A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
orientao para o servio de limpeza hospitalar

Pré-visualização | Página 2 de 3

com papel toalha ou pano úmido. O pano úmido quando não 
descartado deve ser lavado e desinfetado. 
- Lavar com água e sabão e em seguida aplicar solução desinfetante. Secar o local, após dez minutos. 
 
 
VII - CLASSIFICAÇÃO DE ÁREAS HOSPITALARES 
 
• Áreas críticas 
 
1- Centro Cirúrgico 
2- Quartos de Isolamento 
3- Laboratório de Anatomia Patológica e de Análises Clínicas 
4- Unidade de Diálise 
 
5- Sala de Necropsia 
6- CTI (Centro de Tratamento Intensivo) 
7- Unidades de Quimioterapia 
 Coordenação de Controle de Infecção Hospitalar 
 CCIH/HUCFF/UFRJ 
Agosto 2013 
 
5 
8- Cozinha 
9- CME (Central de Material Esterilizado) 
10- Unidade de Transplante 
11- ECI (enfermaria de Cuidado Intensivo) 
12- Ambulatório de Pequena Cirurgia 
13- SME (Seção de Métodos Especiais) 
14- Setor de Hemodinâmica 
 
• Áreas Semi-críticas 
 
1- Enfermarias 
2- Farmácia 
3- Rouparia 
4- Elevadores 
5- Ambulatório 
6- Emergência 
 
• Áreas Não Críticas 
 
1- Administrativas 
2- Vestiários 
3- Almoxarifado 
4- Áreas externas 
5- Refeitórios 
 
VIII - PERIODICIDADE DA LIMPEZA (REGRA GERAL) 
 
- Diariamente 
a- Recolher o lixo dentro dos critérios de coleta seletiva. 
b- Limpar o pó dos móveis e acessórios. 
c- Limpar os banheiros (incluindo os seus acessórios) 
d- Limpar o piso. 
e- Repor papel higiênico, papel toalha e sabão líquido. 
f- Limpar aparelhos telefônicos e de FAX. 
 
- Semanalmente 
a- Lavar as lixeiras e secar. 
b- Lustrar móveis de madeira. 
c- Limpar os aparelhos de ar condicionado. 
d- Limpar as paredes azulejadas. 
e- Limpar as portas. 
 
 
 
 
 
- Quinzenalmente 
a- Polimento dos acessórios de metais. 
b- Limpeza dos vidros, janelas, peitoris e basculantes. 
c- Limpeza de esquadrias 
 Coordenação de Controle de Infecção Hospitalar 
 CCIH/HUCFF/UFRJ 
Agosto 2013 
 
6 
d- Limpar e lustrar os lambris e corrimões 
e- Limpar persianas 
 
- Mensalmente 
a- Limpeza geral das paredes, colunas e tetos. 
b- Limpeza dos aparelhos de iluminação. 
c- Limpeza de telhados e calhas. 
d- Fazer a conservação dos jardins. 
e- Fazer a poda e caiação das árvores. 
 
 
IX - LIMPEZA E DESINFECÇÃO DE ACORDO COM O LOCAL 
 
a- Limpeza de Piso (usar a técnica dos 02 baldes) 
 
01 – Realizar diariamente e sempre que necessário. 
02 - Recolher através de varredura úmida, todos os resíduos encontrados. 
03 - Lavar ou passar pano de acordo com o grau de sujidade. 
04 - Repetir o processo até que o chão fique limpo. 
05 - Passar o pano seco para secar o chão. 
06 - O uso de desinfetantes não está indicado. 
 
b- Limpeza de paredes, tetos, janelas e portas. 
 
01 - Afastar sempre os móveis do local a ser limpo. 
02 - Limpar primeiro o teto e depois a parede com movimentos de cima para baixo c/ pano úmido. 
 
c- Limpeza de pias 
 
01 - Lavar diariamente e sempre que necessário. 
02 - Levar o equipamento para juntos das pias. 
03 - Molhar um pano e torcer. 
04 - Espalhar sapólio sobre o pano e esfregar.Não espalhar o pó diretamente sobre a pia porque pode 
provocar entupimento da tubulação. 
05 - Lavar a pia por dentro e por fora. 
06 - Limpar as torneiras e encanamento sob o lavatório. 
07 - Retirar cabelos e detritos do ralo. 
08 - Enxaguar a superfície e secar após com um pano seco. 
09 - Recolher, limpar e guardar o material usado. 
 
 
 
 
 
 
d- Limpeza dos vasos sanitários 
 
01 - Deve ser o último item a ser limpo no banheiro. 
02 - Lavar diariamente e sempre que necessário. 
 Coordenação de Controle de Infecção Hospitalar 
 CCIH/HUCFF/UFRJ 
Agosto 2013 
 
7 
03 - Preparar o equipamento necessário: panos, vassourinha, baldes, sabão, desinfetante e luvas de 
borracha. 
04 - Encher um balde com água limpa e outro com solução de sabão. 
05 - Levantar o assento. 
06 - Dar a descarga. 
07 - Colocar solução desinfetante no interior do vaso. Abaixar o assento e a tampa do mesmo. 
08 - Lavar o exterior do vaso, o assento e as dobradiças. 
09 - Esfregar o interior do vaso com a escova, inclusive a área sob a borda, usar sapólio se necessário. 
10 - Dar nova descarga. 
11 - Enxaguar com água limpa, secar com pano limpo o exterior do vaso, assento e dobradiças. 
12 - Dar nova descarga. 
13 - Passar pano umedecido com hipoclorito de sódio a 1% na tampa do vaso. 
14 - Recolher, limpar e guardar o material. 
 
e- Limpeza de ar condicionado 
 
01 - Retirar os filtros. 
02 - Lavar os filtros com água e sabão. 
03 - Enxaguar em água corrente. 
04 - Retirar o excesso de água e colocar para secar. 
05 - Limpar com pano úmido o aparelho. 
06 - Recolocar os filtros SECOS no aparelho. 
 
f- Limpeza de aparelhos telefônicos, FAX. 
 
01 - Limpar com pano úmido. 
02 - Friccionar álcool a 70% em toda a superfície incluindo os cabos. 
 
g- Limpeza de persianas 
 
01 - Abaixar a persiana 
02 - Colocar as lâminas em posição horizontal. 
03 - Com pano úmido, tirar o pó das lâminas da persiana, da moldura da janela, parapeito e área em volta da 
persiana. 
04 - As fitas não devem ser molhadas 
 
h – Limpeza de Luminárias 
 
01 - Desligar a corrente elétrica. 
02 - Remover a poeira da lâmpada e da luminária com pano úmido. 
03 - Secar bem a luminária e a lâmpada. 
 
 
 
 
X – Periodicidade e Tipos de Limpeza e Desinfecção de acordo com os setores e unidades. 
 
- a- Unidades de Internação (quartos, enfermarias, UTI) 
- Limpeza concorrente diária. 
- Limpeza terminal . 
 Coordenação de Controle de Infecção Hospitalar 
 CCIH/HUCFF/UFRJ 
Agosto 2013 
 
8 
 
- b- Quartos de Isolamento total ou Precauções c/ar e gotículas 
- Limpeza concorrente diária. 
- Limpeza terminal. 
- Desinfecção diária com álcool a 70% no mobiliário. 
 
- c- Corredores 
- Limpeza diária e sempre que necessária no piso. 
- Limpeza mensal e sempre que necessária de parede, teto. 
- Limpeza quinzenal e sempre que necessária de janelas, peitoris e basculantes. 
 
- d- Sala de exames e consultórios 
Sempre que necessário, após consulta ou exame médico: 
- Recolher o lixo e resíduos em saco plástico. 
- Recolher roupa suja em saco plástico e encaminhá-la para lavanderia. 
 
 Ao término de cada dia: 
- Limpeza terminal. 
 
- e- Posto de enfermagem 
- Limpeza diária 
- Desinfecção de mesas e bancada de preparo de medicação 
- Limpeza mensal de paredes e tetos 
- Limpeza e desinfecção semanal da geladeira. Utilizar álcool a 70% (friccionando 03 vezes), exceto nas 
borrachas. 
 
- f- Centro cirúrgico 
 
- f.1- Após cada cirurgia: 
- Recolher cuidadosamente, em sacos plásticos, todos os resíduos encontrados, e toda roupa usada 
enviando-os para o lixo e para a lavanderia respectivamente. 
- Realizar desinfecção da mesa cirúrgica, mesas auxiliares e bancadas com álcool etílico a 70%. 
- Limpar o piso da sala de operação com água e sabão. 
 
- f.2 – Limpar paredes, tetos e janelas, geladeiras e armários com água e sabão uma vez por semana. 
 
- f.3 – Limpar a unidade do Centro Cirúrgico (corredores, postos de enfermagem, foco cirúrgico e mesa de 
anestesia) com água e sabão uma vez ao dia. 
 
- f.4 – Limpar com água e sabão o colchão da maca de transporte após cada remoção. 
 
 
 
 
- g - Serviço de Nutrição e Dietética 
 
1- Lavar as bancadas com água e sabão antes e após cada uso, realizando em seguida a desinfecção com 
solução de hipoclorito de sódio a 0,025% (250 ppm). No caso de bancadas metálicas, utilizar álcool a 
70%. 
 Coordenação de Controle de Infecção Hospitalar 
 CCIH/HUCFF/UFRJ 
Agosto 2013 
 
9 
2- Limpar o piso com água e sabão, no mínimo, duas vezes ao dia. Não há necessidade de uso de solução 
desinfetante. 
3- Não acumular restos alimentares nas bancadas. Estes deverão ser coletados em sacos de plástico 
resistentes. 
 
- h – Refeitórios

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.