Apol Sistemas de Ensino e Políticas Educacionais
5 pág.

Apol Sistemas de Ensino e Políticas Educacionais


DisciplinaSistema de Ensino e Políticas Educacionais507 materiais6.442 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Questão 1/5 - Sistemas de Ensino e Políticas Educacionais
Leia a passagem a seguir:
\u201cComo conceito, a educação básica veio esclarecer e administrar um conjunto de realidades novas trazidas pela busca de um espaço público novo. Como um princípio conceitual, genérico e abstrato, a educação básica ajuda a organizar o real existente em novas bases e administrá-lo por meio de uma ação política consequente\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: CURY, Carlos Roberto Jamil. A educação básica como direito. Cadernos de Pesquisa, São Paulo,  v. 38, n. 134, p. 293-303,  ago.  2008. p. 294. <http://www.scielo.br/pdf/cp/v38n134/a0238134.pdf>. Acesso em: 11 de jul. 2017.
Levando em consideração as informações contidas na passagem de texto e nos conteúdos do livro-base Sistemas de ensino: legislação e política educacional para a educação básica sobre processos educativos sobre a legislação referente à educação básica brasileira, leia as seguintes afirmativas:
I. A extensão é parte da educação básica brasileira.
II. O ensino infantil é parte da educação básica brasileira.
III. A graduação é parte da educação básica brasileira.
IV. O ensino fundamental é parte da educação básica brasileira.
Está correto apenas o que se afirma em:
Nota: 20.0
	
	A
	I, II e III.
	
	B
	II e IV.
Você acertou!
As afirmativas corretas são a II e a IV, porque: \u201ca educação básica brasileira é composta de educação infantil, ensino fundamental e médio\u201d (livro-base, p. 62). As afirmativas I e III são falsas, porque: \u201cA educação superior, por sua vez, é organizada [...] em cursos sequenciais por campo de saber: graduação, pós-graduação e extensão\u201d. (livro-base, p. 34).
	
	C
	II e III.
	
	D
	I e IV.
	
	E
	III e IV.  
Questão 2/5 - Sistemas de Ensino e Políticas Educacionais
Leia o seguinte fragmento de texto:
\u201cEstamos vivendo um processo de formalização de uma política de avaliação, ainda sem estar claro se da ou na educação infantil. Isto é, o termo/tema avaliação está entrando no campo da educação infantil delimitando um novo \u2018problema social\u2019 para sua política, já que a educação infantil não constitui um recorte, até agora, da produção sobre avaliação na educação básica\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: ROSEMBERG, Fúlvia. Políticas de educação infantil e avaliação. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 148, p. 44-75,  abr.  2013.  p. 47.
<http://www.scielo.br/pdf/cp/v43n148/04.pdf>.  Acesso em: 22 jul. 2017.
Conforme o fragmento de texto acima e os conteúdos do livro-base Sistemas de ensino: legislação e política educacional para a educação básica sobre processos educativos referentes às conclusões acerca do acesso ao ensino infantil apresentados no documento do MEC \u201cPolítica de educação infantil no Brasil: relatório de avaliação\u201d, leia as seguintes afirmativas:
I. A carência de formação especializada na educação infantil foi suprida.
II. A qualidade do serviço varia de acordo com as diferentes regiões do Brasil.
III. Na educação infantil o problema da qualidade é considerado menos grave nas creches.
Está correto apenas o que se afirma em:  
Nota: 20.0
	
	A
	I e II.
	
	B
	I e III.
	
	C
	II e III.
	
	D
	II.
Você acertou!
As afirmativas I e III estão incorretas, pois \u201cainda existe carência de formação especializada\u201d; e \u201co problema da qualidade é considerado mais grave nas creches\u201d (livro-base, p. 76). A afirmativa II está correta: \u201ca qualidade do serviço varia de acordo com as diferentes regiões\u201d (livro-base, p. 76).
	
	E
	III.
Questão 3/5 - Sistemas de Ensino e Políticas Educacionais
Leia o fragmento de texto a seguir:
\u201cEm um estudo de toda a população da Dinamarca [...] constatou-se que a qualidade da Educação Infantil tinha efeitos duradouros nos resultados educacionais até os 16 anos, dez anos após as crianças terem saído da pré-escola\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MELHUISH, Edward. Efeitos de longo prazo da educação infantil: evidências e política. Cadernos de Pesquisa,  São Paulo, v. 43, n. 148, p. 124-149,  abr.  2013. p. 142. <http://www.scielo.br/pdf/cp/v43n148/07.pdf>. Acesso em: 22 jul. 2017.
Levando em consideração as informações contidas no fragmento de texto e nos conteúdos do livro-base Sistemas de ensino: legislação e política educacional para a educação básica sobre processos educativos quanto à educação infantil brasileira, leia as seguintes afirmativas:
I. A educação infantil brasileira compreende somente a pré-escola.
II. A educação infantil brasileira se divide em creche e pré-escola.
III. A educação infantil brasileira deve atender crianças de 0 a 5 anos de idade.
IV. A educação infantil brasileira deve atender crianças de 6 a 10 anos de idade.
Está correto apenas o que se afirma em: 
Nota: 20.0
	
	A
	I, II e III.
	
	B
	II e IV.
	
	C
	II e III.
Você acertou!
As afirmativas corretas são a II e a III, pois a \u201ceducação infantil [...] é dividida em creche para crianças de 0 a 3 anos de idade, e pré-escola, para crianças de 4 e 5 anos de idade\u201d (livro-base, p. 62). Consequentemente, as afirmativas I e IV estão incorretas.
	
	D
	I e III.
	
	E
	III e IV.  
Questão 4/5 - Sistemas de Ensino e Políticas Educacionais
Leia o seguinte trecho de texto:
\u201cO binômio educar e cuidar [...] foi a solução conceitual encontrada para o enfrentamento de tal dilema, representando uma tentativa de superação da histórica dicotomia entre assistência e escola, de modo que toda e qualquer instituição de educação infantil, creche ou pré-escola, teria como função precípua cuidar de e educar crianças pequenas\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: PASQUALINI, Juliana Campregher; MARTINS, Lígia Márcia. A Educação Infantil em busca de identidade: análise crítica do binômio &quot;cuidar-educar&quot; e da perspectiva anti-escolar em Educação Infantil. Psicologia Educacional, São Paulo, n. 27, p. 71-100, dez. 2008. p. 75.<http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psie/n27/v27a05.pdf>. Acesso em: 22 jul. 2017.
Considerando o trecho acima e os conteúdos do livro-base Sistemas de ensino: legislação e política educacional para a educação básica sobre processos educativos referentes à educação infantil brasileira, é correto afirmar que:
Nota: 20.0
	
	A
	A matrícula na educação infantil é obrigatória a partir de 1 ano de idade.
	
	B
	A matrícula na educação infantil é obrigatória a partir dos 2 anos de idade.
	
	C
	A matrícula na educação infantil é obrigatória a partir dos 3 anos de idade.
	
	D
	A matrícula na educação infantil é obrigatória a partir dos 4 anos de idade.
Você acertou!
Esta alternativa está correta, pois, de acordo com o livro-base, \u201ca partir de 4 anos de idade, a educação infantil é obrigatória\u201d (livro-base, p. 77).
	
	E
	A matrícula na educação infantil é obrigatória a partir 2 anos e meio de idade.
Questão 5/5 - Sistemas de Ensino e Políticas Educacionais
Leia o seguinte trecho de texto:
\u201cO problema enfrentado pela política social parece ser menos o de compensar as amplas desigualdades sociais que marcam as sociedades modernas, e mais o de responder às desigualdades que, em determinados contextos históricos, são suspeitas de ameaçar a reprodução destas mesmas sociedades\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: CARDOSO Jr, J.C.; JACCOUD, L. Políticas Sociais no Brasil: organização, abrangência e tensões da ação estatal. In: JACCOUD, L. (Org.). Questão Social e Políticas Sociais no Brasil Contemporâneo. Brasília: IPEA, 2005, p. 181-260. p. 188. <http://ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/livros/Cap_5-10.pdf>. Acesso em: 11 jul. 2017.
Conforme as informações contidas no trecho de texto e nos conteúdos do livro-base Sistemas de ensino: legislação e política educacional para a educação básica sobre processos educativos referentes as