A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
Aula_02

Pré-visualização | Página 1 de 3

ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Aula 2: A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente
Prof. Cristiano Saldanha
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
Conteúdo Programático desta aula
Ao final desta aula, o aluno será capaz de:
 1- Relacionar Epidemiologia, meio
 ambiente e agravos à saúde;
2- Verificar as relações entre meio
 ambiente e riscos à saúde, tanto
 nas populações urbanas quanto
 nas rurais;
3- Identificar os principais artigos e
 incisos da Política Nacional do
 Meio Ambiente.
 
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
	Epidemiologia
Nos últimos anos, ocorreu um aumento nos estudos que procuram relacionar a saúde e o ambiente. Buscar soluções para que as futuras gerações vivam em um ambiente mais saudável é um grande desafio atual. Buscam-se ações em defesa do meio ambiente e da saúde da humanidade.
 
Várias disciplinas estão envolvidas nas discussões sobre a relação entre a saúde e o ambiente, e dentre elas, temos a Epidemiologia.
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
Definição de Epidemiologia
Segundo ALMEIDA F. 1992, a epidemiologia é uma ciência que estuda quantitativamente a distribuição dos fenômenos de saúde/doença, e seus fatores condicionantes e determinantes, nas populações humanas. Alguns autores também incluem na definição que a epidemiologia permite ainda a avaliação da eficácia das intervenções realizadas no âmbito da saúde pública.
Considerada como a principal “ciência básica” da saúde coletiva, a Epidemiologia analisa a ocorrência de doenças em massa, ou seja, em sociedades, coletividades, classes socias, grupos específicos, dentre outros levando em consideração causas categoricas dos geradores estados ou eventos relacionados à saúde das populações características e suas aplicações no controle de problemas de saúde.
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
Desta maneira podemos entender a epidemiologia como a ciência que estuda o comportamento das doenças em uma determinada comunidade, levando em consideração diversas características ligadas à pessoa, espaço físico e também tempo, desta maneira é possível determinar as medidas de prevenção e controle mais indicadas para o problema em questão como também avaliar quais serão as estratégias a serem adotadas e se as mesmas causaram impactos, diminuindo e controlando a ocorrência da doença em análise.
Vale ressaltar que enquanto a clínica trata a doença individualmente, a epidemiologia aborda o processo saúde-doença em populações ou grupos de pessoas.
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
A disciplina de Epidemiologia:
Contribui para tornar evidente a relação entre ambiente e agravos à saúde;
Calcula riscos pela exposição a determinados poluentes ambientais;
Possibilita a implantação de programas de intervenção e mitigação de riscos,
tais como sistemas de vigilância e monitoramento ambiental, por exemplo.
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
REFLEXÃO
“Compreendemos que o ambiente é produzido por processos ecológicos conduzidos pela sociedade, por meio das tecnologias e técnicas com as quais o homem interage com a natureza. São esses ambientes que podem configurar situações de risco para a saúde e qualidade de vida dos humanos” (Tambellini, 1996).
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
O conceito de risco na Epidemiologia
Para esta disciplina, vamos adotar o seguinte conceito de risco:
 
Risco é entendido pela Epidemiologia como a “probabilidade de ocorrência de uma doença, agravo, óbito ou condição relacionada à saúde (incluindo cura, recuperação ou melhora) em uma população ou grupo, durante um período de tempo determinado” (Almeida Filho e Rouquayrol, 2002).
Disciplina - O risco é estimado em Epidemiologia sob a forma de uma proporção matemática.
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
DICA
O estudo de risco ambiental apareceu formalmente nos Estados Unidos de 1940 a 1950, ao mesmo tempo em que surgiu a indústria nuclear e a segurança das instalações das refinadoras de petróleo, aeroespacial e da indústria química.
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
Fatores de risco à Saúde
Conheça alguns fatores de risco que podem favorecer o adoecimento das populações
São componentes que podem levar à doença ou contribuir para o risco de adoecimento e manutenção dos agravos de saúde. Podem, também, ser definidos como: “atributos de um grupo da população que apresenta maior incidência de uma doença ou agravo à saúde em comparação com outros grupos que não o tenha ou com menor exposição a tal característica” (Almeida Filho e Rouquayrol). 
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
Fatores de risco à Saúde
 - Ruídos
 - ar poluído
 - lixo hospitalar
 - alimentos contaminados
 - água não tratada/ contaminada
 - ambiente mal ventilado ou iluminado
 - sangue potencialmente contaminado
 Micro-organismos patogênicos
 Presença de vetores de doenças
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
As alterações ambientais também podem se tornar fatores de risco à saúde, conhecidas como danos ambientais, como por exemplo, lixo mal acondicionado.
Diante de tantas mudanças ambientais ocorridas no mundo e no Brasil, tornou-se necessário para o país ter uma política que tratasse das questões relacionadas com o meio ambiente. Desta maneira, em 1981 foi criada a Política Nacional do Meio Ambiente, ou Lei 6.938/81.
Conheça alguns dos seus artigos!
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
 Lei 6.938/81 – Artigo 2º 
De acordo com o artigo 2º, a Política Nacional do Meio Ambiente tem como objetivo “a preservação, melhoria e recuperação da qualidade ambiental propícia à vida, visando assegurar, no país, condições ao desenvolvimento socioeconômico, aos interesses da segurança nacional e à proteção da dignidade da vida humana”. 
Estes são os princípios que deverão ser atendidos de acordo com este artigo: 
I - Ação governamental na manutenção do equilíbrio ecológico, considerando o meio ambiente como um patrimônio público a ser necessariamente assegurado e protegido, tendo em vista o uso coletivo; 
II - Racionalização do uso do solo, do subsolo, da água e do ar; 
III - Planejamento e fiscalização do uso dos recursos ambientais; 
IV - Proteção dos ecossistemas, com a preservação de áreas representativas; 
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
V - Controle e zoneamento das atividades potencial ou efetivamente poluidoras; 
VI - Incentivos ao estudo e à pesquisa de tecnologias orientadas para o uso racional e a proteção dos recursos ambientais; 
VII - Acompanhamento da qualidade ambiental; 
VIII - Recuperação de áreas degradadas; 
IX - Proteção de áreas ameaçadas de degradação; 
X - Educação ambiental a todos os níveis do ensino, inclusive a educação da comunidade, objetivando capacitá-la para participação ativa na defesa do meio ambiente. 
Tema da Apresentação
 A Epidemiologia e a Política Nacional do Meio Ambiente – Aula 2
ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL
 Lei