A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
1º Questionario Serviço Social Surgimento e Institucionalização no Brasil Unid II

Pré-visualização | Página 1 de 5

Revisar envio do teste: Questionário Unidade II (2017/1)
	Usuário
	ana.paula10 @unipinterativa.edu.br
	Curso
	Serviço Social: Surgimento e Institucionalizaçao no Brasil
	Teste
	Questionário Unidade II (2017/1)
	Iniciado
	20/02/17 17:44
	Enviado
	20/02/17 17:44
	Status
	Completada
	Resultado da tentativa
	5 em 5 pontos  
	Tempo decorrido
	24 minutos
	Instruções
	ATENÇÃO: este questionário segue as seguintes configurações:
possui número de tentativas ilimitadas;
valida sua frequência e nota na disciplina em questão;
apresenta as justificativas corretas para auxílio em seus estudos – porém, aconselhamos que as consulte como último recurso;
considera nota 0 (zero) para “tentativa em andamento” (tentativas iniciadas e não concluídas/enviadas);
possui um prazo limite para envio (acompanhe seu calendário acadêmico) – após essa data não será possível o acesso ao conteúdo, então sugerimos o armazenamento e/ou impressão do mesmo para futuros estudos;
a NÃO realização prevê nota 0 (zero).
	Resultados exibidos
	Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas, Feedback, Perguntas respondidas incorretamente
Pergunta 1
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	(Enade 2004) Sob a autocracia burguesa (a ditadura de 1964/1984), o serviço social brasileiro explicitou, pela primeira vez, a perspectiva da intenção de ruptura com o conservadorismo.
O marco desse processo ficou conhecido como:
	Resposta Selecionada:
	a. 
“Método B.H.”.
	Respostas:
	a. 
“Método B.H.”.
	
	b. 
Método psicossocial.
	
	c. 
Método fenomenológico.
	
	d. 
Método funcionalista.
	
	e. 
Método positivista.
	Feedback da resposta:
	Alternativa A (correta) A intenção de ruptura com o serviço social tradicional produz a crítica ao serviço social tradicional e seu embasamento, pautado no regime, responde a suas demandas. Queria romper com o pensamento conservador. Introduz a teoria social de Marx (método de BH).
Alternativa B: O método psicossocial foi inserido com a fenomenologia.
Alternativa C: O método fenomenológico não intentava a ruptura com o conservadorismo.
Alternativa D: O funcionalismo era influência norte-americana e não intentava a ruptura.
Alternativa E: O positivismo, enquanto corrente, não intenta a ruptura.
	
	
	
	
Pergunta 2
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	A contestação ao tradicionalismo profissional emergiu na metade dos anos 1960 e prolongou-se por uma década, implicando um questionamento global da profissão, de seus fundamentos, de suas raízes sociopolíticas e da direção social da pratica profissional. Esse processo é denominado:
	Resposta Selecionada:
	c. 
Movimento de reconceituação.
	Respostas:
	a. 
Serviço social latino-americano.
	
	b. 
Movimento eclesial de base.
	
	c. 
Movimento de reconceituação.
	
	d. 
Serviço social tradicional.
	
	e. 
Serviço social clássico.
	Feedback da resposta:
	Para responder esta questão é necessário remeter-se ao contexto histórico delimitado na década de 1960 e aos movimentos que emergiram.
Alternativa C (correta): A partir de 1960, o serviço social começa a sofrer importantes transformações no movimento de reconceituação da profissão na América Latina, que trazia uma denúncia do conservadorismo profissional iniciado na década de 1960 e desenvolvido até a década de 1980, influenciado pela conjuntura histórica mundial, principalmente na América Latina. Nessa década a profissão veio a questionar seus referenciais e requisitar uma renovação em diferentes níveis: teóricos, metodológico, técnico operativo e político. Esse processo de mudanças na formulação teórica e prática do serviço social não se deu de forma isolada, mas sim inserido no movimento das demais ciências sociais e humanas, que discutiam a temática do “desenvolvimento” e de suas repercussões na América Latina. Esse movimento, denominado de “movimento de reconceituação”, impôs ao assistente social a necessidade da constituição de um novo projeto profissional, comprometido com as demandas e interesses da população usuária dos serviços. O movimento foi reprimido pelo golpe militar de 1964, com a neutralização de todos os segmentos comprometidos com a democratização da sociedade e do Estado (Bravo, 2007).
Alternativa A: O serviço social latino-americano foi uma influencia para o serviço social brasileiro, pelos seus ideários de lutas, mas não foi um movimento em si.
Alternativa B: O movimento católico não suscitava mudanças.
Alternativa D: O serviço social tradicional apresenta-se mais como uma postura do que um movimento.
Alternativa E: O serviço social clássico não rememora mudanças estruturais.
	
	
	
	
Pergunta 3
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	A interlocução do serviço social com as diferentes vertentes teórico-metodológicas de inspiração marxista, fenomenológica, funcionalista, modernizadora e suas consequentes respostas profissionais às expressões da questão social podem ser analisadas a partir da própria inscrição da profissão na divisão social do trabalho e de sua função no processo de reprodução das relações sociais como uma atividade polarizada por interesses contraditórios.
Sobre as vertentes teórico-metodológicas, que se constituíram em referencial de análise para o serviço social, podemos afirmar que:
I- No funcionalismo, o serviço social se constitui como profissão de ajuda, se propõe a promover a integração e/ou ajustamento do homem ao meio.
II- No marxismo, o serviço social se situa no processo de reprodução das relações sociais como atividade auxiliar e subsidiária no exercício do controle social.
III- Na fenomenologia, o serviço social tematiza a noção de intervenção social como um procedimento metódico de processo de ajuda psicossocial, desenvolvido através do diálogo.
IV- Na vertente modernizadora, o serviço social se caracteriza como uma profissão comprometida com uma sociedade mais justa e solidária, ou seja, com a transformação social.
 
Assinale a alternativa que está correta.
	Resposta Selecionada:
	d. 
I, II e III.
	Respostas:
	a. 
I e II.
	
	b. 
III e IV.
	
	c. 
II e IV.
	
	d. 
I, II e III.
	
	e. 
I, IV.
	Feedback da resposta:
	Espera-se, para a resolução desta questão, a apreensão das estruturas de pensamento que influenciaram e permearam o serviço social desde a sua gênese.
Quanto à afirmativa I: No funcionalismo, o serviço social se constitui como profissão de ajuda, propõe-se a promover a integração e/ou o ajustamento do homem ao meio. Assim, a questão está correta, pois foi no funcionalismo que a prática institucional foi instaurada, em substituição ao neotomismo.
Quanto à afirmativa II: No marxismo, o serviço social situa-se no processo de reprodução das relações sociais como atividade auxiliar e subsidiária no exercício do controle social. Portanto, a questão está correta, pois é na apropriação dessa teoria que se evidenciam as relações sociais a partir das relações de produção, porém, nessa gênese, como agente de controle, a fim de manter a ordem vigente.
Quanto à afirmativa III: Na fenomenologia, o serviço social tematiza a noção de intervenção social como um procedimento metódico de processo de ajuda psicossocial, desenvolvido através do diálogo. Está correta também, pelo fato de nessa vertente as ações serem voltadas para o vivido, e sua interpretação parte da ajuda através dessa compreensão, através do diálogo, e não apenas do empirismo.
A afirmativa IV está incorreta, porque a vertente modernizadora se caracteriza pelas abordagens funcionalistas, estruturalistas e positivistas.
	
	
	
	
Pergunta 4
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	A primeira fase de difusão da vertente ideopolítica Intenção de Ruptura fundamentou-se:
	Resposta Selecionada:
	b. 
No arsenal marxiano de raiz estruturalista.
	Respostas:
	a. 
No pensamento clássico de Marx.
	
	b. 
No arsenal marxiano de raiz estruturalista.
	
	c. 
Na abordagem historicista marxiana.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.