Resumo Direito Administrativo Aula 01 e 02 Principios Patricia Carla
4 pág.

Resumo Direito Administrativo Aula 01 e 02 Principios Patricia Carla


DisciplinaDireito Administrativo I63.664 materiais1.122.768 seguidores
Pré-visualização1 página
Exame de Ordem 
Damásio Educacional 
Curso: Extensivo FDS| Disciplina: Direito Administrativo 
Aula: 01 e 02|Data: 12/08/2017 
 
 MATERIAL DE APOIO 
EXAME DE ORDEM 
ANOTAÇÃO DE AULA 
 
EMENTA DA AULA 
1. PRINCÍPIOS; 
2. PODERES DA ADMINISTAÇÃO PUBLICA; 
3. BENS PUBLICOS; 
 
GUIA DE ESTUDO 
 
1. PRINCÍPIOS 
1.1. REGIME JURÍDICO ADMINISTRATIVO 
\uf0d8 Principio da Supremacia do direito publico em detrimento do interesse do particular: 
 Superioridade Coletivo (Prerrogativas) Ex. desapropriação, 
 Exorbitantes (Art. 58, Lei 8666/93) 25% 50% 
\uf0d8 Principio da indisponibilidade do interesse publico: 
\uf0d8 O interesse é publico e indisponível. 
 Ex: Licitação (A escolha da melhor proposta para contratar o melhor serviço), concurso publico (Art. 37, II, da CF). 
\uf0d8 OBS: São princípios implícitos, não são encontrados na lei 
1.2. ART. 37 DA CF 
 Lei 
Legalidade 
 Princípios 
Impessoalidade: Art. 37º § 1º da CF 
Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos 
Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios 
obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, 
publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: 
§ 1º A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas 
dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de 
orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou 
 
 
 
Exame de Ordem 
Damásio Educacional 
2 de 4 
 MATERIAL DE APOIO 
 EXAME DE ORDEM 
 
imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou 
servidores públicos. 
Moralidade: Lei de improbidade administrativa \u2013 Lei 8429/92 (LIA) art. 10-a + Lei 157/16 
Publicidade: A administração deve divulgar seus atos, é efetivar a publicidade. 
Publicar os atos é condição de sua eficácia. Não é condição de invalidade 
Eficiência: Emenda Constitucionaln19/98 Administração publica gerencial 
1.2.1. LEI Princípio DA ADM. FEDERAL 
OBS: LEI 9784/99: 
\uf0d8 Princípio da Razoabilidade: adequação entre os meios e fins; 
\uf0d8 Princípio da Proporcionalidade: aplicação de sanções, ela devem ser proporcionais; 
\uf0d8 Princípio da segurança jurídica: Veda novas interpretações por parte do poder publico; 
\uf0d8 Se a administração deve motivar e justiçar seus atos. Sendo falsa e mentirosa o ato é anulado com base na 
teoria dos motivos determinantes; 
2. PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA 
\uf0d8 PODER HIERÁRQUICO: Fiscaliza 
 Corrige 
 Delegação 
 Avocação 
 Coordenação 
Poder interno. São aplicadas as pessoas que tenham relação direta com a administração publica (servidor publico) 
PODER DISCIPLINAR: Poder interno, é o poder de penalidade, sanção. Aplica \u2013 se a pessoa que tem relação direta 
e indireta com a administração publica (servidor público). A relação indireta eu vou ter concessionário e 
permissionário de serviço publico (Ex. Ônibus, metro) aplicação de multa 
PODER DE POLICIA \u2013 Art. 78º,CTN; 
Art. 78. Considera-se poder de polícia atividade da administração 
pública que, limitando ou disciplinando direito, interêsse ou liberdade, 
regula a prática de ato ou abstenção de fato, em razão de intêresse 
público concernente à segurança, à higiene, à ordem, aos costumes, à 
disciplina da produção e do mercado, ao exercício de atividades 
econômicas dependentes de concessão ou autorização do Poder 
Público, à tranqüilidade pública ou ao respeito à propriedade e aos 
 
 
 
Exame de Ordem 
Damásio Educacional 
3 de 4 
 MATERIAL DE APOIO 
 EXAME DE ORDEM 
 
direitos individuais ou coletivos. (Redação dada pelo Ato 
Complementar nº 31, de 1966) 
 Parágrafo único. Considera-se regular o exercício do poder de 
polícia quando desempenhado pelo órgão competente nos limites da 
lei aplicável, com observância do processo legal e, tratando-se de 
atividade que a lei tenha como discricionária, sem abuso ou desvio de 
poder. 
 
a. Policia judiciaria: incide sobre pessoas; 
b. Policia administrativa: incidem sobre bens, atividades e serviços 
\uf0d8 ATRIBUTOS DO PODER DE POLICIA 
Coercibilidade 
Autoexecutoriedade \u2013 meio direto de cumprimento do ato administrativo. Exigibilidade meio indireto. 
MULTA: Não tem executoriedade 
MULTA CONTRATUAL: é a multa prevista nos contratos administrativos. Tem executoriedade 
Discricionariedade: É obrigada a agir porque ela tem dever, e poder de agir. É opção dela como ela vai atual 
 
PODER REGULAMENTAR Art. 84 IV e VI 
\uf0d8 IV Decreto regulamentar, regulamentar (explicar) uma lei para sua fiel execução. O chefe do executivo 
explica a LEI, para sua fiel execução. Não cabe delegação 
\uf0d8 VI: Organização da administração publica e extinção de cargos. Cabe delegação para: 
 AGU 
 PGR 
 MINISTRO DO ESTADO; 
3. BENS PÚBLICOS 
a. USO ESPECIAL: (destinado a uma atividade especifica) 
b. USO COMUM DO POVO (Rios, praças e avenidas) 
c. DOMINICAIS ou DOMINIAIS ( bem sem nenhuma finalidade, terrenos de marinhas e terras devolutas). 
3.1. CARACTERISICAS DOS BENS PUBLICOS 
a. Impenhoráveis: não pode penhorar os bens públicos \u2013 fila de precatório (Art. 100º da CF) 
b. Imprescritível: não cabe usucapião de bem publico; 
 
 
 
Exame de Ordem 
Damásio Educacional 
4 de 4 
 MATERIAL DE APOIO 
 EXAME DE ORDEM 
 
c. Inalienável: não podem ser vendidos em regra 
d. Não sofre oneração: não sofre penhor(móvel) e hipoteca (imóvel);