A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
A Imaginação Sociológica

Pré-visualização | Página 1 de 1

“A Imaginação Sociológica” – C. Wright Mills
QUESTÕES:
Resuma o argumento do autor para definir a imaginação sociológica: a sua tarefa e a sua promessa. 
De acordo com o autor, a imaginação sociológica tem como tarefa e promessa capacitar o seu possuidor a compreender e relacionar a história (as questões públicas da estrutura social) e a biografia (as perturbações pessoais originadas no meio mais próximo).
Explique as séries de perguntas formuladas pelos analistas clássicos para entender sua realidade social.
Todas as perguntas formuladas pelos analistas clássicos servem para criar a capacidade de transitar de uma perspectiva a outra: das perturbações pessoais a questões públicas, além de conseguir relaciona-las.
Discuta, por meio de exemplos atuais, a distinção chave entre as perturbações pessoais e as questões para a imaginação sociológica. 
Tal distinção é a mais usada pela imaginação sociológica. Enquanto as perturbações pessoais é um assunto privado do indivíduo, as questões relacionam-se com assuntos que transcendem esses ambientes locais do indivíduo.
Um exemplo dessa distinção pode ser demonstrado no assunto de ensino público: Quando um aluno termina a escola pública e não tem bagagem intelectual suficiente para passar em um concurso de ensino superior, isso é seu problema pessoal, e para a sua solução devemos examinar adequadamente o seu rendimento escolar e seus interesses. Mas quando numa nação apenas 29% dos ingressantes em ensino superior vem de escolas públicas, isso é uma questão pública em que não é possível encontrar solução dentro da escala de interesses dos alunos individualmente. 
Nossa época é uma época de inquietação e indiferença. Explique e discuta qual o principal perigo do homem? Qual a principal tarefa política e intelectual do cientista social?
De acordo com o autor, o principal perigo do homem é a condição de inquietação e indiferença da sociedade desenvolvidas com seus métodos de produção alienantes, suas técnicas envolventes de domínio político, sua anarquia internacional.
A principal tarefa política e intelectual (as duas coincidem) é justamente revelar e deixar claro os elementos da inquietação e da indiferença contemporâneas. 
Segundo Mills, a sociologia estava se tornando um denominador da vida cultural de sua época. Explique e identifique sua concepção de ciência social. 
Segundo o autor, a ciência social consiste daquilo que os cientistas sociais estiverem fazendo, mas o problema é que esses cientistas não fazem as mesmas coisas e por isso nunca entram em um consenso para definir o objetivo das Ciências Sociais. 
Para Mills, o objetivo da ciência social é a variedade humana. E para estudar problemas e compreender a variedade humana é necessária a relação da realidade histórica e os sentidos dessa realidade para o homem e a mulher, individualmente. 
É necessário tratar problemas de biografia, de história mundial e de seus contatos dentro das estruturas sociais. Biografia, história e sociedade – Esses são os pontos cardeais do objetivo da ciência social. 
E Mills explica que o grande contraste nas definições de ciência social hoje é causado pois os cientistas sociais abandonaram essa tradição clássica, não conseguindo formular adequadamente os tipos de problemas.