A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
SIMULADO ESTÁCIO DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV (NOVO CPC)

Pré-visualização | Página 1 de 3

DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 
 
 
 
 
 
 1a Questão (Ref.: 201502141429) Pontos: 0,1 / 0,1 
Quanto aos processos coletivos, assinale a alternativa correta: 
 
 
no mandado de segurança coletivo, a improcedência do pedido por falta de provas faz coisa julgada em 
relação aos interesses individuais dos substituídos; 
 
a ação popular, cuja legitimidade é atribuída aos cidadãos, só pode ser ajuizada em caso de atos ilegais e 
lesivos ao patrimônio público; 
 
os direitos individuais homogêneos são considerados como direitos difusos. 
 a arguição incidental de constitucionalidade só pode ser admitida com fundamento do pedido, nunca 
como objeto da ação principal; 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 201502096040) Pontos: 0,1 / 0,1 
XV EXAME DE ORDEM UNIFICADO O Ministério Público moveu ação civil pública em face do estado A1 e do 
município A2, e em favor dos interesses da criança B, que precisava realizar um procedimento cirúrgico 
indispensável à manutenção de sua saúde, ao custo de R$ 8.000,00 (oito mil reais), o qual a família não tinha 
como custear. Os réus aduziram em contestação que os recursos públicos não poderiam ser destinados 
individualmente, mas, sim, em caráter igualitário e geral a todos os que deles necessitassem. Considere a 
narrativa e assinale a única opção correta a seguir. 
 
 
Não é cabível ação civil pública na hipótese, por se tratar de direito meramente individual, embora 
indisponível, e, como no mérito assiste razão aos interesses da criança B, a ação deverá ser extinta sem 
resolução do mérito, a fim de que outra ação judicial, intentada com o uso da ferramenta jurídica 
adequada, possa ser processada sem incorrer em litispendência. 
 
Não tem cabimento a medida intentada pelo Ministério Público, uma vez que a ação civil pública destina-
se a interesse difusos ou coletivos, não sendo ferramenta jurídica hábil a tutelar os interesses individuais 
indisponíveis, como os descritos no enunciado, devendo o processo ser extinto sem resolução do mérito 
 
A causa terá seguimento, visto que cabível ação civil pública na hipótese, mas, no mérito, os argumentos 
dos réus merecem acolhimento, já que conferir tratamento desigual à criança B implica violação ao 
princípio da isonomia, o que não encontra amparo na norma especial do ECA 
 A ação civil pública é perfeitamente cabível no caso e, no mérito, a prioridade legal assiste a criança B no 
atendimento a necessidades como vida e saúde, nisso justificando-se a absoluta prioridade na efetivação 
dos seus direitos, conferindo-lhe primazia de receber socorro e proteção, e a precedência no atendimento 
em serviço público. 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 201502097199) Pontos: 0,1 / 0,1 
O novo devedor poderá ser sujeito passivo na execução desde que com consentimento do credor. II. A execução 
poderá ser movida no foro do exequente, sendo desconhecido o foro do executado. III.A morte da parte 
extingue o processo pois não há como se proceder habilitação em processo de execução por quantia. IV.A 
convenção das partes suspende o processo e não requer autorização, porém depende de ato decisório do 
magistrado. V.Segundo o princípio da titularidade toda execução deverá tr por base titulo executivo judicial 
líquido, certo e exigível 
 
 
V, V, F, F, V. 
 
V, V, V, V, F. 
 V, V, F, V, F. 
 
V, V, V, V, V. 
 
 
 
 4a Questão (Ref.: 201502111626) Pontos: 0,1 / 0,1 
Sobre a execução em sede de Justiça Comum e em Juizado Especial Estadual, Fazendário e Federal, podemos 
dizer. 
 
 
b) Será sempre em procedimento sempre vinculado, mesmo o oriundo de procedimento sincrético, não 
sendo necessária nova citação, visto este procedimento ser acessório do principal que é o conhecimento. 
 
c) O procedimento de execução é autônomo, mesmo quando existente em decorrência do sincretismo 
processual, sendo neste desnecessária a citação da parte executada. Porém, em procedimento individual, 
sem o sincretismo, é um processo como outro qualquer, precisando de citação para a apresentação de 
contestação, visto que se inicia a cognição processual de maneira ampla. 
 
a) Será sempre em procedimento vinculado, mesmo o oriundo de procedimento sincrético, sendo 
necessária nova citação, visto este procedimento ser acessório do principal que é o conhecimento. 
 d) O procedimento de execução é autônomo, mesmo quando existente em decorrência do sincretismo 
processual, sendo neste desnecessária a citação da parte executada. Porém, em procedimento individual, 
sem o sincretismo, é um processo como outro qualquer, precisando de citação para o início do processo e 
intimação para pagar a dívida. 
 
e) O procedimento de execução é um mero acessório do processo de conhecimento, só existindo nesta 
situação. 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 201502141439) Pontos: 0,1 / 0,1 
Assinale a alternativa correta quanto aos embargos de declaração, interpostos para impugnar sentença 
proferida por magistrado lotado em JUIZADO ESPECIAL, após a vigência da Lei nº 13.105/15. 
 
 
os embargos de declaração deverão ser apreciados pelo mesmo 
magistrado prolator da decisão embargada, em obediência ao princípio da 
identidade física do juiz; 
 
os embargos de declaração são incabíveis em sede de juizados especiais; 
 
os embargos de declaração poderão ser empregados para a correção de 
erro material e nova valoração sobre as provas produzidas. 
 estes embargos possuem efeito interruptivo quanto ao prazo para a 
interposição de ulterior recurso inominado; 
 
estes embargos possuem efeito suspensivo quanto ao prazo para a 
interposição de ulterior recurso inominado; 
 1a Questão (Ref.: 201502141426) Pontos: 0,1 / 0,1 
(FGV/2010.2 QUESTÃO 35 CADERNO DE PROVA 1) A Lei no 9.099/95 disciplina os chamados Juizados Especiais 
Cíveis no âmbito Estadual. Nela é possível encontrar diversas regras especiais, que diferenciam o procedimento 
dos Juizados do procedimento comum do CPC. Segundo a Lei no 9.099/95, assinale a alternativa que indique 
uma dessas regras específicas. 
 
 Não é cabível nenhuma forma de intervenção de terceiros nem de assistência, exceto o incidente de 
desconsideração da personalidade jurídica. 
 
É vedado o litisconsórcio. 
 
Nas ações propostas por microempresas, admite-se a reconvenção. 
 
Se o pedido formulado for genérico, admite-se, excepcionalmente, sentença ilíquida. 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 201502080910) Pontos: 0,1 / 0,1 
Indique a alternativa incorreta. De acordo com o NCPC, são títulos executivos judiciais: 
 
 
A sentença arbitral . 
 
As decisões proferidas no processo civil que reconheçam a exigibilidade de obrigação de pagar quantia,de 
fazer, de não fazer ou de entregar coisa. 
 A escritura pública ou outro documento público assinado pelo devedor. 
 
sentença homologatória de autocomposição judicial. 
 
A sentença penal condenatória transitada em julgado. 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 201502141432) Pontos: 0,1 / 0,1 
Assinale a alternativa correta quanto aos embargos de declaração, interpostos por determinado Município, para 
impugnar sentença proferida por magistrado lotado em juizado especial fazendário estadual. 
 
 
os embargos de declaração são incabíveis em sede de juizados especiais fazendários estaduais, por 
ausência de previsão legal; 
 
estes embargos deverão ser interpostos no prazo de dez dias, em razão de a Fazenda Pública ter a 
prerrogativa de praticar atos com o prazo em dobro (art. 183, NCPC); 
 
estes embargos possuem efeito suspensivo quanto ao prazo para a interposição de ulterior recurso 
inominado; 
 
os embargos de declaração deverão ser apreciados pelo mesmo magistrado prolator da decisão 
embargada, em obediência ao princípio da identidade física do juiz; 
 estes embargos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.