Slide Termoterapia

Slide Termoterapia


DisciplinaRecursos Eletrofototermoterapêuticos17 materiais81 seguidores
Pré-visualização2 páginas
*
*
TERMOTERAPIA
Parte Teórica
*
*
Conceito
Termoterapia é uma prática terapêutica que consiste no aquecimento ou resfriamento de tecidos.
*
*
Histórico
Sol como fonte primária de energia: obtenção de vitalidade
Influência de Hipócrates: uso do frio em quadros inflamatórios
Importância na antiguidade: escassez de métodos
*
*
Conceitos Físicos
Potência
P = \u2206E x \u2206t-1
P representa potência 
\u2206E é a energia utilizada no processo
\u2206t-1 corresponde ao tempo gasto na realização do trabalho
*
*
Conceitos Físicos
Ondas mecânicas e ondas eletromagnéticas
- Propagação
- Frequência: atenção para os malefícios
Quanto maior a frequência mais energética é a onda.
- Efeito nos tecidos biológicos 
*
*
Conceitos Físicos
Calor
-Formas de transmissão:
Condução
Convecção
Irradiação(acontece através de ondas eletromagnéticas)
Conversão( calor produzido pela passagem de alguma forma de energia)
*
*
Conceitos Físicos
Temperatura
-Mecanismos termorreguladores: Termogênese
 Termólise
*
*
Termogênese
oxidação dos alimentos;
Calafrios(agitação das moléculas);
Febre.
banhos quentes;
alimentos energéticos;
Agasalhos;
exercícios físicos;
bebidas quentes.
*
*
Termólise
micção;
Defecação;
respiração, transpiração;
perspiração (transpiração imperceptível);
irradiação.
banhos frios;
banhos de álcool;
 resfriamento da temperatura ambiente;
*
*
Conceitos físicos 
Termodinâmica :
-1º Princípio: \u201cSe um sistema recebe energia esta deve ser armazenada ou fornecida ao ambiente sob forma de trabalho.\u201d
-2º Principio: \u201cO calor passa espontaneamente dos corpos de maior temperatura para a de menor temperatura.\u201d (Clausius)
*
*
Hipertermoterapia
Aquecimento superior a 45º C não é benéfico para o organismo humano. 
Efeitos gerais:
-Aumento do metabolismo;
-Vasodilatação;
-Suave sedação das terminações nervosas sensoriais;
-Diminuição do tônus muscular;
-Diminuição da pressão sanguínea
*
*
Hipertermoterapia
Indicações gerais :
-Condições subagudas e crônicas (ex:osteoartrite);
Aumento da transpiração (melhorar condução elétrica, para posteriores aplicações de correntes elétricas).	
-Tendinose;
- Contratura muscular(contração dolorosa);
*
*
Hipertermoterapia
Contra-indicações gerais:
- Sensibilidade térmica debilitada;
Edemas(há controvérsias);
Inflamação aguda;
Tumores malignos;
*
*
Hipertermoterapia superficial
Até 1 cm de profundidade;
Métodos:
Parafina;
Forno Bier; 
Compressas quentes e bolsas térmicas; 
Turbilhão de água quente;
Infravermelho;
*
*
Hipertermoterapia Profunda
De 1 a 3 cm de profundidade
Métodos:
Ultrassom ( onda mecânica)
Ondas Curtas
Microondas 
*
*
Hipotermoterapia ou Crioterapia
Remoção do calor corporal
 Evaporação: uso da energia térmica para evaporação, com consequente resfriamento. (spray)
*
*
Hipotermoterapia (Crioterapia)
Efeitos Gerais:
Diminuição do espasmo muscular;
Diminuição do metabolismo;
Vasoconstrição;
Analgesia;
Diminuição de edemas e inflamações agudas.
*
*
Hipotermoterapia (Crioterapia)
Indicações gerais:
Edemas;
Artrite;
Tendinite;
Entorses;
Traumas agudos.
*
*
Hipotermoterapia (crioterapia)
Contra-indicações gerais:
- Sensibilidade térmica debilitada;
Edemas(há controvérsias);
Tumores malignos (debilitação do paciente).
*
*
Hipotermoterapia (Crioterapia)
Métodos:
Bolsa de borracha;
Pacote Químico;
 Bolsa de termogel;
 Saco com gelo;
 Compressa fria;
 Criocinética ou Criocinesioterapia;
 Sprays;
Banho de Contraste
*
*
Termoterapia
Parte Prática
Nomes: Daysiane Malta
 Jéssica Mendes
 Larissa Ribeiro
Curso: Fisioterapia
*
*
Hipertermoterapia 
Efeitos Gerais :
Relaxamento muscular;
Redução do espasmo muscular;
-Aumento do metabolismo;
-Vasodilatação;
-Suave sedação das terminações nervosas sensoriais;
-Diminuição do tônus muscular.
*
*
Hipertermoterapia Profunda
De 1 a 3 cm de profundidade
Ultrassom
- Onda sonora cuja frequência é superior
 à audível pelo homem, ou seja, maior que 20.000 Hertz.
Terapêuticas: frequência entre 1 MHz e 3 MHz.
Geração do ultrassom: transformação da corrente elétrica em vibrações mecânicas.
*
*
Ultrassom
Tipos: (emissão da onda)
Ultrassom contínuo
Ultrassom pulsátil
 Impedância Acústica
Agente acoplador (meio de contato): evita o vácuo
*
*
Ultrassom
Principais métodos de aplicação:
- Método do deslizamento: ausência de irregularidade óssea e tecidual
Método subaquático: partes irregulares do corpo ou de tecidos lesionados
*
*
Ultrassom
Fatores que influem na alteração da temperatura:
Frequência
Radiação
Intensidade
*
*
Ultrassom
Dosimetria: estado clínico de cada paciente e com o objetivo do tratamento.
O ultrassom não deve incidir diretamente no crânio, em órgãos genitais, olhos, boca ou narinas.
*
*
*
*
Ondas Curtas
Diatermia
Ondas de alta frequência (entre 10 MHz e 100 MHz)
Gerador
Eletrodo
Principais tipos de eletrodo: placas metálicas flexíveis, discos metálicos rígidos, eletrodo de aplicação indutiva.
Emissões contínuas ou pulsáteis.
*
*
Ondas Curtas
Posicionamento de eletrodos em pares:
- Coplanar: mesmo plano anatômico
*
*
Ondas Curtas
Contraplanar: faces anatômicas opostas
*
*
Ondas Curtas
Longitudinal:campo eletromagnético fica paralelo ao tecido.
*
*
Ondas Curtas
Absorção
-Tempo de aplicação;
- Posicionamento;
-Proximidade do eletrodo com a pele;
- Modelo.
*
*
Ondas Curtas
Dosimetria
Depende do quadro clínico do paciente e da duração da terapia.
Preparação para aplicação:
- O paciente deve estar em posição confortável e com a área em tratamento desnuda.
- Objetos metálicos e eletrônicos devem estar distantes do paciente.
- A pele deve estar completamente seca.
*
*
Ondas Curtas
- O fisioterapeuta deve se portar à, pelo menos, 1 metro de distância dos eletrodos e 50 centímetros dos cabos.
- A sensibilidade térmica do paciente deve ser analisada com antecedência.
- Os eletrodos devem estar devidamente afixados na pele do paciente.
*
*
*
*
Microondas
Diatermia (localizada) profunda 
Frequência 2.450 MHz e
Comprimento 12,25 centímetros
Formação de microondas:
Magnetron
cabo coaxial 
mecanismo de transmissão ondulatória
*
*
Microondas
Absorção das microondas
Lei do Quadrado Inverso: 
\u201cA intensidade da radiação que atinge uma determinada superfície é conhecida por variar inversamente com o quadrado da distância a partir da fonte.\u201d (PRENTICE, 2014, 4. ed, p11)
*
*
Microondas
Lei do Cosseno: 
\u201cQuanto menor o ângulo entre o raio em propagação e o ângulo reto, menor a radiação refletida e maior absorção.\u201d (PRENTICE, 2014, 4. ed, p10). 
*
*
Microondas
Preparação para aplicação das microondas:
- Objetos metálicos e equipamentos elétricos afastados do paciente
- Posição confortável
- Distância entre a pele do paciente e o emissor das microondas
*
*
Microondas
Dosimetria:
Tempo de tratamento 
Potência energética liberada pelo aparelho
Sensação térmica do paciente
*
*
*
*
Hipertermoterapia Profunda
Contraindicações:
Crianças: afeta o crescimento
Gestante;
Tumor;
Propensão à hemorragia;
Portadores de próteses e metais em geral;
Sensação térmica limitada.
*
*
Hipertermoterapia Profunda
Indicações:
Minimizar inflamações; 
Alívio da dor;
 Acelerar a cicatrização, etc.
*
*
Hipertermoterapia superficial
Até 1 cm de profundidade
Compressa quente
Toalhas 
Bolsa térmica: contem gel, pode ser usado quente ou fria (industrializada)
Bolsa de água quente: preenchida com água
Retêm calor de 10 a 20 minutos
*
*
Turbilhão de água quente
Jato de água direcionado
Temperatura