e profunda, com ventilação minuto alta. 
( ) Ausência de respiração.
( ) Inadequadas, incoordenadas e superficiais.
( ) Irregular, ciclos profundos que progressivamente se tornam superficiais.
		
	
	4, 5, 2, 3 e 1. 
	
	3, 4, 1, 2 e 5. 
	
	2, 3, 1, 5 e 4. 
	
	5, 2, 1, 4 e 3. 
		
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201203017157)
	4a sem.: Ausculta pulmonar
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	Os sons pulmonares anormais, ou ruídos adventícios, podem ser classificados em sibilos, crepitações e roncos ou, também, podem ser classificados pelo seu caráter contínuo e descontínuo. Os sibilos: 
		
	
	são sons descontínuos, apresentada de forma curta e explosiva, usualmente associada com desordens cardiopulmonares. 
	
	são resultado da passagem do ar através da laringe. 
	
	são gerados, durante a inspiração, pela abertura súbita de pequenas vias aéreas até então fechadas e, na expiração, pelo fechamento das mesmas. 
	
	são sons contínuos, de diapasão baixo, com freqüência de 200 Hz ou menos, audíveis na inspiração e na expiração produzido normalmente pelo estreitamento da via aérea com secreção. 
	
	são ruídos adventícios musicais de diapasão alto parecidos com "assobios", também chamados de contínuos pela sua duração maior e comumente encontrado na fase expiratória. 
		
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201202550963)
	2a sem.: semiologia respiratória
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	São considerados tipos de padrões respiratórios, EXCETO:
		
	
	cheyne stokes
	
	apnêustico
	
	biot
	
	padrão torácico
	
	kusmaul
		
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201202545870)
	6a sem.: sinais clínicos
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	Avalie as alternativas e assinale a seguir: I. Um paciente com derrame pleural terá frêmito tóraco vocal aumentado. II. A fadiga do diafragma pode causar padrão paradoxal de respiração e o paciente pode evoluir para suporte ventilatório mecânico. III.A presença de pneumotórax pode produzir hiperressonância durante a percussão torácica. IV. A presença de roncos durante a ausculta pulmonar pode indicar broncoespasmo das vias aéreas. Então: 
		
	
	III e IV são verdadeiras 
	
	II, III e IV são verdadeiras 
	
	Todas as afirmativas são verdadeiras 
	
	I e II são verdadeiras 
	
	II e III são verdadeiras 
		
	
	
	 10a Questão (Ref.: 201202582279)
	4a sem.: DISPNÉIA
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A dispnéia tem como origem 
		
	
	hiperventilação, hipóxia e taquipnéia. 
	
	hiper-hidratação, má oclusão e hipóxia
	
	má perfusão, má ventilação e má difusão. 
	
	hipóxia, hiper-hidrose e cianose. 
	
	taquipnéia, cianose e hipocapnéia. 
	
1- Assinale a alternativa correta, que corresponde ao valor do Índice de Respiração Rápida e Superficial (IRRS), favorável ao desmame de um paciente com os seguintes parâmetros: volume minuto de 10 litros e frequência respiratória 25 ipm.
A) IRRS: 62
B) IRRS: 40
C) IRRS: 78
D) IRRS: 54
E) IRRS: 38
2- Um paciente de 70 anos deu entrada na emergência de um hospital e sua avaliação gasométrica revelou o seguinte resultado: pH 7.22; PCO² 62 mmHg; HCO³ 32 mEq/L; PaO² 57 mmHg. Assinale a afirmativa correta que elucida essa gasometria.
A) Acidose metabólica com hipoxemia.
B) Insuficiência ventilatória crônica com hipoxemia.
C) Hiperventilação alveolar aguda com hipoxemia.
D) Insuficiência ventilatória aguda com hipoxemia.
E) Alcalose respiratória sem hipoxemia.
3- São considerados critérios de exclusão para aplicação da VPPNI em pacientes com insuficiência respiratória aguda, EXCETO:
A) instabilidade hemodinâmica ou cardíaca.
B) traumas e queimaduras faciais.
C) pacientes hipersecretivos com risco de broncoaspiração.
D) diminuição persistente do nível de consciência.
E) hipoxemia, cianose e hipercapnia grave.
4- Um paciente partindo do volume de reserva expiratório conseguiu inspirar as três