empreendedorismo rural
19 pág.

empreendedorismo rural


DisciplinaAdministração Rural e Empreendedorismo6 materiais111 seguidores
Pré-visualização9 páginas
GESTÃO ECONÔMICA DAS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS: CUSTO DE
PRODUÇÃO, ANÁLISES DE SENSIBILIDADE E DE INVESTIMENTO
EDNALDO MICHELLON (1) ; ANTÔNIO SACOMAN (2) .
1.UEM, MARINGÁ, PR, BRASIL; 2.ENG. AGRÔNOMO COCAMAR, MARINGÁ, PR,
BRASIL.
emichellon@uem.br
APRESENTAÇÃO ORAL
ADMINISTRAÇÃO RURAL E GESTÃO DO AGRONEGÓCIO
GESTÃO ECONÔMICA DAS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS
CUSTO DE PRODUÇÃO, ANÁLISES DE SENSIBILIDADE E DE INVESTIMENTO.
Resumo
Este trabalho tem por objetivo apresentar metodologias de gestão econômica e financeira das
principais atividades agrosilvopastorís e analisar os resultados comparativos para 16 sistemas
de produção do Noroeste do Paraná, Brasil. Calcularam-se os 16 custos de produção, e esta
pesquisa mostrou, a preços de janeiro de 2006, segundo análise de sensibilidade, que a melhor
margem operacional provável é dada pela cultura do eucalipto, seguida pela cana de açúcar,
seringueira, bovinocultura de corte em sistema integrado com agricultura, milho de 1ª safra,
soja, bovinocultura de corte de média tecnologia, trigo, milho de 2ª safra, mandioca, algodão,
canola, girassol, bovinocultura de corte de baixa tecnologia, laranja e café. Na análise de
investimentos também se destaca o eucalipto como uma das melhores opções.
Palavras-chaves: Gestão das Atividades Agropecuárias, Custo de Produção, Análises de
Sensibilidade e de Investimento.
Abstract
This paper has objective to present methodologies of financial and economy administration of
main crop, animal and marginal forestry activities, and to analyze the comparative results of
16 production rural system in Northwest, Paraná state of Brazil. It was calculated 16
production costs, and this research shows that, at prices of January, 2006, under sensibility
analyze, that probability better operation margin is eucalyptus crop, following by sugar cane,
rubber tree, cattle of meat in integrate agriculture system, corn of first production, soybean,
cattle of meat with middle technology, wheat, corn of second production, cassava, cotton,
canola, girasol, cattle of meat with low technology, citrus, and coffee. In investments analyze
the better option it was eucalyptus.
Key-words: Rural administration, production costs, Analyze of sensibility and of investments.
GESTÃO ECONÔMICA DAS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS:
CUSTO DE PRODUÇÃO, ANÁLISES DE SENSIBILIDADE E DE INVESTIMENTO.
1. INTRODUÇÃO
Diante de toda tecnologia disponibilizada pela ciência, alimentos sobram no mundo,
mas populações inteiras ainda vivem na miséria alimentar, pois não dispõe de recursos
financeiros suficiente, nem ao menos para alimentação adequada. Para os países ricos, a
produção de alimentos altamente subsidiada é questão estratégica e não negócio. Para os
países pobres, a agropecuária, ou melhor, o agronegócio é adjetivado pelo próprio nome:
negócio.
Justamente onde a produção de alimentos é tratada em sua substância como negócio
também é onde existem os maiores desperdícios contribuindo decisivamente para o aumento
do custo de produção. Os desperdícios dizem respeito às baixas produtividades e perdas
posteriores à colheita do produto agropecuário final. Este cenário é identificado como sendo
função de:
1. Gerenciamento ineficiente dos processos de produção;
2. Dificuldade intelectual para absorção e aplicação de novos conhecimentos
disponibilizados pela ciência;
3. Dificuldade para obtenção de assistência técnica de qualidade;
E como conseqüência observa-se:
1. Maquinários não dimensionados às atividades da propriedade;
2. Uso inadequado dos maquinários;
3. Desperdícios e uso inadequados de insumos: sementes, agroquímicos, fertilizantes,
etc.;
4. Perdas na colheita e transporte;
5. Compra de insumos e comercialização de produtos de modo ineficaz.
6. Contribui, ainda, para aumento do custo de produção, externamente, uma
infraestrutura pública de transporte ruim e por conseqüência cara e ineficiente.
Em fim, um detalhe, talvez o mais importante, foi esquecido neste processo
evolucionário e revolucionário: o ser humano. Comparada com a mão de obra urbana de
serviços e industrial, ela é a mais inculta, despreparada e desqualificada. É desproporcional o
_________________________________________________________________________________________
2
custo da tecnologia e a capacitação dos operadores na agropecuária em geral, e na brasileira
em particular. 
Diante de toda esta adversidade intelectual, técnica, econômica, ambiental, social e
burocrática, é fundamental se ter ferramentas de análise econômico-financeira que podem
ajudar na tomada decisão e gerenciamento baseados em diagnósticos matemáticos aditivos a
um adequado planejamento das atividades agrosilvopastorís, sugerindo um caminho mais
seguro.
Por isso, o objetivo geral deste trabalho é analisar e apresentar metodologias de gestão
econômica e financeira das atividades agropecuárias. E, como objetivos específicos busca-se
o embasamento teórico e aplicabilidade de análises indicadoras de economia financeira; a
criação de aplicativo baseado em excel propiciando uso simplificado amigável; calcular o
custo de produção das principais atividades agrosilvopastorís da região Noroeste do Estado do
Paraná; fazer a análise de sensibilidade por fase do empreendimento; e, a análise de
investimentos.
Neste modelo é possível antever os melhores resultados mediante comparação
analítica diante de análise de possíveis cenários e dos investimentos a serem feitos. O
comparativo das alternativas e resultados prováveis permitem escolher e associar no
planejamento das atividades agropecuárias àquelas que podem oferecer os melhores
resultados econômicos.
A metodologia, para alcançar os objetivos, constou das estimativas de custos de
produção, análises de sensibilidade e de investimento para as seguintes atividades produtivas
rurais, consideradas de cunho empresarial: Soja, Milho 1ª safra, Algodão, Milho 2ª safra,
Trigo, Canola, Girassol, Mandioca industrial (2 ciclos), Café, Cana-de-açúcar, Laranja,
Seringueira, Eucalipto, Bovinocultura de corte \u2013 Baixa tecnologia, Bovinocultura de corte \u2013
Média tecnologia e Bovinocultura de corte em sistema integrado com agricultura \u2013 Alta
tecnologia. Estas atividades rurais estão implantadas na região Noroeste do Estado do Paraná.
Algumas têm áreas ainda pouco significativas, mas mostram um grande potencial de
crescimento econômico em função de sua rentabilidade, função social e proteção ambiental.
Sãos os casos das culturas de eucalipto, seringueira e integração de agricultura com pecuária.
Havia a necessidade de se comparar os resultados economicamente estimados destas
16 atividades, não para buscar indicar uma ou outra como a melhor alternativa, mas para
mostrar que a diversificação é o melhor caminho para a sustentabilidade e estabilidade da
propriedade rural. Isto fica muito claro pela análise histórica e agora demonstrada pelo
momento analisado.
Todas as planilhas de custo de produção são calculadas para área de um hectare
partindo-se de uma propriedade considerada padrão empresarial. A infraestrutura montada
com maquinários, implementos, benfeitorias e pessoal foi ajustada para o tamanho da
propriedade teórica: culturas anuais \u2013 250 hectares; cana de açúcar \u2013 300 hectares; café \u2013 50
hectares; laranja \u2013 200 hectares, seringueira \u2013 100 hectares; eucalipto \u2013 50 hectares e
bovinocultura de corte \u2013 140 hectares. Evidentemente considerou-se o dimensionamento ideal
tecnicamente na relação de área da propriedade, maquinários, implementos e pessoal e os
trabalhos a serem executados. Este ajuste otimiza os resultados a serem obtidos. Na prática e
para os diversos tamanhos