Mandado de Segurança - Resumo
2 pág.

Mandado de Segurança - Resumo


DisciplinaDireito Tributário I16.025 materiais261.099 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1
Mandado de Segurança - MS
Conceito
O Mandado de Segurança é um remédio constitucional, cuja previsão encontra-se na
Constituição Federal, em seu artigo 5º, incisos LXIX e LXX, bem como na Lei nº 12.016/2009.
O MS possui um procedimento mais célere e preferência no seu julgamento, e também
possui um custo menor em relação às ações ordinárias.
Objetivo
Seu objetivo é proteger direito líquido e certo, não amparado por habeas corpus nem
habeas data, quando toda e qualquer pessoa estiver sofrendo, ou em vias de sofrer, vio-
lação a um direito, advinda de um ato ilegal ou de um abuso de poder praticado por
autoridade administrativa.
Modalidades
Quanto ao momento da impetração
MS preventivo: quando a violência ainda não ocorreu, mas está em vias de acon-
tecer e é perceptível.
MS repressivo: usado quando a lesão ao bem jurídico tutelado já ocorreu e serve
para interromper a coação.
Quanto à pessoa que impetra o MS
MS individual: quando uma pessoa apenas impetra o MS, defendendo seu pró-
prio interesse.
MS coletivo: impetrado por uma coletividade, pleiteando direito coletivo ou direi-
to individual homogêneo.
Autoridade coatora
Autoridade coatora é aquela que tem o poder e a legitimidade para praticar o ato.
Direito Processual Tributário
Direito Tributário
2
Prazo
Quando o MS é preventivo, o ato coator não ocorreu, então não existe prazo para impe-
tração de MS.
Por outro lado, quando se tratar de MS repressivo, o ato já ocorreu, logo é preciso atentar
ao prazo de 120 dias, a contar da prática do ato coator.
Esse prazo possui natureza decadencial, ou seja, ele não se interrompe e nem se suspende.