Programação da Produção: O guia Inicial para o Gestor Industrial - Nomus
44 pág.

Programação da Produção: O guia Inicial para o Gestor Industrial - Nomus


DisciplinaProgramação e Controle da Produção I21 materiais449 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Coletânea com os melhores artigos sobre programação da 
produção escritos pelos engenheiros do Blog Industrial Nomus
Programação da Produção: 
o guia inicial para o gestor industrial
Índice
A importância da programação da produção 
Primeiros passos para a implantação da produção industrial
5 benefícios da programação fina que melhoram o desempenho da sua indústria 
Como usar a programação da produção no seu PCP para solucionar problemas graves da gestão 
industrial
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial
03
04
18
30
2
A importância da programação 
da produção 
Muitas indústrias investem em diversas ferramentas para a melhoria de seu 
rendimento e lucro, porém ainda encontram muitos obstáculos para 
atingirem seus objetivos. Muitos problemas relacionados à gestão da 
produção, atendimento a prazos de entrega, melhora na taxa de ocupação 
das máquinas, controle do fluxo de caixa e problemas em outras áreas 
podem ser resolvidos com a programação da produção.
Por esse motivo, a Nomus e Voitto prepararam essa coletânea dos melhores 
artigos produzidos pelo Blog Industrial Nomus sobre o assunto para que você 
possa esclarecer suas dúvidas sobre o assunto e conhecer os benefícios da 
programação da produção.
Caso você goste do material deste ebook e ainda não tiver assinado 
gratuitamente o Blog Industrial Nomus, você pode se inscrever aqui e 
receber semanalmente novos artigos no seu email. 
Boa leitura!
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial 3
Apoio:
Primeiros passos para 
implantação da programação 
da produção industrial
Artigo 1
Engenheiro de Produção pela UERJ, trabalhou em diversos projetos de consultoria com a Coppe da UFRJ 
e participa de projetos de implantação do Nomus PCP desde 2011.
João Pimenta
Podemos dizer que a PPCP \u2013 Planejamento, programação, e controle da 
produção determina \u201co que\u201d vai ser produzido, \u201cem qual quantidade\u201d, 
\u201ccomo\u201d e \u201conde\u201d (qual máquina), \u201cquem\u201d vai produzir e \u201cquando\u201d vai ser 
produzido. A tarefa de trabalhar com as informações: \u201co que\u201d, \u201cem qual 
quantidade\u201d e \u201ccomo\u201d para retornar o \u201conde\u201d e \u201cquando\u201d é responsabilidade 
da programação da produção.
Desta forma, com esta ferramenta, teremos o sequenciamento detalhado de 
quais atividades (ordens de produção e suas respectivas operações) deverão 
ser realizadas, com quais recursos serão realizadas e quando cada uma deve 
ser iniciada. É evidente que sem controlar \u201co que\u201d, \u201cem qual quantidade\u201d e 
\u201ccomo\u201d não é possível obter a programação da produção.
Devido à importância deste tema e eu perceber que muitas indústrias de 
manufatura ainda estão engatinhando na gestão da produção e 
desconhecem o que precisa ser feito para programar a produção de maneira 
eficaz, resolvi escrever sobre os primeiros passos para a implantação da 
programação da produção. Se a sua indústria já programa a produção, ótimo, 
veja aqui algumas dicas e espero que consiga manter e melhorar os seus 
processos de gestão. Caso ainda não faça a programação da produção, acho 
que este artigo pode dar o empurrão inicial para você começar.
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial 5
6
Quais são os pré-
requisitos para o 
sistema de 
programação da 
produção? 
Já falei mais detalhadamente sobre este tema no 
artigo em que explico como calcular e aumentar a 
eficiência do chão de fábrica com OEE na prática, 
dentro do tópico \u201cinformações básicas para um 
controle eficiente de chão de fábrica\u201c. Por isso, serei 
um pouco mais breve aqui e irei apenas reforçar a 
essência de cada um dos temas com foco na 
implantação da programação da produção. 
Crie roteiros de produção
O roteiro de produção é a definição da engenharia de 
processos de cada produto. Para cria-lo são 
necessários os passos a seguir:
\u2022 Estude o processo produtivo e definir as principais 
etapas de produção \u2013 operações
\u2022 Identifique em quais recursos (máquinas) as 
operações são feitas \u2013 relacionar recursos com as 
operações
\u2022 Meça o tempo de produção de cada etapa por 
recurso (determinados recursos podem realizar 
atividades mais rapidamente) \u2013 tempo da operação
\u2022 Meça o tempo de setup de produção de cada etapa 
por recurso \u2013 setup da operação
Controle o chão de fábrica
O controle do chão de fábrica pode ser feito através 
do apontamento de produção que na prática é 
registrar os dados abaixo, confrontando-os com o 
planejamento:
\u2022 Quem \u2013 qual funcionário;
\u2022 Onde \u2013 qual recurso ou máquina;
\u2022 O que \u2013 qual ordem/produto/operação/atividade;
\u2022 Quando \u2013 tempo de início e tempo de fim.
Defina calendário de recursos
O calendário dos recursos representa, basicamente, 
qual o horário de funcionamento da sua fábrica. Se for 
necessário controle calendários diferenciados para 
recursos específicos.
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial
Como funciona o controle das 
ordens de produção (OP\u2019s)
A ordem de produção pode ser considerada como a formalização do que 
precisa ser fabricado. Esse documento agrega todos os materiais necessários 
para a fabricação separados ou não por etapas produtivas e por todas as 
operações necessárias para fabricação do produto. Para a ordem de 
produção precisamos de informações como:
\u2022 Produto que vai ser fabricado
\u2022 Data de entrega planejada
\u2022 Quantidade a ser fabricada
\u2022 Lista de materiais base
\u2022 Roteiro de produção base
A OP é um veículo que ajuda o usuário a controlar tudo que acontece no 
início, no meio e na fase final da produção de determinado produto.
Cada ordem possui seu roteiro de produção específico, calculado de acordo 
com a quantidade planejada da ordem. Esse roteiro serve como um indicador 
de lead time de produção e através dele que a programação de produção e o 
próprio apontamento na fábrica são feitos.
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial 7
Exemplo de tela de ordens de produção no sistema Nomus PCP:
Cada linha da imagem acima representa uma ordem de produção. Cada 
ordem possui seu próprio roteiro de produção. 
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial 8
Abaixo temos um exemplo de roteiro produtivo de uma ordem de produção.
Roteiro de produção da ordem no sistema Nomus PCP:
Com base nessas operações e em todas as operações pendentes das ordens 
de produção, é possível programar a produção com precisão. Para finalizar 
podemos seguir com alguns exemplos de programação da produção para 
entender melhor como podemos organizar todas essas operações.
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial 9
Como funciona o sequenciamento 
da produção na prática
Nesta etapa, lidamos com a alocação das operações das ordens pendentes 
(por isso é importante termos controle da produção em tempo real e roteiros 
de produção bem atualizados) dentro dos recursos disponíveis, de acordo com 
seus calendários.
Lembrando que o sequenciamento pode ser muito dinâmico, visto que 
existem diversas formas de priorizar a organização das operações.
Regras de sequenciamento
Algumas regras de sequenciamento normalmente utilizadas para 
programação da produção são:
\u2022 Razão crítica \u2013 Aqui temos uma alocação de acordo com o menor resultado 
da equação:
Programação da Produção: o guia inicial para o gestor industrial 10
\u2022 Data de entrega \u2013 Quanto mais cedo for a data de 
entrega da ordem, maior é a sua prioridade no 
sequenciamento.
\u2022 Prioridade das ordens \u2013 Aqui definimos o 
sequenciamento de acordo com a prioridade 
definida na própria ordem de produção.
\u2022 Tempo de início planejado \u2013 De acordo com o lead 
time de produção e a data de entrega planejada, 
calculamos a data de início planejada, que é que a 
data em que a produção da ordem deve ser iniciada 
para que a entrega planejada