AV2 FARMACODINAMICA II
14 pág.

AV2 FARMACODINAMICA II


DisciplinaDinâmica1.974 materiais9.856 seguidores
Pré-visualização4 páginas
FARMACODINAMICA II
QUESTÕES 1, 7 E 10 \u2013 ANTIDEPRESSIVO E DEPRESSÃO
	 2a Questão (Ref.: 201402276822)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Sabe se que a depressão envolve aspectos emocionais fisiológicos como sentimentos de infelicidade, apatia, tristeza, pessimismo, retardo de pensamento e ações, perda da libido, dentre outros. Sobre a teoria das monoaminas, assinale os neurotransmissores envolvidos.
		
	
	Norepinefrina e acetilcolina
	
	GABA e glutamina
	
	Serotonina e acetilcolina
	
	Adrenalina e acetilcolina
	 
	5 -HT e noradrenalina
	 1a Questão (Ref.: 201402277346)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Há diferentes classes de fármacos para a depressão, sendo os mais conhecidos os inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRS) e os antidepressivos tricíclicos. Um médico nunca pode prescrever dois fármacos dessas classes concomitantemente, devido:
		
	
	Síndrome de Addison
	
	Síndrome de Reye
	
	Síndrome da noradrenalina
	 
	Síndrome da serotonina
	
	Síndrome de Cushing
	 3a Questão (Ref.: 201402277078)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	São fármacos inibidores seletivos da recaptação de noradrenalina (ISRNA):
		
	
	sertralina e citalopram
	 
	Maprotilina e reboxetina
	
	Amitriptilina e imipramina
	
	venlafaxina e duloxetina
	
	fluoxetina e paroxetina
	 1a Questão (Ref.: 201408129495)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Qual dos antidepressivos abaixo apresenta menor risco de efeitos colaterais, haja vista sua maior seletividade?
		
	
	Moclobemida
	
	Amitriptilina
	
	Triancilpramina
	 
	Fluoxetina
	
	Carbonato de lítio
		
	 1a Questão (Ref.: 201402277474)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Introduzida no mercado no ano de 1988, a fluoxetina é hoje um dos fármacos antidepressivos mais dispensados no Brasil. A principal vantagem de uso dessa substância, se comparada a outros antidepressivos mais convencionais, é a:
		
	
	possibilidade de uso em crianças para o tratamento de transtorno obsessivo-compulsivo
	
	a ausência de interações com outros medicamentos, por não possuir ação inibitória de nenhuma enzima hepática
	
	inibição mais seletiva da monoamina oxidase
	
	ausência de efeitos colaterais gastrintestinais
	 
	meia-vida prolongada, permitindo a administração de uma dose única diária e a melhor adesão do paciente à terapia
	 5a Questão (Ref.: 201401520179)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Um grupo de estudantes está realizando um experimento com camundongos para avaliar o papel da serotonina no comportamento destes animais. Para tanto, eles utilizaram o fármaco amitriptilina como controle. O orientador do grupo explicou que este fármaco não era o mais adequado devido a sua não seletividade. Neste caso o problema poderia ser resolvido, substituindo o fármaco usado por:
		
	
	Pentobarbital
	 
	Fluoxetina
	
	Clonazepam
	
	Imipramina
	
	Clomipramina
	 2a Questão (Ref.: 201401272298)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Todas as alternativas sobre os antidepressivos inibidores seletivos da recaptação de serotonina abaixo estão corretas exceto:
		
	
	Promovem interação medicamentosa com inibidores da mao e beta bloqueadores
	
	São pertencentes desta classe paroxetina e sertralina, dentre outros.
	
	São caracterizados por apresentarem disturbios do TGI e disfunção sexual
	
	São utilizados para bulimia e perda depeso
	 
	São inibidores enzimáticos e tem pouca afinidade as proteínas plasmáticas
	1a Questão (Ref.: 201402019179)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	São fármacos inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRS), exceto:
		
	
	Citalopram
	
	Fluvoxamina
	
	Fluoxetina
	
	Paroxetina
	 
	imipramina
		
	 2a Questão (Ref.: 201401272296)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Qual dos antidepressivos abaixo deveria ser utilizado para um paciente depressivo, letárgico e confuso:
		
	
	Nortriptilina
	
	Clomipramina
	 
	Desipramina
	
	Amitriptilina
	
	Imipramina
	 5a Questão (Ref.: 201402019480)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Há diferentes classes de fármacos para a depressão, sendo os mais conhecidos os inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRS) e os antidepressivos tricíclicos. Marque a associação que um médico nunca pode prescrever concomitantemente, devido a Síndrome da Serotonina:
		
	
	Lorazepam e Fluoxetina
	
	Carmabato de lítio e fluoxetina
	
	Buspirona e Fluoxetina
	 
	Fluoxetina e amitriptilina
	
	Alprazolam e Fluoxetina
	 2a Questão (Ref.: 201401272300)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O mecanismo de ação dos antidepressivos triciclicos é:
		
	
	Antagonista dos receptores de serotonina
	
	Inibição seletiva da recaptação de serotonina
	
	Noradrenérgico-dopaminérgico combinado
	 
	Inibição mista da recaptação de serotonina e noradrenalina
	
	Inibição seletiva da recaptação de noradrenalina
	1a Questão (Ref.: 201407274113)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Entre as drogas mais consumidas para os distúrbios do comportamento, estão os antidepressivos, que segundo a organização mundial da saúde, foi o grupo de medicamentos cujo consumo triplicou na última década. Sobre estes, a única alternativa incorreta é:
		
	
	Antidepressivos como a fluoxetina, também utilizada na ansiedade, bulimia e TOC (transtorno obsessivo compulsivo) age pela inibição seletiva da captura de serotonina nas sinapses nervosas.
	
	IMAOS (inibidores da monoamino oxidase) como a moclobemida atua na degradação preferencial de noradrenalina e 5-HT (5 hidróxi triptamina), porém deve-se ter cuidado com alimentos que contem tiramina pela possível ¿reação do queijo¿.
	
	Nenhuma das anteriores
	 
	A bupropiona determina bloqueio de captação de noradrenalina e dopamina, por isso usado atualmente no tratamento do alcoolismo.
	
	Todos esses medicamentos têm um tempo de início de ação, por isso seus efeitos farmacológicos podem demora de 15 a 30 dias para serem percebidos.
	 2a Questão (Ref.: 201407274104)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Como os antagonistas dos receptores de serotonina atuam no tratamento da depressão?
		
	
	Antagonizam os receptores pré sinápticos nos neurônios noradrenérgicos aumentando a liberação de NA
	
	Antagonizam os receptores pós sinápticos de serotonina aumentando seu efeito
	
	Antagonizam os receptores pré sinápticos nos neurônios serotoninérgicos diminuindo a liberação de serotonina
	 
	Antagonizam os receptores pré sinápticos nos neurônios serotoninérgicos aumentando a liberação de serotonina
	
	Antagonizam os receptores pré sinápticos nos neurônios noradrenérgicos diminuindo a liberação de NA
	 4a Questão (Ref.: 201402003668)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade é uma condição em que a atividade dos neurônios noradrenérgicos do córtex frontal encontra-se diminuída. Esta condição acarreta menor capacidade de concentração e aumento da atividade em outras partes do córtex e sistema límbico. O tratamento de eleição é a base de fármacos como o Modafinil (Provigil) e Metilfenidato (Ritalina). Marque a alternativa que indica respectivamente o mecanismo de ação, uma aplicação terapêutica e um efeito colateral do METILFENIDATO.
		
	
	Aumenta a Liberação de Dopamina, Diminui a Ansiedade e Taquicardia
	
	Aumenta a Liberação de Serotonina, Dificuldade de Concentração e Taquicardia
	 
	Bloqueia a Recaptação de Noradrenalina, TDAH e Taquicardia
	
	Inibidor da MAO, Inibição do Apetite e Diarreia
	
	Inibidor da AchE, Potencializa a Memória e Bradipnéia
		
QUESTÕES 2, 6 E 9 \u2013 ANSIOLÍTICOS-HIPNÓTICOS 
	 5a Questão (Ref.: 201401530186)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Os Benzodiazepínicos são fármacos que se assemelham aos barbitúricos no seu mecanismos de ação. Qual a principal diferença terapêutica entre
Raimunda
Raimunda fez um comentário
otimo
0 aprovações
Carregar mais