Cursinho online Comunicação Escrita
103 pág.

Cursinho online Comunicação Escrita


DisciplinaPlanejamento de Carreira16.625 materiais119.081 seguidores
Pré-visualização24 páginas
Comunicação Escrita
Introdução
Processo de ComunicaçãoObjetivo do curso e processo de comunicação
	O processo de comunicação pode se desenvolver por diversos meios: oral, escrito e não verbal. Nosso curso visa, especificamente, ao estudo do discurso escrito.
 	Você verificará que os princípios de correção gramatical são válidos para o discurso oral; portanto, você aperfeiçoará esses dois recursos de comunicação.
Expectativa e satisfação do leitor
	Escrever é um ato de solidariedade, razão por que devemos levar em consideração a expectativa e a necessidade do leitor.
	Há uma relação inquestionável entre o discurso (texto), a expectativa e o grau de satisfação do leitor. A expressão \u201cdá para entender\u201d denota desinteresse do redator em relação à importância desse fato.
Redator		Texto 	 Leitor	
Antes de redigir um texto, é fundamental esboçar um roteiro simples. Afinal, se uma pessoa vai às compras, normalmente, elabora uma lista, para não se esquecer do principal. Da mesma forma, quem organiza uma relação de convidados segue um critério. 
Expectativa e satisfação do leitor
Quem é o leitor?
O que ele conhece acerca do assunto?
O que o leitor deve saber depois de ler o texto?
Ele é um cliente estremo ou interno?
É um profissional cujo grau hierárquico é superior?
É uma autoridade do universo legislativo, executivo ou judiciário?
É uma pessoa formal ou informal?
Após responder a essas questões, sabe-se quem é o leitor.
Qual é o seu objetivo como redator? 
 Possibilidades: 
 Informar um fato;
 Analisar um fato ou um dado, à luz de um aspecto técnico;
Analisar um fato ou um dado, para subsidiar uma tomada de decisão;
Vender um produto ou um serviço, calcado em determinadas qualidades;
Expor uma ideia com o objetivo de alterar a opinião do leitor.
De posse desses dados, o profissional poderá definir:
O grau de profundidade e de abrangência do assunto;
As informações essenciais, as complementares e as que \u2013
eventualmente \u2013 poderão suprir a expectativa do leitor;
A tonalidade do texto, o grau de formalidade ou o de informalidade compatíveis;
Os recursos adequados ao cumprimento de seu objetivo.
Resumindo
1ª ETAPA		Defina o perfil do leitor.
	
2ª ETAPA		Defina objetivo ou os objetivos do texto.
			O que é necessário que ele saiba ao final da leitura?
			O que se deseja que ele sinta ao final da leitura?
3ª ETAPA		Classifique as informações de acordo com o princípio de prioridade.
			O que o leitor deve saber?
			O que o leitor pode questionar?
			O que a questão pode suscitar?
4ª ETAPA		Elabore um sinótico ou uma minuta. 
5ª ETAPA		Elabore um texto. 
	Objeto do Curso
O texto escrito é o objeto de estudo do nosso curso. Trata-se do registro de um pensamento ou de um conjunto de ideias.
	Escrever é um ato normal de comunicação. Socialmente, as ações consideradas importantes são formalizadas por escrito.
	Quem já não ouviu a expressão \u201ccasar no papel\u201d, \u201cdeixar registrado em cartório\u201d?
	Como podemos perceber, o texto escrito vale como documento.
Em âmbito empresarial, os textos mais comuns são: 
 Carta;				 De acordo com estudiosos, o primeiro alfabeto
Memorando;			 - conjunto de símbolos ou letras que 
Ofício;				 representam sons \u2013 foi criado pelos fenícios, 
Correspondência eletrônica ou e-mail; 	aproximadamente, no século XIII a.C.
Relatório; 
Ata.
Carta
	A carta é um instrumento administrativo que cumpre, paralelamente, o propósito de fixar uma imagem de competência da empresa. Veja, a seguir, um modelo de carta com a identificação dos itens que a compõem. 
Estética da Carta
	 	Topônimo e data Cidade de Deus, 08 de janeiro de 2008.
Ao
Banco do Brasil
Departamento Jurídico			Destinatário
At.: Paulo Pasiano de Castro
Ref.: Solicitação de alteração de endereço.			Referência
Prezados Senhores,		Vocativo
			Texto / Estética
Atenciosamente,	Fecho de Cortesia	
			Assinatura
Resumo:
						nome de mês em minúscula
		 Topônimo e data		Cidade de Deus, 08 de janeiro de 2008				
Ao 
Banco do Brasil
Departamento Jurídico
At.: Dr. Paulo Pasiano de Castro
Ref.:	 Referência
Prezados Senhores,	 Vocativo
Testes seus conhecimentos
Qual item do corpo de uma carta		Holerite ou Hollerith de Herman Hollerith
 tem a função de localizar o			(1860-1929), engenheiro e estatístico
 redator no espaço e no tempo?		norte-americano, inventor da máquina
						computadora de cartões perfurados,
Epônimo					criada nos Estados Unidos entre	
						1880 e 1889.
Topônimo
						
Homônimo					
						
Daltonismo, incapacidade congênita para distinguir certas cores, principalmente o vermelho e verde. O vocábulo deriva do nome do químico inglês John Dalton (1766-1844), o primeiro a identificar a existência dessa deficiência visual. Ao comprar um par de meias para a mãe, pensou que fossem azuladas, quando, na verdade, eram vermelhas.	 
Estética da Carta
										Numeração
Estética
				Texto	 Xxxxxxxxxxx, xxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxx
		xxxxxxxxxxxx xxxxxxxx x xxxxxxxxxx xxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxx,
		xxxxxxxxx, xx xxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxx x xxxxxxxxx x xxxxxxxx xxxx x xxxxxxxx
		xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxx x xx xxxxxxxxxxxx.	
	Atenciosamente, 	Fecho de cortesia
	José Silva	Assinatura
	José da Silva Mendes
	Gerente Operacional
Anexos: Nota Fiscal de XYZ;						Continuidade
	 Declaração ABC;						
 Cópia do protocolo 001.						... /
Anexo e cópias
Estética
O alinhamento duplo \u2013 à esquerda e à direita \u2013 respeita o estilo norte-americano.
De mesma procedência é o hábito de dispensar o espaçamento de parágrafos. Essa conduta gráfica, no entanto, contraria a NBR 311 \u2013 Associação Brasileira de Normas Técnicas (1978), que determina a distância de nove espaços a partir da margem esquerda.
Numeração
Conforme a NBR 311/1978, a numeração subsequente é indicada entre hifens, no alto da página, a 8 mm da margem direita.
Texto
Trata-se do desenvolvimento das ideias. Antes do trabalho, devem-se delimitar a abrangência e a profundidade do assunto.
A confiabilidade das informações deriva da consistência dos argumentos:
de autoridade;
 de pesquisa;
 de comparação;
Nota: Emprega-se lhes, quando o texto é enviado à empresa, embora se mencione um destinatário.
Emprega-se lhe, quando o texto é enviado, exclusivamente, ao destinatário mencionado no endereçamento.
Fecho de Cortesia
Ao concluir o texto, há um fecho protocolar. Atualmente, os fechos são concisos e simples. Exceto em textos formais, a expressão \u201cAtenciosamente\u201d é suficiente.
Atenção!
Atentamente é expressão de origem espanhola.
Após Atenciosamente, a pontuação é facultativa. Atualmente, é comum o
emprego da vírgula nessa posição.
Assinatura 
Sob a assinatura, deve haver a indicação do nome do assinante e a identificação de seu cargo.
Atenção!
A assinatura deve ficar à esquerda. No caso de duas ou mais assinaturas, a que corresponder ao cargo hierarquicamente superior ficará à esquerda.
 No caso de contratos, os traços são válidos, pois delimitam o campo da assinatura.
Continuidade
NBR 311/1978
A continuidade da carta é definida pelo sinal... / a 30 mm do fim da página.
Anexo e cópias
 A indicação de anexos e a de cópias devem ser registradas no final da carta.
No caso de cópias, há o registro: c.c.: e os nomes.
Exemplo:
						Cidade de Deus, 1º de março de 2010.
À
WK Construtora S.C. Ltda.
At.: Sra. Fabiana Alves de Melo
Ref: Inauguração da Agência Primavera.
Prezado cliente,
	Em nome do Bradesco Corporate, agradecemos a sua presença (ou a sua participação) no evento (nome do evento).
	É sempre um privilégio recebe-lo (ou recebe-los).
	Esperamos revê-lo(s) com o propósito de fortalecer nossa parceria.
Atenciosamente,
José Silva
Cidade de Deus, Vila YARA \u2013 Osasco \u2013 SP
Prédio Novíssimo \u2013 4º andar
Tel: (11) 3684-0000
EXERCÍCIO