A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Prova AV1

Pré-visualização | Página 1 de 2

HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA I 
 
 
Avaiação Parcial: CEL0491_SM_201202300014 V.1 
Aluno(a): EZEQUIAS DA SILVA RUAS Matrícula: 201202300014 
Acertos: 9,0 de 10,0 Data: 26/03/2017 11:49:08 (Finalizada) 
 
 
 1a Questão (Ref.: 201202431834) Acerto: 1,0 / 1,0 
"Milhares de séculos decorrerão antes que as circunstâncias acumuladas sobre a minha cabeça encontrem um 
outro na multidão para reproduzir o mesmo espetáculo". (Napoleão Bonaparte) Sobre o Período Napoleônico 
(1799 - 1815), podemos afirmar que: 
 
 
 Conteve monarquistas e jacobinos, consolidando a revolução burguesa na França. 
 
Restaurou as perseguições religiosas contra o clero católico. 
 
Extinguiu inúmeras conquistas do período revolucionário como a igualdade entre os indivíduos e o 
direito à propriedade privada. 
 
Estabeleceu alianças econômicas e militares com vários países europeus, como a Inglaterra e a 
Espanha. 
 
Sofreu inúmeras resistências e motins no interior do exército francês. 
 
 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 201203202375) Acerto: 1,0 / 1,0 
No processo revolucionário francês, a Convenção deu ensejo a constituição da Junta de Salvação Pública, que 
assume funções executivas. Inicialmente liderada por Danton, passa ao comando de Robespierre. A esse 
período específico são tomadas as seguintes medidas, exceto: 
 
 
 
Instala as chamadas ¿Medidas de Salvação Pública¿, dentre elas: Uma Lei dos Suspeitos, na prática um 
mecanismo de aprisionar adversários e simpatizantes do regime monárquico ou moderado; Requisição 
em massa, colocando todos os maiores de 18 anos a disposição do exército; Empréstimos Forçados, 
tomado aos mais abastados e a Lei do Máximo Geral, fixando o preço dos gêneros de consumo. 
 Abolição dos direitos feudais; igualdade de todos perante a lei (Declaração dos Direitos do Homem e do 
Cidadão); secularização dos bens do clero. 
 
Uma nova constituição é elaborada em 1793, instituindo o mecanismo do referendo, o sufrágio universal, 
reconhecendo e consolidando, desse modo, a soberania do povo. 
 
Os Girondinos foram proscritos e expulsos da cena política. Condenação em massa à guilhotina de 
adversários como Luís Egalité, Maria Antonieta e aliados como Lavoisier e Danton 
 
O culto a Deusa Razão é instituído e os religiosos,católicos em especial, são duramente perseguidos. O 
calendário gregoriano é substituído pelo republicano (vendémiaire, brumaire, frimaire, nivôse, pluviôse, 
ventôse, germinal, floréal, prairial, messidor, thermidor e fructidor). 
 
 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 201203205260) Acerto: 1,0 / 1,0 
"Na manufatura e nos ofícios, o trabalhador serve-se dos instrumentos; na fábrica, ele serve a máquina. No 
primeiro caso, ele é quem move o meio de trabalho; no segundo, ele só tem que acompanhar o movimento. Na 
manufatura, os trabalhadores são membros de um mecanismo vivo; na fábrica são apenas os complementos 
vivos de um mecanismo morto que existe independente deles." (Karl Marx, "O Capital".) Estas críticas de Marx 
ao sistema industrial nos revelam algumas das transformações por que passava a economia capitalista na 
metade do século XIX. Sobre estas transformações, é correto afirmar que: 
 
 
 
a abolição da servidão, proclamação da igualdade de todos os trabalhadores perante a lei, 
desenvolvimento do ensino público, das comunicações e da economia. 
 
a manufatura e a fábrica permitiam um enorme aumento da produtividade industrial, o qual se 
beneficiaram os trabalhadores, pois passaram a trabalhar menos com maiores ganhos salariais. 
 
o aumento da produtividade industrial só foi possível pelo aumento da carga de trabalho (mais 
quantidade e maior intensidade) imposta aos operários pelos sindicatos, na tentativa de obter salários 
maiores. 
 o desenvolvimento do sistema fabril, com a introdução de máquinas sofisticadas e o aprofundamento da 
divisão do trabalho, permitiu um incrível aumento de produtividade às custas da desqualificação dos 
ofícios manuais. 
 
a fábrica dispensa o trabalho manual, executando todas as tarefas através de máquinas e o trabalhador 
passa a ganhar seu salário sem trabalhar. 
 
 
 
 
 
 4a Questão (Ref.: 201203205367) Acerto: 1,0 / 1,0 
A respeito das consequências do processo industrial na Inglaterra, durante os anos 1840, Friedrich Engels 
escreveu: "Todas as grandes cidades possuem um ou vários bairros de má reputação onde se concentra a classe 
operária. É certo que é frequente a pobreza morar em vielas escondidas, muito perto dos palácios dos ricos, 
mas, em geral, designaram-lhe um lugar à parte, onde, ao abrigo dos olhares das classes mais felizes, tem de 
se safar sozinha, melhor ou pior. Estes bairros de má reputação são organizados em toda a Inglaterra mais ou 
menos da mesma maneira, as piores casas na parte mais feia da cidade (...)". Friedrich Engels. A situação da 
classe trabalhadora em Inglaterra. Lisboa: Afrontamento, 1975, p.59 Pela análise da citação acima e do 
contexto histórico da época, assinale a alternativa correta. 
 
 
 
Apesar dos avanços verificados no processo produtivo, a introdução de máquinas pouco contribuiu para 
a remodelação do espaço urbano, uma vez que continuaram predominantes as mesmas concepções 
medievais, com destaque para os "bairros de má reputação". 
 
Em uma perspectiva comparada, o Brasil também vivenciou, à mesma época citada no fragmento, um 
processo industrial significativo, com exploração da mão de obra imigrante na implantação dos setores 
de infraestrutura. Esse processo ficou conhecido como "desenvolvimentismo". 
 A consolidação da maquinofatura no processo produtivo provocou uma definitiva separação entre capital 
e trabalho, gerou amplas camadas marginalizadas do processo de acumulação capitalista e criou 
concepções burguesas de ocupação dos espaços públicos. 
 
A Europa vivenciou, naquele período, o nascimento de ideologias contestatórias do sistema capitalista, 
destacando-se o Anarquismo defendido por Engels, segundo o qual o melhor caminho para alcançar uma 
sociedade mais justa seria a social democracia. 
 
No início do século XIX, as cidades industriais europeias lembravam os antigos espaços urbanos da 
época renascentista: remodelados conforme as necessidades da população, elite e populares. 
 
 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 201203203081) Acerto: 1,0 / 1,0 
"A superioridade da indústria inglesa, em 1840, não era desafiada por qualquer futuro imaginável. E esta 
superioridade só teria a ganhar se as matérias-primas e os gêneros alimentícios fossem baratos. Isto não era 
ilusão: a nação estava tão satisfeita com o que considerava um resultado de sua política que as críticas foram 
quase silenciadas até a depressão da década de 80." (Joseph A. Schumpeter, "HISTÓRIA DA ANÁLISE 
ECONÔMICA") Desta exposição conclui-se por que razão a Inglaterra adotou decididamente, a partir de 1840, o: 
 
 
 
agressivo militarismo nas conquistas de colônias ultramarinas. 
 
isolacionismo em sua política externa. 
 
capitalismo monopolista contrário à concorrência. 
 livre-comércio no relacionamento entre as nações. 
 
intervencionismo estatal na economia. 
 
 
 
 
 
 6a Questão (Ref.: 201202535456) Acerto: 1,0 / 1,0 
O chamado socialismo científico, formulado por Marx e Engels no século XIX, propunha: 
 
 
 
a realização de sucessivas reformas na estrutura capitalista, possibilitando a gradativa implantação do 
comunismo avançado. 
 
a redução do papel do Estado na economia para efetivar o controle direto pelo proletariado sobre os 
meios de produção. 
 a superação do capitalismo pela ação revolucionária dos trabalhadores, aglutinados em torno da 
Internacional Socialista. 
 
A realização da revolução tendo como líderes apenas os intelectuais. 
 
a supressão de toda legislação trabalhista e social,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.