A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
247 pág.
Planejamento Estrategico - Slides

Pré-visualização | Página 2 de 16

do 
ambiente da empresa em duas partes: ambiente direto e 
ambiente indireto. 
• Ambiente direto - representa o conjunto de fatores através dos quais a 
empresa tem condições não só de identificar, mas também de avaliar e 
medir, de forma mais efetiva e adequada, o grau de influência recebido 
e/ou proporcionado. 
• Ambiente indireto - representa o conjunto de fatores através dos quais a 
empresa identificou, mas não tem condições, no momento, de avaliar, 
medir o grau de influência entre as partes. Pode ser, por exemplo, o caso 
de algumas variáveis culturais, demográficas ou sociais. 
Planejamento Estratégico 45 
Níveis do ambiente da empresa 
A 
EMPRESA 
AMBIENTE DIRETO 
AMBIENTE INDIRETO 
Influência 
identificada 
Influência não 
identificável 
Planejamento Estratégico 47 
Fatores ou variáveis ambientais 
 e seus componentes 
Taxa de 
 inflação 
Situação 
socioeconômica 
de cada segmento 
da população 
Monetárias Densidade 
Nível de 
alfabetização 
Área 
tributária 
Aquisição 
tecnológica 
pelo País 
Nível de 
desenvolvimento 
ecológico 
Taxa de juros 
Situação sindical 
(organização, 
participação 
e ideologias) 
Tributárias Mobilidade 
Nível de 
escolaridade 
Área 
trabalhista 
Desenvolvimento 
tecnológico 
pelo País 
Índices de 
poluição 
Mercado de 
 capitais 
Situação político- 
partidária 
(org., patic. 
e ideologias) 
De distribuição 
de rendas 
Taxa de 
crescimento 
Veículo de 
comunicação de 
massa 
(estrutura, níveis 
de audiência e de 
concentração) 
Área 
criminalista 
Transferência de 
tecnologia 
pelo País 
Legislações 
existentes 
Nível do 
produto nacional 
bruto 
De relações 
internacionais 
Composição e 
distribuição 
da população 
Área 
comercial 
Proteção de 
marca e 
patentes 
Balanço de 
pagamentos 
Legislativa 
(federal, estadual 
e municipal) 
Processo 
migratório 
Velocidade das 
mudanças 
tecnológicas 
Nível de 
reservas 
cambiais 
De estatização 
ou de 
privatização 
Nível de orçamento 
de pesquisa e 
desenvolvimento 
do País 
Nível de 
distribuição de 
rendas 
De estrutura 
do poder 
Nível de 
 incentivos 
governamentais 
Econômicas Sociais Políticas Demográficas Culturais Legais Tecnológicas Ecológicas 
Fatores ou variáveis ambientais 
Planejamento Estratégico 50 
Fase I - Diagnóstico estratégico 
• produtos e serviços 
atuais; 
• novos produtos e 
serviços; 
• promoção; 
• imagem institucional; 
• comercialização; 
• sistema de informações 
• estrutura 
organizacional 
tecnologia; 
suprimentos; 
parque industrial; 
recursos humanos; 
estilo de administração; 
resultados empresariais; 
recursos financeiros; e 
controle e avaliação 
Os fatores a serem considerados na análise interna são: 
Planejamento Estratégico 52 
Fase I - Diagnóstico estratégico 
D - Análise dos concorrentes 
• Esta etapa decompõe um aspecto da etapa da análise 
externa. 
• Seu tratamento deve ser detalhado, pois seu resultado irá 
influenciar a identificação das vantagens competitivas da 
própria empresa e a dos concorrentes. 
• Nessa etapa, evidencia-se a necessidade de uma avaliação 
da qualidade da informação para uma avaliação preliminar 
do nível de risco que a empresa está adotando. 
 
Planejamento Estratégico 53 
Fase I - Diagnóstico estratégico 
D - Análise dos concorrentes 
• Deve ser feita uma análise interna e externa dos próprios 
concorrentes. 
• O resumo das sugestões deve ser tratado de forma que 
despersonalize as idéias individuais e estabeleça as idéias 
da empresa. 
• Um debate dirigido deve proporcionar o bom senso e o 
consenso geral. 
 
Planejamento Estratégico 54 
Fase II - Missão da empresa 
 Neste ponto deve ser estabelecida a razão de ser da 
empresa, bem como seu posicionamento 
estratégico. 
A - Estabelecimento da missão da empresa 
• A missão é a determinação do motivo central do 
planejamento estratégico, ou seja, a determinação 
de “onde a empresa quer ir”. 
• Corresponde a um horizonte dentro do qual a 
empresa atua ou poderá atuar. 
 
 
Planejamento Estratégico 55 
Fase II - Missão da empresa 
“A missão deve ser definida em termos de satisfazer 
alguma necessidade do ambiente externo, e não em 
termos de oferecer algum produto ou serviço ao 
mercado”. (Kotler) 
• Salienta-se que essa missão não está, diretamente, 
relacionada com o estatuto social da empresa, e é, 
na realidade, muito mais ampla, e envolve, 
inclusive, expectativas. 
 
Planejamento Estratégico 56 
Fase II - Missão da empresa 
 B - Estabelecimento dos propósitos atuais e 
potenciais 
– Dentro da missão, o executivo deve estabelecer os 
propósitos da empresa. 
– Propósitos - correspondem à explicação dos setores de 
atuação dentro da missão que a empresa já atua ou está 
analisando a possibilidade de entrada no setor, ainda 
que esteja numa situação de possibilidade reduzida. 
 
Planejamento Estratégico 57 
Fase II - Missão da empresa 
• Estes setores de atuação referem-se tanto a 
produtos e serviços como a segmentos de 
mercado. 
• A empresa deve armazenar todos os dados e 
informações referentes a seu propósitos atuais e 
futuros. 
 
 
Planejamento Estratégico 58 
Fase II - Missão da empresa 
 C - Estruturação e debate de cenários 
• Cenários representam critérios e medidas para a 
preparação do futuro da empresa. 
• Esses cenários devem ser montados com base nos 
dados e informações fornecidas pelo sistema de 
informações estratégicas. 
• O executivo pode desenvolver cenários que 
retratem determinado momento no futuro ou que 
detalhem a evolução e a seqüência de eventos, 
desde o momento atual até determinado momento 
no futuro. 
Planejamento Estratégico 60 
Fase II - Missão da empresa 
 D - Estabelecimento da postura estratégica 
• A postura estratégica da empresa é maneira como 
a empresa posiciona-se diante de seu ambiente. 
• A postura proporciona um quadro-diagnóstico geral 
da empresa, resultante do: 
– confronto entre seus pontos fortes e fracos; 
– e que a qualifica quanto a sua capacidade de aproveitar 
oportunidades e 
– de enfrentar ameaças externas ou não controláveis pela 
empresa. 
Planejamento Estratégico 61 
Fase II - Missão da empresa 
 D - Estabelecimento da postura estratégica 
• A postura estratégica corresponde à maneira ou a postura 
mais adequada para a empresa alcançar seus propósitos 
dentro da missão, respeitando sua situação interna e 
externa atual, estabelecida no diagnóstico estratégico. 
 Exemplo: intensificar a propaganda na região sudeste, no 
primeiro semestre. 
 
 E - Estabelecimento das macroestratégias e macropolíticas 
• É na fase do delineamento da missão que o executivo deve 
estabelecer as macroestratégias e as macropolíticas da 
empresa. 
 
Planejamento Estratégico 62 
Fase II - Missão da empresa 
 Macroestratégias correspondem às grandes ações ou 
caminhos que a empresa deverá adotar para melhor 
interagir, usufruir e gerar vantagens competitivas no 
ambiente. 
 Exemplo: contratar uma agência de propaganda 
multinacional. 
 
 Macropolíticas correspondem às grandes orientações que 
servirão como base de sustentação para as decisões, de 
caráter geral, que a empresa deverá tomar para melhor 
interagir com o ambiente. 
 Exemplo: não contratar agência de propaganda que se 
envolveu nas falcatruas do governo. 
 
Planejamento Estratégico 63 
Fase II - Missão da empresa 
• É importante que o executivo faça uma revisão das 
macroestratégias e macropolíticas estabelecidas 
nessa fase da metodologia, visando a seu