55 pág.

PRESERVAÇÃO DA HISTÓRIA LOCAL CIDADE DE BELTERRA

Disciplina:Psi e Comunidade39 materiais186 seguidores
Pré-visualização12 páginas
CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO MONTENEGRO
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU
EMMETODOLOGIA DO ENSINO DE GEO-HISTÓRIA
FRANCICLEISE SILVA PEDROSO

PRESERVAÇÃO DA HISTÓRIA LOCAL- CIDADE DE BELTERRA: RECONSTRUINDO A HISTÓRIA DE ONDE VIVEMOS.

BELTERRA – PARÁ
2012
FRANCICLEISE SILVA PEDROSO

PRESERVAÇÃO DA HISTÓRIA LOCAL- CIDADE DE BELTERRA: RECONSTRUINDO A HISTÓRIA DE ONDE VIVEMOS.

Monografia apresentada ao Centro de Pós-graduação Montenegro, como um dos requisitos para a obtenção do título de Especialista no Ensino de Geo-história.
Orientador: Prof. Msc. Paulo Sérgio Marinho de Souza

BELTERRA-PARÁ
2012
CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO MONTENEGRO
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU
EMMETODOLOGIA DO ENSINO DE GEO-HISTÓRIA

FICHA DE AVALIAÇÃO DE MONOGRAFIA

ORIENTADOR (A): Prof. Msc. Paulo Sérgio Marinho de Souza
ALUNO (A): Francicleise Silva Pedroso
TÍTULO DA MONOGRAFIA: PRESERVAÇÃO DA HISTÓRIA LOCAL- CIDADE DE BELTERRA: RECONSTRUINDO A HISTÓRIA DE ONDE VIVEMOS.

NOTA ATRIBUÍDA: ____________
PARECER
A acadêmica desenvolveu a temáticapreservação da história local- cidade de belterra: reconstruindo a história de onde vivemos, de acordo com os padrões da metodologia cientifica vigente, atendendo de modo satisfatório os requisitos necessários à Aprovação e obtenção do título de especialista emmetodologia do ensino de geo-história
.
Santarém – Pará, 20 de Novembro de 2012.

_________________________________
Assinatura do(a) orientador(a)

DEDICATÓRIA
Dedico
A minha mãe Maria Líbia Cardoso Silva, (em memória).
A meu marido Rosenildo de Araújo Pedroso.
A meus filhos.
Aos professores do curso de Geo-história.
Aos alunos e pais da comunidade São Francisco, Br. 163 Belterra-PA

AGRADECIMENTOS

A Deus pelo dom da vida.
Meu marido Rosenildo de Araújo Pedroso pelo apoio e compreensão.
A meus filhos, Ana Clara, Fabio Ravells, Rosenildo Junior, Rick Cleyson,Evelys Caroline e Alexia Karinny que esta chegando,
Razões da minha luta e do meu existir.
Aos colegas de classe que desde muitos anos caminhamos juntos.
Aos professores do Centrode Pós-graduaçãoMonte Negro, pelo apoio e incentivo.
A todos os alunos que tive o prazer de conhecer e aprender com eles.

RESUMO 

A Monografia ora apresentada discorre sobre a implantação da Companhia Ford Industrial do Brasil, na Amazônia brasileira, que se deu a partir de 1927 e ficou sobre o controle dos norte-americanos até o ano de 1945 quando a concessão foi devolvida para o governo brasileiro. 	O tema desta pesquisa é a preservação da historia local sobre a experiência da Companhia Ford Industrial do Brasil, na Amazônia brasileira, entre 1927 e 1945, dando ênfase nas relações de trabalho implantadas, buscando ressaltar como este modelo contrasta com o predominante na região, caracterizando uma fração diferenciada do território capitalista no Brasil.Desta forma, o projeto foi ampliado a fim de contemplar não só o empreendimento visto por seus antigos trabalhadores, como também os debates realizados que mostram as expectativas iniciais dos residentes e a reversão das mesmas com a implantação da empresa; a constituição do projeto como uma fração do território capitalista mundial e as diferenças culturais que ficaram evidenciadas no processo de constituição de Fordlândia e de Belterra.O estudo foi dividido em três capítulos que discutem: a trajetória do trabalho de campo realizado em três diferentes etapas; a contextualização histórica do empreendimento que se deu após o declínio da produção da borracha na região; Analise da tipologia e arquitetura do núcleo urbano de Belterra. As entrevistas com os antigos trabalhadores foram intercaladas ao longo dos capítulos mostrando a sua visão dos acontecimentos e buscando ressaltar as diferenças entre o sistema de trabalho implantado, baseado na exploração capitalista direta e marcado pelo fordismo, e o que prevalecia no entorno, com relações tradicionais de subordinação.
Palavras-chaves: Educação. Preservação da história local.reconstrução da história.

ABSTRACT

The Monograph presented here discusses the implementation of Ford Industrial Company of Brazil, the Brazilian Amazon, which occurred from 1927 and was under the control of Americans by the year 1945 when the grant was returned to the Brazilian government. The theme of this research is the preservation of local history about the experience of Ford Industrial Company of Brazil, in the Brazilian Amazon between 1927 and 1945, with an emphasis on labor relations established, seeking to highlight how this model contrasts with the prevailing in the region, featuring a fraction of differentiated capitalist territory in Brazil. Thus, the project was expanded to include not only the development seen by its former employees, as well as the discussions show that the initial expectations of residents and the reversal of the same with the deployment of the company, the constitution of the project as a fraction territory of the capitalist world and the cultural differences that were highlighted in the process of constitution of Fordlandia and Belterra.O study was divided into three chapters that discuss: the trajectory of fieldwork conducted in three different stages: the historical context of the enterprise that occurred after the decline in rubber production in the region; Analyze the typology of architecture and urban core of Belterra. Interviews with former workers were interspersed throughout the chapters showing his view of events and seeking to highlight the differences between the system of work in place, based on the direct capitalist exploitation and marked by Fordism, and the prevailing environment, relations with traditional subordination.

Keywords: Education. Preservation of local history.reconstruction of history.

SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO								 	 9
2.AS IMPLANTAÇÕES EM BELTERRA DA COMPANHIA FORDDO
BRASIL 11
2.1 Os antecedentes 							 11
2.2 A concessão Belterra								 13
2.3 As instalações industrial e residencial em Belterra			 15
2.4 O trabalhador na concessão Belterra					 19
2.5 O fim da companhia Ford industrial do Brasil				 21
2.6 Administração e política divergentes para Belterra			 23
3. A ÁREA 							 28
3.1. Localização									 28
4.ANÁLISE DA TIPOLOGIA E ARQUITETURA DO NÚCLEO
URBANO HISTÓRICO DE BELTERRA 			 31
4.1. As vilas									 	 31
4.2. Vila americana 32
4.3. Vila mensalista									 37
4.4. Vila timbó 									 40
4.5. Vila operária						 			 41
4.6. Vilas viveiro I a III 42
4.7. Vila 12943
5.OUTROS EXEMPLARES DE INTERESSE À PRESERVAÇÃO	 	 44
5.1 Unidades residenciais 							 	 45
5.2. Instalações industriais 45
5.3. Unidades públicas								 46
6. CONSIDERAÇÕES FINAIS 							 48
7. REFERÊNCIAS 									 51
8. ANEXO 									 52	

								

9INTRODUÇÃO
	O tema deste trabalho é a preservação da historia local sobre a experiência da Companhia Ford Industrial do Brasil, na Amazônia brasileira, entre 1927 e 1945, dando ênfase nas relações de trabalho implantadas, buscando ressaltar como este modelo contrasta com o predominante na região, caracterizando uma fração diferenciada do território capitalista no Brasil.
	Esta pesquisa foi iniciada sob a orientação da professora Edilene Ribeiro, tema de reflexão para uma dissertação, a orientação final foi feita