Eng. Metodos-Aula 7_Aspectos Cognitivos

Eng. Metodos-Aula 7_Aspectos Cognitivos


DisciplinaEngenharia de Métodos808 materiais1.939 seguidores
Pré-visualização1 página
*
 Graduação em Engenharia de Produção
Engenharia de Métodos
 
Prof. Fernando
Setembro / 2014
*
 Aula 7
*
PLANEJAMENTO, CONTROLE E 
GESTÃO NA INDÚSTRIA FARMACEÛTICA
7ª Aula: 
 7.1. Atividade cognitiva: conceitos e definições.
7.2. Atividades em Classe: Questionário.
*
A Psicologia Cognitiva estuda os mecanismos subjacentes no comportamento humano. 
Tiberghein (1986) verificou isto, tratando os comportamentos como ponto de partida para atingir certas realidades inobserváveis e hipotéticas que têm por nome: representação, organização, conhecimento, etc.
Atividade cognitiva: definição e conceitos 
*
Atividade cognitiva: definição e conceitos
A tarefa segundo Leontiev (1972), pode ser definida como um objetivo a ser atingido, em condições fixadas e, a atividade como a sua realização. 
Ela depende das características do operador (aptidão) e de sua natureza (como é relatada e explicada).
*
Na realização de uma tarefa de controle de processo, o operador encontra dois tipos de problemas:
 
(1) Na indução de estrutura. Neste tipo de problema o operador, numa atividade de diagnóstico, procura dar sentido a suas observações. 
 
*
 
(2) Na transformação de estados. Neste tipo de problemas o operador parte de um estado inicial e deve alcançar um estado objetivo, ou um estado final, deslocando um certo número de operadores para atingir o novo estado.
*
Em Psicologia Behaviorista, a atividade é concebida pelas ações observáveis (conduta e comportamento) partindo do paradigma, um ESTÍMULO -> uma RESPOSTA
 
De fato, a atividade faz referência as ações inobserváveis. Assim, a preocupação da Psicologia Cognitiva é abrir a "Caixa Preta" para pesquisar, o que existe entre um estímulo e uma resposta. 
*
Para desenvolver esta questão, será necessário considerar o tratamento da informação que um operador produz dentro de sua memória, e quais são os métodos ou procedimentos que ele utiliza para dar solução a uma situação determinada. 
*
Deve-se considerar, que a capacidade de solucionar um problema difícil, reside na capacidade de dividi-lo, ou transformá-lo em problemas de ordem de inferior dificuldade (Newell & Simon, 1972). 
*
Fazer isto, sem total confiança na sorte, requer certo conhecimento da situação.
 Devemos ser capazes de deduzir ou imaginar, suficientemente, as conseqüências das características do problema para poder montar modelos mais simples da situação do problema.
*
As atividades cognitivas de um indivíduo não são uma soma de funções. 
O funcionamento cognitivo dele é análogo ao funcionamento de um sistema. Isto é, a atividade é abordada pelo tipo de atividades desenvolvidas (por exemplo, resolução de problemas), e não pelos tipos de funções cognitivas colocadas em prática. 
*
O funcionamento cognitivo de uma pessoa, é uma descrição das atividades que iniciam estas funções e, estas são atividades mentais (Richard, 1990).
*
As atividades cognitivas são definidas a partir de seus componentes (seus produtos, os objetos na qual atuam e, o início deles ou seus modos de realização) e correspondem a três questões: 
 Qual é o objetivo ?
 A partir de quê ? 
 Quais são os meios utilizados ?
*
Nesta concepção, existem três classes de atividades mentais: compreensão, raciocínio e avaliação.
*
(1) A Compreensão: construir interpretações.
O produto desta atividade é uma representação de uma situação de trabalho e, a partir daí tratamentos posteriores podem ser realizados como: a abstração e organização dos conhecimentos, a elaboração de hipóteses de ação e de tomada de decisão, etc.
*
Na compreensão, são distinguidos dois tipos de atividades: 
 
i) Compreender para aprender. Nesta atividade é preciso construir uma rede de relações em vista a restituir ou modificar os conhecimentos existentes (reestruturação e enriquecimento). 
*
 
ii) Compreender para agir. Nesta atividade é preciso construir uni procedimento de ação para atingir um objetivo de uma atividade determinada.
*
(2) O Raciocínio é produzido pelas inferências. A natureza destes produtos permite distinguir duas classes de raciocínios do ponto de vista de sua finalidade: os raciocínios epistemológicos e os pragmáticos. 
*
Os resultados dos primeiros são utilizados para construir interpretações (diagnósticos, planificações, pesquisa de causas, identificação de responsabilidades, etc..
Os resultados dos segundos são utilizados para deduzir os objetivos de ação, definir planos de ação e produzir urna seqüência de ações.
*
(3) As atividades de avaliação. 
Os produtos das atividades de avaliação são os julgamentos que determinam como se situa um objeto ou uma situação sobre uma norma.
As informações utilizadas pelas atividades de avaliação são as informações dos objetos ou das situações e, de outra parte, as normas ou os critérios considerados na avaliação. 
*
Um aspecto importante desta atividade é a "detecção dos incidentes" e a \u201ca detecção de impasses". 
Em efeito, a detecção dos incidentes permite diagnosticar um erro por meio de um procedimento e, levantar o processo de correção.
*
Tome Nota
O objetivo da atividade de um operador, em uma tarefa determinada, é aplicar um procedimento adequado a fim de poder realizá-la.
*