A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
PROVA OBJETIVA - Planejamento Tributário

Pré-visualização | Página 1 de 3

Questão 1/12 - Planejamento Tributário 
Pode-se entender planejamento tributário como um estudo realizado por 
profissionais que resultam em procedimentos legais realizados pelas 
entidades com o intuito de reduzir os gastos tributários sobre a operação. 
Esses procedimentos possuem amparo legal, o que os diferencia dos 
procedimentos de sonegação ou fraude (crimes). 
A respeito da sonegação e da fraude, analise as afirmações e assinale a 
opção correta: 
 
I. Sonegação fiscal é a ocultação dolosa, mediante fraude, astúcia ou 
habilidade, do recolhimento de tributo devido ao Poder Público. 
 
II. A fraude, conforme a Norma Brasileira de Contabilidade NBC T 11 – IT 
03, refere-se ao ato intencional de omissão ou manipulação de transações, 
adulteração de documentos, registros e documentos contábeis. 
Nota: 10.0 
 
A As assertivas I e II são proposições excludentes. 
 
B A assertiva I é uma proposição falsa e a II é verdadeira. 
 
C As duas assertivas são verdadeiras. 
Você acertou! 
ROTA – 1, pag. 04. Sonegação fiscal é a ocultação dolosa, mediante fraude, astúcia ou 
habilidade, do recolhimento de tributo devido ao Poder Público. . 
A fraude, conforme a Norma Brasileira de Contabilidade NBC T 11 – IT 03, refere-se ao ato 
intencional de omissão ou manipulação de transações, adulteração de documentos, registros e 
documentos contábeis. 
 
D As assertivas I e II são falsas. 
 
E A assertiva II contraria a ideia expressa na assertiva I. 
 
Questão 2/12 - Planejamento Tributário 
Não incidência refere-se no fato de a situação ter ficado fora dos limites do 
campo tributário, ou melhor, a não-ocorrência do fato gerador, porque a lei 
não descreve a hipótese de incidência. 
Marcelo, comprou uma fábrica de papéis destinados a confecção de livros, 
e solicitou ao seu contador os tributos que deveria pagar. Neste caso 
hipotético, a assinale a alternativa que corresponde com a resposta do 
contador: 
Nota: 10.0 
 
A Isenção Tributária 
 
B Imunidade Tributária 
Você acertou! 
ROTA – 1 - Imunidade pode ser entendida como renúncia fiscal, ou melhor, é a vedação de 
cobrança de tributo estabelecida constitucionalmente, ou seja, significa de fato a vedação ao 
Estado de instituir impostos sobre pessoas que gozam de tal benefício não é vedação de 
cobrança, mas sim proibição de se querer cobrar. 
Art. 150. Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, 
aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: 
VI - Instituir impostos sobre: 
d) livros, jornais, periódicos e o papel destinado a sua impressão. 
 
C Capacidade Tributária 
 
D Obrigação Tributária 
 
E Incidência Tributária 
 
Questão 3/12 - Planejamento Tributário 
Planejamento Tributário pode ser conceituado como Instrumento eficaz de 
gestão empresarial”, onde definem o mesmo como um instrumento eficaz 
de racionalização da carga tributária. O planejamento tributário possui em 
média oito passos a seguir, entre eles: histórico, operação, avaliação, 
enquadramento, incentivo e isenção, especialistas, simulação e avaliação. 
A respeito das fases do Planejamento Tributário, analise as afirmações e 
assinale a opção correta: 
 
I. Avaliação – Avalie a estrutura societária: É neste momento que se inicia o 
entendimento sobre a escolha de enquadramento tributário, aliado as 
informações históricas e de operação da entidade. 
 
II. Enquadramento – Conheça os enquadramentos tributários: Para um 
efetivo planejamento tributário, como já era de se esperar, é necessário um 
conhecimento profundo sobre os enquadramentos tributários disponíveis, 
para que seja possível obter o maior número de benefícios ou reduzir o 
ônus de imensa carga tributária. 
Nota: 10.0 
 
A As assertivas I e II são proposições excludentes. 
 
B A assertiva I é uma proposição falsa e a II é verdadeira. 
 
C As duas assertivas são verdadeiras. 
Você acertou! 
ROTA 2 - Avaliação – Avalie a estrutura societária: É neste momento que se inicia o 
entendimento sobre a escolha de enquadramento tributário, aliado as informações históricas 
e de operação da entidade. 
Enquadramento – Conheça os enquadramentos tributários: 
Para um efetivo planejamento tributário, como já era de se esperar, é necessário um 
conhecimento profundo sobre os enquadramentos tributários disponíveis, para que seja 
possível obter o maior número de benefícios ou reduzir o ônus de imensa carga tributária. 
 
D As assertivas I e II são falsas. 
 
E A assertiva II contraria a ideia expressa na assertiva I. 
 
Questão 4/12 - Planejamento Tributário 
A Lei Complementar nº 104 realizou alteração em alguns artigos 
específicos, e a intenção deste capítulo é demonstrar estas alterações 
(inclusão ou exclusão). A primeira alteração ocorre no Art. 9º, onde é 
possível notar o aumento da abrangência de instituições que não podem 
sofrer a cobrança de impostos, ou seja são imunes. 
A respeito da imunidade, analise as afirmações e assinale a opção correta: 
I. As fundações, das entidades sindicais dos trabalhadores não podem 
sofrer a cobrança de impostos. 
II. Um exemplo de instituição que não pode sofrer cobrança de impostos 
são as instituições de Educação. 
Nota: 10.0 
 
A As assertivas I e II são proposições excludentes. 
 
B As assertivas I e II são proposições falsas. 
 
C As duas assertivas são verdadeiras. 
Você acertou! 
ROTA 2 - A primeira alteração ocorre no Art. 9º, onde é possível notar o aumento da 
abrangência de instituições que não podem sofrer a cobrança de impostos. Entre eles: 
 
c) o patrimônio, a renda ou serviços dos partidos políticos, inclusive suas fundações, das 
entidades sindicais dos trabalhadores, das instituições de educação e de assistência social, 
sem fins lucrativos, observados os requisitos fixados na Seção II deste Capítulo; 
 
D . A assertiva I está correta e a assertiva II está errada. 
 
E A assertiva II contraria a ideia expressa nas assertivas I. 
 
Questão 5/12 - Planejamento Tributário 
A sistemática do lucro real é o lucro líquido (ou prejuízo) do período de 
apuração, antes da provisão para o Imposto de Renda, ajustado pelas 
adições, exclusões ou compensação previstas ou autorizadas por lei. 
Analise as sentenças a seguir, assinalando V para as afirmativas 
verdadeiras e F para as afirmativas falsas sobre a lucro real, assinale a 
opção correta, de acordo com os conteúdos abordados nas aulas e no livro-
base. 
( ) É necessário, na sistemática de lucro real, identificar claramente as 
despesas dedutíveis e receitas tributáveis, evitando-se correr risco 
desnecessário com atuações fiscais. 
( ) É permitido às empresas que optarem pelo lucro real por estimativa, 
suspender ou reduzir o pagamento do imposto devido em cada mês, desde 
que demonstrem, em balanços ou balancetes mensais, que o valor 
acumulado já pago excede o valor do imposto, inclusive o adicional, 
calculado com base no lucro real do período em curso. 
( ) A pessoa jurídica obrigada a optar pelo lucro real, entre outras 
hipóteses são as que tiverem lucros, rendimentos ou ganhos de capital 
oriundos do exterior. 
( ) A pessoa jurídica obrigada a optar pelo lucro real, entre outras 
hipóteses são as que, no decorrer do ano-calendário, tenham efetuado 
pagamento mensal no regime de estimativa. 
Nota: 10.0 
 
A V – V – V – V 
Você acertou! 
Luz, Érico Eleuterio da. Contabilidade Tributária. 2 ed. Curitiba: InterSaberes, 2014. Página 
76 É necessário, na sistemática de lucro real, identificar claramente as despesas dedutíveis e 
receitas tributáveis, evitando-se correr risco desnecessário com atuações fiscais. Às 
empresas que optarem pelo lucro real por estimativa, suspender ou reduzir o pagamento do 
imposto devido em cada mês, desde que demonstrem, em balanços ou balancetes