appol
5 pág.

appol


DisciplinaMúsica na Sala de Aula236 materiais479 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Questão 1/5 - Música na Sala de Aula
Atente para a citação a seguir: 
\u201cPesquisas atuais mostram a importância da ação musicalizadora aliada ao aprimoramento da sensibilidade, ao contexto sociocultural e à natureza de cada indivíduo. Nesse processo, é necessário explorar os sons, enxergar o que a música possui para que seja escutada, e apreciá-la de diferentes maneiras. Isso também implica aspectos como memória, gosto, estilo, emoção e reflexividade concernentes à experiência musical\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: CIRINO, Andréa Cristina. Musicalização de adultos: gosto musical se discute. XXIII Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música, Natal, 2013. p. 1. [Comunicação]. <http://www.anppom.com.br/congressos/index.php/23anppom/Natal2013/paper/viewFile/2199/351>. Acesso em 14 nov. 2017. 
Considerando os conteúdos do livro-base Música na infância e na adolescência: Um livro para pais, professores e aficionados sobre as preferências musicais e a formação do gosto musical de crianças, relacione corretamente a segunda coluna de acordo com a primeira: 
(1) Preferência musical
(2) Gosto musical 
 
(  ) Dura pouco tempo.
(  ) É mais estável.
(  ) Desaparece rapidamente.
(  ) Depende da experiência para ser formado.
(  ) É mais comum uma pessoa idosa já possuir esse aspecto desenvolvido.
 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	1 \u2013 2 \u2013 1 \u2013 2 \u2013 1
	
	B
	2 \u2013 1 \u2013 2 \u2013 2 \u2013 1
	
	C
	1 \u2013 2 \u2013 1 \u2013 1 \u2013 1
	
	D
	1 \u2013 2 \u2013 1 \u2013 2 \u2013 2
	
	E
	2 \u2013 1 \u2013 2 \u2013 1 \u2013 1
	1(?)
	2
Questão 2/5 - Música na Sala de Aula
Leia o trecho de texto que segue: 
\u201cPitágoras, ao que tudo indica, estava interessado em entender aquilo que hoje se denomina harmonia. Em outras palavras, pode-se dizer que seus estudos consistiam em descobrir quais combinações de sons eram agradáveis aos ouvidos. Porém, para os gregos, a palavra harmonia tinha um sentido mais amplo, de ordem, ordenação, equilíbrio\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: PEREIRA, Marcos do C. Matemática e música: De Pitágoras aos dias de hoje. Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro. Dissertação de Mestrado. Rio de Janeiro, 2013. p. 17. <www2.unirio.br/unirio/ccet/profmat/tcc/2011/tcc-marcos>. Acesso em 13 nov. 2017. 
Tendo em vista os conteúdos do livro-base Música na infância e na adolescência: Um livro para pais, professores e aficionados sobre música e raciocínio lógico-matemático, analise as asserções a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas.
I. ( ) Na Antiguidade, a música e a matemática faziam parte dos conhecimentos dos indivíduos respeitados socialmente por suas capacidades intelectuais.
II. ( ) Aprender padrões, combinações e agrupamentos de objetos são aprendizagens comuns nas áreas de música e de matemática.
III. (  ) Foi comprovado cientificamente que crianças que têm música como disciplina obrigatória na escola possuem ótimo rendimento em matemática. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	V \u2013 F \u2013 V
	
	B
	F \u2013 V \u2013 V
	
	C
	V \u2013 V \u2013 F
	
	D
	F \u2013 F \u2013 V
	
	E
	V \u2013 F \u2013 F
	1(?)
	2
Questão 3/5 - Música na Sala de Aula
Considere o seguinte trecho de texto: 
\u201cA ideia de que há um período crítico para a aquisição de linguagem não é recente. Em 1915, o neurologista inglês Hughlings-Jackson já afirmava que a língua deveria ser adquirida o mais cedo possível, senão seu desenvolvimento poderia ser permanentemente retardado e prejudicado, com todos os problemas ligados à capacidade de proposicionar\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SANTANA, Ana Paula. Idade crítica para aquisição da linguagem. Revista Distúrbios da Comunicação, São Paulo, v. 16, n. 3, p. 343-354, dez. 2004. p. 344. <https://revistas.pucsp.br/index.php/dic/article/view/11670>. Acesso em 14 nov. 2017. 
Tendo em vista os conteúdos do livro-base Música na infância e na adolescência: Um livro para pais, professores e aficionados sobre o período crítico para a aquisição da competência musical, assinale a alternativa correta:
	
	A
	O período crítico para a aquisição da competência musical refere-se aos três primeiros meses do bebê, quando ele ainda não distingue com clareza os diferentes sons ouvidos no ambiente.
	
	B
	O período crítico para a aquisição da competência musical é uma etapa da vida em que as experiências desempenham um efeito muito mais acentuado nos comportamentos e/ou habilidades do indivíduo.
	
	C
	O período crítico para aquisição da competência musical ocorre aos dois anos de idade.
	
	D
	Na adolescência, não é possível desenvolver habilidades musicais, pois o período crítico para a aquisição da competência musical já passou.
	
	E
	O período crítico para a aquisição da competência musical só ocorre em relação à aquisição da linguagem, e não em relação à aprendizagem musical.
	1(?)
	2
Questão 4/5 - Música na Sala de Aula
Leia o fragmento de texto a seguir: 
\u201cA exposição a elevados níveis de intensidade pode desencadear diversos sintomas, tais como: intolerância a sons intensos, tontura, otalgia e principalmente, o zumbido e perda auditiva 11. Já o prejuízo na audição pode acarretar consequências severas à qualidade de vida do indivíduo, afetando sua saúde e conturbando intensamente suas relações sociais\u201d.                                                     
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LACERDA. Adriana Bender Moreira de et al. Hábitos auditivos e comportamento de adolescentes diante das atividades de lazer ruidosas. Revista CEFAC, v. 13, n. 2, 322-329, mar./abr., 2011. p. 322. 
Em relação aos conteúdos do livro-base Música na infância e na adolescência: Um livro para pais, professores e aficionados sobre a música na adolescência, analise as afirmações a seguir:
I. A necessidade de os adolescentes ouvirem música muito alta pode estar relacionada a uma mudança na atividade cerebral, em uma área do cérebro denominada sistema de recompensa.
II. Na adolescência, é comum ocorrer a descoberta da possibilidade de ouvir música sozinho.
III. É mais frequente o bebê ouvir música sozinho do que o adolescente.
IV. Utilizar os tocadores de música portáteis é uma forma de os adolescentes deixarem de lado os conflitos, os problemas, os impulsos e as dúvidas do momento. 
Está correto somente o que se afirma em:
	
	A
	III e IV
	
	B
	II, III e IV
	
	C
	I, II e III
	
	D
	II e IV
	
	E
	I, II e IV
	1(?)
	2
Questão 5/5 - Música na Sala de Aula
Atente para o seguinte trecho de texto: 
Segundo Moreira, \u201cas atividades musicais realizadas na escola não visam à formação de músicos, mas, contato, vivência e compreensão da linguagem musical. Por isso, propiciar a abertura de canais sensoriais, facilitando a expressão de emoções, ampliando a cultura geral e contribuindo para a formação integral do ser\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FRITSCHE, Jackeline Marisa. A música no desenvolvimento da criança de 3 a 4 anos na educação infantil. Revista REP\u2019s. Experiências em Educação do Campo: Perspectivas e práticas pedagógicas, Sinop, v. 7, n. 3 (20. ed.), p. 1146-1160, ago./dez, 2016. p. 1152. <sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/eventos/article/download/2556/1870>. Acesso em 14 nov. 2017. 
Considerando os conteúdos do livro-base Música na infância e na adolescência: Um livro para pais, professores e aficionados sobre transformações nas práticas musicais de crianças em idade escolar, analise as asserções a seguir:
I. As crianças em idade escolar, especialmente nas séries iniciais do Ensino Fundamental, já têm noções de afinação e precisam praticar essa competência para mantê-la na memória.
II. Por meio da música, além de aprender a ouvir, cantar ou tocar, as crianças também aprendem a refletir e a fazer escolhas