A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
03. Avaliando o aprendizado

Pré-visualização | Página 1 de 1

1a Questão (Ref.: 201504161345)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A pancreatite pode ter como causa a ingestão excessiva de álcool, obstrução por cálculos do ducto pancreático, neoplasias, traumas e infeções.Dentre os testes diagnósticos, qual o achado laboratorial sérico em que o nível está aumentado e é mais específico para pancreatite
		
	 
	Amilase
	
	HADL
	
	LDL
	
	CK MB
	
	HDL
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201504161488)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Sabe-se que o organismo humano sofre adaptações de acordo com a faixa etária, de modo que é esperada uma redução progressiva das reações metabólicas no organismo do idoso. Sendo assim, leia as afirmativas abaixo, e a seguir marque o item correto. I O tempo de esvaziamento gástrico é mais prolongado POIS II Os níveis metabólicos hepáticos tendem a estar mais baixos e a produção de enzimas importantes na digestão também estão reduzidas, promovendo assim maior risco para constipação
		
	 
	as afirmativas são verdadeiras, e a II explica a I
	
	a afirmativa I e II são falsas
	
	a afirmativa I é falsa e a afirmativa II é verdadeira
	
	a afirmativa I e II são verdadeiras, mas a II não explica a I
	
	a afirmativa I é verdadeira e a afirmativa II é falsa
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201504161352)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A Hérnia de Hiato caracteriza-se pelo alargamento do hiato esofagiano e protrusão de uma porção do estômago através do diafragma para o interior da cavidade torácica. Marque a opção que indica as orientações de enfermagem ao paciente em tratamento de Hérnia de Hiato.
		
	
	Elevação da cabeceira do leito e cuidados com a pele;
	
	Alteração de hábitos alimentares; prática de esportes; elevação da cabeceira do leito e dieta hiperproteica.
	 
	Alteração de hábitos alimentares; Evitar deitar após refeições; elevação da cabeceira do leito; terapia c/ antiácidos; possibilidade de reparo cirúrgico.
	
	Evitar deitar após refeições; não elevar a cabeceira do leito e terapia com antiácidos;
	
	Alteração de hábitos alimentares; terapia anti-hipertensiva.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201504161636)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	"A cirrose hepática configura-se como estágio final da fibrose hepática avançada que resulta na perda da arquitetura normal do órgão"( SOUZA E SILVA, 2010). Diante desta doença, marque a alternativa correta quanto à fisiopatologia da mesma :
		
	
	A cirrose ocorre em decorrência da esteatose hepática prolongada, especialmente em pacientes com hepatites ( vírus B e C), alcoolismo, hemocromatose e doença de Wilson ( mutação no gene que codifica a proteína ATP7B, responsável pelo transporte intracelular do cobre), entre outros. Seu tratamento é através do diclofenaco, izoniazida, ou transplante hepático
	 
	A cirrose ocorre em decorrência da evolução da fibrose hepática, doença onde há excesso de lesões hepáticas com presença de tecido cicatricial e formação nodular. Os fatores causais são hepatites ( vírus B e C), alcoolismo, hemocromatose e doença de Wilson ( mutação no gene que codifica a proteína ATP7B, responsável pelo transporte intracelular do cobre), entre outros.
	
	A fibrose resulta da cirrose. A fibrose representa uma resposta cicatricial à agressão crônica do fígado composta de excesso de componentes da matriz extracelular que inicialmente pode ser reversível.
	
	A cirrose ocorre em decorrência do processo da esteatose hepática, que ocorre devido ao número de lesões hepáticas ao longo da vida. Fatores que podem levar à esteatose são : alcoolismo, Doença de Hashimoto e Doença de Wilson
	
	A cirrose hepática se caracteriza por fibrose hepática difusa e transformação nodular, podendo ser causada por fatores como hepatites , alcoolismo ( com aumento de GGT, ALT e AST), Hemocromatose, Doença de Wilson ( mutação do gen responsável pela homeostase do ferro), entre outros.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201504161358)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Marque (V) para expressões verdadeiras e (F) para expressões falsas sobre assistência de enfermagem ao cliente com problemas hepáticos e biliares
		
	 
	O coma hepático é secundário a hipoglicemia por causa que na disfunção hepática não ocorre gliconeogênese.
	 
	Uma das funções metabólicas do fígado é regular a concentração sanguínea de glicose;
	 
	A icterícia não pode ser de causa hemolítica, pois não se associa a função hepática;
	 
	Uma das provas da função hepática é o estudo das transaminases TGO/ TGP/ GGT, liberadas das células hepáticas lesadas;
	 
	O fígado não armazena vitaminas e minerais, apenas glicose em forma de gordura;