Prova comentada ENADE 2012
36 pág.

Prova comentada ENADE 2012


DisciplinaPsicologia Enade19 materiais233 seguidores
Pré-visualização10 páginas
1 
 
 
 
 
 
 
PROVA ENADE 2012 \u2013 COMENTADA 
 
 
QUESTÕES DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO \u2013 MÚLTIPLA ESCOLHA 
 
 
QUESTÃO 9 \u2013 ANULADA 
 
 
QUESTÃO 10 \u2013 BASES HISTÓRICAS E EPISTEMOLÓGICAS 
 
Profa. responsável: Maria Madalena Silva de Assunção 
 
Média de acertos 
Brasil: 44,3% 
PUC Minas (BH \u2013 Coração Eucarístico e São Gabriel): 39,6% 
 
A segunda metade do século XIX foi caracterizada pela utilização dos métodos das ciências naturais 
em pesquisas de fenômenos mentais. Técnicas foram elaboradas, livros foram escritos e 
aparelhagens, desenvolvidas. Alguns filósofos enfatizavam a importância dos sentidos, enquanto 
cientistas buscavam descrever seu funcionamento. Entretanto, faltava quem propusesse unir, 
sintetizar essas duas posições e, assim, constituir o marco do começo do reconhecimento da 
Psicologia como uma ciência, à luz do paradigma científico do período. 
SCHULTZ D.; SCHULTZ, S. História da Psicologia Moderna. São Paulo: Cengage Learning, 2009 (adaptado). 
 
A partir da descrição acima, avalie as afirmações seguintes. 
 
I. A Psicofísica, desenvolvida sobretudo por Fechner, foi responsável por apresentar a síntese 
mencionada no texto e, assim, contribuiu para o reconhecimento da Psicologia como ciência. 
II. O estudo da experiência consciente realizado por Wilhelm Wundt no laboratório de Leipzig 
atendeu ao Zeitgeist do período e marcou o efetivo ingresso da Psicologia no campo das ciências. 
III. As alterações efetuadas por Titchener no sistema teórico wundtiano foram responsáveis pelo 
atendimento pleno das exigências acadêmicas e culturais da época. 
É correto o que se afirma em 
 
A - I, apenas. 
B - II, apenas. 
C - I e III, apenas. 
D - II e III, apenas. 
E - I, II e III. 
 
Competências transversais 
a) Levantar informação bibliográfica em indexadores, periódicos, livros, manuais técnicos e outras 
fontes especializadas através de meios convencionais e eletrônicos. 
Não consegui localizar Habilidades exigidas no documento de 2012. 
 
2 
 
Conteúdo (segundo diretrizes) 
a) A constituição da Psicologia como campo de conhecimento e atuação profissional; 
No ENADE de 2012 o item competências foi dividido em I - Competências técnicas e II - Competências 
transversais. Dessa forma, o que foi considerado em 2012 competências transversais, no caso da 
letra a, foi considerado no ENADE de 2006 como habilidade exigida. 
O texto do enunciado é um pouco confuso, assim a resposta considerada correta parece não 
corresponder ao que se explicita no referido texto. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3 
 
QUESTÃO 11 \u2013 AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA 
 
Profa. responsável: Eni Ribeiro 
 
Média de acertos 
Brasil: 43,7% 
PUC Minas (BH \u2013 Coração Eucarístico e São Gabriel): 41,5% 
 
O texto a seguir discute as implicações práticas provenientes de um estudo de meta-análise da 
validade das variáveis do Rorschach. O objetivo principal do nosso estudo foi avaliar se um método 
de avaliação baseado em performance poderia complementar métodos introspectivos (inventários) 
comumente usados na prática clínica. Nossos achados apoiam essa hipótese, pois os dados sugerem 
que seus escores mais válidos propiciam validade incremental sobre métodos de autorrelato (...). 
Discrepâncias intramétodos de avaliação devem ser mais preocupantes e motivadoras de 
investigações subsequentes do que discrepâncias entremétodos, já que estas últimas podem levar à 
ampliação do entendimento das pessoas. Concordâncias intramétodos não devem ser interpretadas 
como evidências de validade convergente, mas, sim, como evidências de fidedignidade/precisão (isto 
é, consistência de informações em formas alternativas em um contexto de método único). Além 
disso, se a confiança que um clínico tem em seus julgamentos é unicamente baseada na congruência 
de informações obtidas pelo mesmo método ou por métodos muito semelhantes (por exemplo, 
autorrelato, por meio de questionários e entrevistas, ou duas respostas separadas do Rorschach), 
ele corre risco de ter suas decisões baseadas em variância de erro associada à especificidade do 
método. 
MIHURA, J. L.; MEYER, G. J.; DUMITRASCU, N.; BOMBEL, G. The Validity of Individual Rorschach 
Variables: Systematic Reviews and Meta-Analyses of the Comprehensive System. Psychological 
Bulletin. Publicação on-line 3ói: 10.1037/a0029406, 27/8/2012 (adaptado). 
 
O texto discute conceitos da psicometria e suas implicações na validade ao serem usados diferentes 
tipos de métodos de avaliação (autorrelato, testes de performance/projetivos). Os autores 
argumentam que 
 
A - correlações entre testes do mesmo tipo que medem construtos relacionados deveriam ser 
interpretadas como evidências de validade convergente e aconselham a inclusão de um método 
projetivo na bateria de testes. 
B - correlações entre testes de tipos diferentes que medem construtos similares deveriam ser 
interpretadas como evidências de validade convergente e aconselham o uso de, pelo menos, uma 
entrevista em qualquer avaliação. 
C \u2013 correlações baixas entre testes cujos métodos sejam distintos são evidências negativas de 
validade, e correlações altas entre testes de tipos similares são evidências de validade convergente. 
D \u2013 correlações entre testes do mesmo tipo que medem construtos semelhantes deveriam ser 
interpretadas como evidências de precisão teste-reteste e aconselham o uso de testes similares (do 
mesmo tipo de método), para serem obtidos índices de congruência entre os resultados. 
E - correlações entre testes do mesmo tipo que medem construtos semelhantes deveriam ser 
interpretadas como evidências de precisão, e não de validade, e desaconselham o uso de um só tipo 
de método de avaliação, como, por exemplo, o de entrevistas. 
 
Análise da questão: 
Conteúdo abordado na questão: 
Tipos de testes Psicológicos 
Testes projetivos (especificamente o Rorschach) 
Psicometria 
 
4 
 
Competências e habilidades recrutadas para responder a questão 
Conhecer sobre os instrumentos de avaliação psicológica validados pelo Conselho 
Federal de Psicologia. 
Conhecer sobre os tipos de instrumentos de avaliação psicológica disponíveis. 
Conhecer sobre Psicometria, especialmente sobre parâmetros psicométricos (validade e 
precisão, medidas de tendência central e etc). 
Avaliar fenômenos humanos de ordem cognitiva, comportamental e afetiva, em 
diferentes contextos. 
Descrever, analisar e interpretar manifestações verbais e não verbais como fontes 
primárias de acesso a estados subjetivos. 
 
Comentários sobre o conteúdo da questão, bem como seu formato, buscando responder às 
seguintes perguntas: 
a) O que o aluno precisa saber ou saber fazer para responder corretamente a esta questão? 
O aluno deve ter conhecimento sobre Psicometria, especialmente sobre parâmetros 
psicométricos. Deve ter conhecimento sobre o teste de Rorschach e sobre inventários de 
autorrelato. Deve saber a diferença entre ambos no que se refere ao construto, forma de 
aplicação, forma de correção. Deve ter conhecimento mínimo de estatística. 
 
a) Que capacidades o aluno precisa ter para responder corretamente a esta questão? 
Primeiramente, capacidade de leitura e interpretação de texto. Mas a questão exige 
conhecimento também sobre os tipos de instrumentos possíveis de se investigar 
características de personalidade. O aluno deve ter clareza sobre a diferença significativa 
entre testes projetivos e inventários. Ainda, tem que ter conhecimento sobre validade e 
precisão e conteúdos da Psicometria (como correlação e etc). 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 
 
QUESTÃO 12 \u2013 AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA 
 
Profa. responsável: Eni Ribeiro 
 
Média de acertos 
Brasil: